X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Enduro

1º Enduro dos Guimarães - Chapada dos Guimarães - MT
Publicado em: 17/10
Clique e saiba mais

Final do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade 
Fotos: Ícone Comunicação Integrada


As belas trilhas da região da Chapada dos Guimarães no Mato Grosso


Sandro Hoffmann comemorou o 5º título nacional
O Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade foi definido neste final de semana com o I Enduro dos Guimarães, realizado na Chapada dos Guimarães, Mato Grosso (67 km ao norte de Cuiabá). E as belas trilhas da região consagraram Sandro Hoffmann como pentacampeão nacional na categoria Master, a principal da competição. Os outros pilotos que asseguraram títulos foram Villegaignon Lage (Sênior), Amilar José Rodrigues (Over 40) e Tannus de Castro (Júnior) – além de Cleocélio Buback, que havia confirmado de forma antecipada o primeiro lugar da Novato.

O campeonato realizou 14 etapas, que passaram pelo Ceará, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Mato Grosso. Rui Nunes, diretor de enduro de regularidade da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), entidade que supervisiona a competição nacional, analisou a temporada como altamente positiva. “Foi muito interessante, já que o aspecto técnico cresceu muito entre os pilotos. O campeonato estava totalmente indefinido nas últimas etapas, nas categorias principais”, lembrou.

Outro fator que chamou a atenção foi o surgimento de novos talentos. “Muitos pilotos apareceram no cenário nacional, tanto que a categoria Novato foi a que mais reuniu competidores em todas as etapas. Espero que muitos deles continuem participando das provas e subindo de categoria”, continuou Nunes, elogiando o investimento nacional no esporte. “Os equipamentos nacionais estão tornando a modalidade mais acessível.” O Brasileiro de Enduro de Regularidade deve ter o mesmo número de etapas em 2007, sendo que o calendário da próxima temporada deve ser fechado na segunda quinzena de dezembro.

Sandro Hoffmann é o primeiro pentacampeão brasileiro de Enduro de Regularidade, ele conquistou o título desta temporada com 254 pontos. Na prova disputada na Chapada ele foi o quarto colocado com 32 pontos. Mas foi o mineiro Guilherme Marchetti, com 45 pontos, quem tornou-se campeão do I Enduro dos Guimarães. Logo atrás com 38 pontos chegou Dário Júlio seguido por Jomar Grecco, 33 pontos. No brasileiro o vice-campeonato ficou com o mineiro Jomar Grecco (225 pontos) e o terceiro lugar também pertence a um piloto do Estado de Minas Gerais: Dário Júlio. 

O I Enduro dos Guimarães promete entrar para a história do esporte em Mato Grosso. Ele poderá ser lembrado tanto pelo nível técnico da prova como pelo trabalho da organização do evento. De acordo com o idealizador do Enduro e também piloto, Luis Fernando Godim a intenção era mostrar para os pilotos mato-grossenses qual é o nível de competições no campeonato nacional. “O Enduro dos Guimarães representa uma grande evolução para o esporte estadual e estamos satisfeitos com a realização da prova” argumentou. 

Na categoria Over 40 o grande campeão foi o mineiro, Amilar José Rodrigues, com 246 pontos. Na sênior como já era esperado o campeão é Villegaignon Lage (MG), com 229 pontos. Na classificação final do Enduro dos Guimarães o campeão da categoria Junior 
foi André Fernando Pedro Angelo, de Mato Grosso, mas o título nacional da categoria ficou com o capixaba Tannus Castro Borges, 183 pontos, seguido de Willian R. Rosário (MG), com 165. 

O mato-grossense Raul César Salvador ficou com a melhor posição entre os pilotos estaduais, ele foi o sétimo colocado no Enduro dos Guimarães na categoria Master. Destaque também para a mato-grossense e única representante da classe feminina na prova, Kethelin Laurindo, 18 anos, que alcançou a quarta colocação na categoria novatos no campeonato estadual. 

A categoria novatos no Campeonato Brasileiro, era a única que já tinha campeão. Apesar de não ter vindo para Chapada, Cleocélio Buback, somou 178 pontos, e assegurou o título por antecipação.

Depois de dois dias de adrenalina, chuva, cerrado molhado e boas surpresas na prova
mais de cem pilotos esfriaram os motores em uma festa de premiação muito animada no Café Cancun em Cuiabá, regada a troféus e medalhas. 

O Enduro dos Guimarães teve participação maciça de pilotos de todo o país. Só na prova de motos competiram mais de 100 atletas. Os participantes que não conheciam a cidade ficaram surpresos. O grande vencedor do Campeonato Brasileiro, Sandro Hoffmann, achou uma pena não poder se aventurar pelo Parque Nacional de Chapada, área de reserva florestal protegida pelo IBAMA.

Segundo o comissário de enduro da Confederação Brasileira de Motociclismo, Rui Nunes, a prova em Chapada tem um ponto alto: o tipo do terreno. Para ele esse é o local ideal para a realização de provas como esta. O cerrado de Chapada impõe muitas dificuldades e quanto mais difícil melhor a impressão que se tem da competição. “Se tivesse que dar uma nota, considerando que é a primeira vez que Mato Grosso sedia uma etapa do Campeonato Brasileiro, eu daria 8.5” disse Nunes. 

Mais informações no site da CBM    






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet