X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

30º Ibitipoca Off Road - Juiz de Fora - MG
Publicado em: 06/08/2019

Tunico Maciel é campeão da histórica 30ª edição do Ibitipoca Off Road
Redação MotoX.com.br - Fotos: Janjão Santiago e Angelo Savastano

Mineiro venceu disputa acirrada pelo título com o paranaense Emerson Loth


Tunico Maciel

A histórica 30ª edição do Ibitipoca Off Road reuniu, nos dias 3 e 4 de agosto, mais de 560 motos nas trilhas das cidades mineiras de Juiz de Fora, Lima Duarte e Conceição do Ibitipoca. O enduro de regularidade contou com mais de 400 quilômetros de desafios, em variados terrenos, e consagrou o mineiro Tunico Maciel (Honda Racing) campeão pela primeira vez.

"A prova foi muito boa e bastante dura. Consegui andar bem, tranquilo e concentrado. Tivemos todos os tipos de terreno, com muitas trilhas, pedra e areia. No final, a chuva que caiu trouxe barro, lama e piso liso. Estou bastante feliz com esse resultado", destacou Tunico.


Emerson Loth, o Bombadinho

O paranaense Emerson Loth, o Bombadinho, buscava o bicampeonato e terminou o evento como principal rival do campeão. "Das quatro etapas da prova venci três, mas, após cometer um erro de navegação, terminei uma delas em 10º e isso me prejudicou bastante. A prova foi bem legal, com 8h no primeiro dia e 7h30 no segundo, quilometragem longa (ao redor de 400 km no total) e muita trilha técnica. Infelizmente esse erro acabou me tirando a vitória, mas isso faz parte", comentou o piloto Pro Tork, Rinaldi e KTM Sacramento.

Com quatro títulos da prova no currículo, Jomar Grecco era um dos favoritos, mas acabou fora da briga pelo título com a quinta posição. "O Ibitipoca mais uma vez mostrou sua grandeza e uma organização impecável, eu cometi erros nos dois dias, é melhor esquecer e focar no Brasileiro e no Independência", resumiu o capixaba da equipe Yamaha O2BH Racing.


Jomar Grecco

Na classe Brasil, para motos de fabricação nacional, Dário Júlio foi o campeão. "No primeiro dia, consegui andar muito bem, concentrado, e não errei nada. Peguei um congestionamento de motos travadas em algumas trilhas mais técnicas, porém escapei bem rápido. No domingo, na primeira parte do dia, bati numa pedra e entortei o pedal de marcha, o que me prejudicou. Na segunda parte, tinham alguns morros que pegaram muita gente. Em um deles, eu acabei caindo e demorei para sair, mas felizmente deu tudo certo e levamos mais uma vitória", avaliou o veterano.


Dário Júlio


Rudá e Jony Jachtchechen
Jony Jachtchechen e seu filho Rudá (Pro Tork) garantiram o título na categoria Pai e Filho. "Foi uma das melhores provas que já fiz correndo com ele. Estava bem disputado, mas conseguimos vencer as duas primeiras etapas e fomos segundo nas demais, fechando o evento com a taça", afirmou Jony.

Os organizadores também ficaram satisfeitos com o evento. "Fizemos uma prova pensando em comemorar os 30 anos de forma marcante. Ver os participantes satisfeitos é nosso maior prêmio”, avaliou o coordenador do IOR, Manoel Resende.

Confira abaixo os vencedores em todas as classes do 30º Ibitipoca Off Road que contou com Yamaha, Pro Tork e Rinaldi entre os principais patrocinadores.

Vídeo:



Master
1. Tunico Maciel, 89 pontos
2. Emerson Loth, 86 pontos
3. Luiz Felipe Zavarize, 74 pontos
4. Rodrigo Souza, 66 pontos
5. Jomar Grecco, 66 pontos

Senior
1. Samir Amaral, 93 pontos
2. Maicon Ribeiro, 82 pontos
3. Jean Pablo Teixeira, 78 pontos
4. Sandro Hoffmann, 75 pontos
5. Fernando Baeta, 54 pontos

Brasil
1. Dário Júlio, 92 pontos
2. Thiago Veloso, 89 pontos
3. Fabio Amaral, 80 pontos
4. Felipe Arantes, 70 pontos
5. Douglas Schumacker, 61 pontos

Over 40
1. Júlio César de Assis, 88 pontos
2. Cláudio Ribeiro, 78 pontos
3. Herculano de Aguiar Dias, 70 pontos
4. Acácio Cordeiro de Morais, 69 pontos
5. Flávio da Silva Campos, 68 pontos

Dupla Graduado
1. Francis Feliciano Santos e Jose Roberto de Freitas Filho, 94 pontos
2. Thiago Coutinho Casagrande e Macksandre Paganini Boldrini, 94 pontos
3. Anilson Luis Santin e Anderson Paulo Rove, 67 pontos
4. Vinicius Campos Mendes e Alceu Ruffo, 65 pontos
5. Fabricio Galil Rocha e Claudio da Silva Júnior, 62 pontos

Over 45
1. Eduardo Salvarani, 97 pontos
2. Edmilson Carlos Araújo Campos, 85 pontos
3. Marcio Jose Miranda, 66 pontos
4. Aécio Claudino Júnior, 64 pontos
5 Rodrigo Panconi Sacchetto, 61 pontos

Júnior
1. Arthur Ferreira Teodoro, 65 pontos
2. André Rezende, 63 pontos
3. Mirlei Izaias dos Santos, 52 pontos
4. Renan Pereira de Freitas, 51 pontos
5. Pedro Henrique Neves da Silva, 50 pontos

Over 35
1. Leonardo Nannetti, 89 pontos
2. Jaime Junior, 83 pontos
3. Domingos dos Santos Caputo, 78 pontos
4. Erasmo Schwanz, 75 pontos
5. Leandro Jorge Trindade, 68 pontos

Dupla Júnior
1. Bruno Cesar de Moura Silva e Pedro Campos de Oliveira, 63 pontos
2. Noé de Oliveira Júnior e Pablo Sousa Manoel, 63 pontos
3. Robson Victor de Almeida e Jonh Lenon, 58 pontos
4. Matheus Guzzo e Tony Pires, 47 pontos
5. Lincoln Lino da Costa e Leonardo Pereira Vaz, 46 pontos

Brasil Iniciante
1. Cassio Ricardo Ferreira, 64 pontos
2. Tácio Nogueira Fonseca, 59 pontos
3. Felipe Medeiros Portes e Souza, 54 pontos
4. Farlley Lopes de Souza, 52 pontos
5. Paulo Jose Sadkowski, 52 pontos

Over 50
1. Noe de Oliveira, 81 pontos
2. Edson de Castro Maciel, 80 pontos
3. Wagner Ricardo Guimaraes, 80 pontos
4. Jose Alexandre Tomasso, 78 pontos
5. Marcos Eustaquio, 74 pontos

Over 55
1. Cassius Vieira Nunes, 87 pontos
2. Evair Pedro Cardoso, 80 pontos
3. Jose Roberto Cunha Viana, 79 pontos
4. Marcio dos Santos Lavinas, 74 pontos
5. Hugo Morato, 74 pontos

Over 60
1. José Antônio Fernandes, 95 pontos
2. George Parik, 87 pontos
3. Villegaignon Lage de Oliveira, 80 pontos
4. Altair Bordignon, 69 pontos
5. ºMario Maia Penna, 62 pontos

Feminina
1. Kessia Tristão, 94 pontos
2. Bárbara Neves, 90 pontos
3. Mery Paula Teixeira, 82 pontos
4. Aline Gorgulho, 74 pontos
5. Rosa Freitag, 32 pontos

Novato
1. Jayme do Vale Ribeiro, 94 pontos
2. Luciano Henrique Vasconcelos, 69 pontos
3. João Paulo Torres Vollú, 69 pontos
4. Claudio Rodrigues Dias, 61 pontos
5. Yago Alves Barreto Marques, 58 pontos

Dupla Novato
1. Carlos José Pinto de Assis e Douglas Caldareli Dias, 87 pontos
2. Luiz Fellippe Vieira Massi e Luiz Fernando Cunha, 82 pontos
3. Marlon Conceicao e Bruno da Cruz Mendonça, 74 pontos
4. Tiago Barros Oliveira e João Ferreira Monteiro Neto, 72 pontos
5. Marcelo Medeiros Domingues e Luis Costa Rodrigues, 64 pontos

Pais e Filhos
1. Jony Jachtchechen e Rudá Tulio Fortes Jachtchechen, 94 pontos
2. Adriano Roberto de Freitas e Fabio Carvalho de Freitas, 92 pontos
3. Eduardo Gladimir Dranka e Eduardo Gladimir Dranka Filho, 76 pontos
4. Helio Viana de Aquino e Marcel Aquino, 74 pontos
5. Thanus A. Lancini e Gabriel Lancini, 64 pontos

Estreante

1. Kaio de Castro Ferreira, 89 pontos
2. Cleyton Romeu de Carvalho, 88 pontos
3. Wellington L. Rodrigues, 79 pontos
4. Igor Nogueira Rodrigues, 67 pontos
5. Renato Teixeira de Paiva, 63 pontos








© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet