fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de Enduro 2017 1ª etapa - Helsinki - Finlândia
Publicado em: 29/03/2017

Acostumados com a neve, pilotos da casa dominam dois dias na abertura do campeonato
Redação MotoX.com.br – Fotos: Future7Media

Eero Remes fatura E2 com melhor tempo entre todos competidores. Local Antti Hellsten supera pilotos do circuito na EnduroGP


Antti Hellsten

O Mundial de Enduro 2017 começou com muita neve no último fim de semana, dias 25 e 26, nos gelados entornos do Lago Päijänne, em Helsinki, Finlândia. A passagem da competição pelo país já é tradição, assim como os vários pilotos da casa que competem de igual pra igual com a elite da modalidade. O frio extremo da região dificulta a vida dos atletas do circuito, muitos não se adaptam muito bem as peculiares condições das trilhas, enquanto os locais, já bem acostumados, aproveitam a oportunidade para brigar pelas posições da frente.


Matt Phillips
A grande novidade desta temporada é que o campeonato agora conta com apenas duas categorias: a principal é a EnduroGP, aberta para motos 250cc ou de maior volume, de dois ou quatro tempos, enquanto a E2, para motos até 250cc, completa a programação. A maior simplicidade nas regras promete ajudar a competição a ser mais popular.   

O primeiro dia de prova, sob temperaturas abaixo de zero, contou com mais de três horas de especiais cronometradas. Ao fim do dia, considerando os deslocamentos, a média dos pilotos foi de onze horas em cima da moto. O segundo dia, apesar de um pouco mais breve, não foi menos cansativo, com 11 trechos especiais majoritariamente percorridos na neve e tão duros quanto os anteriores.


Eero Remes

Na EnduroGP, o local Antti Hellsten foi o nome a ser batido. O piloto da casa venceu os dois de prova, conquistando a vitória da etapa. “Adorei competir em uma prova do Mundial. Foi um dia bom, meus concorrentes estavam mais rápidos, mas encontrei um bom ritmo e mantive. Adoraria competir em outras etapas, mas essa é a hora que me despeço. Curti muito competir com o Steve Holcombe, Matt Phillips e os outros pilotos”, declarou Hellsten, que correu a bordo de uma Husqvarna.

A segunda colocação da classe ficou com o australiano Matt Phillips (4-3), campeão da EnduroGP em 2016, à frente do britânico Steve Holcombe (5-2) em terceiro.


Steve Holcombe
“Primeiro pódio da temporada! Estou feliz com o resultado, não foi fácil batalhar com os outros durante todos os dias. Agora é hora de voltar para a Itália e me recuperar desse frio, para a próxima etapa na Espanha”, comentou Phillips.

Completaram o top 5 da categoria, Marko Tarkkala (2-5) e Aleksi Jukola (3-7).

Mas quem roubou o show mesmo na abertura do campeonato foi o também finlandês Eero Remes, vencedor na E2. O piloto campeão da E1 em 2016 (que na prática, apesar do nome diferente, usava as mesmas motos que integram a E2 em 2017)  se sentiu confortável competindo em casa e dominou os dois dias de prova, além de marcar os tempos mais rápidos do final de semana. “Com o primeiro dia indo tão bem, eu sabia que se corresse no mesmo ritmo, teria a vitória do segundo dia também. Me senti bem e deu certo. É um ótimo jeito de começar o campeonato e vencer aqui é sempre muito especial”, comentou Remes, da TM Racing.

A vice-liderança da etapa ficou com Henric Stigell (2-3), seguido por Josep Garcia (5-2). A prova marcou a estreia de Garcia na KTM. “Estou muito feliz. Considerando que há um mês eu não podia correr é um resultado muito bom. Estava um pouco nervoso por que eu sei que minha mão e meu preparo não estão na melhor fase, mas deu tudo certo. Foi cansativo fisicamente, O primeiro dia foi muito difícil e longo, e o segundo mais ainda. Nos trechos especiais, havia muita lama e água, foi desafiador”, avaliou Garcia.


Josep Garcia

Roni Nikander (4-5) e Pascal Rauchenecker (3-8) fecharam os cinco primeiros.

A competição agora segue para terras mais “calientes”: a segunda etapa será disputada em Puerto Lumbreras, Espanha, nos dias 22 e 23 de abril.

Vídeos







Resultados 1º dia

EnduroGP
1. Antti Hellsten (Husqvarna) 3:03:25.49;
2. Marko Tarkkala (Husqvarna) 3:04:49.38;
3. Aleksi Jukola (KTM) 3:05:21.66;
4. Matthew Phillips (Sherco) 3:05:32.62;
5. Steve Holcombe (Beta) 3:06:50.93

Enduro 2
1. Eero Remes (TM) 3:00:58.23;
2. Henric Stigell (Husqvarna) 3:03:48.63;
3. Pascal Rauchenecker (Husqvarna) 3:05:57,79;
4. Roni Nikander (KTM) 3:06:47.83;
5. Josep Garcia (KTM) 3:06:56.62

Resultados 2º dia

EnduroGP
1. Antti Hellsten (Husqvarna) 2:14:22.63;
2. Steve Holcombe (Beta) 2:15:01.16;
3. Matthew Phillips (Sherco) 2:15:22.25;
4. Nathan Watson (KTM) 2:15:39.44;
5. Marko Tarkkala (Husqvarna) 2:16:43.96

Enduro 2
1. Eero Remes (TM) 2:13:12.10;
2. Josep Garcia (KTM) 2:16:06.77;
3. Henric Stigell (Husqvarna) 2:16:23.08;
4. Jamie McCanney (Yamaha) 2:16:48.49;
5. Roni Nikander (KTM) 2:17:27.65

Classificação geral

EnduroGP
1. Antti Hellsten - 50 pts
2. Matthew Phillips - 38
3. Steve Holcombe - 38
4. Marko Tarkkala - 38
5. Alesi Jukola - 34

E2
1. Eero Remes - 50 pts
2. Henric Stigell - 42
3. Josep Garcia - 38
4. Roni Nikander - 34
5. Pascal Rauchenecker - 33


Josep Garcia






Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet