X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

8ª etapa - Resultados de Domingo - Nova Friburgo - RJ
Publicado em: 04/09/2009

Wellington Garcia é campeão na MX1
MotoX.com.br - Texto e fotos: Maurício Arruda 


Largada MX1


Assista na MotoX TV 5 vídeos com o melhor das corridas em Nova Friburgo
O Brasileiro de Motocross finalizou sua temporada no domingo, 30 de agosto, com as disputas nas categorias MX1, MX2, CRF 230 e 85cc. O clima no segundo dia de corridas da grande final era de muita expectativa, especialmente pela disputa na classe MX1, a principal do campeonato, onde João Marronzinho e Wellington Garcia prometiam, e confirmaram na pista, um duelo inesquecível. 

Veja também:
- Classificação da 8ª etapa nas categorias MX1, MX1, CRF 230 e 85cc
- Galeria de imagens com 830 fotos das provas de domingo


Antes porém outro título estava em jogo, na classe 85cc, e restavam também as corridas finais da MX2 e da CRF 230, esta última com vice-campeonato ainda em jogo. O público carioca prestigiou as provas com presença maciça, encheu as arquibancadas e laterais da pista vibrando bastante com as provas realizadas na cidade de Nova Friburgo.

MX2 - Swian Zanoni faz a festa em casa 


Swian Zanoni


Thales Vilardi
Para o público o dia não poderia começar melhor. Swian Zanoni, piloto da casa, foi o grande destaque da MX2, primeira categoria a entrar na pista. Desde a largada Swian teve a ponta e foi abrindo vantagem ao longo da bateria. No início Roosevelt Assunção perseguiu o líder de perto, mas perdeu contato e, no final, já nas últimas voltas, o piloto da Suzuki acabou abandonando com problemas mecânicos.

Thales Vilardi, que veio do meio do pelotão em uma recuperação fantástica, fechou a corrida na segunda posição. Rafael Faria, que também esteve na disputa pelas primeiras colocações, foi mais um que abandonou a bateria com problemas: amortecedor traseiro estourado. O terceiro lugar foi de Gustavo Takahashi em uma consistente apresentação, sua melhor na temporada.

Dudu Lima e Rodrigo Rodrigues, quarto e quinto respectivamente, completaram o time de pilotos da MXJr no pódio da bateria. A prova serviu como aquecimento para o campeão Wellington Garcia que ficou ao longo do tempo testando o traçado, experimentando as linhas que utilizaria mais tarde na briga pela vitória da MX1. O vice-campeão Pipo Castro caiu no início completando a corrida na sexta colocação.

Classificação Final Campeonato MX2
1. 21 Wellington Garcia Matos 165
2. 13 Cristopher Castro 149
3. 12 Swian Zanoni Coelho Gomes 127
4. 18 Jean Carlo Ramos 121
5. 17 Thales Vilardi Felix Da Silva 119
6. 4 Roosevelt De Freitas Assun 106
7. 37 Rafael Da Silva Faria 106
8. 48 Joao Paulo Feltz 90
9. 41 Gustavo Vieira Bonaventur 89
10. 30 Hector Freitas Assunçao 77
11. 292 Douglas Scartazzini Parise 76
12. 332 Rodrigo De Andrade Santos 66
13. 338 Eduardo Ferreira Lima 65
14. 32 Rodrigo De Castro Rodrigu 63
15. 931 Rafael Zenni 40
16. 53 Gabriel Ferreira Monteneg 39
17. 55 Kaian Teixeira Evangelista 31
18. 938 Victor Feltz 25
19. 57 Edson Luiz Bertos 21
20. 40 Heinz Wynther Dollinger C 18

CRF 230 - Marcos Moraes conquista a sétima vitória 


Marcos Moraes


Germano Vandresen
Ele foi campeão antecipado e de forma incontestável. Marcos Moraes não quis deixar dúvidas e acelerou na corrida final para conquistar seu sétimo triunfo na temporada. Mas não foi uma vitória fácil, Marquinhos encontrou fortes adversários na prova.

Primeiro Ismael Rojas liderou a corrida por várias voltas, mas acabou abandonando e quem assumiu a ponta foi Germano Vandresen. O catarinense deu trabalho para o campeão que só fez a ultrapassagem a duas voltas do fim. Vandresen completou na segunda posição. Na briga pelo vice-campeonato quem se deu bem foi Murilo Tomazelli que chegou na terceira colocação da prova confirmando a conquista. O quarto lugar foi de Maycom Souza e Anderson Alberton marcou presença no pódio mais uma vez, com a quinta posição.

Classificação Final Campeonato CRF 230
1. 113 Marcos Roberto Roza De M 196
2. 917 Murilo Tomazelli Scisci 133
3. 4 Nivaldo Jose Viana 131
4. 97 Richard Bruno Rezende Nun 101
5. 147 Anderson Alberton 94
6. 719 Germano Hermesmeyer Van 79
7. 127 Ismael Da Costa Rojas 69
8. 124 Ciro Jose Da Silva 68
9. 423 Alex Costa De Lucena 57
10. 7 Danilo Milton Fumes 51
11. 11 Rafael Silva Xavier 42
12. 141 Ramon Lima Franca 41
13. 359 Carlos Pereira Maia Filho 40
14. 234 Alan Costa De Lucena 32
15. 21 Rafael Mayer De Paula 27
16. 60 Fabio De Lucena Brito 26
17. 115 Paulo Giovani De Oliveira 26
18. 236 Dante Lupo Parra 24
19. 6 Thiago Quintela Mello 23
20. 157 Erton Soares Aguiar 20

85cc - Título para Endrews Armstrong



Endrews Armstrong


Everaldo Lima
A categoria foi a primeira a definir campeão no domingo. Endrews Armstrong correu fazendo contas e não arriscou, com a quarta colocação fez mais do que o suficiente para obter a conquista inédita. Não adiantou Everaldo Rodrigues, seu adversário direto, conseguir a quinta vitória no campeonato. A prova perfeita do goiano não compensou os tropeços nas primeiras corridas, quando não pontou.

O segundo lugar na prova foi de Cézar Zamboni, que logo no início consolidou-se na posição. Leonardo Lizzot mostrou que continua evoluindo conseguindo a terceira colocação. O carioca Matheus Corguinha comemorou a quinta colocação e o pódio em casa na rodada final da competição.

Classificação Final Campeonato 85cc
1. 4 Endrews Armstrong Nheme 152
2. 5 Everaldo Rodrigues Lima Fi 147
3. 95 Thiago Bortoloti Formehl 121
4. 8 Anderson Pereira Do Amara 117
5. 104 Kaio Cesar De Miranda 114
6. 2 Cezar Augusto Zamboni 113
7. 6 Leonardo Lizott 111
8. 13 Tauan Henrique Brenner 93
9. 200 Hallex Dalfovo 65
10. 308 Matheus Ribeiro Corguinha 64
11. 67 Raul Faustino 57
12. 7 Eduardo Leopoldo Rudnick 57
13. 82 Joao Pedro Pinho Ribeiro 53
14. 146 Fillipe Souza Gonçalves 40
15. 400 Gustavo Henrique Henn 37
16. 871 Joel Noeri Alberti Filho 35
17. 536 Gustavo Pessoa De Souza 35
18. 23 Francisco Martins De Arauj 33
19. 20 Marcos Paulo Holtman 30
20. 189 Gilnei Gonçalves Quadros J 26

MX1 - Corrida maluca! 


Wellington Garcia cercado pela imprensa após a prova


João Marronzinho
Quem assistiu a última disputa do ano na categoria MX1 não teve como ficar indiferente. Foi uma daquelas provas pra assistir e relembrar por muito tempo, e que deixou as equipes que disputavam a principal coroa do motocross nacional com os nervos a flor da pele. Wellington Garcia (Honda) e João Marronzinho (Pro Tork) garantiram um grande show onde prevaleceu a tranquilidade do goiano, que enfrentou as dificuldades e adversidades da prova com categoria conquistando o título de campeão.

Dá pra dizer que aconteceu de tudo na prova mais aguardada da temporada, além da bela disputa entre Wellington e Marronzinho teve retardatário entrando na briga com o líder e invasão de pista pra protestar, uma verdadeira corrida maluca! O público adorou e vibrou com cada lance!

Thales Vilardi liderou o giro inicial, mas na segunda volta a primeira posição era de Wellington Garcia enquanto Swian Zanoni ganhava o terceiro lugar de João Marronzinho. As primeiras voltas foram complicadas pela pista bastante encharcada, então todos pilotavam com "as pontas dos dedos".

O americano Scott Simon, companheiro de equipe de Marronzinho, começou a bateria em quinto, mas errou logo em seguida e, quando tentava se recuperar cometeu um novo erro perdendo contato com o primeiro pelotão. Desta forma Marronzinho ficou mais uma vez isolado entre um pelotão de pilotos Honda. Então o catarinense acelerou o ritmo da prova, ultrapassou Thales e Swian partindo para cima de Wellington, que não ofereceu ressistência, permitindo a ultrapassagem. 


Wellington Garcia


Scott Simon interferiu na disputa e acabou desclassificado
Foram apenas duas voltas na frente, em seguida Marronzinho acertou uma pedra indo ao chão em uma das curvas do circuito. Wellington voltou à ponta com o rival ainda na segunda colocação. O momento mais polêmico da corrida veio logo depois. Scott Simon, prestes a levar uma volta, andava no ritmo do líder. A surpresa veio quando, logo após ser ultrapassado, o piloto americano bloqueou Wellington na curva após a mesa de chegada voltando a ficar na frente do goiano. A manobra provocou revolta na equipe de Wellington, o piloto manteve a calma, mas perdeu segundos preciosos com a inesperada interferência que terminou com Simon levando bandeira preta (de desclassificação) na sequência.

Marronzinho vinha na perseguição ao líder, se aproximou e conseguiu a ultrapassagem. Todos esperavam um novo duelo, mas a expectativa foi frustrada por uma nova queda de Marronzinho, na mesma curva e novamente após duas voltas na frente. Wellington voltou ao primeiro lugar com a corrida na mão.

Marronzinho retornou em terceiro, atrás de Roosevelt Assunção, acelerando tudo que podia em uma tentativa desesperada de recuperação. Na ponta Wellington só aguardava o final da corrida para comemorar o título da temporada. E foi o que aconteceu, Wellington Garcia, repetindo o feito de 2007, tornou-se campeão brasileiro nas categorias MX2 e da MX1. "Fiz uma bela prova, tive muitas dificuldades no caminho, mas consegui superar todos os pilotos das outras equipes. Esta vitória torna o meu título incontestável", comemorou.

Roosevelt Assunção


Pipo Castro
A segunda colocação ficou com Marronzinho e Roosevelt Assunção finalizou no terceiro lugar. Thales Vilardi e Swian Zanoni, que vinham bem no início da prova, enfrentaram problemas abandonando a disputa. Completaram o pódio Pipo Castro, que veio da décima posição na primeira volta para completar a corrida em quarto, e Rafael Faria que, vindo de último completou uma excelente recuperação com o quinto lugar.

*A classificação do campeonato divulgada abaixo não considera os pontos conquistados por pilotos que competiram em algumas etapas, sob liminar, com pneu diferente do oficial do campeonato, caso de Marronzinho, e que estão sendo discutidos na justiça.

*Classificação Final Campeonato MX1
1. 21 Wellington Garcia Matos 187
2. 13 Cristopher Castro 147
3. 12 Swian Zanoni Coelho Gomes 123
4. 4 Roosevelt De Freitas Assun 97
5. 292 Douglas Scartazzini Parise 93
6. 38 Marcello Ferreira De Lima 89
7. 18 Jean Carlo Ramos 82
8. 1 Joao Paulino Da Silva Junio 79
9. 17 Thales Vilardi Felix Da Silva 75
10. 931 Rafael Zenni 74
11. 37 Rafael Da Silva Faria 72
12. 14 Leandro Nunes Da Silva 53
13. 48 Joao Paulo Feltz 48
14. 31 Gabriel Bitencourt Gentil 45
15. 35 Marcos Campos Cordeiro 43
16. 2 Milton Becker 37
17. 32 Rodrigo De Castro Rodrigu 35
18. 57 Edson Luiz Bertos 35
19. 132 Richard Gabriel Berois Ber 33
20. 39 Mariana Balbi 28



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet