X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Regional

SX Night Velopraia Racing e MX Fest Velopraia Racing - Caraguatatuba (SP)
Publicado em: 21/10/2020
Clique e saiba mais

Evento contou com disputas equilibradas com provas noturnas no sábado e diurnas no domingo
Redação MotoX.com.br – Texto e fotos: Luis Bueno


Gustavo Rodrigues (MX1)

Após meses sem eventos, o off-road aos poucos começa a retomar as atividades e eventos no País. Seguindo todas as medidas preventivas e protocolos de segurança como o uso de máscaras, álcool gel, distanciamento e redução da quantidade pilotos, a Velopraia Racing promoveu no último final de semana um evento duplo: o SX Night Velopraia Racing, no sábado (17) e no domingo o MX Fest Velopraia Racing. Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo, foi o palco das disputas.

SX Night Velopraia Racing

A prova noturna contou melhorias na infraestrutura, os pilotos e equipes inscritos contaram com novas luminárias, com lâmpadas led, aumento a luminosidade e segurança da pista. Outra medida que agradou os participantes foi a entrega de kits na secretaria de provas, com pulseira de identificação, adesivo para acesso a pista e máscaras descartáveis para que todos estivessem dentro das normas de prevenção ao Covid-19.


Gustavo Rodrigues (SX1)

Na largada e chegada de cada categoria, fogos de artifício deram um brilho especial ao evento, em comemoração às melhorias realizadas como também à retomada das corridas. “Temos muito a melhorar ainda, tanto na pista como na área dos boxes, além do atendimento aos pilotos e acompanhantes, mas estamos no caminho certo”, comentou Degmar Fernandes organizador do evento.

Após os treinos no período da tarde, hora do gate cair para abrir as provas do SX Night Velopraia Racing. Na SX1, quem pulou na ponta para fazer o holeshot foi o piloto Paulo Bitencourt, que logo foi superado por Gustavo Rodrigues, assumindo a liderança e puxando a fila até a bandeirada final. Nas demais posições vários pilotos se alternaram na busca do pódio e, após muitas ultrapassagens, Mateus Emilio assumiu a segunda posição a poucas voltas do fim seguido de Thalis Rocha. Completaram o pódio Júlio Fortes e Vitor AMC na quarta e quinta posições respectivamente.


Gustavo Rodrigues (SX2)
Na categoria SX2, Gustavo Rodrigues voltou a andar na frente, porém a poucas voltas do término enfrentou problemas mecânicos, o que não impediu a vitória do piloto: Gustavo administrou a vantagem e recebeu primeiro a quadriculada. Pela segunda colocação, Mateus Oliveira e Bruno Leal se alternaram em boa disputa durante a prova, com Bruno levando a melhor e Mateus ficando em terceiro. José Henrique, à frente de Vinícius Tainan, foi o quarto colocado.

A categoria SX65, aconteceu com o duelo entre os pilotos Luiz Henrique e Pedro Dias, que fizeram bonito com momentos de alternância de posições. Luiz assumiu a ponta em definitivo nas últimas voltas, mas Pedro não deu folga ao ponteiro até a bandeirada.


Marcelo Henrique


Nei Broto
O piloto bragantino Marcelo Henrique pulou na ponta e puxou a fila da SX3, mas sempre sob pressão dos demais pilotos que estavam na briga. Ainda nas primeiras voltas, Marcelo caiu em uma das curvas e Nei Broto aproveitou para assumir a liderança de onde não saiu mais. Rogerio Louro e Júlio Fortes se alternaram na briga pela segunda posição, com Júlio ficando com a prata. Vinicius Rachid chegou em quarto, enquanto Marcelo após prova de recuperação alcançou a quinta posição no pódio.

Na SX4, Marcelo Henrique novamente largou na ponta e desta vez não deu chance aos adversários, vencendo do início ao fim. Nei Broto que não tinha feito boa largada se recuperou no decorrer da prova terminando na segunda colocação. Rogério Louro foi constante e se manteve na terceira posição com Joseph Alves na sua bota em quarto. Vinicius Rachid fechou o pódio em quinto.


Vitor Alexandre


João Henrique (Força Livre Importada)
Os irmãos Vitor Alexandre e Pablo Alexandre dominaram a Força Livre Nacional. Pablo até passou pela ponta, mas logo nas primeiras voltas foi superado por Vitor, que dominou o restante da prova. Lucca de Carvalho foi o terceiro colocado seguido por Kaike Reginaldo em quarto e Ari Barreto em quinto.

João Henrique e Thalis Rocha travaram um duelo interessante nas últimas voltas da Força Livre Importadas, em que João após largar bem e abrir vantagem conseguiu defender a liderança. Bruno Leal conquistou uma posição e terminou em terceiro. Mateus Oliveira perdeu dois postos concluindo em quarto, seguido de Júlio Fortes.

MX Fest Velopraia Racing

Após uma noite de disputas acirradas, o domingo não foi diferente. Além de seguir todos os protocolos segurança adotados no dia anterior, a pista passou por manutenção antes de ser liberada para os pilotos.


Mateus Oliveira (MX2)

MX1 alinhada, cai o gate e quem saiu na frente foi João Henrique. Nas últimas voltas, Gustavo Rodrigues que não havia feito boa largada, chegou a ameaçar a liderança, mas João soube administrar e receber a bandeirada como vencedor. Thalis Rocha perdeu uma posição e concluiu em terceiro com Vitor AMC, constante, em quarto. Paulo Bitencourt conquistou dois postos e finalizou na quinta posição.


Joseph Alves
Na MX2, Matheus Oliveira foi melhor na largada e manteve o ritmo em toda a prova para receber a quadriculada na frente. José Henrique e Bruno Leal se alternaram na segunda posição, com Bruno levando a melhor sobre José. Bob Peres conquistou um posto, terminando com a quarta colocação seguido de Luiz Rodolfo.

O piloto Chiquinho Velasco foi o destaque na largada da MX4, mas com problemas teve que abandonar a prova. Joseph Alves, que estava na caça de Velasco, assumiu ponta dominou o ritmo seguido de Fabio Gurgel, segundo colocado. Everton Valério soube se manter à frente de Rogério Louro que completou em quarto e Fabio Aleixo em quinto.


Alisson Augusto


Luiz Henrique
Sérgio Medeiros faturou o Holeshot na MX Intermediária, mas logo nas primeiras voltas foi ultrapassado por Alisson Augusto que se manteve na posição até o fim. Pedro Alexandre fez algumas ultrapassagens durante a corrida, subindo para a terceira colocação. Gutembergue Ribeiro e Ari Barreto também fizeram boas manobras, concluindo na quarta e quinta posições respectivamente.

Na MX65, Luiz Henrique não deu chance para os adversários largando bem e abrindo boa vantagem para finalizar com a primeira colocação. Pedro Dias acompanhou o ritmo do ponteiro, terminando na segunda posição, e Cleber Junior finalizou em terceiro.

Paulo Bitencourt foi rápido na queda do gate na junção da MX3 com a MX5. O piloto levou o holeshot e ditou o ritmo da corrida. Rogerio Louro se manteve próximo ao líder, terminando com a segunda posição seguido por João Batista em terceiro e Diogo Gimenes na quarta colocação.


Paulo Bitencourt


Valmir Antunes
Já pela MX5, Valmir Antunes foi o vencedor com Paulo Lopes na segunda posição. “Parabéns a toda organização pelas provas e pelo acolhimento aos pilotos e equipes, pista em perfeitas condições o que nos proporcionou fazer boas corridas e em segurança”, comentou o piloto Paulo Bitencourt ao final.

Mateus Oliveira foi o destaque do dia acumulando a vitória também na MX Força Livre Importada em uma corrida constante. Bruno Leal se manteve no ritmo do ponteiro, mas sem chances de ultrapassar concluiu na segunda posição à frente de João Batista. Luiz Rodolfo finalizou a prova na quarta colocação seguido de Luiz Henrique.

"Gostaria de deixar meu agradecimento a todos os pilotos, equipes, público e apoiadores que mesmo com algumas restrições compareceram. Também agradecer e parabenizar a toda a equipe de apoio pelo ótimo atendimento que nos foi prestado. Não está sendo fácil o momento em que estamos vivendo, mas sabemos e temos esperança que logo isso tudo irá passar”, concluiu Degmar Fernandez, organizador e diretor da Velopraia Racing, ao final do evento.


Mateus Oliveira (Força Livre Importada)

O SX Night Velopraia Racing e o MX Fest Velopraia Racing contaram com o apoio da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba e suas secretarias, Red Dragon, Shopping das Motopeças, Universo Honda, AMC Racing Moto Parts, América Sports e Chopp Germânia.

Resultados - SX Night Velopraia Racing

SX1
1. #97 Gustavo Rodrigues
2. #94 Matheus Emilio
3. #730 Thalis Rocha
4. #822 Julio Fortes
5. #50 Vitor AMC
6. #98 Paulo Bintencourt
7. #22 João Henrique
8. #51 Alisson Augusto
9. #612 Rafael Tenorio
10. #77 Nei Carneirinho

SX2
1. #55 Gustavo Rodrigues
2. #317 Bruno Leal
3. #50 Mateus Oliveira
4. #17 José Henrique
5. #309 Vinicius Tainan
6. #11 Caio Cabral
7. #20 Bob Peres
8. #741 Vitor Botossi
9. #33 Pedro Alexandre

SX65

1. #158 Luiz Henrique
2. #111 Pedro Dias

SX3
1. #23 Nei Broto
2. #822 Julio Fortes
3. #120 Rogerio Louro
4. #37 Vinicius Rachid
5. #94 Marcelo Henrique
6. #612 Rafael Tenorio
7. #12 Diego Jimenes
8. #420 Gustavo Ferreira
9. #991 Bruno Batista
10. #24 Adelmo Portuga

SX4
1. #94 Marcelo Henrique
2. #23 Nei Broto
3. #120 Rogerio Louro
4. #457 Joseph Alves
5. #37 Vinicius Rachid
6. #974 Alexandre Almeida
7. #4 João Batista
8. #12 Diego Jimenes
9. #987 Cristiano Bueno
10. #77 Nei Carneirinho

Força Livre Nacional
1. #162 Victor Alexandre
2. #62 Pablo Alexandre
3. #742 Lucca de Carvalho
4. #00 Kaike Reginaldo
5. #76 Ari Barreto
6. #158 Luiz Henrique

Força Livre Importada
1. #22 João Henrique
2. #730 Thalis Rocha
3. #317 Bruno Leal
4. #50 Mateus Oliveira
5. #822 Julio Fortes
6. #309 Vinicius Tainan
7. #51 Alisson Augusto
8. #13 Guilherme Paiva
9. #8 Tadeu Furquin

Resultados - MX Fest Velopraia Racing


MX1
1. #22 João Henrique
2. #97 Gustavo Rodrigues
3. #730 Thalis Rocha
4. #50 Vitor AMC
5. #98 Paulo Bitencourt
6. #974 Fabio Gurgel
7. #51 Alisson Augusto
8. #7 Juninho
9. #822 Julio Fortes

MX2
1. #50 Mateus Oliveira
2. #317 Bruno Leal
3. #17 Jose Henrique
4. #20 Bob Peres
5. #18 Luiz Rodolfo
6. #33 Pedro Alexandre

MX4

1. #457 Joseph Alves
2. #974 Fabio Gurgel
3. #47 Everton Valerio
4. #120 Rogerio Louro
5. #751 Fabio Aleixo
6. #12 Diego Jimenes
7. #4 João Batista
8. #99 Valmir Nunes
9. #468 Savio Santos
10. #14 Flavio Nogueira

MX Intermediária
1. #50 Alisson Augusto
2. #722 Sergio Madeira
3. #33 Pedro Alexandre
4. #169 Gutembergue Ribeiro
5. #76 Ari Barreto
6. #5 Roberto Ishida
7. #458 Daniel dos Reis
8. #707 Rafael Amorim

MX65
1. #158 Luiz Henrique
2. #111 Pedro Alves
3. #219 Cleber Junior

MX3
1. #98 Paulo Bitencourt
2. #120 Rogerio Louro
3. #4 João Batista
4. #12 Diego Jimenes

MX5
1. #99 Valmir Antunes
2. #719 Paulo Lopes

Força Livre Importada
1. #50 Mateus Oliveira
2. #317 Bruno Leal
3. #4 João Batista
4. #18 Luiz Rodolfo
5. #158 Luiz Henrique
6. #51 Alisson Barreto







© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet