X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

31º Baja Portalegre 500 - Portugal
Publicado em: 01/11/2017

Antônio Maio vence pela sexta vez principal competição de TT portuguesa
Redação MotoX.com.br - Fotos: Tiago Pires e Divulgação

Atual campeão brasileiro de enduro, português Luís Oliveira sobe ao pódio em segundo


Antônio Maio

O Baja Portalegre 500, principal competição off-road de Portugal, realizou sua 31ª edição nos dias 26, 27 e 28 de outubro. A corrida foi marcada pelo duelo entre Antônio Maio e Luís Oliveira, os dois maiores destaques do evento nos últimos anos. Oliveira, campeão dos principais campeonatos de enduro do Brasil em 2017, nem teve descanso ao voltar para a Europa: encarou o desafio menos de uma semana após a vitória na final da Copa EFX, seu último compromisso deste lado do Atlântico nesta temporada.   

Um desfile de pilotos na quinta-feira à noite, bem no centro da cidade de Portalegre, abriu o evento, mas a competição começou mesmo com o prólogo de cerca de quatro quilômetros liderado por Maio. Oliveira completou logo atrás, com dois segundos de desvantagem para o rival.


Luís Oliveira

Com calor e poeira nos 76km do dia seguinte, a disputa continuou equilibrada. Maio permaneceu em primeiro com leve vantagem sobre Oliveira: apenas 14 segundos. O alemão Sebastian Buhler, outro favorito, caiu no segundo setor e abandonou, colocando assim um ponto final nas suas aspirações ao título.

Mais de 300 quilómetros contra o cronômetro definiram a disputa no dia decisivo. Maio não deixou margem para dúvidas, ganhou pela sexta vez e deixou Luís Oliveira a mais de quatro minutos de distância depois de ambos lutarem bastante pela vitória até cerca de 70 quilómetros do final. Neste momento começou a sentir problemas com a sua moto e foi forçado a baixar o ritmo. Mário Patrão completou o pódio a quase 12 minutos do líder.


Mário Patrão

Com o triunfo, Maio igualou-se a dois outros grandes campeões do TT em Portugal, Mário Patrão e Roberto Borrego. "Foi uma prova dura e muito exigente onde a minha WR 450F esteve à altura de todas as dificuldades permitindo-me uma corrida sem erros, sempre com um ritmo forte e em segurança", destacou o campeão.
  
Oliveira ganhou segundos importantes ao longo do dia decisivo, mas na reta final o problema elétrico impediu sua progressão. Com isso, o piloto que lutava pelo tricampeonato reconheceu que o segundo lugar foi positivo. "Esta prova de uma forma geral correu bem. Dei o meu melhor, apesar de ter a perfeita noção que tive pouco tempo para me preparar. Foi uma prova exigente, com um piso bastante duro e muito pó. Mesmo não tendo garantido a terceira vitória consecutiva, penso que terminei o ano de uma forma positiva. Na fase final da prova, tive um pequeno contratempo com a moto, sendo impossível lutar pela vitória. Aproveito para agradecer a todos aqueles que me apoiaram para estar em Portalegre, em especial aos mecânicos que trabalharam arduamente para que tudo estivesse a 100%, mas as corridas são mesmo assim", avaliou.

Vídeos





Resultado final
1. Antônio Maio, 4h52min35seg   
2. Luís Oliveira, 4h56min49seg
3. Mário Patrão, 5h04min16seg
4. Salvador Vargas, 5h15min02seg
5. Luis Teixeira, 5h27seg16min







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet