X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de Enduro 2019 - Alemanha - 1ª etapa
Publicado em: 27/03/2019

Steve Holcombe domina os dois dias da abertura do campeonato
Redação MotoX.com.br - Fotos: Divulgação


Steve Holcombe

Disputado em Dahlen, o EnduroGP da Alemanha abriu a temporada 2019 do Mundial de Enduro com um evento prestigiado pelo público e dominado pelo britânico Steve Holcombe. Dois Enduro Testes, um Extreme Teste e um Cross Teste desfiaram os pilotos em cada uma das três voltas, tanto no sábado quanto no domingo.

Holcombe (Beta), apesar de ter a difícil tarefa de abrir a trilha no primeiro dia, ganhou várias especiais e aumentou sua diferença para os concorrentes a cada teste completando o primeiro dia com uma vantagem de 1 minuto e 7 segundos sobre o segundo colocado, seu compatriota Daniel McCannney (TM).


Bradley Freeman

Bradley Freeman (Beta), que em boa parte da manhã esteve atrás de Holcombe, perdeu ritmo e completou o domínio britânico na terceira posição controlando a diferença para o francês Christophe Nambotin (Gas Gas), com o francês começando a temporada em grande forma.

Um dos favoritos, Alex Salvini (Honda) teve um dia desastroso. Com problemas em uma mangueira do radiador, o italiano acabou atrasando em um controle de tempo sofrendo uma penalidade de 4 minutos. Isso fez ele despencar na classificação e, ao se esforçar para recuperar terreno, cometer erros que o deixaram na 25ª posição, mais de 7 minutos atrás do vencedor.


Daniel McCannney

Eero Remes (Yamaha) foi outro azarado da etapa tendo que desistir depois que sua corrente quebrou. Loic Larrieu (TM) foi quem ganhou com a falta de sorte do finlandês acabando na quinta posição..

Mais à vontade com o terreno no segundo dia, Holcombe foi ainda mais dominante conquistando oito especiais consecutivas. Além dele, apenas Davide Guarnieri, Brad Freeman e Daniel McCanney conseguiram vitórias nos tempos totais. Apesar da pressão, cansaço e do terreno difícil, Holcombe mostrou um controle perfeito saindo da abertura do campeonato com a liderança nas classes EnduroGP e E3.

Brad Freeman terminou o dia 43 segundos atrás do vencedor faturando o segundo lugar no pódio da EnduroGP. McCannney não conseguiu fazer frente aos compatriotas e acabou em terceiro na disputa.


Loic Larrieu

Depois do abandono no sábado, Eero Remes foi agressivo desde o início lutando por um lugar entre os cinco mais rápidos e terminou com a quarta posição. Alex Salvini também se recuperou do sábado ruim com uma prova consistente e o quinto lugar no domingo.

Na categoria E1, Brad Freeman conquistou a vitória à frente de Davide Guarnieri e Thomas Oldrati. Na E2 a disputa foi intensa e Remes que acabou vencendo com uma vantagem de menos de um segundo sobre Salvini, com Larrieu na terceira posição. Pela E3, Holcombe teve a companhia de McCanney e Anthony Geslin (Beta) no pódio.


Próxima rodada do campeonato será o EnduroGP de Portugal

A segunda etapa do Mundial de Enduro 2019 será disputa em Valpaços, Portugal, entre os dias 3 e 5 de maio.

Vídeos







Classificação Geral

EnduroGP

1. Steve Holcombe, 40 pontos
2. Brad Freeman, 32
3. Daniel Mccanney, 32
4. Loïc Larrieu, 21
5. Matteo Cavallo, 17
6. Thomas Oldrati, 15
7. Christophe Nambotin, 13
8. Eero Remes, 13
9. Benjamin Herrera, 12
10. Davide Guarneri, 11

E1
1. Brad Freeman, 40 pontos
2. Thomas Oldrati, 30
3. Davide Guarneri, 30
4. Matteo Cavallo, 30
5. Rudy Moroni, 22
6. Patrik Markvart, 20
7. Andreas Beier, 9

E2
1. Loic Larrieu, 35 pontos
2. Benjamin Herrera, 26
3. Alex Salvini, 24
4. Antoine Basset, 21
5. Eero Remes, 20
6. Hugo Blanjoue, 17
7. Albin Elowson, 17
8. Edward Huebner, 15
9. Joseph Wootton, 15
10. Christian Brockel, 12

E3
1. Steve Holcombe, 40 pontos
2. Daniel Mccanney, 34
3. David Abgrall, 26
4. Anthony Geslin, 26
5. Dennis Schroeter, 21
6. Angus Heideke, 19
7. Manuel Monni, 17
8. Christophe Nambotin, 15
9. Tim Apolle, 15
10. Jiri Hadek, 13







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet