X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

2ª etapa - Resultados de Domingo - Canelinha - SC
Publicado em: 26/04/2009

Leandro Silva (MX1) e Jean Ramos (MX2) dominam as provas em Canelinha
Redação MotoX.com.br - Fotos: Maurício Arruda


Largada MX2

Neste domingo, 26, dando continuidade à 2ª etapa do Brasileiro de Motocross em Canelinha (SC), foram realizadas as provas das categorias MX2, CRF 230F, 85cc e MX1. Com uma trégua da chuva e o Sol reinando, as condições da pista ficaram melhores em relação a ontem, mas o circuito continuou repleto de valetas e dificuldades que proporcionaram boas disputas.

Veja também: Matéria, resultados, fotos e vídeo das provas de sábado

Nos treinos cronometrados, Jean Ramos dominou a MX2 enquanto Leandro Silva confirmou a boa fase conquistando a pole na MX1, numa prévia do que ocorreu nas provas das duas principais categorias. "A pista em Canelinha, por ser rápida e ter uma opção de traçado diferente de Indaiatuba, nivela os pilotos. Entretanto, estou conseguindo acertar a minha moto, que é um equipamento novo, e vou buscar a vitória para me manter na liderança na competição" afirmou Leandro, já com mais um ponto garantido antes da prova.

MX2 - Jean Ramos de ponta a ponta 


Jean Ramos

Com uma bela apresentação Jean Ramos mostrou que está plenamente recuperado da lesão que prejudicou seu desempenho na abertura do campeonato. Largando na frente ele não demorou muito para abrir dos demais passando a administrar sua vantagem até a bandeirada final. Já a briga pelas posições seguintes foi bastante intensa, com o forte ritmo provocando diversas quedas. Entre as vítimas Thales Vilardi, Roosevelt Assunção e Wellington Garcia que ocupa a 20ª posição quando dá início a uma prova memorável.

Realizando várias ultrapassagens o goiano se esforça para manter a liderança do campeonato, e dá resultado. A cada volta ele está mais à frente e nas voltas finais ele está na briga pela segunda posição. Swian Zanoni não resiste entregando o posto a apenas três voltas do fim. Mostrando muita regularidade Pipo Castro se manteve entre os líderes durante todo o tempo conquistando a quarta posição. Destaque também para Rafael Faria que fez mais uma prova consistente concluída na quinta colocação. Com o resultado desta etapa Wellington Garcia ampliou sua vantagem na classificação geral.

Pos No. MX2 Best Tm Diff Points Laps
1 18 Jean Carlo Ramos 1:46.357 - 25 20
2 21 Wellington Garcia Matos 1:46.516 +1.859 22 20
3 12 Swian Zanoni Coelho Gomes 1:47.259 +8.948 20 20
4 13 Cristopher Castro 1:47.632 +17.911 18 20
5 37 Rafael Da Silva Faria 1:48.210 +48.211 16 20
6 4 Roosevelt De Freitas Assuncao Junior 1:46.770 +1:05.693 15 20
7 17 Thales Vilardi Felix Da Silva 1:48.706 +1:06.720 14 20
8 332 Rodrigo De Andrade Santos 1:50.177 +1:25.052 13 20
9 41 Gustavo Takahashi 1:48.876 +1:30.930 12 20
10 30 Hector Freitas Assunçao 1:50.334 +1:32.448 11 20
11 48 Joao Paulo Feltz 1:52.427 1 Lap 10 19
12 292 Douglas Scartazzini Parise 1:50.601 +6.065 9 19
13 53 Gabriel Ferreira Montenegro 1:54.173 +1:09.468 8 19
14 40 Heinz Crispim 1:56.840 +1:35.390 7 19
15 55 Kaian Teixeira Evangelista 1:55.494 +1:42.891 6 19
16 726 Willian Da Silva Gil Sanches 1:58.122 +1:44.480 5 19
17 98 Tiago Hort 1:56.910 2 Laps 4 18
18 116 Gabriel Zenni 1:58.982 +24.044 3 18
19 517 Danilo Milton Fumes 1:56.746 +41.301 2 18
20 729 Douglas Ricardo 1:55.598 +1:10.047 1 18

CRF 230F - Primeira vitória de Marcos Moraes 


Marcos Moraes

O público teve emoção garantida durante toda a prova da CRF 230, bateria que teve quatro líderes diferentes. Primeiro foi Thiago Melo que largou na frente, mas teve um breve reinado já que ainda na primeira volta foi superado por Richard Nunes, o vencedor da etapa de Indaiatuba. Richard passou então a protagonizar um pega emocionante com Nivaldo Viana. 

Os dois se alternaram na frente até que um toque provocou a queda de Nivaldo que voltou a prova na quarta posição. Logo após foi a vez de Marcos Moraes pressionar o líder até conseguir a ultrapassagem e garantir a vitória. Com a segunda posição, Richard se mantém na ponta do campeonato. Nivaldo Viana se recuperou finalizando em terceiro com Rafael Silva em quarto e Alex Costa em quinto.

Pos No. CRF230 Best Tm Diff Points Laps
1 113 Marcos Roberto Roza De Moraes 2:01.637 - 25 10
2 97 Richard Bruno Rezende Nunes 2:02.683 +10.649 22 10
3 4 Nivaldo Jose Viana 2:03.806 +20.251 20 10
4 11 Rafael Silva Xavier 2:04.599 +27.739 18 10
5 423 Alex Costa De Lucena 2:03.874 +27.982 16 10
6 719 Germano Hermesmeyer Vandresen 2:05.898 +31.723 15 10
7 917 Murilo Tomazelli Scisci 2:05.243 +49.885 14 10
8 7 Danilo Milton Fumes 2:06.379 +56.223 13 10
9 115 Paulo Giovani De Oliveira 2:07.077 +1:01.300 12 10
10 60 Fabio De Lucena Brito 2:08.149 +1:08.620 11 10
11 127 Ismael Da Costa Rojas 2:08.472 +1:13.740 10 10
12 124 Ciro Jose Da Silva 2:10.197 +1:15.591 9 10
13 959 Alcides De Sousa Cruz Filho 2:09.703 +1:26.664 8 10
14 299 Felipe Alvez Lagarrea 2:10.312 +1:30.322 7 10
15 223 Alessandro Thiago Marfin 2:10.591 +1:36.642 6 10
16 236 Dante Lupo Parra 2:09.950 +1:36.753 5 10
17 15 Eduardo Panerai De Lavi 2:12.534 +1:39.343 4 10
18 6 Thiago Quintela Mello 2:11.079 +1:45.818 3 10
19 890 Rafael Espindola 2:10.052 +1:50.806 2 10
20 369 Thauan Simon Laucsen 2:12.822 +1:58.948 1 10

85cc - Campeonato embolado 


Endrews Armstrong

Thiago Formel largou em primeiro seguido de perto por Andrews Armstrong piloto que fechou a primeira volta já na liderança. Andando forte Andrews não permitiu a aproximação da concorrência e foi abrindo cada vez mais distância. A briga pelo segundo lugar foi intensa com vários pilotos se alternando. Formel reassumir o posto definitivamente depois de boa disputa com Everaldo Filho (que acabou caindo perdendo muitas posições). 

Anderson Amaral aproveitou para assumir a terceira posição que manteve até o final. Eduardo Rudnick, que venceu em Indaiatuba, largou muito mal e completou uma prova de recuperação na quarta posição garantindo pontos importantes para o campeonato. Raul Faustino se manteve consistente durante a prova e também se beneficiou dos erros dos concorrentes, para fechar a prova em quinto.

Pos No. 85cc Best Tm Diff Points Laps
1 4 Endrews Armstrong Nhemes 1:55.750 - 25 13
2 95 Thiago Bortoloti Formehl 1:56.206 +18.126 22 13
3 8 Anderson Pereira Do Amaral 1:59.786 +34.322 20 13
4 7 Eduardo Leopoldo Rudnick 2:00.678 +47.488 18 13
5 67 Raul Faustino 2:02.537 +59.485 16 13
6 104 Kaio Cesar De Miranda 2:03.391 +1:07.811 15 13
7 82 Joao Pedro Pinho Ribeiro 2:01.750 +1:19.780 14 13
8 23 Francisco Martins De Araujo Neto 2:02.302 +1:25.050 13 13
9 13 Tauan Henrique Brenner 2:03.806 +1:25.265 12 13
10 6 Leonardo Lizott 2:02.622 +1:25.393 11 13
11 20 Marcos Paulo Holtman 2:04.143 +1:28.872 10 13
12 207 Leonardo Cristian Simon Loof 2:04.976 +1:42.000 9 13
13 308 Matheus Ribeiro Corguinha 2:03.643 +1:48.349 8 13
14 15 Manoel Humberto Oliveira Kuhn 2:04.399 +1:52.606 7 13
15 400 Gustavo Henrique Henn 2:05.171 +2:12.917 6 13
16 111 Venicio Voigt 2:08.650 1 Lap 5 12
17 200 Hallex Dalfovo 2:09.196 +5.380 4 12
18 110 Raphael Da Silva Matos 2:08.916 +18.264 3 12
19 536 Gustavo Pessoa De Souza 2:09.240 +18.999 2 12
20 51 Lucas Fernando Bottcher Frazão 2:10.810 +46.072 1 12

MX1 - Leandro Silva com 100% de aproveitamento


Leandro Silva

Com as vitórias e os pontos extras nos treinos cronometrados das duas primeiras etapas, Leandro Silva tem aproveitamento total nesta temporada. Assumindo o primeiro lugar desde a largada em Canelinha ele tratou de apertar o ritmo começando a se distanciar de João Marronzinho. O catarinense, que correu com o nariz quebrado em virtude de um acidente durante um treino da semana, se esforçou para atender a expectativa do público - que incentivou o piloto por todo a bateria - só que não conseguiu o mesmo ritmo do adversário e manteve a segunda posição por toda a prova. 

Wellington Garcia, como Marronzinho, assumiu sua posição logo no início, chegou a ameaçar um ataque sobre o concorrente, mas acabou se acomodando no terceiro lugar. Pipo Castro subiu mais uma vez ao pódio assumindo a quarta posição depois do abandono de Jean Ramos. Swian Zanoni fechou os cinco mais rápidos roubando a posição de Thales Vilardi nas últimas voltas.

Pos No. MX1 Best Tm Diff Points Laps
1 14 Leandro Nunes Da Silva 1:44.052 - 25 20
2 1 João Paulino Da Silva Jr. 1:45.494 +35.202 22 20
3 21 Wellington Garcia Matos 1:46.131 +59.340 20 20
4 13 Cristopher Castro 1:46.706 +1:05.644 18 20
5 12 Swian Zanoni Coelho Gomes 1:48.072 +1:09.353 16 20
6 17 Thales Vilardi Felix Da Silva 1:48.253 +1:15.212 15 20
7 931 Rafael Zenni 1:47.269 +1:33.359 14 20
8 38 Marcello Ferreira De Lima 1:46.912 +1:43.337 13 20
9 22 Kurtt Airton Rocha 1:49.380 1 Lap 12 19
10 31 Gabriel Bitencourt Gentil 1:51.746 +15.495 11 19
11 32 Rodrigo De Castro Rodrigues 1:51.888 +32.471 10 19
12 57 Edson Luiz Bertos 1:51.489 +34.963 9 19
13 54 Jethro Feula 1:52.920 +52.850 8 19
14 4 Roosevelt De Freitas Assuncao Junior 1:46.997 +1:04.787 7 19
15 48 Joao Paulo Feltz 1:52.801 +1:06.098 6 19
16 132 Richard Gabriel Berois Bermudez 1:56.053 2 Laps 5 18
17 234 Alan Costa De Lucena 1:56.309 +1:04.261 4 18
18 63 Renan Baier 2:00.045 3 Laps 3 17
19 46 Uyran Carlos Faria Da Silva 2:00.541 +23.125 2 17
20 40 Heinz Chrispim 1:55.335 +43.808 1 17
 



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet