X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

1ª e 2ª etapas Minicross - Mogi das Cruzes - SP
Publicado em: 10/04/2007

ASW Off Road Park sediou abertura da temporada
Texto e fotos: Maurício Arruda


Os pilotos da categoria B encarando a seção de costelas

Veja também:
Galeria de imagens da 2ª etapa, disputada no domingo.
Galeria de imagens da 1ª etapa, disputada no sábado. 
Videoclip com os melhores momentos na MotoX TV.

Com 43 pilotos divididos nas classes A (5 e 6 anos), B (7 e 8 anos) e C (9 e 10 anos) o Brasileiro de Minicross deu a partida para a temporada 2007 nos dias 07 e 08 de abril. Desde 2004 a prova de abertura do campeonato é realizada com sucesso no ASW Off Road Park, em Mogi das Cruzes (SP), que mais uma vez mostrou-se perfeito para receber a competição. 

Famílias inteiras estiveram reunidas no local, uma antiga fazenda que hoje é um grande espaço dedicado ao motociclismo off road. O início das competições ocorreu no sábado, quando foi realizada a primeira bateria (com peso de uma etapa), e prosseguiu no domingo de Páscoa com a segunda etapa da competição.

Depois de São Paulo o campeonato passará por mais 5 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e a grande final programada para Santa Catarina. Ainda neste mês acontece, nos dias 21 e 22, a segunda rodada da competição, com a disputada da 3ª e 4ª etapas em São José do Vale do Rio Preto, munícipio situado na Região Serrana Fluminense.

Além de curtir todas as emoções das corridas durante o final de semana, os presentes puderam conhecer toda linha de minimotos da LEM Motor que estava com seus modelos recreativos e de competição em exposição para o público. A General Motos também marcou presença com uma loja itinerante, vendendo equipamentos, peças, acessórios e souvenirs aos fãs, pilotos e equipes.


Área de Box no ASW Off Road Park

Confira abaixo como foram as corridas, disputadas em baterias de 10 minutos mais duas voltas nas 3 categorias.

Categoria A - Guilherme Costa dispara na frente 


Guilherme Costa


Carlinhos Evangelista
Nesta categoria estão os mais jovens pilotos do motocross, que apesar da pouca idade não deixam de ser "abusados". Assistir competidores tão pequeninos acelerando forte suas cinquentinhas (que andam muito) em vários momentos impressiona. Os mais arrojados dividem curvas, encaram os saltos e deixam os pais e mães sem fôlego na beira da pista. Um show!

No sábado a primeira bateria da classe A começou com a liderança de Pietro Pimentel enquanto Guilherme Costa, o mais rápido nos treinos, caía na curva da largada. Não demorou para
Guilherme mostrar que é forte candidato ao título da temporada. Na segunda volta o paulista já havia se recuperado e disputava a ponta com Pietro, conseguindo a ultrapassagem.


Gustavo Moura
A briga pela segunda posição foi intensa com Renato Paz, o Muguinho, assumindo o posto e conseguindo se defender das investidas de Carlinhos Evangelista até a placa de última volta. Porque logo depois, na curva seguinte, uma queda de Muguinho facilitou as coisas para Evangelista que finalizou a bateria em segundo depois de iniciar a corrida no pelotão de trás.

Guilherme Costa confirmou a primeira posição com grande vantagem e Muguinho voltou a corrida para terminar em terceiro. Pietro Pimentel completou em quarto e Gustavo Moura, vítima de uma queda quando ocupava a segunda posição no início da bateria, foi o quinto.

Na bateria de domingo Guilherme Costa foi absoluto e venceu praticamente de ponta a ponta, não fosse mais uma excelente largada de Gustavo Moura, que liderou praticamente toda primeira volta (no finalzinho acabou ultrapassado). Depois da inversão de posições Guilherme conseguiu abrir vantagem e garantiu uma dupla vitória no final de semana. 

A briga da bateria foi pela segunda posição envolvendo Moura e Carlinhos Evangelista. Do início ao final Evangelista tentou de todas as formas superar seu oponente, mas foi Gustavo Moura quem garantiu a segunda posição na bandeirada. Muguinho Paz fez mais uma boa prova finalizando isolado na quarta posição. Pietro Pimentel garantiu a quinta posição.

Categoria B - Jivago Rigo lidera disputa equilibrada


Categoria B foi a mais disputada


Jivago Rigo
A categoria B (7 e 8 anos) pode ser considerada ideal para as competições de 50cc. É a faixa etária que atinge mais pilotos, que a esta altura tem a estrutura corporal ideal para as motinhos: nem pequenos, nem
passando do tamanho, perfeitos para acelerar na categoria! 

Com maior número de inscritos, esta classe foi também a mais equilibrada das 3. As disputas começaram na primeira bateria com a liderança de João Gabriel Veiga, mas poucas curvas depois já havia mudança na ponta. Jivago Rigo e Enzo Lopes davam início a uma disputa que se prolongaria por toda bateria.

O gaúcho Enzo é o atual campeão da categoria A e, fazendo sua estréia na nova classe, mostrou que está preparado para nova disputa. Mas ele não teve facilidades por parte do catarinense Jivago. Outro destaque da bateria foi Kioman Navarro que vinha logo atrás da dupla de líderes, na terceira posição.


José Brayan Padilha
Nesta bateria a vitória coube a Jivago Rigo, seguido de perto por Enzo Lopes. Kioman Navarro concluíu em terceiro, sem ter sua posição ameaçada. Outra boa disputa foi pela quarta posição, inicialmente ocupada por Djalma Brito, mas que acabou nas mãos de José Brayan Padilha. Djalma concluíu em quinto. No domingo o dia reservaria
fortes emoções as suas respectivas equipes.

Na segunda bateria da categoria assistimos ao maior pega do final de semana. Uma prova completa, com muitas motos no gate e cinco pilotos disputando a vitória ao longo da bateria. José Brayan Padilha e Djalma Brito largaram bem e, na frente, comandavam o pelotão. A disputa era muito boa envolvendo também Enzo Lopes, Jivago Rigo e Kioman Navarro.

A pista larga parecia pequena para o grupo de pilotos, que disputava cada metro sempre com Brayan na liderança. No final o catarinense garantiu a vitória, novamente tendo como seu principal adversário Djalminha Brito, desta vez segundo colocado. A terceira posição foi suficiente para Jivago Rigo manter a liderança na tabela. Enzo Lopes garantiu a quarta posição após muita disputa com Kioman Navarro, piloto que chegou a pressionar Jivago na disputa pelo terceiro lugar, mas no finalzinho perdeu contato e finalizou a prova em quinto.

Categoria C - Chapecó, Chapecó


Maurício Treichel


Leonardo Neto
Ao final do domingo este era o grito da torcida durante a premiação da categoria C. Empolgados com o desempenho de seus pilotos, os catarinenses de Chapecó eram só alegria na hora do pódio.

Os pilotos mais "experientes" do minicross alinharam com Maurício Treichel, um dos chapecoenses na prova e atual campeão da classe B, como favorito tudo porquê durante os treinos ele foi capaz de voltas quase quatro segundos mais rápidas que as de seus oponentes.

Caindo o gate Treichel confirmou sua condição assumindo a primeira posição e disparando na liderança. A bateria inicialmente tinha Leonardo Neto e Mateus Mendonça próximos, disputando o segundo lugar, seguidos por Danilo Almeida e Victor Azevedo.

Aos poucos Leonardo ampliou sua vantagem sobre Mateus, enquanto tudo parecia bem para o líder. Parecia... faltando pouco mais de duas voltas para o final o público escuta o locutor Ximboca: "Cadê o líder? Maurício Treichel não passou!", exclama o locutor oficial do evento para surpresa de todos.


Bruno Pinheiro
Um problema mecânico tira a vitória certa do piloto da moto número 3. "Um vazamento de óleo provocou a quebra da embreagem e infelizmente ele não pôde completar a prova. Vamos arrumar para amanhã", explicou o pai do piloto enquanto empurrava a moto para o box. 

Vitória perdida para Chapecó? Não, Leonardo Neto - outro representante da cidade - é o novo líder. Para dificultar a vida dos pilotos começa a chover durante a volta final. Vitória confirmada para Leonardo Neto enquanto Mateus Mendonça tenta confirmar a segunda posição com um pneu furado. O piloto de Embu-Guaçu (SP) sofre, mas consegue chegar pouco a frente de Beto Lawant, que cruza em terceiro, só que não passa sua moto pela vistoria técnica (os 3 primeiros precisam abrir o motor). Assim quem conquista o terceiro lugar é Bruno Pinheiro, que começou a prova lá atrás, mas teve uma ótima recuperação. Hugo Erthal ficou com a quarta posição e Victor Azevedo com a quinta.


Mateus Mendonça
No domingo a segunda bateria da categoria e Maurício Treichel retorna com força total. Sua visível superioridade na seção de costelas lhe dá grande vantagem na liderança já na primeira volta da prova. Treichel é o mais abusado no obstáculo e colhe os frutos de seu arrojo. 

O vencedor do dia anterior, Leonardo Neto, começa bem na segunda posição seguido por Beto Lawant e Rodrigo Montagna. Mateus Mendonça é o quinto, mas sofre com sua moto falhando muito e não consegue impôr o mesmo ritmo dos demais.

Pouco antes da metade da prova Montagna, que ocupava a quarta posição, sofre uma queda e deixa a disputa. Em seguida começa uma forte chuva em Mogi das Cruzes e todo cuidado é pouco na agora lisa pista do ASW Off Road Park. A bateria termina com vitória de Maurício Treichel (mais uma para Chapecó - SC) seguido pelo companheiro de treinos Leonardo Neto, primeiro no campeonato. 

Repetindo sábado Beto Lawant cruza em terceiro, mas novamente não passa na vistoria e quem comemora a posição é Bruno Pinheiro o vice-líder do campeonato. A difícil prova sob chuva teve ainda no pódio Danilo Almeida (4º colocado) e Douglas Dodô Bueno na quinta colocação.

Chuva impede prova extra da 65cc


Kaio Miranda

Além da programação destas seis baterias válidas pelo campeonato exclusivo das cinquentinhas, o cronograma previa também a tradicional bateria extra de 65cc, sempre realizada em conjunto com o evento. Os 16 pilotos inscritos na categoria treinaram normalmente durante o sábado, mas no domingo a forte chuva que teve início durante a última prova das motos 50cc impediu a realização da corrida. A organização optou então pela premiação dos pilotos de acordo com a classificação nos treinos cronometrados. O resultado foi o seguinte: 1º Kaio Miranda, 2º Pablo Reginatto, 3º Ricardo Jurça, 4º Gustavo Pessoa e 5º Maurício Treichel.  

O Campeonato Brasileiro de Motocross 50cc, etapas de Mogi das Cruzes (SP), teve supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo - CBM, e foi uma realização do Motoclube Paulista - MCP com apoio ASW, FOX, LEM Motor e General Motos.

Clique para ver o resultado da 1ª etapa, disputada no sábado 07/04.
Clique para ver o resultado da 2ª etapa, disputada no domingo 08/04.

Classificação Geral do Campeonato

Pos. Categoria A Equipe Pts Etapas 
1 6 Guilherme Torres Da Costa Lem/Asw/Orbital/Frigeri 50 25/25
2 14 Carlos Tavares Evangelista H&m Motos/Revista Dirt Action 36 20/16
3 15 Gustavo De Almeida Moura Bv Financeira/Gv Veiculos/Margel 31 11/20
4 22 Renato Costa Mattos Paz Asw Orbital 29 16/13
5 34 Pietro Grazik Pimentel Pimenta Peças 24 13/11
6 45 Lucas Erthal Cabral Madeireira Bom Jardim Intimatex 19 10/9
7 54 Igor Matte Farias Farias E Cavalheiro Ltda 17 7/10
8 77 Lukas Henrique Carneiro - 17 9/8
9 71 Felipe Muller Menuzzi Clínica Da Nutrição/Menuzzi Agropecuár 13 6/7
10 50 Arthur Piva Todeschini Paitrocinio 12 8/4
11 126 Pedro Rodrigues Mambro Nnn 11 5/6
12 81 Gabriel Mattos Asw Rally Team 9 4/5
13 117 Leonardo Correa Lem/Asw/Fox/Motul/Lr Gramas 6 3/3
Pos. Categoria B Equipe Pts Etapas
1 21 Jivago Del Claro Rigo Filho Arte Midia Adesivos/Transp. Tiquim 41 25/16
2 19 Jose Brayan Padilha Soares Nenem 38 13/25
3 2 Enzo Lazaro Pedro Lopes Freeday/Oxtar/Ims/Leo Motos 33 20/13
4 13 Djalma Carvalho De Brito Transbritto/Circuit/Motoville 31 11/20
5 5 Kioman De Jesus Navarro Toni Bala Moto Peças 27 16/11
6 37 Matheus Alexandre De Oliveira Expresso Interlagos/Nene Motos 20 10/10
7 10 Raul Rodrigues Salmazo S Eng./Rr Motos/Rs Racing 17 8/9
8 7 Gabriel Gomes Dos Santos Chulin/Carga Pesada/Sementes Vedovati/ 15 9/6
9 58 Matheus Freschi Rio Cross Centro De Treinamento 13 5/8
10 60 João Gabriel Michelin Alpes/Posto Solon/Motoria Racing/Vr Pa 12 7/5
11 44 Hayato França Pai 8 6/2
12 98 Lucas Renato Paulino Da Silva Pref. Siqueira Campos/Center Motos/Est 7 0/7
13 73 Leonardo Melchert Marfe/Mr Pro/Artecnica 7 4/3
14 25 Yuri Chantim Morel Campello Absolut/Ricamar/Agrijar 6 2/4
15 72 Joao Gabriel Da Veiga Tholokko/Riffel/Jp/Ims 3 0/3
16 93 Luca Rosa Vicente Equipe Car/Construtora Adao Rosa 2 1/1
Pos. Categoria C Equipe Pts Etapas
1 4 Leonardo Neto Da Silva Gambatto Motos 45 25/20
2 41 Bruno Vieira Pinheiro Polini/Race Tech/Central Motos 32 16/16
3 8 Mateus Domingues Mendonça Asw/Orbital/Sittal/Up Tendas/Polini 28 20/8
4 3 Mauricio Treichel Fox/Motocar/Sundown/Bv Financeira 25 0/25
5 818 Danilo Luiz De Almeida Torkprotork/Churrascaria Estrela De Pr 23 10/13
6 27 Hugo Erthal Cabral Madeireira Bom Jardim/Intimatex 23 13/10
7 99 Victor Mesquita Souza Monnerat Azevedo Victor I Bruno Racing/Intimatex 20 11/9
8 70 Douglas Soares Bueno Cas Controle 17 6/11
9 42 Eloi Cavalheiro Junior Farias E Cavalheiro E Posto Padoin 15 9/6
10 26 Iuri Nitole Lem/Rj Ambiental 14 7/7
11 20 Rodrigo Lyncon Montagna Banca Brasil Mec/Deno/Sol Motos 8 8/0
    



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet