X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

RX Graphics

KTM Sacramento

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Coach Motocross

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de Superenduro 2018 - Suécia - 5ª etapa - Lidköping
Publicado em: 05/04/2018

Billy Bolt vence a etapa, Cody Webb comemora o título
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Future7Media


 

A quinta e última etapa do Mundial de SuperEnduro da temporada 2017/2018 encerrou a série com mais uma noite de disputas espetaculares e, como de costume, com finais super movimentadas. A diferença é que a tensão foi às alturas, já que a disputa na Sparbanken Arena, em Lidköping, Suécia, definia o título.

Com 17 pontos de vantagem, o norte-americano Cody Webb chegou ao evento como favorito, com o polonês Taddy Blazusiak em segundo na classificação. A 33 pontos do líder, o britânico Billy Bolt ainda tinha alguma chance matemática caso a noite de Webb fosse desastrosa.


Billy Bolt

Como tem se tornado padrão, além das pedras e troncos, o circuito sueco tinha alguns trechos e saltos menos travados e mais fluídos, mas são literalmente os enroscos que definem os resultrados.

Provas

Bazusiak largou a primeira bateria determinado a fazer todos o possível para virar o campeonato, só que Bolt surgiu com a mesma determinação. Os dois bateram guidão durante as primeiras voltas até que o polonês literalmente foi ejetado de sua motocicleta quando foi tocado (não intencionalmente) pelo rival na saída de um salto. Webb, que vinha em terceiro, também se envolveu no incidente e por um momento a prova teve seus três líderes simultaneamente no chão.


Cody Webb

Blazusiak foi o mais rápido a se levantar e por já ter superado o obstáculo - enquanto os outros dois ficaram para trás dos pneus - conseguiu abrir vantagem e tomar proveito da queda. Bolt chegou em segundo seguido do campeão de 2017 Colton Haaker. Webb ficou com a quarta posição após mais algumas quedas durante a corrida.

Com a ordem de largada invertida na segunda final, Bolt, saindo da segunda fila, escolheu a linha certa por fora na primeira curva e começou a corrida numa inesperada segunda posição. Blazusiak teve mais trabalho e suou bastante para alcançar o segundo posto - quando Bolt já era líder -, então uma falha mecânica foi fatal para as esperanças de título do polonês. O amortecedor traseiro de sua moto se partiu, tornando impossível prosseguir. 

"Larguei a segunda corrida apenas 8 pontos atrás de Cody Webb e sei que ele cometeu vários erros. Ser forçado a abandonar dessa forma é terrível a qualquer momento, mas na decisão do título foi devastador. Normalmente meus amortecedores fazem 50 horas, mas usei este apenas uma hora e quebrou!", disse o desapontado Blazusiak. Bolt venceu a bateria e Webb, apesar dos problemas, completou em quarto, que foi o bastante para garantir o título antes da última bateria.


Taddy Blazusiak

Largada da terceira final com a disputa pela vitória na corrida valendo também o vice-campeonato. Blazusiak e Bolt partiram na frente. O britânico, em busca de sua primeira vitória geral no campeonato, teve uma tocada perfeita e assumiu a liderança ainda na primeira volta. Sem a mesma concentração das baterias anteriores, Blazusiak errou em diversos momentos e perdeu contato. Resultado da terceira final: Bolt, Blazusiak, Jonny Walker, Manuel Lettenbichler e Blake Gutzeit nas cinco primeiras posições. Com o título no bolso Webb cumpriu tabela no sexto lugar.

Cody Webb: "Após um ano foi incrível voltar à competir na Europa e me tornar Campeão Mundial. Este é definitivamente meu título mais importante. Minha pilotagem não foi das melhores hoje à noite, sei que tenho que trabalhar alguns pontos, então vou tirar um descanso agora, me recuperar e me preparar para o WESS (World Enduro Super Series) deste verão."

Billy Bolt comemorou a sua primeira vitória em etapas: "Foi uma grande noite, percebi que acertei minha tocada para alcançar esta vitória. Trabalhamos incessantemente com a equipe para melhorar pouco a pouco e o resultado surgiu com o topo do pódio. Minha velocidade não foi nada diferente das etapas anteriores, mas errei bem menos e foi isso que fez a diferença."

Vídeo Highlights



Resultados Suécia

Final 1:

Campeão da temporada passada Colton Haaker finalizou o campeonato em quinto.
1. Taddy Blazusiak
2. Billy Bolt
3. Colton Haaker
4. Cody Webb
5. Jonny Walker
6. Manuel Lettenbichler
7. Blake Gutzeit
8. Cristobal Guerrero
9. Benjamin Herrera
10. Diogo Vieira

Final 2:
1. Billy Bolt
2. Manuel Lettenbichler
3. Cody Webb
4. Jonny Walker
5. Colton Haaker
6. Blake Gutzeit
7. Benjamin Herrera
8. Magnus Thor
9. Diogo Vieira
10. Cristobal Guerrero

Final 3:
1. Billy Bolt
2. Taddy Blazusiak
3. Jonny Walker
4. Manuel Lettenbichler
5. Blake Gutzeit
6. Cody Webb
7. Colton Haaker
8. Benjamin Herrera
9. Cristobal Guerrero
10. Benjamin Herrera
10. Diogo Vieira

Geral da Etapa
1. Billy Bolt (GBR), Husqvarna, 57 pontos
2. Jonny Walker (GBR), KTM, 41 pts
3. Taddy Blazusiak (POL), KTM, 40 pts
4. Manuel Lettenbichler (DEU), KTM, 39 pts
5. Cody Webb (USA), KTM, 38 pts


Pódio do campeonato com Billy Bolt, Cody Webb e Taddy Blazusiak

P Classificação Final Pts
1 Cody WEBB 240
2 Billy BOLT 226
3 Taddy BLAZUSIAK 225
4 Jonny WALKER 194
5 Colton HAAKER 180
6 Manuel LETTENBICHLER 171
7 Alfredo GOMEZ 105
8 Blake GUTZEIT 102
9 Cristobal GUERRERO RUIZ 76
10 Benjamin HERRERA 68




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet