X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Brasileiro de Enduro Patos de Minas - MG - 13ª e 14ª etapas
Publicado em: 04/10/2018

CT Tampa’s sediou última rodada da temporada 2018
Redação MotoX.com.br - Fotos: Rogério Leite, Idário Café/Mundo Press, Janjão Santiago e Flávio Pellin

Gabriel Tomate volta ao campeonato com vitória na Enduro GP e E2


Gabriel Tomate

Após sete rodadas, o Campeonato Brasileiro de Enduro chegou ao final nos dias 29 e 30 de setembro em Patos de Minas (MG). A competição, que consagrou Bruno Crivilin (Orange BH KTM Racing) campeão antecipado nas classes Enduro GP e E1, teve sua base no CT Tampa’s e um percurso de 32 quilômetros por trilhas e estradas da região.


Bruno Crivilin

Cada uma das quatro voltas, tanto no sábado quanto no domingo, contou com três especiais. O Cross Teste Rinaldi, com 4,9 km, mesclou Motocross e Cross Country na propriedade que abrigou as equipes. Depois, dentro da Fazenda Friends Off-Road, o Enduro Teste ASW , com 4 km, e o Enduro Teste Yamaha, com 7,3 km, passaram por  plantações de eucaliptos da região.


Vinícius Calafati

Com Sol, calor e muita poeira, a rodada decisiva teve a vitória de Gabriel "Tomate" Soares (Honda Racing). Estreando na classe E2, o mineiro faturou também a primeira vitória na classe Enduro GP, ou seja, entre todos os competidores, quebrando a invencibilidade de Crivilin na temporada.


Júlio Ferreira

"Batalhei durante o ano inteiro por esta vitória e agora ela chegou. Foi de uma forma meio inesperada, já que estou voltando de uma lesão, mas estou colhendo o fruto do meu trabalho", disse Tomate que ficou de fora de duas etapas por causa de fratura na mão direita.


Nicolás Rodriguez

Crivilin lembrou que nos últimos dois anos os atletas estrangeiros dominaram a competição. "Fico muito feliz de ter trazido esse título de volta para o Brasil. Das sete provas válidas, eu ganhei seis, então foi um ano ótimo. A equipe Orange BH KTM Racing fez um trabalho incrível e está de parabéns. A combinação foi perfeita entre equipe, estrutura e piloto, e os resultados apareceram. A equipe e os patrocinadores não mediram esforços para nos fornecer um equipamento de primeira e todo o suporte necessário. Dedico o título e todas as vitórias a eles e a minha família", comentou o capixaba.


Rômulo Bottrel

Vinícius Calafati confirmou o título da temporada na E2 com o terceiro lugar no sábado. "Depois de dois títulos na EJúnior, essa foi a minha primeira taça na categoria E2. Foi um ano muito bom, de bastante trabalho ao lado da equipe Orange BH KTM Racing, e o esforço foi recompensado. Senti que evoluí como piloto, soube atacar no momento certo e estou bastante feliz", avaliou o paulista.


Patrik Capila

Outro destaque da temporada, Júlio Ferreira (Honda Racing) foi vice-campeão tanto na Enduro GP quanto na E2. "O ano, para mim, foi muito bom. Consegui bater minhas metas pessoais. Não foi possível ser campeão, mas estou feliz com o vice-campeonato. Fiz uma temporada sólida, ficando entre os três primeiros na geral em praticamente todas as etapas", comentou o mineiro. Pela E1, o vice-campeonato ficou com Nicolás Rodriguez, outro piloto da equipe Honda Racing.


Nielsen Bueno

Na E3, Felipe Carlette (Honda Moto Litoral) reagiu e venceu os dois dias, mas Rômulo Bottrel chegou à decisão praticamente com o troféu nas mãos e confirmou o título, mas não foi uma temporada nada fácil para o mineiro. "Foi o meu pentacampeonato brasileiro, no ano mais difícil da minha carreira. Machuquei o ombro no início da temporada e corri na raça, ou seja, foi bastante sofrido. Estou muito feliz e orgulhoso em entregar esse título para a Yamaha O2 BH Racing logo na temporada de estreia na equipe. Agora vou me dedicar totalmente ao tratamento do ombro para voltar bem em 2019".


Maiara Basso

Depois do segundo lugar no primeiro dia, Patrik Capila se recuperou na categoria EJúnior e não deixou nenhum dos concorrentes carimbar a faixa de campeão. "Vim do Motocross e comecei a competir no Enduro FIM há dois anos, sem dúvidas hoje é a modalidade que eu mais gosto. Sempre tive o sonho de ser campeão brasileiro, mas antes faltavam oportunidades e patrocinadores. A Yamaha O2 BH Racing me deu essa grande chance de fazer parte da equipe e, com muita luta e dedicação, o título veio. A moto ajudou muito, assim como todos os integrantes da equipe. Todos eles têm parte nessa vitória".


Ronaldi Santi

O veterano Nielsen Bueno terminou a competição com dupla vitória na E35 conquistando o troféu da categoria. "O meu quinto título veio e estou muito feliz. O ano foi de transição para uma equipe nova, a Husqvarna, e é um prazer representar a mesma marca que ganhei a minha primeira taça do Brasileiro, em 2008. Todo título é muito especial para mim e o ano foi incrível. Agradeço a todos da equipe pelo apoio e agora vamos comemorar muito".


Anderson Vieira

Anderson Vieira terminou a etapa decisiva no segundo lugar e bem próximo do vice-campeonato da classe E35. "Comecei o ano bem, mas tive uma queda na etapa de Aracruz, me machuquei e fiquei afastado de mais uma prova. Me recuperei e estava na briga pelo vice, mas meu concorrente usou o jogo de equipe na final e completei o campeonato em terceiro", explicou. "Vou para o Six Days junto com o (Willian) Palandi e outros pilotos, competir pelo Clube Sacramento, então tive um pouco mais de cuidado nesta prova. Pegamos alta temperatura e clima seco, bem similar ao que espero encontrar lá (no Chile, entre os dias 12 e 17 de novembro), apesar de o circuito não ser tão pesado quanto no Mundial.


Gustavo Pellin

Gustavo Pellin, que também já está em ritmo de preparação para o Six Days onde vai representar o Time Brasil, conquistou o terceiro lugar na E2 e acabou o campeonato na mesma posição. "Correu tudo bem. Foi uma prova muito rápida com especiais bem abertas, praticamente de veloterra, bastante estrada no meio dos eucaliptos, uma etapa bem perigosa, fácil de se machucar. Eu preferi não arriscar, ainda mais com o Six Days chegando. Claro, tentei forçar ao máximo, mas com um pouco mais de cautela. A moto se comportou muito bem, tudo 100%, e já estou pronto para me preparar para o Six Days", comentou.


Gabriel Bellaver

Pela categoria EFeminina, Maiara Basso é a nova campeã nacional da modalidade. A conquista da piloto KTM Sacramento é um feito histórico no motociclismo brasileiro, pois a gaúcha também possui títulos nos campeonatos nacionais de motocross e velocross. É a primeira vez que uma atleta acumula os troféus nacionais nas três modalidades.


Marcos Benvenutti

"Estou muito feliz, muito feliz mesmo por ter conseguido este título. Foi meu primeiro ano no enduro, para mim foi bem diferente, bem desafiador. Tive que aprender muito para conseguir bons resultados. Foi um campeonato longo, com várias etapas grandes, intensas, onde é preciso ter uma estratégia diferente", disse a piloto que começou a carreira no motocross. "Consegui levar o título e agradeço a KTM Sacramento por me proporcionar a melhor moto do mercado. Em duas etapas usei o modelo de motocross (SX) e nas outras duas o de enduro (EXC-F). Sem dúvida com as motos KTM os meus resultados foram melhores", destacou a campeã que também é a atual líder nos campeonatos nacionais de motocross e velocross. 


Willian Palandi

Na E4, para motos nacionais, o mineiro Ronaldi Santi venceu a rodada final com a TTR 230 da Yamaha O2 BH Racing, mas o capixaba Thiago Wernersbach, acelerando a Honda CRF 230F da Moto Litoral, manteve a coroa. “Para mim, foi um ano ótimo. A CRF 230F me ajudou bastante, é uma moto que não apresenta nenhum problema, muito confiável. Ser bicampeão é muito bom", destacou.


Pódio da categoria E4

Nas demais categorias, os campeões foram: Fernando Teixeira de Carvalho, na E40, Pélmio Simões, na E45, Marcos Benvenutti, na E50, e Gabriel Bellaver, na EAmador. Confira abaixo os resultados da rodada e classificação final do campeonato.

Resultados de Sábado

E1
1. Bruno Ribeiro Crivilin
2. Nicolas Rodriguez Rodriguez
3. Lucas Favero Basso
4. Willian Palandi

E2
1. Gabriel Lucas Soares
2. Julio Cesar Ferreira Eliziário
3. Vinicius Calafati Ribeiro
4. Gustavo Pellin
5. Victor Camargo Miranda

E3 
1. Felipe Rogerio Carlette
2. Kielder Wagner Lopes Cançado
3. Romulo Bottrel Alvarenga Neto

E35
1. Nielsen Paraíso Bueno
2. Anderson Cardoso Vieira
3. Aloízio De Assis Filho
4. Rodrigo Soares Lopes
5. Andre Soares Barbosa

E40
1. Adriano De Avila
2. William Silva Menezes
3. Fernando Teixeira De Carvalho
4. Flávio Lisandro Da Silva
5. Guilherme Madson Pereira Reis

E45
1. Mauricio Fernandes
2. Frederico Bicalho Garcia
3. Rodrigo Alcy Cavalini
4. Evandro Bozetti
5. Lázaro Sousa

EJúnior
1. Willian Lauers Dalmonech
2. Patrik Capila De Souza Reginaldo
3. Vinicius Abreu De Sa
4. Vinicius Luis Lopes Da Silva
5. Bernardo Coelho Barreto

E4
1. Ronald Santi
2. Marcel Maison
3. Leonardo Scarparo Senju
4. Anderson Da Luz
5. Marcos Vinicius De Souza Oliveira

EFeminina
1. Maiara Basso
2. Bárbara Neves Gonzaga

EAmadora
1. Gabriel Bellaver
2. Lucas Colombo
3. Luiz Carlos Natale
4. Rodrigo Silva Caixeta
5. Diego Lima Zucconi

E50
1. Marcos Egidio Benvenutti
2. Sergio Colett
3. Jirios Semaan Abboud
4. Antonio Celso Silva De Abreu

Resultados de Domingo

E1
1. Lucas Favero Basso
2. Nicolas Rodriguez Rodriguez
3. Willian Palandi

E2
1. Gabriel Lucas Soares
2. Julio Cesar Ferreira Eliziário
3. Gustavo Pellin
4. Victor Camargo Miranda
5. Diego Baesso Colett

E3
1. Felipe Rogerio Carlette
2. Kielder Wagner Lopes Cançado
3. Anderson Da Luz    guatambu
4. Romulo Bottrel Alvarenga Neto

E35
1. Nielsen Paraíso Bueno
2. Anderson Cardoso Vieira
3. Aloízio De Assis Filho
4. Rodrigo Soares Lopes
5. Luis Rodrigo De Oliveira

E40
1. Adriano De Avila
2. William Silva Menezes
3. Flávio Lisandro Da Silva
4. Fernando Teixeira De Carvalho
5. Guilherme Madson Pereira Reis

E45
1. Mauricio Fernandes
2. Frederico Bicalho Garcia
3. Rodrigo Alcy Cavalini
4. Evandro Bozetti
5. Lázaro Sousa

EJúnior
1. Patrik Capila De Souza Reginaldo
2. Vinicius Abreu De Sa
3. Willian Lauers Dalmonech
4. Vinicius Luis Lopes Da Silva
5. Bernardo Coelho Barreto

E4
1. Ronald Santi
2. Vitor Borges Garcia
3. Marcel Maison

EFeminina
1. Maiara Basso
2. Bárbara Neves Gonzaga

EAmadora
1. Agenor Dos Santos Varela
2. Lucas Colombo
3. Luiz Carlos Natale
4. Rodrigo Silva Caixeta
5. Roberto De Cezaro Theodoro

E50
1. Sergio Colett
2. Jirios Semaan Abboud
3. Antonio Celso Silva De Abreu
4. Marcos Egidio Benvenutti

Classificação final do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2018

Enduro GP
1. Bruno Crivilin, 297 pontos
2. Júlio Ferreira, 229 pontos
3. Vinícius Calafati, 224 pontos 
4. Patrik Capila, 219 pontos
5. Gustavo Pellin, 199 pontos

E1
1. Bruno Crivilin, 300 pontos 
2. Nicolás Rodriguez, 254 pontos
3. Diego Colett, 152 pontos
4. Gabriel Soares, 150 pontos
5. Willian Palandi, 144 pontos

E2
1. Vinícius Calafati, 270 pontos
2. Júlio Ferreira, 266 pontos
3. Gustavo Pellin, 246 pontos
4. Victor Miranda, 208 pontos
5. Mauricio Rizzon, 153 pontos

E3
1. Rômulo Bottrel, 291 pontos
2. Felipe Carlette, 264 pontos
3. Felipe Legarrea, 245 pontos
4. Rodrigo Corsi, 99 pontos
5. Kilder Lopes, 96 pontos

E4
1. Tiago Wernersbach, 282 pontos 
2. Anderson da Luz, 254 pontos
3. Ronald Santi, 250 pontos
4. Fernando Pereira, 217 pontos
5. Marcos Souza, 189 pontos

EJúnior
1. Patrik Capila, 297 pontos
2. Willian Lauers, 263 pontos
3. Vinícius de Sá, 246 pontos
4. Vinícius Luis da Silva, 98 pontos
5. Washington Pereira, 98 pontos

EFeminina
1. Maiara Basso, 194 pontos
2. Bárbara Neves, 178 pontos
3. Marcely Cazadini, 106 pontos
4. Tainá Aguiar, 76 pontos
5. Livia Batistine, 64 pontos

E35
1. Nielsen Bueno, 283 pontos
2. Diogo Andrade, 233 pontos
3. Anderson Vieira, 221 pontos
4. Igor Reolon, 136 pontos
5. Tiago Bellaver, 117 pontos

E40
1. Fernando Teixeira de Carvalho, 259 pontos
2. Adriano de Ávila, 254 pontos
3. Sidnei Siquela, 141 pontos
4. William Meneses, 136 pontos
5. Fernando Spindler, 117 pontos

E45
1. Pélmio Simões, 262 pontos
2. Rodrigo Alcy, 250 pontos
3. Maurício Fernandes, 232 pontos
4. Laurindo Filho, 209 pontos
5. Evandro Bozetti, 142 pontos

E50
1. Marcos Benvenutti, 233 pontos
2. Antonio de Abreu, 123 pontos
3. Romeu Enrich, 103 pontos
4. Milton Coelho, 76 pontos
5. Sérgio Colett, 72 pontos

EAmador
1. Gabriel Bellaver, 260 pontos
2. Agenor dos Santos, 254 pontos
3. Lucas Colombo, 208 pontos
4. Roberto Theodoro, 205 pontos
5. Uiliam Brunetta, 125 pontos

O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2018 é patrocinado por Rinaldi, Yamaha, ASW, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, Jeri Aventure Ride, KTM Sacramento, O2BH Yamaha, Motorex e Sig Visual.





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet