X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de Enduro 2018 - 3ª e 4ª etapas - Espanha
Publicado em: 04/05/2018

Técnica e escorregadia, prova espanhola foi desafiadora
Redação MotoX.com.br - Fotos: Future7Media, Jaume Soler Movies e Guto Constantino

Alex Salvini venceu o primeiro dia, Steve Holcombe o segundo, mas foi Eero Remes quem assumiu a liderança da temporada


Alex Salvini

Em sua segunda rodada, o Mundial de Enduro 2018 esteve em Santiago de Compostela, Espanha, para dois dias de competição no último fim de semana de abril. A prova espanhola teve quatro voltas de 65 quilômetros em cada um dos dias e três especiais cronometradas em cada uma delas, exigindo bastante dos competidores. Foram poucos os que não passaram por dificuldades no percurso que teve, entre outros obstáculos, poças d'água, lama, pedras e seções de troncos muito escorregadias. O clima frio e a chuva no segundo dia completaram o pacote de dificuldades da rodada.


Steve Holcombe

No sábado, embalado pela vitória no Super Teste do dia anterior, Alex Salvini foi o mais rápido. O italiano venceu a E2 e liderou a EnduroGP. "Estou muito feliz com esta vitória... minha primeira vitória em 3 anos! Eu trabalhei muito duro durante o inverno e o trabalho valeu a pena com esse sucesso, o que só aumenta minha motivação", disse o piloto da Husqvarna.

Steve Holcombe era o grande rival de Salvini até o Cross Teste da segunda volta, quando o filtro de ar da sua Beta ficou encharcado devido a passagem pelas grandes poças d'água. O atual campeão manteve a calma, trocou o filtro e conseguiu continuar, mas perdeu bastante tempo e a chance de vencer. Terminou em sexto na geral e segundo na E3.


Eero Remes

Eero Remes também sofreu com as poças, dando um mergulho no mesmo momento em que Holcombe enfrentava o contratempo (confira abaixo no vídeo com o resumo do primeiro dia). Mesmo assim o piloto da TM garantiu o segundo melhor tempo do dia, a frente de Loic Larrieu, da Yamaha, um pódio geral todo com pilotos da E2. Vencedor da E1, Jamie McCanney (Yamaha) foi o quarto colocado na EnduroGP.

No domingo, não foi apenas água que caiu... choveu granizo! Imagine, se as condições eram difíceis, ficou ainda mais complicado encarar os desafios do percurso. E ai o cenário foi perfeito para Steve Holcombe se sobressair, vencendo a E3 e a EnduroGP.


Loic Larrieu

"Finalmente uma vitória, estou muito feliz, claro! O dia foi difícil por causa do tempo, mas nada impossível ou perigoso. Acabamos de fazer alguns ajustes na suspensão da minha Beta e agora vamos para o GP de Portugal", disse o britânico já pensando na prova deste fim de semana em Castelo Branco. Jamie Mccanney e Alex Salvini completaram o pódio da EnduroGP vencendo suas respectivas categorias, E1 e E2.

Participação dos brasileiros Bruno Crivilin e Patrik Capila


Bruno Crivilin


Patrik Capila
Os capixabas Bruno Crivilin (Orange BH KTM) e Patrik Capila (Yamaha O2BH Racing) encararam a difícil prova espanhola. Crivilin mostrou velocidade para brigar pelas primeiras colocações chegando a conquistar o segundo tempo em uma das especiais. No final terminou os dois dias na oitava colocação em sua categoria, a Enduro Júnior 1 (EJ1).

"Essa etapa foi uma prova digna do Mundial de Enduro. O percurso estava bem pesado e exigente, mas nada intransponível. Com a chuva o percurso piorou muito e até os pilotos mais experientes tiveram algum tipo de dificuldade. A prova ficou muito dura e era preciso muita atenção a todo momento, mesmo nos deslocamentos. Havia muitos atoleiros e poças que estavam ficando bem fundas com a passagem das motos", resumiu Crivilin.

Patrik, infelizmente, teve uma indisposição provocada por uma virose que acabou abreviando sua participação no evento, mas ele já está recuperado para competir neste fim de semana em mais uma corrida do Mundial. "Estou muito bem, já me recuperei da virose e estou com uma boa expectativa para a prova. Estou feliz também com o sol e o clima quente, não tem previsão de chuva".

Os dois pilotos brasileiros estão confirmados na terceira rodada da temporada, em Castelo Branco, Portugal.

Vídeos













Resultados 1º dia

EnduroGP

1. Alex Salvini (Husqvarna)
2. Eero Remes (TM)
3. Loïc Larrieu (Yamaha)
4. Jamie Mccanney
5. Daniel Mccanney
6. Steve Holcombe
7. Brad Freeman
8. Davide Guarneri
9. Antoine Basset
10. Matthew Phillips

E1
1. Jamie McCanney (Yamaha)
2. Bradley Freeman (Beta)
3. David Guarneri (Honda)

E2
1. Alex Salvini (Husqvarna)
2. Eero Remes (TM)
3. Loïc Larrieu (Yamaha)

E3
1. Danny McCanney (Gas Gas)
2. Steve Holcombe (Beta)
3. Christophe Nambotin (Gas Gas)

Resultados 2º dia

EnduroGP

1. Steve Holcombe (Beta)
2. Jamie Mccanney (Yamaha)
3. Alex Salvini (Husqvarna)
4. Loïc Larrieu
5. Eero Remes   
6. Christophe Charlier
7. Christophe Nambotin
8. Brad Freeman
9. Antoine Basset
10. Luis Oliveira

E1
1. Jamie McCanney (Yamaha)
2. Bradley Freeman (Beta)
3. Antoine Basset (Gas Gas)

E2
1. Alex Salvini (Husqvarna)
2. Loïc Larrieu (Yamaha)
3. Eero Remes (TM)

E3
1. Steve Holcombe (Beta)
2. Christophe Nambotin (Gas Gas)
3. Anthony Geslin (Beta)

Classificação geral no campeonato após duas rodadas:

EnduroGP

1. Eero Remes, 64
2. Steve Holcombe, 50
3. Jamie Mccanney, 45
4. Alex Salvini, 44
5. Aleksi Jukola, 36
6. Brad Freeman, 32
7. Toni Eriksson, 32
8. Loïc Larrieu, 30
9. Henri Himmanen, 20
10. Eemil Pohjola, 18

E1
1. Jamie Mccanney, 72
2. Bradley Freeman, 68
3. Antoine Basset, 48
4. Jiri Leino, 42
5. Eemil Pohjola, 41

E2
1. Alex Salvini, 74
2. Eero Remes, 74
3. Loïc Larrieu, 57
4. Matthew Phillips, 50
5. Deny Philippaerts, 42

E3
1. Steve Holcombe, 66
2. Daniel Mccanney, 54
3. Christophe Nambotin, 52
4. Aleksi Jukola, 40
5. Toni Eriksson, 36




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet