X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Enduro

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM - 2ª etapa - Penha (SC)
Publicado em: 14/09/2020
Clique e saiba mais

Sem a presença de Bruno Crivillin, campeonato retornou após pausa com novo líder no topo do pódio
Redação MotoX.com.br: Carolina Arruda – Fotos: Idário Café / Dines Zamai


Gabriel Soares


Quando a vontade de torcer é maior: fã sem desculpas para acompanhar o retorno do Brasileiro de Enduro
Após mais de 180 dias de intervalo depois da abertura da temporada, Penha (SC) recebeu a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM neste final de semana, dias 12 e 13. A competição, com base no Kartódromo Beto Carrero, incluiu disputas em um percurso com desafios variados: com chão batido e pasto, trechos de areia e pedras e até mesmo a passagem dentro de uma casa abandonada. A etapa foi composta por três voltas com 32 km cada e três trechos cronometrados. Seguindo protocolos de segurança, o público não teve acesso aos locais da prova, para manter o distanciamento social.

A vitória da etapa ficou com Gabriel Soares, da Honda. Com o resultado ele assume o primeiro lugar na tabela da categoria Enduro GP (geral) e amplia liderança na E2. “Estou muito feliz com este fim de semana, foi extremamente positivo. Treinei bastante para esta etapa, vim preparado. Fiz o que era preciso para chegar ao objetivo, dei o meu melhor e estou muito satisfeito com o resultado”, comentou o piloto.


Vinícius Calafati

A segunda posição geral e da E2 ficou com Patrik Capila. Já Vinícius Calafati completou o pódio da etapa, faturando a vitória da categoria E3, em que é o vice-líder do campeonato. “Consegui fluir bem e atacar nas especiais (trechos cronometrados). Esta etapa foi bem diferente das demais, porque não tinha deslocamento. As especiais eram todas juntas, mas estavam muito legais. Estou muito feliz com a minha performance e com a da equipe”, afirmou o paulista.


Rômulo Bottrel

Rômulo Bottrel chegou a vencer o primeiro dia de disputas na E3 e foi o segundo na geral, mas no domingo completou como segundo colocado da classe. Pelo resultado geral da etapa, Bottrel ficou com a quarta colocação e manteve a ponta da tabela no Brasileiro de Enduro. “Hoje foi ainda mais disputado do que ontem. As especiais ficaram com mais buracos e raízes, então a prova ficou mais técnica. Todo mundo ali disputando de segundo a segundo, então foi muito legal", declarou o piloto.


Loandro Anton

Já Lolo Anton, da Pro Tork, foi o quinto colocado da etapa e o mais rápido da E1 durante todo o final de semana. “Fechamos o fim de semana com P1 na categoria e 5º geral. Prova e fim de semana sensacional, parabéns a todos os organizadores”, comentou Anton. A prova também foi válida pela segunda etapa do Catarinense de Enduro e pelo estadual Lolo Anton mantém a liderança da E1.

Em função dos treinos na Itália, visando à estreia no Campeonato Mundial da modalidade na próxima semana (dias 18, 19 e 20 na França), o capixaba Bruno Crivilin não participou das disputas em Penha. Ele é o atual bicampeão brasileiro das classes Enduro GP e E1 e venceu a primeira etapa da competição nacional, realizada em março em Itapema (SC).


Bárbara Neves

Sem a categoria feminina na disputa, Bárbara Neves cumpriu o objetivo de utilizar a segunda etapa do Brasileiro como forma de treino para a temporada 2020. Ela foi a única mulher na EJ, para atletas com menos de 23 anos. A goiana conquistou o sétimo lugar. “Estou muito contente em ter participado de mais uma etapa do campeonato, sem dúvidas foi muito importante para manter o ritmo para os próximos desafios do ano”, conclui. A vitória da categoria ficou com Nicolás Rodriguez à frente de Gabriel Pruning.

O Brasileiro de Enduro agora está programado para retornar nos dias 11 e 12 de outubro em Palmelo (GO).

Resultados – 2 ª etapa – Penha (SC)

Enduro GP

1º – Gabriel Soares (#7) - 50 pontos - Honda Racing
2º – Patrik Capila (#33) – 40 pontos - Edgers Factory Team
3º – Vinicius Calafati (#32) – 40 pontos - Honda Racing
4º – Rômulo Bottrel (#22) – 40 pontos – Equipe Pro Tork KTM Sacramento
5º – Loandro Anton (#133) - 32 pontos – Equipe Pro Tork KTM Sacramento

E2
1º – Gabriel Soares (#7) – 50 pontos
2º – Patrik Capila (#33) – 44 pontos
3º – Gustavo Pellin (#44) - 38 pontos
4º - Felipe Legarrea (#29) - 38 pontos
5º – Alexandre Valadares (#192) - 32 pontos

E3

1º - Vinicius Calafati (#32) – 47 pontos
2º - Rômulo Bottrel (#22) – 47 pontos
3º - Vitor Garcia (#51) - 40 pontos
4º - Cassio Moreto (#366) - 36 pontos
5º - Diogo Lazzari (#900) - 31 pontos

EJ
1º - Nicolás Rodriguez (#4) - 50 pontos
2º - Gabriel Bruning (#50) - 40 pontos
3º - Murilo Caipirinha (#12) - 40 pontos
4º - Gabriel Mattos (#86) - 38 pontos
5º - Caio Carneiro (# 52) - 34 pontos
7º - Bárbara Neves (#116) - 27 pontos

E4
1º – Tiago Wernersbach (#41) – 50 pontos
2º – Fernando Pereira (#14) - 44 pontos
3º – Charles Baron (#841) - 40 pontos
4º - Lucas Arpini (#58) - 36 pontos
5º - Alonso Brandt (#47) - 31 pontos






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet