fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2017 Suíça - Frauenfeld - 15ª etapa
Publicado em: 15/08/2017

Jeffrey Herlings e Benoit Paturel vencem GP equilibrado em Frauenfeld
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / J . P.  Acevedo / Pascal Haudiquert


Largada MXGP

O MXGP da Suíça, realizado pelo segundo ano consecutivo na pista de Frauenfeld, foi uma mostra do nível de equilíbrio do atual estágio da série, principalmente na categoria principal. Prova disso foi a vitória na etapa de Jeffrey Herlings com os resultados (6-1) que somaram exatamente os mesmos pontos de Gautier Paulin (4-2). Antonio Cairoli ficou com o terceiro lugar no pódio e se tivesse passado Romain Febvre em seu ataque final na segunda bateria, teria marcado os mesmo 40 pontos dos dois primeiros colocados (apesar de continuar em terceiro no GP).

Max Anstie é outro bom exemplo para ilustrar. Na primeira bateria andou praticamente colado no pneu traseiro do primeiro colocado Arnaud Tonus durante os 30 minutos mais duas voltas. Na segunda bateria largou fora dos 20 primeiros e recuperou-se rápido até chegar no pelotão de pilotos de fábrica. De 14º na quarta volta só avançou até a 12ª segunda posição, apesar da velocidade para brigar pela vitória no circuito.


Jeffrey Herlings conquistou o segundo GP consecutivo

Frauenfeld é um daqueles traçados de chão duro. Sou da opinião que esse tipo de pista deva receber um mínimo de preparação. Gradear fundo esse tipo de terreno acaba por entregar uma pista dura do mesmo jeito para as corridas, mas muito esburacada e cheia de trilhos nas curvas, o que acaba por limitar a escolha de traçado dos pilotos e, consequentemente, as ultrapassagens. Vimos isso na primeira bateria com a batalha entre Anstie e Tonus, e na segunda que foi quase uma corrida em fila indiana. O forte calor também foi em parte responsável pela falta de combatividade na última bateria do dia.

Antonio Cairoli


Antonio Cairoli


Antonio Cairoli
O italiano chegou na Suíça pronto para voltar para casa com a vitória. Gosta do circuito que fica bastante técnico e desafiador. Confessou que neste ano treinou mais em pistas duras, deixando a areia um pouco de lado. Venceu a classificatória no sábado (com Anstie sempre por perto), mas no domingo encontrou mais dificuldades. Apesar das boas largadas foi excessivamente cauteloso no início - algo natural para quem está com uma mão na taça - e perdeu posições que depois se revelaram difíceis de recuperar. Na primeira bateria ainda passou Gautier Paulin na metade da prova e aproveitou-se de um erro de Romain Febvre - que deixou o motor apagar - para assumir o terceiro posto.

Na segunda bateria, fez o holeshot e - assim como na primeira onde largou em terceiro - perdeu duas posições na segunda curva. Depois saltou demais numa das mesas e sentiu o pulso. Neste momento, ainda na primeira volta, perdeu também a terceira posição para Romain Febvre. Levou um tempo para se reencontrar na pista e no final ainda deu um calor no francês, tentando o troco, mas também não era sensato arriscar demais para ganhar dois pontos que pouco significariam no cenário geral. Com 3-4 ficou em terceiro no GP.

Jeffrey Herlings


Jeffrey Herlings

Aos poucos o holandês vai recuperando a confiança e esquecendo a humildade. "Preciso de boas largadas. Quando largo bem eu ganho". Não deixa de ser verdade e também uma cutucada em Cairoli. Na primeira bateria, depois de largar em décimo, trabalhou duro para avançar até a sexta posição. Quando chegou lá, pouco depois da metade da corrida, o quinto colocado Febvre já estava longe. 

Com a boa largada na segunda corrida, só precisou passar Paulin, o que fez na segunda volta. Depois abriu cerca de 10 segundos até poder passear nas voltas finais. "A pista estava incrível para quem conseguisse uma boa largada. Senão, era um pesadelo e muito difícil de passar com as pedradas das motos na frente. Eu curti a segunda bateria com toda a vibração do público."

Gautier Paulin


Gautier Paulin

O francês ficou feliz em voltar ao pódio. Além disso voltou a ser terceiro no campeonato já que Clement Desalle não teve um bom final de semana. Suas corridas foram consistentes, aproveitando as boas largadas. Na primeira bateria foi ultrapassado apenas por Febvre (que depois levou o troco) e Cairoli. Na segunda tomou a ponta de Cairoli e liderou por uma volta antes de sofrer o ataque de Herlings.

"Estou muito feliz por voltar ao pódio. No geral esse GP foi um grande passo na direção certa. Quero aproveitar o embalo nos próximos eventos."

Romain Febvre


Romain Febvre

O campeão de 2015 vai mostrando no final da temporada uma velocidade maior que no início do ano. Febvre não venceu nenhuma bateria esse ano (chegou perto na Rússia) e muitos dizem que não é o mesmo depois da queda em Matterley Basin no ano passado.  Se ainda não fez corridas brilhantes, pelo menos está mais presente no pelotão da frente. Se não fosse a vacilada na primeira bateria, poderia ter subido ao pódio com o mesmo número de pontos do vencedor.

"Estava muito difícil de encontrar pontos para ultrapassar. Deixei o pódio escapar, o que é difícil de aceitar, mas me sinto bem com a moto e acredito que o próximo GP será melhor."

Arnaud Tonus

A primeira bateria foi muito boa para o piloto suíço e também para o bom público, que vibrava para valer a cada passagem na liderança. Tonus foi o primeiro piloto a receber a YZ450F 2018 e conquistou a primeira vitória da moto na bateria 1 em Frauenfeld. Assumir a liderança logo na largada o ajudou assim como a pista complicada, mas de qualquer forma foi uma corrida quase heróica com toda a pressão que Max Anstie exerceu. Na segunda corrida Tonus não encontrou a mesma boa largada (partiu ao redor de 10º) e sua sorte acabou definitivamente na segunda volta, quando caiu sobre o túnel e foi atropelado por Arminas Jasikonis. Ambos abandonaram o GP.


Arnaud Tonus

Após exames médicos a Yamaha divulgou que Tonus fraturou uma costela. "Foi um final de semana maluco. Primeiro ganhei a primeira corrida em casa, uma sensação que não posso descrever. Infelizmente quebrei uma costela na segunda bateria e não pude terminar. Não se preocupem, volto em breve!"

A situação de Tonus coloca também um ponto de interrogação na seleção da Suíça para o Motocross das Nações. O time foi anunciado com Jeremy Seewer (Open) e Valentin Guillod (MX2) no sábado.

Clement Desalle


Clement Desalle


Kawasaki apareceu com novos tons de cores na Suíça
"Um final de semana para esquecer", foi assim que o próprio belga definiu sua passagem pela Suíça. Quando parecia que tinha encontrado seu ritmo e consistência no campeonato, conseguiu resultados apenas medíocres justamente na entrada da reta final do campeonato.

"Na primeira corrida larguei mal e recuperei de 17º até 10º. Nunca é fácil passar, principalmente quando você chega nos dez primeiros com tantos pilotos bons. Minha segunda largada foi muito melhor, entre os cinco primeiros, mas em uma das primeiras curvas bati meu pedal de câmbio e entrou neutro. Todo mundo me passou! Fiquei quase em último e me recuperei até 11º."

Com a 12ª posição na etapa Desalle perde também o terceiro lugar no campeonato para Paulin.


Pódio MXGP

Faltam apenas quatro provas para fechar o campeonato. Cairoli tem 97 pontos de vantagem sobre Herlings e com 200 pontos em jogo, na prática tem apenas que ficar de pé e longe das confusões para faturar o nono título mundial.

MX2 - Show de Paturel e Seewer


Largada da segunda bateria, queda de Jeremy Seewer


Benoit Paturel e Jeremy Seewer
Há dois GPs rotulei Jeremy Seewer como "bom moço". Talvez uns bons conselhos de Stefan Everts e o apoio da torcida em casa tenham dado uma chacoalhada em sua determinação.

Na primeira bateria o suíço largou em quarto e não perdeu tempo para ultrapassar Julien Lieber, Pauls Jonass e Jorge Prado. Bom, na verdade não foi tão rápido para passar os dois últimos, mas dadas as condições da pista só podemos aplaudir. Na oitava de 16 voltas Seewer já era o líder, o problema é que trouxe junto o francês Benoit Paturel, que largou em quinto. A batalha entre os dois foi apertada até a bandeirada, mas o animado público suíço pôde comemorar para valer.

A segunda bateria começou de forma desastrosa para Seewer ao encontrar outro piloto caindo na largada. Levantou em último, mas fez uma das melhores corridas de sua vida recuperando várias posições por volta. O avanço foi rápido até encontrar Julien Lieber na disputa pela quinta posição. Aí foi pedreira durante cinco voltas, procurando um caminho para a ultrapassagem, com o circuito em condições bem piores que na primeira bateria. A disputa entre os dois só acabou com um choque no ar. Seewer teve a sorte de sair de pé, enquanto Lieber caiu forte. Levantou-se, mas ainda enfrentou problemas com a moto e completou apenas em 21º. Para Seewer o avanço acabou ali. Para alcançar Jorge Prado, o quarto colocado, a distância era grande.


Francês Benoit Paturel venceu seu primeiro GP

Na frente Paturel venceu o duelo com Thomas Covington e faturou seu primeiro GP. "Nunca vou esquecer esse dia. Passei por um período ruim nos últimos meses, mas mostrei hoje que posso vencer."


Pauls Jonass

Pauls Jonass com 3-3 subiu no terceiro degrau do pódio. O piloto da KTM perdeu apenas um ponto de vantagem sobre Seewer. Agora a diferença entre os dois é de 49 pontos. "Jeremy e Benoit estavam rápidos neste final de semana e não quis forçar meus limites. Tentei ser mais rápido em alguns momentos, mas falei a mim mesmo para manter a calma."

Jeremy Seewer: "Todos os fãs e meus amigos estavam aqui. Me senti muito bem durante os dois dias, especialmente após a vitória na primeira bateria.  Na segunda largada uma KTM caiu bem na minha frente e não pude evitar. Levantei em último e a vitória geral se foi, mas acho que fiz um trabalho incrível até a quinta posição. Estou um pouco desapontado porque acho que poderia ter vencido o GP, mas aquela sensação da primeira bateria permanecerá comigo para sempre."


Jeremy Seewer

A Suécia recebe no circuito de Udevalla a 16ª etapa já no próximo fim de semana. Depois disso o circo do Mundial segue para os Estados Unidos antes de voltar para as duas etapas finais na Europa.


Pódio MX2 com Paull Jonass, Benoit Paturel e Jeremy Seewer

Vídeos









Resultados

P. # MXGP Nat. Moto Race 1 Race 2 Total
1 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 15 25 40
2 21 Paulin, Gautier FRA HUS 18 22 40
3 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 20 18 38
4 461 Febvre, Romain FRA YAM 16 20 36
5 99 Anstie, Max GBR HUS 22 9 31
6 243 Gajser, Tim SLO HON 14 16 30
7 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 13 15 28
8 777 Bobryshev, Evgeny RUS HON 12 13 25
9 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 25 0 25
10 12 Nagl, Maximilian GER HUS 8 14 22
11 77 Lupino, Alessandro ITA HON 10 11 21
12 25 Desalle, Clement BEL KAW 11 10 21
13 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 6 12 18
14 22 Strijbos, Kevin BEL SUZ 7 8 15
15 100 Searle, Tommy GBR KAW 5 6 11
16 999 Goncalves, Rui POR HUS 3 7 10
17 27 Jasikonis, Arminas LTU SUZ 9 0 9
18 71 Graulus, Damon BEL HON 1 5 6
19 232 Michek, Martin CZE KTM 0 4 4
20 9 de Dycker, Ken BEL HON 4 0 4
21 49 Irt, Jernej SLO HUS 0 3 3
22 73 Irt, Peter SLO YAM 0 2 2
23 7 Leok, Tanel EST HUS 2 0 2
24 82 Baumgartner, Andy SUI KTM 0 1 1

P. # MX2 Nat. Moto Race 1 Race 2 Total
1 6 Paturel, Benoit FRA YAM 22 25 47
2 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 25 16 41
3 41 Jonass, Pauls LAT KTM 20 20 40
4 64 Covington, Thomas USA HUS 14 22 36
5 61 Prado Garcia, Jorge ESP KTM 18 18 36
6 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 15 15 30
7 919 Watson, Ben GBR KTM 10 13 23
8 57 Sanayei, Darian USA KAW 11 12 23
9 10 Vlaanderen, Calvin NED KTM 12 11 23
10 747 Cervellin, Michele ITA HON 13 9 22
11 161 Östlund, Alvin SWE YAM 8 8 16
12 33 Lieber, Julien BEL KTM 16 0 16
13 96 Lawrence, Hunter AUS SUZ 0 14 14
14 189 Bogers, Brian NED KTM 4 10 14
15 172 Van doninck, Brent BEL YAM 6 7 13
16 118 Rubini, Stephen FRA KAW 5 5 10
17 426 Mewse, Conrad GBR HUS 7 3 10
18 29 Jacobi, Henry GER HUS 3 6 9
19 81 Hsu, Brian GER HUS 9 0 9
20 223 Tropepe, Giuseppe ITA HUS 0 4 4
21 46 Pootjes, Davy NED KTM 0 2 2
22 297 Gole, Anton SWE TM 2 0 2
23 83 Renkens, Nathan BEL KTM 0 1 1
24 107 van Berkel, Lars NED HUS 1 0 1

P # MXGP Nat. Moto Pts
1 222 Cairoli, A. ITA KTM 605
2 84 Herlings, J. NED KTM 508
3 21 Paulin, G. FRA HUS 486
4 25 Desalle, C. BEL KAW 483
5 243 Gajser, Tim SLO HON 406
6 461 Febvre, Romain FRA YAM 401
7 12 Nagl, M. GER HUS 358
8 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 348
9 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 328
10 777 Bobryshev, E. RUS HON 320
11 259 Coldenhoff, G. NED KTM 320
12 99 Anstie, Max GBR HUS 307
13 27 Jasikonis, A. LTU SUZ 260
14 7 Leok, Tanel EST HUS 167
15 77 Lupino, A. ITA HON 155
16 22 Strijbos, K. BEL SUZ 141
17 24 Simpson, Shaun GBR YAM 123
18 17 Butron, Jose ESP KTM 122
19 999 Goncalves, Rui POR HUS 105
20 911 Tixier, Jordi FRA KAW 79
21 92 Guillod, V. SUI HON 61
22 9 de Dycker, Ken BEL HON 55
23 71 Graulus, Damon BEL HON 42
24 151 Kullas, Harri EST HUS 35
25 141 Desprey, M. FRA KAW 28
26 45 Nicholls, Jake GBR KTM 15
27 191 Romancik, J. CZE KTM 14
28 212 Dewulf, J. BEL KTM 14
29 221 Ratsep, Priit EST HON 13
30 32 Potisek, Milko FRA YAM 12
31 664 Bengtsson, F. SWE KTM 12
32 100 Searle, Tommy GBR KAW 11
33 595 Mikhaylov, E. RUS HUS 10
34 121 Boog, Xavier FRA HON 8
35 201 Martens, Y. BEL HUS 6
36 301 Golovkin, V. RUS KTM 6
37 232 Michek, Martin CZE KTM 4
38 37 Krestinov, G. EST HON 4
39 60 Salazar, Jetro ECU HON 4
40 251 Getteman, Jens BEL KAW 4
41 73 Irt, Peter SLO YAM 4
42 551 Leonov, V. RUS KTM 4
43 149 Ullrich, D. GER KTM 3
44 49 Irt, Jernej SLO HUS 3
45 685 Lenoir, Steven FRA KAW 3
46 909 Neurauter, L. AUT KTM 3
47 920 Valentin, A. ESP HON 2
48 494 Van der Mierden, S. NED HUS 2
49 179 Poli, Joaquin ARG HON 1
50 82 Baumgartner, A. SUI KTM 1
51 36 Bonini, Matteo ITA KAW 1
52 38 Peixe, Sandro POR HON 1
53 261 Hendro Fahrodjie , F. INA KAW 1
P # MX2 Nat. Moto Pts
1 41 Jonass, Pauls LAT KTM 629
2 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 580
3 6 Paturel, B. FRA YAM 476
4 19 Olsen, T. DEN HUS 467
5 33 Lieber, Julien BEL KTM 428
6 64 Covington, T. USA HUS 387
7 61 Prado Garcia, J. ESP KTM 351
8 189 Bogers, Brian NED KTM 308
9 96 Lawrence, H. AUS SUZ 260
10 172 Van doninck, B. BEL YAM 259
11 747 Cervellin, M. ITA HON 234
12 57 Sanayei, D. USA KAW 215
13 10 Vlaanderen, C. NED KTM 187
14 919 Watson, Ben GBR KTM 182
15 161 Östlund, Alvin SWE YAM 180
16 426 Mewse, Conrad GBR HUS 161
17 18 Brylyakov, V. RUS KAW 129
18 98 Vaessen, Bas NED SUZ 120
19 321 Bernardini, S. ITA TM 111
20 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 105
21 81 Hsu, Brian GER HUS 89
22 29 Jacobi, Henry GER HUS 87
23 811 Sterry, Adam GBR KAW 72
24 297 Gole, Anton SWE TM 69
25 128 Monticelli, I. ITA KTM 61
26 88 van der Vlist, F. NED KTM 52
27 118 Rubini, S. FRA KAW 49
28 338 Herbreteau, D. FRA KAW 45
29 46 Pootjes, Davy NED KTM 44
30 107 van Berkel, L. NED HUS 42
31 127 Rodriguez, A. VEN HON 34
32 152 Petrov, Petar BUL KAW 32
33 223 Tropepe, G. ITA HUS 30
34 67 Klingsheim, M. NOR KAW 26
35 56 Weltin, M. USA KAW 20
36 14 Beaton, Jed AUS HON 19
37 170 Ward, Caleb AUS HUS 14
38 132 Kutsar, Karel EST HUS 14
39 95 De Waal, M. NED HON 12
40 951 Furlotti, S. ITA YAM 10
41 44 Lesiardo, M. ITA KAW 8
42 83 Renkens, N. BEL KTM 7
43 76 Fernandez, R. ESP KAW 5
44 411 Dercourt, N. FRA YAM 5
45 110 Verhaeghe, A. FRA KTM 4
46 480 Bengtson, Ken SWE YAM 3
47 102 Sikyna, R. SVK KTM 2
48 142 Petrov, Ivan BUL HUS 1
49 48 Wilson, Jay AUS YAM 1
50 97 Ivanov, M. BUL HON 1
51 199 Zaragoza, J. ESP YAM 1
52 218 Tanti, Aaron AUS HUS 1
53 28 Notsuka, C. JPN HON 1








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet