X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

3ª etapa - Resultados de Sábado - Canoas - RS
Publicado em: 16/05/2009

Etapa marca o retorno de Chumbinho e Saçaki na MX3, mas quem vence é Cristiano Lopes
Redação MotoX.com.br - Fotos: Maurício Arruda


Largada MX3


Assista ao vídeo das provas
A 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross começou neste sábado, 16, em um circuito inédito no Parque Eduardo Gomes, em Canoas, região metropolitana de Porto Alegre, RS. O local recebeu pela primeira vez uma prova do Brasileiro de Motocross. A pista -era uma incógnita para todos os pilotos que disputam o nacional - de 1.250 metros de extensão é toda em terreno plano, por isso em nada lembra o de Carlos Barbosa (sede do evento gaúcho até o ano passado).

Veja também: Resultados das provas de domingo

Com o cancelamento da prova da 50cc em Canelinha, devido ao excesso de chuva e lama na pista, excepcionalmente esta 3ª etapa contou com duas baterias da categoria. Assim o sábado ganhou uma corrida a mais, no total foram disputadas 5 baterias.

Veja abaixo os resultados e o resumo das provas deste sábado.

MX3 – Cristiano Lopes vence e retoma a liderança do campeonato


Cristiano Lopes

No dia do retorno de Milton Chumbinho Becker e Eduardo Saçaki quem brilhou foi Cristiano Lopes. Os 20 minutos mais duas voltas da prova foram liderados pelo paulista que, além da vitória, reassumiu a liderança do campeonato. "Aqui em Canoas foi diferente de Canelinha (sede da 2ª etapa). Treinei bastante e acertei a moto. Lá teve muita chuva", afirmou o vencedor. Mas não foi fácil, seguido o tempo todo por Chumbinho, a diferença entre os dois oscilou entre 2 e 5 segundos ao longo da prova, Cristiano não podia vacilar, sob risco de perder a liderança. Mesmo voltando de uma contusão, sem estar em 100% de suas condições físicas, Chumbinho fez ótima prova com a segunda colocação, andando próximo do ponteiro. 

Nico Rocha acabou levando a pior numa dividida com Chumbinho na largada. Após levantar entre os últimos fazia grande prova de recuperação quando sofreu nova queda e abandonou a corrida.

Destaque também para Mariana Balbi, que depois de largar em sétimo, fez ótima recuperação até alcançar a quarta posição. Mas a mineira queria mais. Na última volta ela assumiu o a 3ª colocação do pódio, depois de ultrapassar Willian Guimarães que, com problemas no escapamento durante toda a prova perdeu muito rendimento nas duas voltas finais caindo para sétimo. Com isto Vagner Lachi subiu para a quarta posição, Márcio Joanita para quinto e Alexandro Martins para sexto. Eduardo Saçaki teve participação discreta completando a prova na 13ª posição, mas a torcida fez festa para o carismático "Japonês Voador".

P. N. MX3 M. Volta Dif Voltas
1 26 Cristiano Lopes 1:22.618 - 17
2 1 Milton Becker 1:24.803 +5.929 17
3 39 Mariana Balbi 1:25.516 +32.770 17
4 731 Vagner Lachi 1:27.419 +55.221 17
5 610 Marcio Rogerio Do Nascimento 1:26.778 +55.611 17
6 33 Alexandro Valerim Martins 1:25.845 +1:11.287 17
7 27 Willian Aparecido Alves Guimaraes 1:25.466 +1:36.006 17
8 42 Julio Cezar Bonifacio Xavier 1:29.305 1 Lap 16
9 334 Jose Israel Batista Feitosa 1:30.906 +23.550 16
10 49 Marcelo Alan Agostini 1:29.440 +32.649 16
11 925 Eliseu Glanert 1:31.837 +44.035 16
12 128 Anisio Roberto Clasen 1:31.497 +45.635 16
13 89 Eduardo Yoshio Saçaki 1:31.648 +47.107 16
14 82 Marco Muller 1:31.285 +53.414 16
15 87 Alessandri Pereira Dias 1:32.474 +1:06.321 16
16 160 Marco Antonio Paz 1:32.770 +1:18.893 16
17 81 Demetrius Oliveira Marques 1:29.507 +1:25.801 16
18 136 Ciro Schossler 1:33.613 +1:29.333 16
19 327 Gustavo De Oliveira Visotto 1:31.343 +1:32.435 16
20 52 Leo Lopes 1:34.140 +1:35.786 16

MX Jr – Mudança na liderança do campeonato


Hector Assunção

Gabriel Montenegro largou na frente, mas logo foi superado por Gustavo Takahashi que trouxe em seu encalço o pole position, Hector Assunção. Na terceira volta Hector já é líder e passa a abrir vantagem que sustenta até a bandeirada. "Estava esperando esta vitória há muito tempo, Não fui bem nas primeiras etapas, mas treinei bastante para conseguir vencer. Fiz uma boa largada, não cometi erros e deu tudo certo", declarou Hector. Gabriel Gentil encostou rapidamente na briga pelo segundo lugar começando uma boa briga com Takahashi. Foram várias voltas até Gentil levar a melhor garantindo a posição. 

Já o até então líder da tabela Rodrigo Rodrigues, vinha bem em quarto quando cometeu um erro caindo para a nona posição. Rodrigo Lama aproveitou para assumir a posição, mantendo-a até o final. O problema é que Lama precisava pagar um "stop and go", mas não cumpriu a determinação e por isto foi penalizado em 30 segundos. Assim o gaúcho Marçal Muller foi quem conquistou definitivamente o quarto lugar. O carioca Gabriel Montenegro também recuperou um lugar no pódio, terminando com a quinta colocação. 

O segundo lugar na etapa deu também a liderança da classificação geral para Gabriel Gentil, 3 pontos a frente de Rodrigo Rodrigues.

P. N. MXJr M. Volta Dif Voltas
1 30 Hector De Freitas Assunção 1:19.037 - 18
2 31 Gabriel Bitencourt Gentil 1:19.842 +6.723 18
3 41 Gustavo Vieira Bonaventura Takahashi 1:20.520 +12.660 18
4 50 Marcal Muller 1:22.145 +56.733 18
5 53 Gabriel Montenegro 1:22.788 +1:01.530 18
6 332 Rodrigo De Andrade Santos 1:21.679 +1:08.639 18
7 178 Mateus Favero Basso 1:25.589 1 Lap 17
8 32 Rodrigo De Castro Rodrigues 1:20.505 +2.868 17
9 90 Luis Felipe Claudino 1:25.245 +3.345 17
10 938 Victor Feltz 1:25.980 +4.068 17
11 65 Samuel De Souza Pacheco 1:26.078 +22.828 17
12 323 Leonardo Rodrigo Dambros 1:25.708 +28.388 17
13 121 Henrique Winkler 1:25.505 +31.766 17
14 74 Gustavo Focchesato 1:24.851 +34.856 17
15 464 Douglas Finatto 1:27.281 +1:00.698 17
16 361 Maicon Frena 1:29.958 2 Laps 16
17 236 Dante Lupo Parra 1:28.881 +5.140 16
18 918 Ricardo Zimmermann 1:27.808 +45.515 16
19 414 Pablo Ricardo Sebben 1:32.012 +53.523 16
20 816 Talvan Victor Almeida Teixeira 1:33.097 +1:16.224 16

65 cc – Mais emocionante do dia, prova foi muito disputada e equilibrada


Rodrigo Riffel

A garotada da 65cc roubou a cena neste sábado. Numa prova emocionante e movimentada, Wilgner Francisco venceu, mas não levou. Após pular mais de uma vez sob bandeira amarela, o paulista acabou punido em 30 segundos por desrespeitar uma bandeira médica. Punição justa, até branda, já que poderia justificar uma desclassificação. Com o desconto no tempo Wilgner acabou com a quarta posição. Mas antes disto muita coisa aconteceu, começando por uma intensa briga pela ponta entre Gustavo Pessoa e Rodrigo Riffel. Os dois faziam lado a lado a seção de costelas que antecedia a chegada quando se tocaram. Riffel foi ao chão, voltando em terceiro, enquanto Gustavo cambaleou, mas conseguiu se equilibrar mantendo a liderança. 

Neste momento Wilgner assumiu o segundo lugar e aproximou-se de Pessoa. Na sexta volta ocorreu a ultrapassagem. Pouco depois Pessoa cometeu um pequeno erro sendo ultrapassado também por Riffel. Os dois voltam a travar uma intensa batalha alternando-se na posição por algumas vezes. Rodrigo Riffel leva a melhor, finaliza a prova em segundo e, com a punição de Wilgner, é declarado vencedor. Gustavo Pessoa assume a segunda colocação e Gustavo Alves a terceira. Kioman Navarro fechou o pódio em quinto, com Wilgner ficando com a quarta colocação.

P. N. 65cc M. Volta Dif Voltas
1 5 Rodrigo Jose Riffel 1:39.966 - 12
2 7 Gustavo Pessoa De Souza 1:40.204 +9.224 12
3 9 Gustavo Alves Santos Borges 1:40.899 +13.667 12
4 28 Wilgner Francisco 1:39.523 +26.979 12
5 8 Kioman De Jesus Navarro 1:43.063 +30.106 12
6 12 Enzo Lazaro Pedo Lopes 1:43.639 +53.950 12
7 150 Daniel Reichhardt 1:44.509 +1:04.385 12
8 15 José Brayan Padilha 1:43.667 +1:16.980 12
9 99 Victor Monnerat 1:46.861 +1:19.406 12
10 71 Matheus Galves De Souza 1:47.811 +1:43.520 12
11 115 Lucas De Almeida Calazans 1:50.830 1 Lap 11
12 66 Jaison Tressoldi Gamba 1:50.039 +6.967 11
13 126 João Gabriel Michelin 1:51.609 +46.295 11
14 89 Luciano Oriano Junior 1:52.080 +50.080 11
15 170 Daniel Seidl Noal 1:46.146 +50.728 11
16 70 Andrio Seben 1:52.639 +1:04.591 11
17 94 Wagner Da Silva Carvalho 1:51.775 +1:46.463 11
18 97 Rodolpho Isart Moraes 1:59.650 2 Laps 10
19 43 Gabriel Gomes Dos Santos 1:49.992 3 Laps 9
20 111 Pedro De Castro Boechat 2:12.046 +3:57.675 9

50cc – Enzo Lopes vence em casa


Enzo Lopes

Na 50cc o gaúcho Enzo Lopes largou bem, mas foi pressionado por Guilherme Costa nas primeiras voltas. O paulista ameaça a posição de Enzo, mas parece que o piloto da casa estava se aquecendo porque repentinamente o ritmo aumenta de forma significativa e situação da prova fica tranquila para o líder.

Enzo abre alguns segundos de vantagem, administra a liderança, e conquista a vitória de ponta a ponta. Guilherme se mantém em segundo, enquanto a briga é intensa pelas demais posições. Gabriel Gomes, que não largou bem, recuperou-se assumindo a terceira posição com ultrapassagens sobre Carlos Evangelista e Pietro Grazik, quarto e quinto colocados respectivamente.

P. N. 50cc M. Volta Dif Voltas
1 2 Enzo Lazaro Pedo Lopes 1:47.411 - 9
2 6 Guilherme Torres Da Costa 1:51.895 +12.991 9
3 143 Gabriel Gomes Dos Santos 1:51.116 +47.885 9
4 9 Carlos Tavares Evangelista 1:56.238 +57.194 9
5 5 Pietro Grazik Pimentel 1:54.493 +1:08.362 9
6 8 Renato Costa Mattos Paz 1:55.758 +1:18.314 9
7 23 Arthur Piva Todeschini 1:54.641 +1:20.109 9
8 117 Glauter Ribeiro Da Silva Filho 2:02.016 1 Lap 8
9 50 Thiago Henrique Brenner 2:02.622 +1.496 8
10 921 Felippe Müller Menuzzi 2:06.458 +38.080 8
11 16 Gustavo Lucatel Almeida Moura 2:00.019 +43.875 8
12 111 Pedro De Castro Boechat 2:02.310 +55.143 8
13 52 Vitor Della Nina Gonçalves 2:12.280 +1:31.783 8
14 123 Willian Tiago Morais De Freitas 2:15.031 +1:45.774 8
15 22 Victor Colla De Magalhães 2:26.884 2 Laps 7
16 11 Lucas Torres Da Costa 2:21.772 +2.430 7
17 934 Pedro Biasoli Magero 2:27.597 +1:29.096 7
18 13 Henrique Colla De Magalhaes 2:45.497 3 Laps 6

50cc – Bateria válida pela 2ª etapa

Enzo Lopes venceu mais uma, novamente de ponta a ponta. Desta vez o gaúcho logo abriu vantagem sobre os demais, fazendo uma prova mais tranquila. Arthur Todeschini finalizou em segundo, conquistando a posição logo no início, mas trabalhou bastante para mantê-la. Seguido de perto por Carlos Evangelista e Guilherme Costa, que mesmo largando mal chegou ao pelotão da frente, Todeschini precisou manter o ritmo até a bandeirada. Costa pulou para a terceira posição terminando a prova muito perto do concorrente. 

Nos momentos finais outras posições também se consolidam: Gabriel Gomes assume a quarta colocação seguido por Pietro Grazik que repete a quinta posição da bateria anterior.

Enzo Lopes comemorou a dupla vitória: "Foi muito bom ganhar em casa. A prova não foi muito fácil. Tinha muitas canaletas. Mas larguei bem, mantive o ritmo e depois comemorei com a nossa torcida",  explicou o vencedor das duas baterias realizadas hoje.

Neste domingo, 17, acontecem as provas da MX2, CRF 230F, 85cc e MX1. Os treinos estão previstos para começarem as 8 horas da manhã e as provas a partir das 13:00 horas. Para assistir a transmissão ao vivo clique aqui.

P. N. 50cc (2ª etapa - Canelinha) M. Volta Dif Voltas
1 2 Enzo Lazaro Pedo Lopes 1:46.275 - 10
2 23 Arthur Piva Todeschini 1:48.805 +15.662 10
3 6 Guilherme Torres Da Costa 1:49.054 +17.248 10
4 143 Gabriel Gomes Dos Santos 1:50.281 +48.027 10
5 5 Pietro Grazik Pimentel 1:51.282 +50.851 10
6 9 Carlos Tavares Evangelista 1:51.533 +1:13.817 10
7 50 Thiago Henrique Brenner 1:57.426 +1:50.410 10
8 118 Felipe Moraes 1:58.928 1 Lap 9
9 117 Glauter Ribeiro Da Silva Filho 2:00.517 +20.294 9
10 921 Felippe Müller Menuzzi 1:58.814 +20.411 9
11 52 Vitor Della Nina Goncalves 2:10.499 +1:44.043 9
12 22 Victor Colla De Magalhães 2:18.741 2 Laps 8
13 11 Lucas Torres Da Costa 2:25.799 +22.694 8
14 13 Henrique Colla De Magalhaes 2:46.171 3 Laps 7
15 111 Pedro De Castro Boechat 2:00.436 6 Laps 4
16 8 Renato Costa Mattos Paz 1:57.425 +22.190 4
    






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet