X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Enduro

Enduro da Independência 2020 - 1º etapa - Socorro (SP)
Publicado em: 04/09/2020
Clique e saiba mais

Primeira etapa da prova teve vitória de Tunico Maciel na categoria Elite, desbancando Emerson Loth
Redação MotoX.com.br - Carolina Arruda - Fotos: Janjão Santiago/Leo Tavares/CF


Tunico Maciel

Com 220 pilotos inscritos em 16 categorias, o Enduro da Independência largou nessa sexta-feira (04). Nesta primeira pernada da prova, os pilotos percorreram 117 km dentro das trilhas de Socorro (SP). Neste sábado, o trajeto seguirá por Itajubá (MG) com o percurso mais longo desta edição, com 237 km e mais de oito horas de prova.


Ao todo, serão 635 km em quatro dias, entre os estados de São Paulo e Minas Gerais
Há dois anos “batendo na trave” para ficar com a vitória da prova, Tunico Maciel começou o enduro com o pé direito. O piloto da Honda faturou a primeira colocação do dia na Elite, com o melhor tempo nos dois postos de controle. “Eu tenho focado muito nas provas de rally, então sofri um pouco para me adaptar à navegação e ao estilo de pilotagem do regularidade. De qualquer forma, o dia foi 100%, andei bem e estou muito feliz. Agora vou descansar, porque amanhã tem mais e quero conseguir de novo um bom resultado”, declara.

A segunda colocação da categoria ficou com Emerson Loth “Bombadinho”. “Vou fazer tudo que é possível, e se precisar até o impossível, para manter o título da categoria. Será um grande desafio para todos os pilotos, o evento costuma ser técnico, exigindo bastante preparo”, diz o piloto de Curitiba. A terceira colocação ficou com Guilherme Carvalho, seguido de Jomar Grecco e Fábio Amaral.


Dário Júlio

Na categoria Brasil, o domínio ficou com Dário Júlio, que busca o sétimo título na competição. “O objetivo é continuar concentrado em busca da taça da categoria Brasil. A etapa de abertura mostrou muita qualidade, o que nos deixa muito animados para os três próximos dias. A etapa teve médias justas e bastante trilha por lugares fantásticos. A região é muito bonita, repleta de mata e montanhas. A CRF 250F esteve perfeita, só precisei fazer a manutenção básica no fim do dia”, afirma mineiro.

Estreando na Over 50, Sandro Hoffmann pode comemorar com vitória sólida, à frente da dupla de Lagoa da Prata (MG), Edson Maciel e Márcio Miranda. A etapa marca não só o amadurecimento do campeão, como também o retorno às provas. “Fiquei 108 dias sem andar de trilha. Isso foi uma marca pra mim muito grande. Acredito que, dentro dos 15 anos de master, juntando todos os anos, eu não tive 108 dias de folga”, avalia Hoffmann.


Bárbara Neves

Embaixadora da prova e bicampeã da categoria Feminina, Bárbara Neves também começou bem a prova. “Estou muito feliz de voltar a competir e de rever os amigos do Enduro da Independência. A prova começou com trilhas e visuais incríveis, as expectativas são ainda melhores para amanhã. Nesse ano, vai ser um pouco diferente das outras edições, mas, com certeza, vai ser fantástica”, conclui a goiana.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a prova está acontecendo com uma série de adaptações e medidas de segurança, entre elas a utilização da máscara e ausência de público. Para realizar a 38º edição do evento, a organização traçou novos trajetos e desenvolveu um novo contorno para a prova.


Nos bastidores da prova, além do distanciamento de 1,5m, as medidas de segurança incluem o uso de máscara e ausência de público

“Ao longo desses 38 anos, o enduro vem se reinventando, tenho certeza, para melhor. Descobrindo novos formatos, como esse agora, com distanciamento e segurança social. E também descobrindo novos percursos, novos destinos, como aqui em Socorro. Uma região muito privilegiada pela natureza com serras belíssimas e próximo a Minas Gerais”, avalia Theo Mascarenhas, jornalista e membro da organização da primeira edição em 1983.

Resultados - 1ª etapa

Categoria Elite

1º - #11 - Tunico Maciel - 50 pontos 
2º - #6 - Emerson Loth "Bombadinho" - 44
3º - #7 - Guilherme Trancoso Carvalho - 36
4º - #8 - Jomar Grecco - 35
5º - #84 - Fábio Amaral - 34

Categoria Graduado
1º - #15 - Luciano Paiva - 50 pontos
2º - #24 - Gustavo Pereira - 42
3º - #20 - Ariel Campos - 33

Categoria Over
1º - #25 - Vinícius Moraes - 50 pontos
2º - #27 - Jesus Ribeiro - 42
3º - #29 - Luis Gustavo Neiva - 36

Categoria Brasil

1º - #35 - Dário Júlio - 50 pontos 
2º - #34 - Felipe Arantes - 44
3º - #33 - Alan Muniz - 20

Categoria Feminina

1º - #173 - Bárbara Neves - 50 pontos 

Resultados completos aqui



Programação 

4/9 - sexta-feira - 117 km
7h - Largada do primeiro piloto - Parque da Cidade - Socorro (SP)
13h - Chegada do primeiro piloto - Parque da Cidade - Socorro (SP)

5/9 - sábado - 237 km
6h - Largada do primeiro piloto - Parque da Cidade - Socorro (SP)
14h - Chegada do primeiro piloto – Kartódromo de Itajubá (MG)

6/9 - domingo - 158 km
7h - Largada do primeiro piloto - Kartódromo de Itajubá (MG)
12h - Chegada do primeiro piloto – Centro de Convenções de Caxambu (MG)

7/9 - segunda-feira - 123 km
7h - Largada do primeiro piloto - Centro de Convenções de Caxambu (MG)
13h - Chegada do primeiro piloto - Centro de Convenções de Caxambu (MG)
18h - Premiação – Parque da Cidade - Centro de Convenções de Caxambu (MG)

Total da prova: 635 km







© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet