X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Regional

3ª etapa - Paulista de Motocross MX1 MX2 FMESP - Tatuí - SP
Publicado em: 24/09/2009
Clique e saiba mais

Irmãos Zenni são destaque nas principais categorias
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Luiz C. Garcia 


Largada MXN1


Luciano Panhozzi
A FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo), realizou na cidade de Tatuí a 3ª etapa do Paulista MX1 - MX2 promovido pela entidade. O evento foi uma das duas etapas que teve data transferida e só ocorreu no último final de semana, dias 19 e 20 de setembro. Outra etapa que foi adiada, da cidade de Itararé, também já tem nova data para acontecer, será no próximo mês, nos dias 03 e 04.

A prova de Tatuí estava programada para o mês de agosto, junto às comemorações de aniversário da cidade. Com as suspeitas de gripe Influenza A no município, a prefeitura local decidiu cancelar todas as atividades onde houvesse grande concentração de pessoas, remarcando então a etapa para o último final de semana.

As chuvas de sábado, foram o maior risco para outro possível adiamento, mas o domingo amanheceu encoberto, porém sem chuva, permitindo a realização desta terceira etapa. A prova contou com mais de 170 inscritos, além de um bom público que acompanhou as disputas do início ao fim do dia. 


Reinaldo "Piu" Pinheiro


Rômullo Rodrigues
Tradicional circuito entre os pilotos que participam dos eventos organizados pelo Vitória Moto Clube, a pista de Tatuí sofreu pequenas alterações realizadas por Eric “Quebra Galho”, que rendeu muitos elogios dos pilotos. Rafael Zenni foi o destaque do dia, vencendo as duas principais categorias, MX1 e MX Gold, com seu irmão Gabriel levando a melhor na MX2.

A primeira categoria a entrar na pista foi a MX3. Anderson “Magrão”, um dos favoritos na categoria, abandonou a prova ainda na primeira volta, com problemas em sua moto. Isto fez com que a disputa pela liderança, ficasse aberta entre Dayan Mori, Emerson Terra Rocha e Luciano Panhozzi. No início da prova Dayan assumiu a ponta, porém foi perdendo rendimento e Luciano Panhozzi, que assumiu o segundo lugar antes da metade da prova, partiu para cima do líder. Não demorou muito e Panhozzi assumiu a ponta, vencendo a categoria com uma boa diferença em relação a Dayan. Pelo terceiro lugar, Emerson conseguiu manter uma vantagem confortável em relação ao quarto colocado, Eduardo Balan, que conseguiu a posição após ultrapassar Alexandre Terlizzi, que finalizou em quinto. 


Alessandro Marfim


Wilgner "Guigão" Francisco
Reinaldo “Piu” Pinheiro pulou na frente na MX4, mas não teve vida fácil. Durante toda a prova, foi perseguido por Dalmir “Catarina” Zenni, com os dois chegando a trocar de posições mas, na parte final da prova, "Piu" conseguiu se sustentar na ponta até a bandeirada final. Zenni ficou em segundo, bem a frente do terceiro colocado, Júlio Maimone. Pela quarta e quinta colocações, a disputa foi até as ultimas voltas, com José Castro levando a melhor sobre Joel Miranda. Na sexta colocação e bem próximo de alcançar o pódio, ficou Valdir Bonoto.

Emoções não faltaram na MXN3, ou Nacional Estreante como também é conhecida. Rômullo Rodrigues assumiu a ponta, depois da queda de Fábio Gurgel. Com isto, foi abrindo uma boa vantagem no começo da prova, o que o ajudou em muito nas últimas três voltas, quando o cubo de sua roda traseira quebrou e, mesmo se arrastando pela pista, Rômullo conseguiu a vitória. Alexandre “Buzina” Provasi, ficou em segundo, lutando muito com Luciano Lima, ambos terminaram muito próximos do líder. Rodrigo Domingues ficou com a quarta colocação e Narcino Lima, completou o pódio na quinta posição. 


Marcos Moretto


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 572 Fotos!
As motos nacionais de 230 cilindradas entraram na pista para disputar a categoria MXN2. Hedy Carlos assumiu a ponta na largada, seguido de Tales Calazans, Alessandro Marfim e Pedro Delaroli. Hedy perdeu a liderança após se enroscar numa curva, na metade da prova e, logo em seguida, foi Tales que teve problemas mecânicos e abandonou a prova. Com tudo isto, quem se deu bem e assumiu a ponta, foi Alessandro Marfim, com Hedy logo atrás em segundo, que na parte final da prova, ainda tentou um ataque para reconquistar a ponta, mas outra queda fez com que ficasse em segundo. Pedro Delaroli lutou o possível pela terceira posição, mas foi superado por Sandro Bueno e finalizou em quarto. Já Efigênio Santos, subiu duas posições em relação a sua largada e terminou em quinto. 


Alessandro Lencioni


Anderson Amaral
Com cinco pilotos na pista, a 65cc definiu suas posições logo no início da prova. Wilgner Francisco largou na frente e abriu uma boa vantagem até a bandeirada final. Rodolpho Moraes bem que tentou andar no ritmo do líder, mas ficou em na segunda posição. Logo atrás, na terceira posição veio Márcio Hortense, com uma bela vantagem em ralação ao quarto colocado, Gustavo Takamune e, fechando a classificação, na quinta colocação ficou Samuel Silva.

Victor Hugo Soares, o Vitão, largou na ponta da categoria Mini Motos (50cc), mas logo em seguida teve de abandonar a prova, com problemas na corrente da moto. Com isto, quem assumiu a ponta foi Marcos Moretto, que não deixou escapar a oportunidade e venceu a prova. Luiz Carlos Netinho ficou na segunda posição, com uma boa vantagem em relação a Rafael Opalenski. 


Rafael Zenni


Bernardo Pereira
Varias disputas marcaram a categoria MXN1, categoria para motos nacionais a partir de 250 cilindradas. Logo após a largada, quem assumiu a ponta foi Rodrigo Guedes porém, com problemas mecânicos, foi ficando para trás até abandonar a prova. A partir daí quem assumiu a liderança foi Alessandro Lencioni, com André “Banana” Mota em sua cola. Logo atrás, vinham Adanmson Aguiar e Everton Soares, brigando pela terceira posição. Após algumas trocas na primeira posição, Lencioni reassumiu a ponta e, mesmo muito pressionado, conseguiu se manter à frente e vencer a prova.

Com um ritmo mais forte na parte final da prova, Everton subiu duas posições, pulando para o segundo lugar. Já André Mota, foi perdendo posições até terminar em sexto. Adanmson Aguiar permaneceu tranquilo na terceira posição, com Raoni Ceciliato na quarta colocação, após imprimir um ritmo forte na parte final da prova, a frente de Márcio Takamune, que foi o quinto.

Anderson Amaral não deu oportunidade aos adversários, vencendo de ponta a ponta a categoria Júnior. Wilgner Francisco logo se consolidou na segunda posição, muito a frente de Jonathans Maqui. Este por sua vez, segurou muito bem a posição das investidas de Ana Lúcia Vizioni, única representante feminina na prova, que finalizou na quarta colocação, a frente de Ramon Barros, que completou o pódio com a quinta posição. 


Gabriel Zenni


Rodrigo Guedes
A MX1 foi uma das categorias mais aguardadas do dia e teve Rodrigo Guimarães largando na frente, seguido de perto por Luiz “Saron”, Gustavo Amaral e Rafael Zenni. Antes da metade da prova, a liderança já estava nas mãos da “prata da casa” Luiz “Saron”, com Rafael Zenni muito perto, logo atrás. O líder não resistiu ao forte ritmo de Zenni, que o ultrapassou e com a pista livre, abriu uma diferença confortável, que lhe garantiu a vitória. Pouco mais atrás, Gustavo Amaral não teve problemas para garantir a terceira posição, enquanto João Vitor Cardeli vinha pressionando Rodrigo Guedes pela quarta colocação, até que deixou sua moto morrer na saída de uma curva, terminando em sexto. Anderson “Magrão”, após uma má largada, fez boa recuperação, terminando em quinto.

Com o gate cheio, a Intermediária entrou na pista e a disputa pela liderança ficou entre Bernardo Pereira e Betinho Gardano. Mesmo investindo até o final da prova, Betinho não conseguiu superar Bernardo que conquistou a vitória. Pela terceira posição veio Stefano Mello, que ultrapassou Gustavo Schulte ainda no começo da prova e mesmo sem conseguir abrir distância, garantiu a posição. Maurício Bertola completou os cinco primeiros, desta equilibrada categoria. 


Rafael Zenni venceu também a MX Gold


Próxima etapa será em Itararé, nos dias 03 e 04 de outubro
Daniel Caputo largou na frente da MX2, porém perdeu a liderança para Gabriel Zenni logo no inicio da prova. A partir daí, o novo líder foi abrindo espaço, vencendo com certa folga. Caputo ficou em segundo, também com uma boa vantagem em relação à disputa pelo terceiro lugar, que ficou entre Reinaldo “Piu” Pinheiro e Luciano Panhozzi. "Piu" conseguiu segurar os ataques de Panhozzi e assegurou a terceira posição. Excelente corrida fez Guilherme Nascimento, mesmo se enroscando na largada e saindo em último, conseguiu imprimir um ritmo forte, terminando na quinta colocação, bem próximo da briga pelo terceiro lugar.

A nacional força livre ou MXN Gold, foi vencida de ponta a ponta por Rodrigo Guedes, mostrando que os problemas que teve na MXN1 estavam resolvidos. Alessandro Marfim chegou logo atrás, na segunda posição, enquanto Márcio Takamune sustentou a terceira colocação, com Everton Soares logo em seguida pressionando muito. Em quinto, Alessandro Lencione andou tranquilo sem ser incomodado pelos demais concorrentes. 


Público prestigiou a prova

Anderson “Magrão”, Gustavo Amaral, Luis “Saron”, Rodrigo Guedes e Rafael Zenni, completaram nesta ordem a primeira volta da categoria MX Gold, porém não demorou muito para “Saron” assumir a ponta, tendo logo atrás Rafael Zenni, numa repetição do que aconteceu na MX1. Zenni soube aproveitar melhor a pista e ficou difícil para "Saron" se manter na frente, não demorando para a categoria ter um novo líder. “Saron” fez o possível mas não conseguiu a aproximação necessária para tentar recuperar a posição, ficando na segunda posição. 

A certa distância dos líderes e, sem ser incomodado na terceira posição, ficou Rodrigo Guedes. A mesma situação aconteceu com o quarto colocado João Vitor Cardeli, que subiu três posições em relação a sua largada. Já pela quinta colocação Anderson “Magrão” teve que suar muito a camisa para segurar Gabriel Zenni e garantir a vaga no pódio.

A próxima etapa acontecerá na cidade de Itararé, próximo à divisa entre os estados de São Paulo e Paraná, nos dias 03 e 04 de outubro. O campeonato tem organização do Vitória Moto Clube e Cross Sport, com supervisão da FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo). Mais informações sobre o Paulista MX1 - MX2 FMESP, podem ser obtidas no site oficial do evento.

Resultados
P. N. MX3 Equipe
1 251 Luciano Panhozzi Sistema Priver
2 199 Dayan Lopes Mori Moto Guia Hon, THD, Farinilla, Padaria São João
3 333 Emerson Terra Rocha LR Gramas, Miquira
4 60 Eduardo Balan Auto Liga Rodas
5 32 Alexandre Terlizzi -
6 14 Guilhermo Gragnolati FX Motos, I Booster
7 28 Adilson Moura -
8 158 Willian "Gamba" Vaz Mendes Petit Preparações
9 49 Marcos Fernando Ferrari MF Diesel
10 747 Herminio"Maninho" Oliveira Maninho Couro
P. N. MX4 Equipe
1 121 Reinaldo "Piu" Pinheiro Aeville
2 54 Dalmir Zenni Zenni Preparações
3 53 Julio Maimone Via Maimone
4 397 José Augusto Castro Similar, Petit Motos
5 774 Joel F. Miranda Forci Kaw
6 327 Valdir Bonoto Moto Mania
7 59 Francisco "Chico" Mora Mora Imóveis, Fikar Veículos
8 887 Cláudio P. Abdenulz FMESP
9 90 Irineu Manoel -
P. N. MXN3 Equipe
1 101 Rômullo Proença Rodrigues Joga Brasil
2 93 Alexandre "Buzina" Provasi Carnes Tradição
3 613 Luciano Ribeiro de Lima Auto Escola Tigrão, Masp Locadora
4 811 Rodrigo Pereira Domingues -
5 924 Narcino "Pina" de Lima Graxa Motos
6 39 Marcos José Oliveira -
7 787 Antonio Carlos Oliveira Hortifruty Oliveira
8 922 Julio César dos Santos Pereira -
9 511 Ivan Ferreira JC Racing
10 311 10ª- Laudelino Pimenta Filho THD
P. N. MXN2 Equipe
1 223 Alessandro Tiago Marfim -
2 68 Hedy Carlos Japa Motos, Celso Construções, Básico
3 321 Sandro Bueno Martine Motos, Polisport, IMS, Japa Motos
4 92 Pedro Delaroli Neto Carburauto
5 12 Efigênio Ferreira Santos Filho -
6 234 Aristeu Gonçalves Junior -
7 21 Sérgio R. Caputo Caputo Moto Peças
8 8 Mario Jorge Terato de Oliveira -
9 48 Ricardo Pretto Neto Saron, Recanto dos Pneus
P. N. 65cc Equipe
1 28 Wilgner "Guigão" Francisco -
2 97 Rodolfho Isart Moraes Paraíso das Águas, Max Racing
3 65 Marcio Hortense Kut Kó
4 35 Gustavo Faria Takamune -
5 959 Samuel Henrique Oliveira Silva -
P. N. 50cc Equipe
1 5 Marcos Vinicius Moretto Moretto Irrigação, Urso Motos
2 100 Luiz Carlos "Netinho" Anjos, Carlinhos
3 27 Rafael Opalenski Urso Motos
4 57 Victor "Vitão" Hulgo P. Soares -
P. N. MXN 1 Equipe
1 175 Alessandro Lencioni Araújo THD, Posto Tibiriçá
2 61 Everton Soares Pedrada no Zóio
3 11 Adanmson Hulgo de Aguiar -
4 966 Raoni Ceciliato Norberto Veículos
5 171 Marcio Faria Takamune Equipezona, Petit Motos, Sermec
6 215 André "Banana" L. Mota Pangaré Sons e Acessórios
7 4 Fausto Gentina -
8 275 Leandro Lencioni Araújo -
9 158 Willian "Gambá" Vaz Mendes Petit Preparações
10 23 Alessandro Tiago Marfim -
P. N. Junior Equipe
1 8 Anderson Amaral -
2 72 Wilgner "Guigão" Francisco -
3 6 Jonathans G. Maqui Maqui Móveis, Zenni Preparações
4 11 Ana Lucia Carneiro Vizioni Dabreu Moto Bike, MRX Gráficos
5 37 Ramon Alberti de Barros Schadek
6 97 Rodolfho Isart Moraes Paraíso das águas, Max Racing
7 306 Felipe Ferreira -
8 112 William Koitchi Hatano -
9 894 Lucas Renan de Góes Ribeiro Auto Escola Tigrão
10 737 Guilherme Chiodi Gomes -
P. N. MX 1 Equipe
1 931 Rafael Zenni Suz, Zenni Preparações
2 99 Luiz "Saron" Moraes Saron Motos
3 25 Gustavo Amaral -
4 152 Rodrigo "Guedinho" Guedes -
5 5 Anderson "Magrão" V. Mendes Casa Yano, 2DI, D+, Rex Racing, MX Import
6 149 João Vitor Cardeli Petit Motos, Drogaria Avalone
7 31 Rodrigo Yamamura Guimarães Droga Lippe
8 53 Julio Maimone Via Maimone
9 251 Luciano Panhozzi Sistema Priver
10 199 Dayan Lopes Mori Moto Guia Hon, THD, Farinilla, Padaria São João
P. N. Intermediária Equipe
1 46 Bernardo Pereira -
2 226 Betinho Eugênio Gardano -
3 722 Stefano Mello -
4 129 Gustavo da Rocha Schulte -
5 289 Mauricio Bertola -
6 774 Joel F. Miranda Forci Kaw
7 977 Luiz "Tuta" Martins Tuta Motos, Ari do Bar, Cely
8 3 Pedro Henrique C. da Silva -
9 777 Lippe da Costa Pereira -
10 61 Luiz Carlos Junior Anjos do Motocross, Carlinhos
P. N. MX 2 Equipe
1 116 Gabriel Zenni Suz, Zenni Preparações
2 19 Daniel Caputo Recanto dos Pneus
3 121 Reinaldo "Piu" Pinheiro Aeville
4 251 Luciano Panhozzi Sistema Priver
5 35 Guilherme " Gui" Nascimento JC Racing
6 759 Thiago Dorini Thiago Motos, Botumotos
7 333 Emerson Terra Rocha LR Gramas, Miquira
8 290 Alexandre Terlizzi -
9 747 Hermínio "Maninho" Oliveira Maninho Couro
10 327 Valdir Bonoto Moto Mania
P. N. MXN Gold Equipe
1 152 Rodrigo "Guedinho" Guedes -
2 23 Alessandro Tiago Marfim -
3 171 Marcio Faria Takamune Equipezona, Petit Motos, Sermec
4 61 Everton Soares Pedrada no Zóio
5 175 Alessandro Lencioni Araújo THD, Posto Tibiriçá
6 4 Fausto Gentina -
7 12 Efigênio Ferreira Santos Filho -
8 68 Hery Carlos -
9 215 André "Banana" Luis Mota Pangaré Sons e Acessórios
10 158 Willian "Gambá" Vaz Mendes Petit Preparações
P. N. MX Gold Equipe
1 931 Rafael Zenni Suz, Zenni Preparações
2 99 Luiz "Saron" Moraes Saron Motos
3 152 Rodrigo "Guedinho" Guedes -
4 149 João Vitor Cardeli Petit Motos, Drogaria Avalone
5 5 Anderson "Magrão" V. Mendes Casa Yano, 2DI, D+, Rex Racing, MX Import
6 116 Gabriel Zenni Suz, Zenni Preparações
7 31 Rodrigo Yamamura Guimarães Droga Lippe
8 55 Willian Pereira Leandro -
9 19 Daniel Caputo Recanto dos Pneus
10 251 Luciano Panhozzi Sistema Priver






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet