X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

5ª etapa - Resultados de Sábado - Sorriso - MT
Publicado em: 11/07/2009

Surpresas nas provas de sábado em Sorriso
Redação MotoX.com.br - Fotos: Equipe MotoX


Largada MX3


Sorriso, MT, recebe pelo segundo ano consecutivo uma etapa do Brasileiro de Motocross
Mesmo em pleno inverno o primeiro dia da 5ª etapa da Brasileiro de Motocross, prova disputada em Sorriso, MT, foi marcado pelo forte calor. Os termômetros chegaram a registrar 36 graus neste sábado, 11, temperatura típica desta região do Mato Grosso que recebe uma etapa do circuito nacional pelo segundo ano consecutivo. Mas o clima também pregou uma surpresa durante a bateria da 50cc: uma inesperada chuva surpreendeu a todos, mas com fraca intensidade não chegou a atrapalhar o andamento da prova dos pequenos pilotos, que encerrou a programação de hoje.

A pista do motódromo Vale do Teles Pires, de terreno arenoso, dificultou a vida dos pilotos já que a cada volta o traçado ficava diferente. Talvez por isto as primeiras provas desta rodada tenham trazido algumas surpresas. Na MXJr Gustavo Takahashi venceu pela primeira vez na temporada, assim como Gustavo Borges na 65cc.

Confirmando a expectativa, o número de pilotos foi reduzido nesta etapa. A grande distância para os competidores do sul e do sudeste fez com que muitos desistissem da longa e despendiosa viagem pra cumprir mais uma prova da competição.O reflexo está nos gates, mais vazios, e nas disputas pouco acirradas nas categorias que foram realizadas neste sábado.

Acompanhe os principais destaques das provas da MXJr, 65cc, MX3 e 50cc.

MXJr - Takahashi vence e Rodrigues retoma a liderança do campeonato 


Gustavo Takahashi


Hector Assunção
A vitória foi de ponta a ponta de Gustavo Takahashi que acelerou forte para manter a distância do principal adversário na prova, Hector Assunção, seu companheiro de equipe. Hector largou na frente, mas antes mesmo de fechar a primeira volta foi superado pelo concorrente. Takahashi manteve a concentração e, mesmo com a perseguição de Hector segurou a ponta até a bandeirada. "Vi que ele estava rápido e para vencer precisava manter o ritmo senão seria ultrapassado", afirmou Takahashi após a primeira vitória na temporada.

O grande beneficiado do dia foi Rodrigo Rodrigues que depois de largar no pelotão intermediário, também sofreu uma queda, mas se recuperou no decorrer da prova terminando com a terceira colocação. Com este resultado o paulista retomou a liderança do campeonato. A prova também marcou o retorno de Dudu Lima, que estava afastado desde a segunda etapa do campeonato - em Canelinha (25/4) -, ocasião em que fraturou o tornozelo. Mostrando estar plenamente recuperado, fez um excelente quarto lugar, a frente de seu companheiro de equipe Rodrigo Lama. Com os três primeiros colocados também do mesmo time, o pódio foi 100% Honda. 


Rodrigo Rodrigues
Gabriel Gentil não teve uma boa apresentação que começou nas últimas posições depois de uma queda na largada. Sofrendo a pressão de defender a liderança do campeonato e na tentativa de recuperar posições, ele voltou a cair outras vezes até abandonar a prova, com a parte traseira de sua moto bastante danificada. Abalado por ver escapar o primeiro lugar no campeonato, o catarinenseu chorou bastante ao deixar a corrida. 

P. No. MXJr V Total Time Diff Best Time In Lap
1 41 Gustavo Takahashi 16 23:42.919 1:29.063 13
2 30 Hector Freitas Assunçao 16 23:46.949 4.030 1:29.328 14
3 32 Rodrigo De Castro Rodrigues 16 23:57.041 14.122 1:27.985 5
4 338 Eduardo Ferreira Lima 16 24:07.592 24.673 1:29.400 5
5 332 Rodrigo De Andrade Santos 16 24:42.140 59.221 1:29.318 13
6 757 Hugo Amaral 16 25:17.989 1:35.070 1:31.582 3
7 938 Victor Feltz 15 24:15.118 1 Lap 1:35.653 4
8 104 Leonardo Barros Pereira 15 24:52.029 36.911 1:37.603 4
9 90 Luis Felipe Claudino 14 23:46.948 2 Laps 1:37.327 3
10 951 Fabio Bortolotti Lobo 13 24:00.776 3 Laps 1:50.061 3
11 247 Pedro Claudio De Azevedo Rehn 13 24:16.154 15.378 1:47.775 4
12 53 Gabriel Ferreira Montenegro 13 24:25.260 24.484 1:31.735 6
13 455 Adans Rafael Bressan 13 25:12.414 1:11.638 1:51.737 4

65cc - Gustavo Borges vence pela primeira vez 


Gustavo Borges


Rodrigo Riffel
O gate não caiu nas duas primeiras tentativas de largada da categoria, segundo a organização porque o excesso de areia emperrou o sistema. A garotada da 65cc teve de esperar os reparos, para ai sim dar início a uma bateria que teve um final inesperado. Gustavo Pessoa e Gustavo Borges sairam na frente, mas logo na sequência de costelas foi Rodrigo Riffel quem assumiu a ponta. Imprimindo um ritmo forte ele passou a se distanciar dos demais a cada volta.

Pessoa se mantém em segundo enquanto nas demais posições as trocas são constantes. Tudo parecia definido, com mais uma vitória de Riffel, quando o inesperado acontece. O líder erra, deixando sua moto morrer perdendo posições. Borges não perde a chance, supera Pessoa, assumindo a liderança.

Assim que consegue voltar a prova, o líder do campeonato aperta o ritmo, recupera a segunda posição e chega até mesmo a se aproximar do líder. Mas o que retou a Riffel foi mesmo se contentar com a segunda posição e assistir Gustavo Borges comemorar muito sua primeira vitória no Brasileiro de Motocross. 


Gustavo Pessoa
Gustavo Pessoa confirmou o terceiro lugar enquanto o vice-líder da temporada, Wilgner Francisco, não teve um de seus melhores desempenhos, finalizando na quarta colocação. Já Enzo Lopes - que lidera a categoria 50cc - numa boa prova conquistou a quinta posição e mostra que já está entre os melhores também nesta classe. 

P. No. 65cc v Total Time Diff Best Time In Lap
1 9 Gustavo A. Santos Borges 11 19:17.121 1:45.536 10
2 5 Rodrigo Jose Riffel 11 19:21.867 4.746 1:45.720 11
3 7 Gustavo Pessoa De Souza 11 19:28.185 11.064 1:48.201 4
4 28 Wilgner Francisco 11 19:29.478 12.357 1:46.046 11
5 12 Enzo Lazaro Pedo Lopes 11 19:29.922 12.801 1:47.895 3
6 15 Jose Brayan Padilha Soares 11 19:37.602 20.481 1:48.223 8
7 150 Daniel Reichhardt 11 20:11.215 54.094 1:51.650 2
8 71 Matheus Galves De Souza 11 20:15.468 58.347 1:53.049 7
9 800 Joao Alves De Araujo Filho 11 20:50.422 1:33.301 1:54.107 4
10 73 Paulo Vitor C. Guimaraes 11 21:13.998 1:56.877 1:55.789 3
11 125 Leonardo De Souza Silva 10 20:23.170 1 Lap 2:03.347 9
12 223 Arthur Piva Todeschini 10 20:49.425 26.255 1:57.407 3
13 444 Lucas Cuzuol Belem 9 19:18.494 2 Laps 2:04.650 4
14 198 Yan Jose Hilario Machado 9 19:43.184 24.690 2:17.673 9

MX3 - Lopes mantém liderança, mas vê Chumbinho conquistar nova vitória 


Milton Chumbinho Becker


Cristiano Lopes
A etapa começou com novos nomes brilhando na MX3. Primeiro foi Willian Guimarães que conquistou a pole-position, depois Vagner Lachi que, pela primeira vez, liderou a competição. Lachi assumiu a ponta no início da prova sendo muito pressionado por Milton Becker, o Chumbinho. Durante as seis primeiras voltas Lachi resistiu, mas, após algumas tentativas acabou cedendo a posição ao multi-campeão. Chumbinho até mesmo quase foi ao chão, mas após conseguir a ultrapassagem abriu cada vez mais distância garantindo sua segunda vitória consecutiva.

Depois de alguns altos e baixos durante a prova, Cristiano Lopes encontrou um bom ritmo e alcançou Lachi - seu principal adversário na tabela do campeonato - para, a quatro voltas do fim, superá-lo conquistando a segunda colocação. O resultado assegurou pontos importantes para o paulista que segue líder do campeonato.


Vagner Lachi
Alexandro Martins se manteve consistente, finalizou em quarto e com estes pontos ganhou a terceira posição no campeonato já que Mariana Balbi - que vinha um ponto a sua frente na competição - foi apenas a décima colocada. A mineira sofreu com um forte tombo durante os treinos da manhã. Destaque para o piloto paulista Marcio Joanita, que chegou a ocupar a nona colocação e fechou a prova na quinta posição garantindo uma vaga no pódio. Willian Guimarães não conseguiu repetir o desempenho dos treinos, chegou a estar em terceiro na corrida, mas caiu e não conseguiu mais que a sétima posição, atrás de Júlio Cézar Xavier. 

P. No. MX3 v Total Time Diff Best Time In Lap
1 1 Milton Becker 16 24:08.135 1:32.368 8
2 26 Cristiano Lopes 16 24:39.648 31.513 1:33.233 4
3 731 Vagner Lachi 16 25:01.082 52.947 1:32.876 4
4 33 Alexandro Valerim Martins 16 25:21.313 1:13.178 1:35.249 4
5 610 Marcio Rogerio Do Nascimento 16 25:40.737 1:32.602 1:37.976 5
6 42 Julio Cezar Bonifacio Xavier 16 25:43.923 1:35.788 1:35.678 5
7 27 Willian Aparecido Alves Guimaraes 15 24:19.272 1 Lap 1:34.262 5
8 278 Walter Sergio Tardim 15 24:26.316 7.044 1:38.710 5
9 49 Marcelo Alan Agostini 15 24:50.696 31.424 1:38.827 4
10 39 Mariana Balbi 15 24:53.747 34.475 1:35.595 5
11 671 Peterson Antonio Pfeifer 15 24:57.380 38.108 1:41.060 14
12 227 Ademir Antonio Todeschini 15 25:32.236 1:12.964 1:37.775 2
13 108 Luiz Alberto Vicari 15 25:39.772 1:20.500 1:39.434 4
14 64 Flavio Luiz Bueno Machado 14 24:10.241 2 Laps 1:45.218 13
15 712 Alberto Maschio 14 24:37.483 27.242 1:38.674 4
16 723 Aparicio Paixao Ribeiro Junior 14 24:44.493 34.252 1:44.870 4
17 87 Alessandri Pereira Dias 14 25:08.386 58.145 1:44.860 3
18 240 Rodolfo Jose Bastos Vasconcelos 13 26:13.998 3 Laps 2:00.528 4

50cc - Enzo Lopes amplia vantagem em prova com poucos pilotos 


Pódio 50cc
Foto: Fabiana Santos - Y.Sports

Com apenas seis motos alinhadas no gate e sob leve chuva, a categoria 50cc fechou o sábado de provas. Enzo Lopes não teve problemas para encerrar o dia com vitória. O gaúcho ampliou ainda mais sua vantagem no campeonato já que o vice-líder Guilherme Costa não esteve presente nesta etapa.

A vitória de ponta a ponta terminou com mais de um minuto a frente do segundo colocado Gabriel dos Santos, que largou em terceiro e assumiu a posição sobre Arthur Todeschini, terceiro colocado na bandeirada Glauter Ribeiro fez uma prova consistente, mantendo a regularidade e a quarta posição desde a largada. Felippe Muller e Thiago Brenner brigaram pela quinta posição até a metade da bateria, quando Muller assumiu a posição mantendo-a até o fim.
 
P. No. 50cc v Total Time Diff Best Time In Lap
1 2 Enzo Lazaro Pedo Lopes 9 17:32.403 2:03.022 3
2 143 Gabriel Gomes Dos Santos 9 18:42.472 1:10.069 2:09.548 3
3 23 Arthur Piva Todeschini 9 18:59.807 1:27.404 2:09.663 4
4 117 Glauter Ribeiro Da Silva Filho 9 19:58.719 2:26.316 2:18.138 2
5 921 Felippe Müller Menuzzi 8 17:58.776 1 Lap 2:20.753 3
6 50 Thiago Henrique Brenner 8 18:19.267 20.491 2:21.613 4



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet