X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

Elétricas: Alta Motors interrompe produção na Califórnia
Publicado em: 19/10/2018

Fabricante de motocicletas fora de estrada elétricas parou operações e demitiu força de trabalho
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Foto: Divulgação

* Atualizada em 22/10 com a correção sobre a parceria Alta Motor / Harley-Davidson


Alta Redshift MX

As elétricas são o futuro, mas enquanto ele não chega as fabricantes especializadas neste nicho enfrentam dificuldades para superar o presente. Nesta quinta-feira, 18, a Alta Motors inesperadamente paralisou sua produção em seu quartel general, localizado em San Francisco, na Califórnia, Estados Unidos, e mandou os funcionários de volta para casa.

*A marca chegou a negociar uma injeção de capital com a Harley-Davidson, que em contrapartida teria acesso à tecnologia de armazenamento e propulsão elétrica. Entretanto a empresa centenária mudou de ideia no meio do caminho e optou por abrir um centro de desenvolvimento próprio.

No início do ano a Alta anunciou uma grande redução de preço e um modelo mais potente de sua versão de motocross. No acumulado do ano as vendas subiram cerca de 50% em relação ao ano passado. Foram entregues aproximadamente 1000 unidades e há uma carteira de pedidos de quase 300 motocicletas.

Segundo artigos publicados na imprensa internacional, a parada na produção não significa necessariamente o fim da Alta Motors. A decisão pode ter sido estratégica para interromper a queima de capital enquanto os fundadores buscam novos investidores ou até mesmo a venda para outro grupo.

A Alta foi a primeira elétrica a oferecer um desempenho similar às motocicletas com motores à combustão interna. Suas motocicletas já chamaram a atenção no Red Bull Straight Rhythm, no Freestyle com Nate Adams e recentemente conquistaram o primeiro pódio em um evento profissional supervisionado pela AMA no EnduroCross em Reno, pilotada por Ty Tremaine.

* Atualização 22/10/2018 14h10m

A assessoria da Harley-Davidson do Brasil entrou em contato informando a seguinte correção sobre o parágrafo em itálico acima:

"A Harley-Davidson não mudou de ideia e nem “desistiu no meio do caminho”. O acordo foi cumprido até o fim e todos os pontos previstos foram concluídos dentro do calendário acordado entre as duas empresas. As duas empresas concordam que o acordo firmado foi um sucesso, porém não houve, no dado momento, interesse na continuidade após ser concluído com sucesso. Foi uma parceria pontual com data de término prevista."







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet