X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Enduro

23ª edição - Enduro Cerapió - Fortaleza (CE) - Parnaiba (PI)
Publicado em: 01/02/2010
Clique e saiba mais

Helâindo Onofre supera favoritos e fatura o título na principal categoria da prova
Redação MotoX.com.br 


Dário Júlio liderou os primeiros dias, mas terminou com a segunda colocação
Foto: Adalto Gomes Filho

Um dos mais tradicionais enduros de regularidade do país, a prova que leva dois nomes, Cerapió e Piocerá - pois alterna a cada ano a largada entre os estados do Ceará e Piauí -, e reúne no mesmo evento motos, quadriciclos, carros e mountain bikes, teve sua 23ª edição realizada entre os dias 26 e 30 de janeiro. Este ano foi a vez de Fortaleza, capital cearense, sediar a largada do Enduro Cerapió.

Sempre crescendo e se modernizando, contando com participantes de 22 estados brasileiros além de pilotos da Itália, Portugal, Suíça e França, a competição na verdade conta com três provas dentro de uma só. Além do enduro de regularidade com motos e quadriciclos, conta com a prova de bikes desde 2001 e mais recentemente (2007) incorporou o VeloCerapió, prova de Cross Country para carros 4x4. As três modalidades possuem roteiros e percursos diferentes umas das outras e nem sempre iniciam e terminam as etapas na mesma cidade.

Após a largada promocional na noite de terça-feira (26/01) em Fortaleza, os participantes largaram na manhã seguinte para encarar mais de 700 quilômetros, divididos em quatro dias de provas.

1º Dia (27/01) - Praia do Cambuco / Trairi (CE)


Helâindo Onofre reagiu e levou o título do Cerápio 2010
Foto: Paulo Prado
A prova propriamente dita começou na manhã de quarta-feira, na Praia do Cambuco, a 30km de Fortaleza. As 167 motos inscritas encontraram um percurso muito técnico, enfrentando dezenas de laços e trechos de muita areia e dunas alternadas com trilhas fechadas, com médias horarias bastante justas, não permitindo erros.

Além das dificuldades do percurso os competidores tiveram ainda que enfrentar condições extremas de areia e o sol forte, dificultando ainda mais a navegação. O final do trecho cronometrado contou ainda com uma difícil sequência de dunas, encerrando a etapa. O mineiro Dário Júlio, campeão da edição 2009 da prova, foi o vencedor do dia, seguido por Sandro Hoffmann e Helâindo Onofre.

2º Dia (28/01) - Mandaú / Ubajara (CE)

O 2º dia teve a etapa mais longa da competição, com quase oito horas de prova em um percurso totalmente diferente do dia anterior, formado por trechos de serra com muitas pedras, estradas de chão batido e lama. O clima mais ameno facilitando um pouco a vida dos pilotos em relação ao cansaço, mas a chuva marcou presença, pegando todos de surpresa, criando até alguns atoleiros.

Ainda no início da prova uma ponte que fazia parte do trajeto, no povoado de Santo Amaro, quebrou e dificultou a passagem dos competidores. A organização optou por fazer um desvio de pouco mais de dois quilômetros, evitando que o problema comprometesse a etapa.

A briga continuou apertada na categoria Máster, Dário Júlio venceu novamente, com Helâindo Onofre em segundo e o hexacampeão da prova, Sandro Hoffmann, na terceira posição. Com os três separados por pouquíssimos pontos, ficava impossível fazer uma previsão de quem levaria o título 2010 para casa.

3º Dia (29/01) - Ubajara / Camocim (CE)

O penúltimo dia de provas do Cerapió, apesar de relativamente curto, exigiu bastante dos pilotos começando pela largada, sob forte neblina. Os competidores tiveram pela frente um roteiro bastante variado com estradas estreitas de terra, veredas, muitas trilhas travadas em mata fechada e um trecho em descida, também bastante travado e com muitas pedras.

Dário Júlio finalizou o dia na segunda colocação, mas manteve a liderança da competição. “Teve um laço muito confuso. Estava difícil encontrar a entrada marcada na planilha. Devo ter perdido alguns pontos. Acho que esse trecho vai decidir a prova e eu fiz o restante muito bem”, comentou o piloto mineiro. Helâindo Onofre, faturou a etapa e passou a ameaçar seriamente a liderança de Dário. Sandro Hoffmann foi o terceiro novamente, mantendo esta mesma colocação na classificação geral.

4º Dia (30/01) - Camocim (CE) / Parnaíba (PI)

Em seu quarto e último dia, depois de sair de Camicim ainda no Ceará, o enduro finalmente alcançou o Estado do Piauí e praticamente repetiu o roteiro da etapa de abertura da prova, com muita areia, dunas, sertão e forte calor.

Liderando a competição até então, o mineiro Dário Júlio teve problemas de navegação durante esta última etapa, o que lhe tirou as chances de conquistar seu quarto título. “O Cerapió é bem diferente do Brasileiro e de outras provas que estou acostumado a correr. Tive muitos problemas de navegação e caí em diversas pegadinhas. A proximidade das trilhas também me comprometeu no final”, declarou Dário, que ficou com a segunda colocação na competição à frente de Sandro Hoffmann.

O grande vencedor da prova foi cearense Helâindo Onofre, que depois de ficar com o vice-campeonato em 2009 por apenas um ponto, faturou o título desta 23ª edição do Cerapió. Correndo em casa, Helâindo pressionou Dário durante toda a competição e seu bom desempenho na última etapa foi determinante na conquista do título. 

Confira abaixo os resultados de todas as categorias de regularidade para motos do Cerapió 2010:

Máster
1º - Helâindo Onofre Jales - CE
2º - Dário Júlio - MG
3º - Sandro Hoffmann - ES
4º - Pedro Emílio - PI
5º - Nelson Costa de Santana Filho - MG

Sênior
1º - Wesley Antunes de Macedo - PI
2º - Airton Uchoa - PI
3º - Paolo Mussalém - MA
4º - Hérculo Onofre Jales - CE
5º - Miguel Ribeiro - BA

Executivo
1º - Paolo Ricardo Cabral - CE
2º - Péricles Lopes Dutra - PR
3º - Eduardo Miota Corona - SP
4º - Sérgio Vieira Freire Borges - RN
5º - Marcelo Bombana - RJ

Over
1º - Álvaro Sanguesa Weyne - CE
2º - Heleno Gontijo de Sousa - MG
3º - Marco Lopes - SP
4º - Alfredo de Miranda Filho - CE
5º - Amilar José Rodrigues - MG

Júnior
1º - Cláudio da Silva Júnior - MG
2º - Ricardo Mendes - GO
3º - Miguel Mussalém - MA
4º - Rodrigo Ribeiro - TO
5º - Alexandre Chiarello Bortot - SP

Novato
1º - Cláudio Teixeira Ribeiro - MG
2º - Wagner Sousa de Oliveira - PA
3º - André Luiz Serafim - SP
4º - Gabriel Fonseca Silva - BA
5º - Harley Rosa - CE

Moto Rally
1º - Júlio César Medeiros - SP
2º - Aristófanes Brasileiro - CE
3º - Cláudio Sérgio B. Machado - PI
4º - André Luiz de Sousa - CE
5º - Luciano Martins de Nóvoa - MA






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet