X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de SuperEnduro 2019 Madri - Espanha - 3ª etapa
Publicado em: 30/01/2019

Colton Haaker assume liderança do campeonato em prova insana em Madri
Redação MotoX.com.br - Fotos: Future7Media e Divulgação


Largada da segunda bateria

O GP da Espanha mostrou o que o Mundial de SuperEnduro tem de melhor. A corrida no estádio "La Caja Mágica" foi cheia de reviravoltas, emoção e drama, como costumeiramente é a etapa espanhola. E novamente a noite terminou com um novo líder no campeonato, o terceiro em três etapas: Colton Haaker.

O americano da Husqvarna começou bem a rodada com o melhor tempo na SuperPole. Bem ao estilo de Haaker, a pista extremamente técnica mesclou obstáculos duros, como pedras, troncos e pneus, com sequências de saltos que deram bastante fluidez as corridas.


Colton Haaker

Haaker teve total domínio da primeira bateria, desde a largada, mesmo com Taddy Blazusiak (KTM) perseguindo e pronto para assumir a liderança caso cometesse qualquer erro. A vitória veio com 7 segundos de vantagem. Cody Webb, Diogo Vieira e Blake Gutzeit completaram os cinco primeiros.


Cody Webb

A segunda bateria foi incrivelmente agitada desde a primeira volta. Com o alinhamento no gate invertido, os pilotos que chegaram atrás na primeira corrida tiveram a oportunidade de partir na frente na segunda e assim foi. Só que um erro de Kevin Gallas em um obstáculo provocou uma queda coletiva quase inacreditável, envolvendo a maioria dos pilotos, incluindo os favoritos.


Colisão na chegada entre Colton Haaker e Taddy Blazusiak

Bastante prejudicados, Blazusiak e Haaker voltaram no final do pelotão, enquanto Webb escapou da confusão e viu com clareza a oportunidade de vencer. E realemnete tudo deu certo para o atual campeão que liderou até o fim com Pol Tarres completando em segundo. A recuperação sensacional de Haaker e Blazusiak fez os dois terminarem brigando pelo segundo lugar com o espanhol que acabou escapando na reta final. Nesse ponto o americano e polonês ficaram lado a lado na última série de saltos e os dois acabaram colidindo no ar! O espetacular acidente (veja nos vídeos abaixo) até que terminou tranquilo para Haaker que, apesar da queda, cruzou a chegada em terceiro, mas o saldo foi bem pior para Blazusiak que, com a moto enroscada no pórtico de chegada, não completou a bateria. O português Diogo Vieira conquistou novamente o quarto lugar com o espanhol Alfredo Gomez logo atrás.

A vitória na terceira bateria comprovou o quanto Haaker estava à vontade no circuito e que a noite era mesmo sua. Após chegar para a terceira etapa 8 pontos atrás, Haaker saiu da prova 13 pontos à frente de Cody Webb! A bateria final foi desastrosa para Webb que, quando ocupava a segunda posição, precisou parar devido a quebra da corrente de transmissão. Mesmo voltando depois, ele não completou voltas suficientes para pontuar, ainda assim fez o suficiente para subir ao pódio geral no segundo posto.


Prejuízo foi enorme para o polonês que não completou a bateria

Quem também não pontuou foi Blazusiak que caiu forte e abandonou. Por outro lado, quem surpreendeu e brilhou foi Alfredo Gomez que conquistou o segundo lugar na bateria e garantiu o terceiro lugar no pódio da etapa, apenas três semanas após a lesão sofrida no GP da Alemanha. David Leonov foi o terceiro colocado na bateria.

Colton Haaker: "É ótimo deixar o Madri com a vitória e liderar o campeonato. Esta noite eu realmente queria atacar para ganhar e voltar ao caminho do título: as coisas correram assim, apesar de tudo que aconteceu na pista. Comecei muito bem, passando quase imediatamente pra ponta e fechando primeiro. Na segunda comecei a com cautela, mas infelizmente acabei no bolo na primeira volta e sai por último. Eu cheguei ao segundo lugar, mas nas últimas pedras perdi tempo provocando uma luta entre três na linha de chegada. Eu me enrosquei com Taddy Blazusiak e caí forte; felizmente, sai ileso para a última corrida, onde consegui a vitória e o primeiro lugar no campeonato".


Pol Tarres

Cody Webb: "Foi uma noite difícil para mim, mas estou feliz por ficar em segundo lugar no geral. A primeira corrida correu bem, lutei para encontrar um bom ritmo, mas fiquei satisfeito com o terceiro e sabia o que tinha que fazer para melhorar para a seguinte. Fui bem na segunda corrida, controlei o ritmo da frente e consegui a vitória. Provavelmente estava no meu melhor da noite na terceira corrida. Colton estava na frente, mas eu estava confiante que poderia igualar seu ritmo e lutar pela vitória. Infelizmente, depois de um pouso complicado, quebrei a moto. Eu tentei corrigir a tempo, mas não foi o suficiente. É perturbador, mas isso é SuperEnduro e tudo pode acontecer."


Alfredo Gomez

Alfredo Gomez: "Não posso acreditar que consegui fechar a noite em terceiro! Dois dias atrás, eu nem tinha certeza se correria, porque ainda estou me recuperando da lesão no cotovelo na Alemanha. Depois de algumas voltas no treino, decidi tentar correr, mas com o objetivo era atingir no máximo um top 5. Mas esta é a minha corrida em casa e acho que isso dá uma motivação especial. Este terceiro lugar é um resultado incrível e quero agradecer a todos que me ajudaram nas últimas semanas: nos bastidores há um verdadeiro esforço de grupo. "

O Campeonato Mundial de SuperEnduro 2019 continua com a quarta etapa em Budapeste, Hungria, no dia 9 de fevereiro.

Vídeos:





***Novo - Publicado em 31/01***


Resultado da terceira etapa (soma das três baterias):
1. Colton Haaker (USA), Husqvarna, 58 pontos
2. Cody Webb (USA), KTM, 37 pts
3. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna, 34 pts
4. Pol Tarres (ESP), Husqvarna, 34 pts
5. Blake Gutzeit (RSA), Husqvarna, 33 pts

Primeira bateria:
1. Colton Haaker (USA), Husqvarna, 6:56.230 10 laps
2. Taddy Blazusiak (POL), KTM, 7:03.937 +7.707
3. Cody Webb (USA), KTM, 7:18.096 +21.866
4. Diogo Vieira (PRT), Yamaha, 7:07.867 +1 lap
5. Blake Gutzeit (RSA), Husqvarna, 7:11.852 +1 lap

Segunda bateria:
1. Cody Webb (USA), KTM, 7:30.653
2. Pol Tarres (ESP), Husqvarna, 7:46.140 +15.487
3. Colton Haaker (USA), Husqvarna, 7:46.724 +16.071
4. Diogo Vieira (PRT), Yamaha, 7:52.267 +21.614
5. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna, 7:54.916 +24.263

Terceira bateria:
1. Colton Haaker (USA), Husqvarna, 7:12.010
2. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna, 7:38.635 +26.625
3. David Leonov (RUS), Husqvarna, 7:46.321 +34.311
4. Blake Gutzeit (RSA), Husqvarna, 7:47.924 +35.914
5. Xavier Leon Sole (ESP), Husqvarna, 7:52.685 +40.675

Classificação geral do campeonato após três etapas:
1. Colton Haaker (USA), Husqvarna, 159 pontos
2. Cody Webb (USA), KTM, 146 pts
3. Taddy Blazusiak (POL), KTM, 128 pts
4. Pol Tarres (ESP), Husqvarna, 90 pts
5. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna, 80 pts







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet