X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

8ª etapa - Resultados de Sábado - Nova Friburgo - RJ
Publicado em: 02/09/2009

Rodrigues garante título na etapa final
MotoX.com.br - Texto e fotos: Maurício Arruda 


Largada MX3


Assista na MotoX TV 5 vídeos com o melhor das corridas em Nova Friburgo
Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, foi palco da etapa final da temporada 2009 do Campeonato Brasileiro de Motocross. No sábado, 29 de agosto, definiu-se o último título das categorias realizadas no primeiro dia de evento: Rodrigo Rodrigues foi campeão da categoria MXJr. Mantendo a regularidade que marcou todo sua participação, Rodrigues garantiu a conquista com a terceira colocação na oitava corrida da competição. Nas demais categorias, MX3, 65cc e 50cc, os campeões foram definidos por antecipação. 

Veja também: 
- Classificação da 8ª etapa nas categorias MXJr, MX3, 65cc e 50cc 
- Galeria de imagens com 648 fotos das provas de sábado 

Para quem aguardava um circuito feito nas montanhas da região a visão da pista, mais uma vez toda construída em terreno plano, foi uma decepção. Ela seguiu o padrão aplicado durante quase toda temporada, contando com uma longa reta com grandes saltos em alta velocidade e também trechos com características de Supercross. O piso, macio e arenoso, favorecia a formação de canaletas e ondulações que deixaram o circuito mais exigente com o decorrer das baterias.

MXJr - Rodrigo Rodrigues é campeão 


Rodrigo Rodrigues


Dudu Lima
A corrida dos pilotos de até 18 anos, da MXJr, era a mais importante do dia já que definiria o único título ainda em aberto no primeiro dia de competição. Fora desta disputa Dudu Lima largou na frente e não teve a vitória ameaçada, apesar do esforço de Gabriel Gentil, que perseguiu o paulista até o final da prova.

A terceira posição também foi por toda prova de Rodrigo Rodrigues, resultado mais do que suficiente para que o piloto da Honda garantisse o título. "Fui bastante constante e agora estou tendo o resultado deste trabalho. Tive cautela durante a prova de hoje, não caí e consegui confirmar o título", disse o campeão.

Gustavo Takahashi e Hector Assunção também estavam na briga pelo campeonato, mas não passaram da disputa pela quarta posição na prova, insuficiente para ameaçar o título de Rodrigues. Takahashi terminou no quarto lugar e ficou com o vice-campeonato.
A quinta colocação na prova foi de Rodrigo Lama, que recuperou-se da nona posição no início. Gabriel Montenegro foi o sexto colocado e Hector finalizou em sétimo, fechando o campeonato na terceira colocação. O resultado geral do campeonato está Sub Judice já que há um recurso do piloto Gabriel Gentil para ser julgado.

Classificação Final Campeonato MXJr (Sub Judice)
1. 32 Rodrigo De Castro Rodrigues 172
2. 41 Gustavo Takahashi 156
3. 30 Hector Freitas Assunçao 152
4. 332 Rodrigo De Andrade Santos 135
5. 338 Eduardo Ferreira Lima 110
6. 938 Victor Feltz 101
7. 53 Gabriel Ferreira Monteneg 98
8. 50 Marcal Muller 91
9. 31 Gabriel Bitencourt Gentil 81
10. 39 Mariana Balbi 74
11. 104 Leonardo Barros Pereira 64
12. 90 Luis Felipe Claudino 57
13. 951 Fabio Bortolotti Lobo 47
14. 121 Henrique Winkler 32
15. 59 João Vinicius Gabriel Costa 32
16. 65 Samuel De Souza Pacheco 32
17. 757 Hugo Amaral 30
18. 116 Gabriel Zenni 21
19. 247 Pedro Claudio De Azevedo R 20
20. 178 Mateus Favero Basso 14

65cc - Prova foi interrompida e contou com relargada 


Rodrigo Riffel


Kioman Navarro
A prova da 65cc foi conturbada, após a largada e algumas voltas sob liderança de Enzo Lopes a prova foi interrompida. O motivo: um trecho da pista foi molhado excessivamente durante a preparação da pista,afto que provocou algumas quedas, assim o diretor de prova optou pela paralização para correção do trecho e uma relargada.

Na nova partida Enzo Lopes não foi tão bem, começando no meio do pelotão, enquanto o campeão Rodrigo Riffel disparava na liderança. Riffel não encontrou dificuldades para abrir distância, ainda sofreu uma queda durante a bateria, mas ainda assim manteve-se a frente até a bandeirada.

Kioman Navarro fez sua melhor apresentação no ano conquistando de forma tranquila a segunda colocação. Enzo Lopes mostrou que, apesar de mais jovem que os demais, já tem maturidade para ser um dos mais rápidos da categoria, começou a prova em oitavo, mas foi recuperando-se até chegar ao terceiro lugar, posição suficiente para a conquista do vice-campeonato. 

Wilgner Francisco, que também estava na disputa pelo vice, acabou logo atrás de Enzo, na quarta colocação. O goiano Gustavo Borges fechou o pódio da etapa final.

Classificação Final Campeonato 65cc
1. 5 Rodrigo Jose Riffel 196
2. 12 Enzo Lazaro Pedo Lopes 146
3. 28 Wilgner Francisco 139
4. 7 Gustavo Pessoa De Souza 119
5. 9 Gustavo Alves Santos Borg 107
6. 15 Jose Brayan Padilha Soares 106
7. 71 Matheus Galves De Souza 105
8. 35 Pedro Henrique Rosa Bueno 78
9. 8 Kioman De Jesus Navarro 67
10. 150 Daniel Reichhardt 66
11. 155 Hugo Evantuil De Souza Cun 58
12. 99 Victor Monnerat 53
13. 800 Joao Alves De Araujo Filho 52
14. 125 Leonardo De Souza Silva 35
15. 115 Lucas De Almeida Calazans 31
16. 32 Hugo Erthal Cabral 24
17. 73 Paulo Vitor Cunha Guimara 24
18. 102 Djalma Carvalho De Brito 23
19. 126 João Gabriel Michelin 23
20. 223 Arthur Piva Todeschini 23

MX3 - Cristiano Lopes encerra temporada com vitória 


Cristiano Lopes


Willian Guimarães
Na etapa final da MX3 o duelo entre o Cristiano Lopes, campeão antecipado, e Milton Chumbinho Becker foi o melhor da temporada. Os dois correram determinados em mais uma disputa pela vitória. Chumbinho liderou a primeira volta sendo ultrapassado em seguida por Cristiano. A liderança foi do paulista por várias voltas até que Chumbinho reagiu, recuperou a liderança e apertou o ritmo. Cristiano buscava manter-se próximo quando o catarinense enfrentou um problema mecânico (quebra do motor) sofrendo uma queda que o deixou atordoado e fora da prova.

Cristiano retomou a ponta para vencer com boa vantagem. A esta altura Willian Guimarães já estava isolado na segunda colocação, mas o momento era intenso na disputa pelo terceiro lugar com Mariana Balbi ultrapassando Alexandro Martins. A mineira confirmou a posição e Martins, com a quarta colocação, e apenas um ponto a mais do que Vagner Lachi, terminou a temporada como vice-campeão. Márcio Joanita terminou a bateria na briga pelo pódio com Lachi, que levou vantagem na disputa inferior a meio segundo.

Classificação Final Campeonato MX3
1. 26 Cristiano Lopes 177
2. 33 Alexandro Valerim Martins 134
3. 731 Vagner Lachi 133
4. 39 Mariana Balbi 127
5. 1 Milton Becker 124
6. 27 Willian Aparecido Alves Gu 102
7. 610 Marcio Rogerio Do Nascime 97
8. 49 Marcelo Alan Agostini 92
9. 42 Julio Cezar Bonifacio Xavie 69
10. 16 Nicomedes Soares Da Rocha 63
11. 334 Jose Israel Batista Feitosa 57
12. 278 Walter Sergio Tardim 50
13. 45 Erivelto Donizete Rossi Nic 45
14. 52 Leo Lopes 44
15. 227 Ademir Antonio Todeschini 38
16. 550 Anderson Vaz Mendes 33
17. 78 Vinicius Rachid Da Silva 33
18. 64 Flavio Luiz Bueno Machado 29
19. 925 Eliseu Glanert 27
20. 28 Elton Becker 22

50cc - Enzo Lopes conquista sétima vitória 


Enzo Lopes


Guilherme Costa e Carlinhos Evangelista
Ele esteve próximo da temporada perfeita. Não fosse um tropeço na primeira etapa Enzo Lopes terminaria o campeonato invicto. Em Nova Friburo alcançou sem dificuldades a sétima vitória na categoria e deixou os adversários mais uma vez disputando o segundo lugar.

Na etapa as primeiras posições mantiveram-se desde o início. O campeão Enzo em primeiro, Guilherme Costa em segundo, Carlinhos Evangelista em terceiro e Renato Paz em quarto. Lucas Erthal fechou o pódio após ultrapassar Thiago Brenner também no começo da prova. 

O vice-campeão da temporada foi Gabriel dos Santos, que não competiu na prova. 

Classificação Final Campeonato 50cc
1. 2 Enzo Lazaro Pedo Lopes 202
2. 143 Gabriel Gomes Dos Santos 148
3. 23 Arthur Piva Todeschini 114
4. 6 Guilherme Torres Da Costa 109
5. 921 Felippe Müller Menuzzi 106
6. 50 Thiago Henrique Brenner 105
7. 117 Glauter Ribeiro Da Silva Fil 101
8. 9 Carlos Tavares Evangelist 87
9. 8 Renato Costa Mattos Paz 69
10. 111 Pedro De Castro Boechat 43
11. 66 Lucas Erthal Cabral 42
12. 22 Victor Colla De Magalhães 40
13. 5 Pietro Grazik Pimentel 32
14. 52 Vitor Della Nina Goncalves 28
15. 11 Lucas Torres Da Costa 21
16. 71 Gabriel Favero Silva 18
17. 144 Lucas Cuzuol Belem 18
18. 104 Guilherme Grasse Rodrigu 16
19. 118 Felipe Moraes 13
20. 63 Joao Vitor Tostes 12



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet