X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Regional

Paulista de Motocross MX1 MX2 São Miguel Arcanjo - SP - 2ª etapa
Publicado em: 20/02/2019

Wilgner "Guigão" Francisco mantém 100% de aproveitamento nas categorias MX1 e MX Gold
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada da categoria MX1

Quase duzentos pilotos prestigiaram neste domingo (17) a segunda etapa do Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2, realizada em São Miguel Arcanjo junto com a 35ª edição da tradicional Festa da Uva na cidade. Supervisionada pela FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo), a competição foi realizada sob clima ameno e foi repleta de grandes disputas.

+ Veja mais fotos na Galeria de Imagens da prova

Um excelente público vibrou com as corridas e viu Wilgner "Guigão" Francisco repetir o ótimo desempenho da abertura do campeonato mantendo a invencibilidade nas categorias MX1 e MX Gold. Nas principais classes para motos nacionais, Pedro "Paraná" Sampaio foi o vencedor.


Wilgner Guigão Francisco

A MX1 começou com a liderança de Daniel Caputo, seguido de Guigão, Rodrigo Guimarães e João Vitor Cardeli. Ainda no começo, Guigão assumiu o primeiro lugar e ditou o ritmo de prova sustentando a liderança até o final. Caputo abriu vantagem dos concorrentes na segunda posição e terminou a prova com tranquilidade. A disputa mais emocionante ficou pelo terceiro lugar entre Rodrigo Guimarães e João Vitor Cardeli que se alternaram na posição até o final da prova. Guimarães foi superior a Cardeli e comemorou muito o resultado com sus equipe. Mais atrás, o veterano Heriko Gonçalves teve que andar forte na metade final da bateria para confirmar a quinta colocação.


Pedro Tavernaro

Na MX Gold, Guigão foi ainda mais dominante: largou na frente e administrou a corrida até a bandeira quadriculada. Daniel Caputo vinha novamente bem na segunda posição, mas abandonou a bateria após bater o cotovelo. João Vitor Cardeli herdou a segunda posição e abriu dos demais. Dessa vez Rodrigo Guimarães teve que segurar Leonardo Souza para conquistar outra terceira colocação. Vitor Paiotti completou o grupo dos cinco primeiros colocados.


Álvaro Cândido Filho, o Paraguaio

Leonardo Souza largou na frente da MX2 e protagonizou uma intensa disputa com o atual campeão da categoria, Pedro Tavernaro. O defensor do título lrgou na terceira posição, mas consguiu avançar até a vitória. Na metade da prova, Felipe Paiva superou Eduardo Dias e terminou na quarta colocação. José Lucas Soares também passou Eduardo e, após um início no meio do pelotão, terminou a prova em quinto.


Luiz Moura

As categorias MX5 e MX6 reuniram os pilotos mais experientes da competição e largaram juntas. Pela MX5 o vencedor foi o lendário Álvaro Cândido Filho, o "Paraguaio", piloto diversas vezes campeão nacional, seguido de Hermínio "Maninho" Oliveira. Pela terceira colocação, Pedro Cirino levou a melhor na disputa com Reinaldo "Piu" Pinheiro, enquanto Sérgio Oliveira ficou em quinto. A MX6 começou com a disputa entre o campeão e o vice da categoria no ano passado. Júlio Maimone largou na frente, mas não suportou a pressão e perdeu a liderança para o defensor do título, Luiz Moura. Com uma tocada tranquila e mantendo certa distancia dos concorrentes, Sandro Silva ficou em terceiro deixando Tokioshi Nakahara em quarto. Pedro Mariozi completou o pódio da categoria.


Francisco Filho

Em uma corrida tranquila, Francisco Filho venceu a categoria 65cc com certa facilidade. Eduardo Araújo terminou a prova em segundo com Gabriel Cirino em terceiro. Também mostrando bom ritmo, Guilherme Filho terminou a prova em quarto e Daniel Bernardo foi o quinto colocado.


Luiz Prestes

Outra categoria com jovens pilotos, a 50cc foi vencida por Luiz Prestes. Matheus Godoy terminou na segunda posição deixando Gabriel Piedade em terceiro e seu xará Gabriel Almeida em quarto.


João Vitor Cardeli

João Vitor Cardeli saiu na terceira posição da MX3 e teve que lutar muito, primeiro para ultrapassar Heriko Gonçalves, depois Rodrigo Guimarães e então vencer a prova. Guimarães terminou em segundo com Heriko bem próximo em terceiro. Vitor Paiotti administrou bem a boa largada e terminou em quarto seguido por Pedro Sampaio.


Heriko Gonçalves

A MX4 foi semelhante, pois Heriko Gonçalves teve trabalho primeiro com Rafael Arruda e mais tarde com Diego Jimenes até vencer a categoria. Depois, Jimenes administrou a distância em relação à Arruda para completar em segundo. Já Hermínio "Maninho" Oliveira não conseguiu segurar a quarta colocação e acabou ultrapassado por Alessandri "Lê" Dias.


Juan Pablo

Na Júnior, enquanto Juan Pablo ia se distanciando do pelotão na liderança, o segundo colocado Raul Oliveira tinha que se virar para segurar a posição das investidas de Francisco Filho na metade final da prova. No entanto, a posição dos três primeiros foi mantida até a bandeirada. Leonardo Sulino ficou com a quarta colocação e Davi Silva, que fez uma ótima largada, terminou em quinto.


Frederico Oliveira

A Intermediária, categoria que abriu o evento, foi marcada por disputas praticamente em todas as posições. A bateria começou com Evandro Araújo assumindo a ponta ao superar Maycon Briene, que havia feito o holeshot. Ao longo da prova, Frederico Oliveira conseguiu se destacar e foi abrindo espaço até assumir a ponta definitivamente conquistando a vitória. Araújo ficou em segundo e Briene em terceiro. Gesse Militão, que não havia largado bem, conseguiu após muita disputa terminar na quarta colocação. Regis Nishida foi o quinto colocado.


Pedro Paraná Sampaio

A MXN foi a primeira categoria para motos nacionais na pista e contou com uma ótima quantidade de pilotos. Sabendo da importância de uma ótima largada, Pedro "Paraná" Sampaio tratou de ocupar a primeira posição logo que caiu o gate. Thallys Bueno assumiu a segunda posição ainda no começo a prova e tentou de tudo para se aproximar do ponteiro, mas sem sucesso. Alex "Tom" Silva assumiu o terceiro posto na metade da prova e manteve até o final. Já Eduardo Chuaste não aparecia no pelotão da frente no começo da prova, mas com muito esforço conseguiu a quarta colocação deixando Paulo Roberto Oliveira em quinto.  


Felipe Nishida
O regulamento da MXN2 foi alterado esse ano visando dar maior segurança aos participantes. "Visto se tratar de uma bateria para iniciantes foi estabelecida a proibição dos pilotos saltarem algumas mesas para deixar a prova mais segura para todos", destacou João Cardeli, presidente da FMESP. O detalhe técnico não impediu que a prova fosse marcada por grandes disputas e pelo ótimo desempenho de Felipe Nishida que dominou de ponta a ponta. Após uma disputa com Murilo Araújo - que acabou terminando apenas na nona colocação, Ednilson Leite Junior conseguiu a vice-liderança definitiva da prova. Rodrigo Souto largou bem e usou isso para ficar com o terceiro lugar. Já Diego Almeida fez uma ótima corrida de recuperação para conquistar o quarto posto, enquanto Raul Povedano completou o pódio no quinto lugar.

Principal categoria para motos nacionais, a MXN Gold praticamente repetiu o pódio da MXN, só que dessa vez Pedro "Paraná" teve muito trabalho para tirar o primeiro lugar de Thallys Bueno. Os dois abriram muito dos demais pilotos e definiram as primeiras posições. Alex "Tom" Silva teve trabalho no começo da prova, mas soube administrar bem as investidas dos concorrentes e ficou a posição. Eduardo Chuaste teve que lutar muito para repetir o quarto lugar da bateria anterior. A única mudança em relação a MXN ocorreu na quinta colocação que ficou com Anderson Marcondes.

Ao final do dia, João Cardeli agradeceu o empenho da prefeitura para realização do evento em uma semana chuvosa. "Não mediram esforços para deixa tudo pronto, em perfeitas condições", destacou. Já o organizador local e locutor da prova, Paulo Nascimento, destacou que nesse ano haverá mais duas etapas do Campeonato Paulista na cidade: "Provavelmente a próxima será em abril e a outra em junho, junto com a Festa do Vinho".

A terceira etapa será realizada no final de março na cidade de Guareí. O Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2 tem organização do Vitória Moto Clube e Cross Sport com supervisão da FMESP. Essa etapa contou com apoio de: Comércio de Alimentos Hortifruti Ortega (15) 99768-3273; Comércio e Produção de Uvas Finas Segato (15) 99700-0300 ou (15) 3262-9108; Farmácia Avallone 3, especializada em suplementos (15) 99636-8868 e Moto Guia Honda. Para mais informações acesse o site da organização.


Resultados

Pos 65cc Equipe
1 6 Francisco Filho MCH
2 77 Eduardo Araújo  
3 81 Gabriel Cirino Honda Japauto
4 135 Guilherme Filho  
5 10 Daniel Bernardo MX Tatui
6 122 Gabriel Oliveira  
7 49 Vitor Povedano Veio 49
Pos Intermediária Equipe
1 999 Frederico Oliveira  
2 178 Evandro Araújo  
3 17 Maycon Briene Honda Japauto - Piloto da Galaxia
4 15 Gesse Militão MX Tatui
5 26 Regis Nishida Petit Motos
6 112 Lucas Paschoalin Fox, Brappo Go, Pro Night
7 194 Daniel Pavão  
8 311 Fabio Maximiniano 31 Motosport
9 917 Renato Leme  
10 238 Ronaldo Alves  
Pos Júnior Equipe
1 446 Juan Pablo  
2 49 Raul Oliveira Veio 49
3 6 Francisco Filho MCH
4 98 Leonardo Sulino Veio 49
5 156 Davi Silva Sancar
6 56 Julia Freitas KA Motos
7 5 Leonardo Lima  
8 14 Mateus Bernardo MX Tatui
9 179 Maria eduardo Araújo  
10 20 Thainara Santos Claudio Motos
Pos 50cc Equipe
1 21 Luiz Prestes  
2 2 Matheus Godoy MX Tatui
3 226 Gabriel Piedade  
4 92 Gabriel Almeida  
Pos MX Gold Equipe
1 30 Wilgner "Guigão" Francisco  
2 149 João Vitor Cardeli Via Maimone
3 31 Rodrigo Guimarães 31 Motosport, IMS, K 21, Borilli
4 122 Leonardo Souza Mini Money, MotoMania, Max Motoshop
5 119 Vitor Paiotti  
6 190 eduardo Dias Kaskin Sorvetes
7 144 Mauro Farias  
8 350 Geovanni Romanha  
9 189 Gabriel Anon Claudio Motos
10 293 José Lucas Soares Julianinho
Pos MX1 Equipe
1 30 Wilgner "Guigão" Francisco  
2 19 Daniel Caputo Via Maimone, K21 Graphics, Toro
3 31 Rodrigo Guimarães 31 Motosport, IMS, K 21, Borilli
4 149 João Vitor Cardeli Via Maimone
5 2 Herico Gonçalves Petit Motos,IMS Racing,Auto Brite,NFS
6 3 Alisson Candido  
7 119 Vitor Paiotti  
8 12 Diego Jimenes 2 DI
9 89 Reginaldo Silva 100% Jesus, Ferreira Materias
10 144 Mauro Farias  
Pos MX2 Equipe
1 521 Pedro Tavernaro Mais Motos, ZenniSchool, Cerâmica Argitecnica
2 122 Leonardo Souza Mini Money, MotoMania, Max Motoshop
3 227 Felipe Paiva LT Motos Racing
4 190 Eduardo Dias Kaskin Sorvetes
5 293 José Lucas Soares Julianinho
6 14 João Lara  
7 189 Gabriel Amon Claudio Motos
8 76 Hugo Godoy  
Pos MX3 Equipe
1 149 João Vitor Cardeli Via Maimone
2 31 Rodrigo Guimarães 31 Motosport, IMS, K 21, Borilli
3 2 Herico Gonçalves Petit Motos, IMS Racing, Auto Brite, NFS
4 119 Vitor Paiotti  
5 26 Pedro Sampaio Petit Motos, Radical Cross
6 227 Felipe Paiva LT Motos Racing
7 89 Reginaldo Silva 100% Jesus, Ferreira Materais
8 190 Eduardo Dias Kaskin Sorvetes
9 747 Herminio Oliveira Maninho Couros
10 144 Mauro Farias  
Pos MXN Gold Equipe
1 3 Pedro Sampaio Petit Motos, Radical Cross
2 111 Thallys C. Bueno  
3 794 Alex Silva Tom Motos, Mais Motos
4 444 Eduardo Chuaste  
5 133 Anderson Marcondes  
6 711 Fabio Nunes  
7 911 Laudelino Filho  
8 157 Sandro Silva Sancar
9 8 Paulinho "Macaco" Oliveira  
10 17 Pedro Santos Barro no Zoio
Pos MX5 Equipe
1 3 Alvaro "Paraguaio" Filho MRP
2 747 Herminio Oliveira Maninho Couros
3 81 Pedro Cirino Honda Japauto
4 121 Reinaldo "Piu" Pinheiro  
5 14 Sérgio Oliveira  
Pos MX6 Equipe
1 15 Luiz Moura Moura Motos
2 53 Júlio Maimone Via Maimone
3 157 Sandro Silva  
4 221 Tokioshi Nakahara Auto Mec Nakahara
5 65 Pedro Mariozi Mariozi Racing
Pos MX4 Equipe
1 2 Heriko Gonçalves Petit Motos, IMS Racing, Auto Brite, NFS
2 12 Diego Jimenes 2 DI
3 25 Rafael Arruda Mega Veiculos
4 98 Alessandro Dias MRP Racing, ASW
5 747 Herminio Oliveira Maninho Couros
6 89 Reginaldo Silva 100% Jesus, Ferreira Materias
7 4 João Batista  
8 515 Edson Costa Agronegocio, Mais Motos
9 350 Sandro Silva  
10 81 Pedro Cirino Honda Japauto
Pos MXN Equipe
1 3 Pedro "Paraná" D. Sampaio Jr. Petit Motos, Radical Cross
2 111 Thallys C. Bueno  
3 794 Alex "Tom" Antonio da Silva Tom Motos, Mais Motos
4 444 Eduardo Chuaste Junior  
5 81 Paulo Roberto Oliveira  
6 215 José Lucas S. Soares Julianinho
7 135 Fernando Steka  
8 8 Diego Almeida  
9 711 Fabio Nunes Moto Peças São Miguel
10 194 Rodrigo Araujo Souto Mais Motos
Pos MXN2 Equipe
1 81 Felipe Campos Nishida Petit Motos
2 1 Ednilson L. Leite Jr.  
3 194 Rodrigo Araujo Souto Mais Motos
4 8 Diego Almeida  
5 49 Raul Povedano Oliveira  
6 215 Afonso Rafael  
7 911 Laudelino Pimenta Filho  
8 794 Diego Cerri  
9 14 Murilo Araujo "Recani" Mais Motos Recani
10 134 Luan M. Calaça  




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet