fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Regional

Copa Solucard Verão de Motocross - 5ª etapa - Águas de Santa Bárbara - SP
Publicado em: 30/03/2017

Daniel Caputo vence principais baterias, mas quem fatura os títulos é Rodrigo Guerreiro
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada MX Pro

Após cinco etapas, a Copa Solucard Verão de Motocross chegou ao fim em Águas de Santa Bárbara (SP) com muita disputa na Arena SMS MTM. O campeonato, que teve início em 2016, foi encerrado no último fim de semana consagrando na Super Final com pontuação dobrada os campeões em 10 categorias. No domingo, antes dos veteranos acelerarem na pista, a organização do evento e os competidores prestaram uma homenagem ao piloto Dener Alves, o Denão, que faleceu no início de março deixando muitos amigos no esporte.

+ Veja mais fotos na galeria de imagens da prova

Daniel Caputo, aniversariante da semana, venceu as principais corridas do dia, válidas pelas classes MX Open e MX Pro, porém os títulos ficaram com o veterano Rodrigo Guerreiro que deu muito trabalho ao rival nas baterias decisivas. Pela MX Pro, Guerreiro largou na frente e segurou as investidas de Daniel Caputo até cerca de metade da prova. Foi aí que Caputo conseguiu ser mais incisivo e, após um salto, assumiu a liderança. Daí em diante Caputo teve pista livre e, negociando muito bem com retardatários, abriu vantagem sobre Guerreiro que garantiu com a segunda colocação o troféu de campeão.


Daniel Caputo

Uma grande disputa também aconteceu pela terceira posição. João Vitor Cardeli largou bem e ocupou o posto por várias voltas, mas perdeu o fôlego e foi ficando para trás durante a corrida. Depois disso quatro pilotos brigaram até o final da prova pela posição. Após muita insistência, Heriko Gonçalves conseguiu ficar a frente do pelotão terminando em terceiro com Victor Mantovani em quarto na sua cola. Rodrigo Guedes também participou da disputa e fechou o pódio em quinto.


Rodrigo Guerreiro

A prova da categoria Open repetiu a MX Pro: Guerreiro largou mais uma vez na frente com Caputo em segundo, mas na metade da prova as posições já estavam invertidas. Na frente do pelotão, Caputo definiu o ritmo da corrida sem pressão de Guerreiro que conquistou o título com o segundo lugar. Nesta bateria João Vitor Cardeli foi mais consistente e terminou a prova em terceiro. Andando muito bem, José "Pitio" Divino garantiu a quarta posiçõe e Pedro Sampaio ficou com a quinta.


João Vitor Cardeli

A categoria MX33 foi a primeira a entrar na pista e a vitória só foi definida no finalzinho da prova. Rodrigo Guerreiro e Heriko Gonçalves ficaram se alternando na liderança até os últimos momentos, quando ambos cometeram erros e caíram. Guerreiro falhou primeiro e, logo em seguida, foi a vez de Heriko. Com isso quem assumiu a ponta foi João Vitor Cardeli que aproveitou a chance e venceu a bateria. No embalo, Rodrigo Guedes pulou para a segunda posição o que lhe garantiu o título da categoria. Bruno Basso ficou em terceiro com Heriko em quarto e Guerreiro em quinto.


Rodrigo Guedes

As categorias MX40 e MX45 andaram juntas e a bela disputa entre Rodrigo Guedes e Heriko Gonçalves pela liderança foi a maior atração. Com a pista livre e mantendo um bom ritmo, Guedes conseguiu a vitória na prova levando o título da MX40. Em uma briga entre conterrâneos de Botucatu, Luciano Panhozzi ficou à frente de Aristeu Gonçalves. Luiz Meda acabou em quinto. Pela MX45 Luciano Panhozzzi ficou com a vitória. O várias vezes campeão nacional Álvaro "Paraguaio" Candido ficou em segundo. O terceiro lugar na categoria foi o suficiente para Luiz Moura faturar o título da categoria. Claudinei Palazzio e Julio Maimone completaram o pódio.


Luciano Panhozzzi

A prova da MXN1, voltada para motos nacionais, foi marcada pela decisão na penúltima curva. José "Pitio" Divino liderou a prova desde o começo, enquanto Gabriel Sanciani caía dando início a uma corrida de recuperação até se aproximar do líder nas duas ultimas voltas. A perseguição durou até a penúltima curva quando Sanciani e Pitio se tocaram. O até então líder levou a pior e foi ao chão, já Sanciani assumiu a ponta, venceu e confirmou o título, Pitio conseguiu retornar a tempo de terminar em segundo. Pedro Dias aproveitou a queda e o abandono de Marcelo "Buri" Moraes para completar em terceiro. Murilo Fasnelli ficou em quarto e Anthony Cris em quinto.


Gabriel Sanciani

Outra categoria para motos nacionais, a MXN2 foi vencida por Odair de Paulo, pai do vencedor da MXN1 que de quebra levou o título da categoria. Eduardo de Oliveira ficou em segundo e Marcone Magalhães em terceiro.


Odair de Paulo

Murilo Frasnelli dominou a categoria Junior. Após uma bela disputa, Gabriel Pilegi ficou com a segunda posição deixando Diogo Cavalheiro Damazio em terceiro. João Ferreira ficou em quarto. Com o título garantido na corrida anterior, Felipe Araújo não participou desta etapa.


Murilo Frasnelli

A criançada também fez bonito na MX65, onde Fábio Franco ficou à frente com vantagem em relação a Diogo Cavalheiro. Felipe Moraes teve muito trabalho para superar - somente no finalzinho da prova - João Ferreira. O resultado deu o título da categoria para Moraes. Mesmo tendo problemas ao longo da prova, César Santos ficou em quinto. Na 50cc. João Aquino conquistou a vitória, porém o título ficou com o segundo colocado César Santos.


Fábio Franco

O diretor da SMS Cross, Mauro César, agradeceu todos envolvidos na competição, especialmente as equipes e os patrocinadores. A SMS Cross agora dá uma pausa nas competições de motocross e volta sua atenção para a abertura do Campeonato Paulista de Velocross, previsto para começar nos dias 8 e 9 de abril em Apiaí.


João Aquino

A Solucard Copa Verão contou com a supervisão da FMESP (Federação de Motociclismo do estado de São Paulo) e patrocínio de Solucard, Valor Tecnologia de Ativos, Sistema Prever, Moura Motos, 152 Motos, Pastel Brasil, Marcinho Motos, Derriçamaq, MTM Brasil, Intermotos e Dimen LED. Para mais informações acesse o site da SMS Cross.

Vídeos





Resultados

Pos MX Open
19 Daniel Caputo
33 Rodrigo Guerreiro
149 João Vitor Cardeli
105 Jose "Pitio" Divino
3 Pedro Dias Sampaio
53 Julio Mainone
505 Julio Barros
100 Victor Mantovani
Pos MX Pro
19 Daniel Caputo
33 Rodrigo Guerreiro
2 Heriko Gonçalves
100 Victor Mantovani
152 Rodrigo Guedes
52 Bruno Basso
149 João Vitor Cardeli
251 Luciano Panhozi
234 Aristeu Gonçalves
10º 53 Julio Mainone
Pos MX33
149 João Vitor Cardeli
152 Rodrigo Guedes
52 Bruno Basso
2 Herikogonsalves
33 Rodrigoguerreiro
37 Marcelomoraes
251 Lucianopanhozi
3 Pedrodias Sampaio
32 Julianobueno
10º 234 Aristeugonsalves
Pos MX40
152 Rodrigo Guedes
2 Heriko Gonçalves
251 Luciano Panhozi
234 Aristeu Gonçalves
443 Luiz H. Meda
3 Alvaro Candido Filho "Paraguaio"
32 Juliano Bueno
90 Evalzinei Mantovani
15 Luiz Moura
10º 2 Renato Zanfirov
Pos MX45
251 Luciano Panhozi
3 Alvaro Candido Filho "Paraguaio"
15 Luiz Moura
16 Claudinei Palazzio
53 Julio Mainone
Pos MXN1
595 Gabriel Sanciani
105 Jose Divino
3 Pedro Dias Sampaio
222 Murilo Frasnelli
705 Anthony Cris
37 Marcelo Moraes
32 Marcone Magalhães
Pos MXN2
596 Odair de Paulo
93 Eduardo de Oliveira
32 Marcone Magalhães
Pos MX Junior
222 Murilo Frasnelli
92 Gabriel Pilegi
25 Diogo Cavalheiro
5 João de Aquino Ferreira
Pos MX 65cc
5 Fabio Franco
25 Diogo Cavalheiro
337 Felipe Moraes
5 João de Aquino Ferreira
555 Cesar Santos
Pos MX 50cc
5 João de Aquino Ferreira
555 Cesar Santos

Classificação final

Pos MX Open Pts
33 Rodrigo Guerreiro 71
595 Gabriel Sanciani 48
928 Jeverson Camiloti 42
19 Daniel Caputo 40
152 Rodrigo Guedes 34
Pos MX Pro Pts
33 Rodrigo Guerreiro 82
152 Rodrig Oguedes 70
19 Daniel Caputo 40
52 Bruno Basso 38
71 Ederson Gabriel 31
Pos MX33 Pts
152 Rodrigo Guedes 85
33 Rodrigo Guerreiro 70
52 Bruno Basso 64
149 João Vitor Cardeli 40
928 Jeverson Camiloti 39
Pos MX40 Pts
152 Rodrigo Guedes 100
443 Luiz Henrique Meda 52
928 Jeverson Camiloti 48
234 Aristeu Junior 43
2 Heriko Gonçalves 34
Pos MX45 Pts
15 Luiz Antonio De Moura 85
16 Claudinei Palazzio 42
251 Luciano Panhozi 40
3 Alvaro Candido "paraguaio" 34
25 Adilson Moura 31
Pos MXn1 Pts
595 Gabriel Sanciani 117
105 Jose "pitio" Divino 68
37 Marcelo Moraes 61
705 Antony Cris 38
3 Pedro Dias Sampaio 28
Pos MX N2 Pts
596 Odair De Paulo 108
93 Eduardo De Oliveira 68
32 Marcone Magalhães 28
133 Frederico Da Silva Oliveira 22
705 Antony Cris 20
Pos MX Junior Pts
161 Felipe Araujo 80
92 Gabriel Pilegi 65
222 Murilo Frasneli 40
526 Diogo Damazio 36
133 Frederico Da Silva Oliveira 25
Pos MX65cc Pts
337 Felipe Moraes "burizinho" 82
25 Lucas Santos 74
555 Cesar Santos 60
526 Diogo Damazio 51
5 Fabio Franco 40
Pos MX50cc Pts
555 Cesar Santos 102
337 Felipe Moraes "burizinho" 60
5 João de Aquino Ferreira 40
13 Kaian Brito 34








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet