X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Brasileiro de Enduro - 7ª etapa - Final - Patrocínio (MG)
Publicado em: 17/09/2019

Título da EnduroGP é brasileiro: Bruno Crivillin conquista bicampeonato. Romain Dumontier é campeão na E2. 
Redação MotoX.com.br - Fotos: Rogério Leite / Janjão Santiago

Vinicius Calafati (E3) e Patrick Capila (EJ) são os demais campeões nas classe principais


Bruno Crivillin

O Campeonato Brasileiro de Enduro 2019 chegou ao fim em clima de festa. Patrocínio (MG) foi palco do encerramento e das decisões de título. A sétima e última etapa do ano recebeu os pilotos com muito clor e alto nível técnico. Na EnduroGP, Bruno Crivilin venceu o duelo contra Romain Dumontier, conquistando o campeonato na categoria. O capixaba também levou a melhor na E1, enquanto o francês leva pra casa o título da E2. Terceiro colocado na EnduroGP, Patrik Capila faturou o título da EJ.

Em temporada de recuperação, Crivilin poderá manter o numberplate 1 na moto mais uma vez. Iniciando o ano com uma lesão e perdendo a primeira prova, Crivilin precisou atacar nas etapas restantes: venceu cinco das seis etapas. O vice-campeonato da E1 ficou para Júlio César ferreira, seguido de Rômulo Bottrel.


Comemoração capixaba no Brasileiro de Enduro

“É uma alegria muito grande ser campeão, o título da Enduro GP continua no Brasil e o numeral um, na minha moto. Foi um ano difícil, mas tudo valeu a pena. Agradeço a Honda Racing por ter acreditado em mim, não é fácil contratar um atleta que vem de lesão, porque não se sabe como ele vai voltar. Agradeço a toda a equipe e também a minha família, amigos que vieram para me ver e alguns que não puderam vir, mas sei que ficaram orando de longe”, comemorou Crivilin, que agora acumula sete títulos brasileiros de enduro.


Romain Dumontier

Imbatível na E2, Dumontier encerrou a temporada com 100% de aproveitamento. “Fui o segundo na Enduro GP e primeiro na E2, por ser a primeira vez no Brasil estou muito contente. Foi um bom ano, conheci muitas pessoas, conheci um bom país, e estou muito feliz com minha equipe, a Yamaha O2BH Racing, e meus patrocinadores. Estou muito feliz e espero poder voltar”, afirmou Dumontier. Gabriel Soares e Felipe Legarrea completaram o pódio da categoria, respectivamente.

Uma das mais equilibradas, a E3 foi acirrada até o último instante. Coroado campeão, Vinícius Calafati só pode comemorar depois de deixar para trás o gaúcho Gustavo Pelin, por apenas cinco pontos de vantagem, e o argentino Crispy Arriagada.


Vinícius Calafati

Calafati acelerou forte e ditou o ritmo na corrida decisiva. "A etapa final foi uma das mais duras do ano, muito desgastante, com muito calor e um deslocamento longo e difícil. Foram 5 CHs (controles de horário) por volta, então foi tudo apertado, digno de uma final, onde o mais bem preparado fisicamente se sairia melhor. Nos dois dias consegui ganhar a categoria E3 e ser o terceiro na geral (Enduro GP). Estou muito feliz com meu desempenho e estamos prontos para 2020. Agradeço a todos da KTM Sacramento, os pilotos da equipe, os mecânicos, seu Ivan, meu pai e meus familiares, porque sem eles este título não seria possível", destacou Calafati.


Bárbara Neves

Para encerrar bem o ano, a primeira mulher da equipe Honda, Bárbara Neves levou pra casa a taça da EF e conquistou o bicampeonato. Destaque também para o veterano Nielsen Bueno: o mineiro Nielsen Bueno comemorou seu sexto título brasileiro no enduro e já faz planos para as próximas temporadas. O piloto da equipe Power Husky foi o campeão da categoria E35 em 2019. “Acho que foi um dos mais disputados de todos os tempos, foi um campeonato muito marcante para todos. Mostrou a força do enduro e o profissionalismo que a modalidade atingiu, é muito importante esse momento que a gente vive. Estou muito feliz pelos seis títulos, e muito motivado também”, concluiu o experiente piloto.

O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019 é patrocinado por Yamaha, Honda e IMS e tem apoio de MXF, Parts 57, Fotop, Motul, Jeri Adventure Ride, Husqvarna, Power Husky, BMP, Airoh, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, BMS Racing, KTM Sacramento, Race Tech, Motorex, Sig Visual e Borilli.

Classificação final do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019

Enduro GP

1. Bruno Crivilin – 292 pontos
2. Romain Dumontier – 273 pontos
3. Patrik Capila – 202 pontos

E1
1. Bruno Crivilin – 300 pontos
2. Júlio Cesar Ferreira – 263 pontos
3. Rômulo Bottrel – 251 pontos
4. Lolo Anton - 221 pontos
5. Tiago Wernersbach - 208 pontos

E2
1. Romain Dumontier – 300 pontos
2. Gabriel Soares – 251 pontos
3. Felipe Legarrea – 230 pontos
4. Diego Colett - 136 pontos
5. Ithalo Resende - 76 pontos

E3
1. Vinicius Calafati – 279 pontos
2. Gustavo Pellin – 273 pontos
3. Crispy Arriegada – 262 pontos
4. Nicolás Rodriguez - 96 pontos
5. Paulo Amorim - 38 pontos


Patrick Capila

Categoria EJ
1. Patrik Capila – 300 pontos
2. Willian Lauers – 267 pontos
3. Washington Murillo – 220 pontos
4. Gabriel Mattos - 170 pontos
5. Augusto Benvenutti - 107 pontos

EF
1. Bárbara Neves – 125 pontos
2. Tainá Aguiar - 64 pontos
3. Isadora Oliveira - 47 pontos

Categoria EA
1. Juliano Wilgen – 246 pontos
2. Roberto Theodoro – 209 pontos
3. Jonas Sawan – 110 pontos

Categoria E4 230
1. Fernando Pereira – 282 pontos
2. Flávio Volpi – 280 pontos
3. Agenor Varela – 238 pontos

Categoria E4 Pro
1. Anderson da Luz – 276 pontos
2. Vítor Borges Garcia – 275 pontos
3. Uyter Dias – 116 pontos

Categoria E35
1. Nielsen Bueno – 250 pontos
2. André Urso – 207 pontos
3. Tiago Bellaver – 186 pontos

Categoria E40

1. Cassiano Tebaldi – 269 pontos
2. Erasmo Klering – 251 pontos
3. Adriano de Ávila – 249 pontos

Categoria E45
1. Frederico Garcia – 268 pontos
2. Fábio Bizarria – 254 pontos
3. Maurício Fernandes – 237 pontos

Categoria E50

1. Daniel dos Reis – 274 pontos
2. José Antônio Cadima – 249 pontos
3. Washington da Silva – 222 pontos

Categoria Youth
1. Leonardo Kauffmann – 142 pontos
2. Vinicius Aguilar – 132 pontos
3. Thales Uemura – 101 pontos

Categoria Juvenil
1. Frederico Mediote Rangel – 147 pontos
2. Danilo Sfalsin – 122 pontos
3. Bruno Tenutti Daniel – 66 pontos

Categoria Cadete
1. Estevão Mediote Rangel – 134 pontos
2. Miguel Margon – 125 pontos
3. Fernando Almeida – 106 pontos

Categoria Infantil
1. Theo Ramos – 144 pontos
2. Pedro Henrique Splinter – 118 pontos
3. Rian Vassoler – 50 pontos

Resultados - 7ª etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019

Enduro GP
1. Bruno Crivilin
2. Romain Dumontier
3. Vinicius Calafati

E1
1. Bruno Crivilin
2. Júlio Cesar Ferreira
3. Tiago Wernersbach

E2
1. Romain Dumontier
2. Alexandre Faria
3. Ithalo Resende

E3
1. Vinícius Calafati
2. Crispy Arriegada
3. Gustavo Pellin

EF
1. Isadora Oliveira
2. Bárbara Neves
3. Tainá Aguiar

Categoria EJ
1. Patrik Capila
2. Willian Lauers
3. Washington Murillo

Categoria E4 Pro
1. Vítor Borges Garcia
2. Anderson da Luz
3. Uyter Dias

Categoria E4 230
1. Fernando Pereira
2. Flávio Volpi
3. Agenor Varela

Categoria EA
1. Leo Senju
2. Luciano Paiva
3. Roberto Theodoro

Categoria E35
1 – Aloisio Filho
2 – Oriel Casagrande
3 – William Cabelo

Categoria E40

1. Adriano de Ávila
2. William Meneses
3. Erasmo Klering

Categoria E45
1. Fábio Bizarria
2. Roberto Lamego Júnior
3. Leonardo Lima

Categoria E50

1. Daniel dos Reis
2. Manoel de Jesus
3. José Antônio Cadima

Categoria Youth
1. Vinicius Aguilar
2. Ítalo Maciel
3. Leonardo Kauffmann

Categoria Cadete
1. Estevão Mediote Rangel
2. Miguel Margon
3. Fernando Almeida

Categoria Infantil
1. Theo Ramos
2. Vicente Nunes
3. Pedro Henrique Splinter

Categoria Juvenil
1. Frederico Mediote Rangel
2. Danilo Sfalsin
3. Eduardo Costa

 






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet