X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

20º Rally RN 1500 - Rio Grande do Norte
Publicado em: 18/04/2018

Gregorio Caselani vence 20ª edição do RN 1500
Redação MotoX.com.br - Fotos: Doni Castilho, Fábio Davini e Claudiney Sandro/DFotos/Mundo Press

Gaúcho conquista bicampeonato na prova potiguar e larga na frente no Brasileiro de Rally Cross Country 2018


Gregorio Caselani

Depois de quatro dias de competição, o 20º Rally RN 1500 terminou no domingo (15) com uma acirrada disputa pelo título das motos. Menos de quatro segundos separaram o bicampeão Gregorio Caselani, da Honda Racing, do seu companheiro de equipe e rival Jean Azevedo. O resultado apertado mostra o quanto foi equilibrada a corrida que largou na cidade de São Miguel do Gostoso e terminou em Bom Jesus, ambas no Rio Grande do Norte. A prova abriu o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country percrorrendo cerca de 842 quilômetros, sendo 563 km de especiais cronometradas.   

No primeiro dia os competidores tiveram pela frente muitas dunas de areia, enquanto no segundo o solo ficou mais compactado e molhado, com várias poças de lama. O percurso mudou bastante no terceiro dia, com muitas pedras surgindo no cenário e uma forte chuva dando trabalho aos pilotos. As pedras permaneceram no trajeto do quarto e decisivo dia, que também foi recheado de erosões e contou com trilhas fechadas na descida de uma serra, variedade elogiada pelos participantes.


Jean Azevedo

Caselani se adaptou melhor ao trajeto com o passar dos dias. "Acabei não indo tão bem na areia e depois, quando entramos na terra, que é um terreno que estou mais habituado, consegui imprimir um ritmo mais forte", contou o bicampeão, que faturou o título do RN 1500 pela primeira vez em 2016.

"Passamos por quatro dias com areia, dunas, serra, pedras, estradas travadas, estradas mais rápidas, enfim, diversos desafios, e as motos CRF 450RX terminaram intactas. Isso para nós foi um grande teste para esse início de temporada e todos se saíram muito bem. Estou muito feliz pela conquista do título", completou o gaúcho que além de faturar a classificação geral venceu na categoria Super Production.


Tunico Maciel

O paulista Jean Azevedo, que lutava pelo sétimo troféu da prova, mesmo ultrapassado no último dia ficou satisfeito com o seu desempenho. "Estou contente, corri bem nos quatro dias, sempre disputando a primeira colocação e acabei ficando com o vice-campeonato por apenas três segundos. Foi uma bela disputa e estou feliz pelo fato da Honda Racing ter alcançado seu objetivo, que era fechar a competição nas três primeiras posições", destacou, lembrando que o mineiro Tunico Maciel completou o pódio.

Tunico Maciel, além do terceiro lugar geral, conquistou o título na classe Production Aberta. "A moto foi perfeita nos diferentes tipos de terreno. Depois de alguns meses de teste, a CRF 450RX correspondeu totalmente às nossas expectativas, o que traz muita motivação para as próximas competições."


Ricardo Martins

Quarto colocado geral, o catarinense Ricardo Martins, da Yamaha Geração Rinaldi Rally Team, acabou fora da disputa pelo título após enfrentar problemas com um rolamento de roda no segundo dia. "Foi um verdadeiro teste, passando por largada na areia, encarando o sertão, pedras, cascalho, enfim, os pneus Rinaldi HE 42, especialmente desenvolvidos para rally, se comportaram muito bem. A competição é longa e é preciso ter calma. Acredito ter me saído bem, agora é focar na próxima rodada, tentar somar pontos importantes em busca do título (da temporada)", comentou.

O paulista Ramon Sacilotti fechou os cinco mais rápidos da competição. "Para mim foi a melhor edição das 10 que já corri! Todas as especiais estavam muito boas, nenhum atraso e todo mundo feliz no final. Corri sem pretensão de um bom resultado, só pra curtir mesmo já que não vou correr mais esse ano", postou o paulista em uma rede social.


Ramon Sacilotti

Na categoria Rally Brasil, exclusiva para motos nacionais, Júlio "Bissinho" Zavatti teve um desempenho perfeito com a CRF 230F. "Estou muito feliz de ter terminado a competição sem nenhum problema, correndo em alto nível. Foi melhor estreia de temporada possível", avaliou o paulista que venceu todos os dias.
  
O próximo desafio do Brasileiro de Rally Cross Country será o Rally Jalapão 500, entre os dias 7 e 10 de junho, no Parque Estadual do Jalapão, no Tocantins.


Júlio Bissinho Zavatti

Classificação final após quatro etapas (extraoficial)

Classificação geral - Motocicletas

1 - Gregorio Caselani - 8:03:59
2 - Jean Azevedo - 8:04:03
3 - Tunico Maciel - 8:17:49
4 - Ricardo Martins - 8:23:23
5 - Ramon Sacilotti - 8:27:49

Categoria Super Production
1 - Gregorio Caselani - 8:03:59
2 - Jean Azevedo - 8:04:03
3 - Ricardo Martins - 8:23:23
4 - Ramon Sacilotti - 8:27:49
5 - José Hélio Rodrigues - 8:33:55

Categoria Production Aberta
1 - Tunico Maciel - 8:17:49
2 - Mario Marchiori - 8:28:12
3 - Luciano Gomes - 8:41:07
4 - Lauro Lopes - 8:58:16
5 - Ezair Rodrigo Bossa - 9:00:03

Categoria Rally Brasil
1 - Júlio "Bissinho" Zavatti - 8:41:37
2 - Denis de Andrade - 9:51:12
3 - Yuri Giordano - 10:04:54
4 - Thiago Ferreira - 11:09:13
5 - Álvaro Almeida - 13:59:23




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet