X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

8ª etapa - Rio das Ostras - RJ - Resultados e Fotos
Publicado em: 16/09/2007

Final definiu títulos da 65, 85 e MX1 
Texto: Lucídio Arruda - Fotos: Maurício Arruda


Largada MX1

As provas do Brasileiro de Motocross em Rio das Ostras (RJ) definiram os três títulos ainda em aberto desta temporada.

Pilotos e equipes enfrentaram o Sol e um calor agradável durante todo o dia. Felizmente o vento que aterrorizou os boxes na sexta-feira deu um refresco neste domingo. 

Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 532 Fotos!

Outro fato importante da etapa fluminense foi a presença de Federico de Carli, representante da Youthstream que veio conhecer a estrutura e organização do Brasileiro de Motocross, já com vistas para a possivel realização de uma etapa do Mundial de Motocross em 2008. Pelas informações que temos as cidades que estão no páreo para realizar o evento em Julho são Canelinha, SC e Indaiatuba, SP.

MX3- Nogueira é vice


Milton Chumbinho Becker

Com o título já decidido desde a sexta etapa a favor do catarinense Milton Chumbinho Becker a grande briga da final foi para ver quem levava para casa o vice-campeonato. Antes da prova Alexandro Valerim Martins, de Santa Catarina, tinha apenas dois pontos de vantagem sobre o paulista Rogério Nogueira. 

Na largada Nico Rocha cai e é atropelado por Martins. Os dois levantam e recomeçam a prova nas últmas posições.

Na frente Nogueira lidera seguido de perto por Chumbinho até os 12 minutos quando o atual campeão faz a ultrapassagem.

O goiano João Batista lidera o pelotão que disputa a terceira posição. Ao final foi ultrapassado por Martins que sem chances de atacar Rogério tem que se contentar com a terceira posição.

Batista finalizou na quarta posição comemorando muito o pódio. Nico Rocha completou em quinto com um pneu furado.


Pl MX3 Equipe Diff
1 1 Milton Chumbinho Pro Tork, Jp, American Cross 13 Laps
2 912 Rogerio Nogueira Tampinha 00:04.577
3 21 Alexandro Valerim Toque De Pele Intima 01:15.049
4 101 Joao Batista New Trips Jeans 01:28.431
5 14 Nico Rocha Protork, American Cross Import 01:40.151
6 59 Ricardo Raspa Mobil, Fox, Tv Cidade Jacarei 01:45.007
7 57 Tunico Miranda Recreio Vw, Max Cargo 01:48.625
8 211 Adilson Araujo Motozum, Pref. São Simão 02:07.110
9 64 Alessandri Dias Mrp Racing, Riffel, Windflag 02:10.172
10 80 Sandro Silveira Sandro Veiculos 02:11.438
11 233 Ricardo Sato Rm Motos, Ss Motos, Ccar 12 Laps
12 132 Andre Barbosa Morato Racing, Arno Motos 00:06.787
13 71 Marcelo Agostini Lojas Agostini, Dilvo Racing 00:15.919
14 28 Leo Lopes Leo Motos, American Cross 00:31.192
15 58 Fabio Aleixo Carlao Racing, Sjc 01:18.569

MX2- Leandro Silva vence


Leandro Silva

O já campeão Wellington Garcia decidiu se poupar para a decisão da MX1. Quando o gate caiu o paranaense Leandro Silva disparou na ponta e não olhou mais para trás.

Pelo segundo posto uma disputa intensa entre Rodrigo Selhorst e Thales Vilardi. O rondoniense permaneceu na frente durante dois terços da prova quando o paulista fez a ultrapassagem e conquistou seu melhor resultado do ano.

O carioca Swian Zanoni, com o apoio da torcida, permaneceu na terceira posição por boa parte da prova, mas perdeu o ritmo no final e recebeu a bandeirada em sexto. Cesar Popinhak ultrapassou Tunico Miranda a poucas voltas do fim para ficar com a quarta posição.

Pl MX2 Equipe Diff
1 1 Leandro Silva Equipe Honda 18 Laps
2 19 Thales Villardi Honda, Mobil, Asw, Ngk 00:21.834
3 16 Rodrigo Selhorst Honda, Mobil, Orbital, Asw 00:36.458
4 280 Cesar Popinhak 01:08.413
5 69 Tuniquinho Miranda Metzeler, Ims, Motobh, Pelegrini 01:19.845
6 23 Swian Zanoni Lmp, Metzeler, Benazi, Mormaii 01:27.336
7 36 Edson Bertos Ting, Dismotor, B.carneiro, Mrp 17 Laps
8 969 Raul Goncalves Yamaha, Moto X, Race Tech 00:24.778
9 31 Leonardo Sebben Sebben Sport Racing 01:44.266
10 411 Joao Lopes Benazi, Ims, Macae Motos 16 Laps
11 181 Rogger Tiradentes Pref. De Coari 00:05.436
12 941 Roger Hoffmann Baterias Moura, Motolitoral, Posto Dino, 00:16.107
13 74 Marcos Machado Dmf Discos, Mrpro, Tomaz Pneus 00:25.769
14 128 Marco Baptista Gil Preparações, Guto Moto 00:54.989
15 125 Andre Almeida Vitalab, Sthinguel Racing 01:19.891

65- Roratto campeão


Rodrigo Riffel

De todas as categorias a 65 é a que apresentava maior expectativa. Não só pela mínima diferença de dois pontos que separava os dois candidatos aos título, mas também pelo envolvimento todo das famílias dos mini pilotos. 

Marcos Holtmann fez o holeshot com Gustavo Roratto em segundo. Kaio Miranda começou em quinto e nas duas primeiras voltas o pelotão da frente rodou com vários pilotos formando um grupo compacto.

Na volta seguinte o momento decisivo do campeonato. Kaio Miranda cai e demora para religar sua moto. A partir daí Roratto passa a administrar o título enquanto o catarinense Rodrigo Riffel assume a primeira posição.

Após uma pequena queda Roratto alivia ainda mais o ritmo e finaliza na sexta posição. Com o oitavo lugar de Miranda o campeonato empata e o gaúcho é campeão pelo primeiro critério de desempate: número de vitórias.


Gustavo Roratto

Pl 65 Equipe Diff
1 34 Rodrigo Riffel Tholokko, Priscila Modas 9 Laps
2 4 Marcos Holtman Vale Fertil, Gvt, Boeing 00:17.195
3 6 Eduardo Rudnick Pro Tork, Irmaos Maahs 00:17.888
4 7 Endrews Armstrong Tork, Mitas, Enzo, Jmr, Cz 00:29.800
5 15 Manoel Kuhn T.kuhn, Rinaldi, Nelson Imp. 00:54.681
6 10 Gustavo Roratto Protork, Sicredi, Stefen Pneus 00:55.029
7 17 Matheus Corguinha Beijoca Confecçao 01:23.445
8 11 Kaio Miranda Oakley, Fox, Frigeri 01:42.518
9 23 Hallex Dalfovo Banco Abn, Webmotors, Dalfovo 02:27.337
10 79 Jose Soares Nene Motos 8 Laps
11 28 Gilnei Junior Usina Sonora Prefeitura 00:00.419
12 98 Victor Azevedo Intimatex, Vb Racing 00:43.146
13 357 Juan Ferreira Spf Sit De Monitoramento 01:35.172
14 81 Henrique Guaresi Casa Bella 01:44.123
15 135 Rafael Gonzaga 7 Laps

85- Hector confirma o campeonato


Hector Assunção

A prova da oitentinha começou com Gustavo Takahashi na liderança e seu rival na disputa do título Hector Assunção logo atrás, em segundo.

Hector acompanhou seu companheiro de equipe por várias voltas e no início pareceu que administraria a corrida pensando no campeonato, mas na metade da prova partiu para cima de Takahashi e assumiu a ponta para carimbar o título com vitória.

Na terceira posição chegou Rodrigo Lama. O quarto foi Cézar Zamboni e o quinto Everaldo Filho.

Em sexto e sétimo chegaram as representantes do sexo feminino Jéssica Gemniczail e Stefany Serrão em sua melhor prova da temporada.
 
Pl 85 Equipe Diff
1 4 Hector Assuncao Mobil, Asw, Pirelli 13 Laps
2 6 Gustavo Takahashi Honda, Mobil, Pirelli, Asw 00:08.590
3 11 Rodrigo Lama Honda, Mobil, Asw, Ngk 00:52.684
4 51 Cezar Zamboni Fmmt, Mcr, Pref.municipal 01:20.279
5 121 Everaldo Filho Asw, Mare Surf, Aca Fit Stat 01:50.268
6 12 Jessica Gemniczail Protork, Bradal Pneus 02:13.301
7 97 Stefany Serrao Yamaha, Circuit, General Motos 12 Laps
8 800 Talvan Teixeira Zoolo, Color Prints 01:03.411
9 39 Gabriel Francisco Bmcd, Plasfer, Minas L 11 Laps
10 273 Erick Bretz Epa, Mart Plus, Cosmic Booling 00:12.387
11 123 Luca Haegler 01:12.431
12 49 Leonam Tavares Posto Status 01:41.162
13 700 Fabio Sampaio 10 Laps
14 125 Julio Oliveira 00:35.296

MXJr - Dudu vence pela primeira vez e fica com o vice


Dudu Lima

O recém-coroado campeão Jean Ramos, do Paraná, não apareceu em Rio das Ostras, preferiu ficar em Curitiba se preparando para o Supercross que começa no próximo sábado em Santa Luzia, MG.

Na largada um acidente tirou da prova Rafael Faria. Heinz Chrispim fez o holeshot seguido de Kaian Teixeira e Dudu Lima.

Logo Dudu assumiu a ponta e abriu vantagem para vencer com facilidade pela primeira vez na categoria.

Kaian segurou os ataques de de Gabriel Gentil e manteve a segunda posição até a bandeirada. Em quarto lugar ficou o sul-matogrossense Daniel Portioli. Higor Passos, do Espírito Santo, fechou o pódio.

Foi na prova de hoje que os cinco primeiros colocados obtiveram seu melhores resultados no campeonato. Das 15 motos que largaram apenas 12 completaram a corrida.

Com o resultado de hoje Dudu Lima ficou com o vice-campeonato. 

Pl MXJr Equipe Diff
1 338 Dudu Lima Vaz, Yamaha, Fox, Bridgestone, Prox, Pro Ci 13 Laps
2 32 Kaian Teixeira Osmoze, Pro Tork, La Rossi 00:27.308
3 931 Gabriel Gentil Asw, Motoshop, Orbital 00:37.053
4 82 Daniel Portiolli American Cross, Protork 00:53.859
5 386 Higor Passos Gov.est.do Es, Mormai, Ims 02:04.099
6 808 Renan Baier Boldor Motos 02:11.729
7 300 Leonardo Pereira Jupara Motos, Batmoto 12 Laps
8 289 Maicom Tardim 01:23.722
9 872 Rodrigo Torrealba Moto X 01:36.533
10 429 Guilherme Kreischer Mpr, R Kreischer Moveis 11 Laps
11 315 Ricardo Filho Motofort 10 Laps
12 193 Amilton Junior 01:27.854


MX1 - Dupla vitória de Leandro. Título para Wellington


Leandro Silva

O goiano precisava praticamente só completar a prova. E foi para isso que ele correu. Não se importou quando Marronzinho encostou no início da corrida e deixou o catarinense ultrapassar.

Wellington chegou a cair até a sexta posição, mas ao final ultrapassou Selhorst e finalizou em quarto.

Quem liderou de ponta à ponta foi Leandro Silva, que durante quinze minutos teve em seu encalço a presença de Roosevelt Assunção. Ao final Leandro escapou e pela primeira vez venceu as duas principais categorias do Brasileiro de Motocross no mesmo dia.

Pipo Castro finalizou em sexto depois de cair num acidente na largada. Esse mesmo acidente tirou Rafael Ramos da corrida.

Após a chegada Wellington comemorou com seu pai, o preparador Zebrinha e toda a equipe Honda. Foi uma temporada inesquecível do goiano que além do campeonato da MX2, conquistou também a MX1 em seu primeiro ano na categoria.


Wellington Garcia

Pl MX1 Equipe Diff
1 3 Leandro Silva Equipe Honda 19 Laps
2 6 Roosevelt Assuncao Honda, Mobil, Asw, Pirelli 00:14.454
3 1 Joao Marronzinho Protork, Motoshop, Mitas 00:26.863
4 5 Wellington Garcia Honda, Did, Fox, Pirelli 01:22.368
5 16 Rodrigo Selhorst Honda, Mobil, Orbital, Asw 01:25.072
6 7 Pipo Castro Yamaha, Pro Tork, Pauta, Geração Motos 01:29.548
7 19 Thales Villardi Honda, Mobil, Asw, Ngk, Orbital 01:46.123
8 17 Marcos Cordeiro Dispetro, Circuit, Race Tech, Cbracing 18 Laps
9 69 Tuniquinho Miranda Metzeler, Ims, Motobh, Pelegrini Racing 00:25.051
10 36 Edson Bertos Ims, Borges, Trasmor, Sandeleh, Assecom 00:30.019
11 334 Jose Feitosa Zoolo, Pro Tork, Pref.munic.de Santa Cru 17 Laps
12 178 Ricardo Dias Mt Moto Peças 00:48.707
13 411 Joao Lopes Benazi, Ims 01:58.848
14 137 Bernardo Bens 4 Stroke 16 Laps
15 915 Bernardo Soares Tribo Off Road 00:11.692

O Campeonato Brasileiro tem o patrocínio de Honda, Mobil, Yamaha, Pro Tork e Pirelli, com apoio de Volkswagen e Silmar. A organização é da Fatto Promoções e Eventos e a supervisão da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo.                                 



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet