fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Regional

1º Motocross CT Ouro Fino - Bocaina - SP
Publicado em: 02/12/2016

Gabriel Montagner fatura três das principais categorias na primeira edição do evento
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada da Nacional 230cc

No último fim de semana de novembro, a cidade de Bocaina (SP) recebeu pilotos da região para a primeira corrida de motocross no Centro de Treinamento Ouro Fino. Com ótimas estrutura e localização, o CT tem uma pista considerada curta para os padrões da modalidade, com apenas 660 metros de extensão, mas por outro lado conta com uma boa variação de obstáculos e é considerado muito seguro.

+ Veja mais fotos na galeria de imagens da prova

Em tarde inspirada, Gabriel Montagner foi o grande vencedor do evento faturando três vitórias debaixo de sol forte: nas categorias Nacional 230cc, MX Gold e MX2.


Gabriel Montagner

A primeira vitória ocorreu na MX2. Largando na ponta, Montagner, com uma tocada forte e segura durante toda a prova, abriu uma boa margem sobre os demais competidores. Bruno Missiato também conseguiu estabelecer um bom ritmo de prova e, após forte disputa, assumiu o segundo lugar. Luiz Guilherme Porto terminou em terceiro e Maicon Piovezana em quarto.

Na Nacional 230 Montagner repetiu o script e venceu com folga de ponta a ponta. Murilo Frasnelli teve dificuldades no final da prova para segurar as investidas de Maicon Piovezana, mas ainda assim confirmou o segundo lugar. Já Iago Carraro andou tranquilo na quarta colocação sem ser incomodado por Paulo McLaren que fechou o pódio da bateria.


Rodrigo Guedes

Impossível, Montagner também ditou o ritmo na MX Gold e dispurou na frente, então a atenção do público ficou mais na disputa pela segunda posição envolvendo Rodrigo Guedes e Raul Faustino. Em boa parte da prova Faustino forçou a ultrapassagem em cima de Guedes que, usando toda a sua experiência, conseguiu segurar a vice-liderança. Na parte final da prova, Guedes conseguiu abrir diferença em relação ao adversário e teve mais tranquilidade para confirmar o segundo lugar. Rodrigo Guerreiro chegou a estar envolvido nesta disputa nas primeiras voltas, mas foi ficando para trás e terminou em quarto. Mesmo com problemas na moto, Bruno Missiato ficou em quinto.
 

Bruno Missiato

Missiato deixou os imprevistos de lado em outra disputa, a que valia o troféu da categoria Intermediária, e nesta ele conquistou uma bela vitória. Vinícius Martins largou bem e chegou a ocupar o segundo posto da bateria, mas foi perdendo rendimento e terminou a prova no quarto lugar. Quem assumiu o segundo lugar definitivamente foi Luiz Guilherme Porto. Caio Guerra ficou em terceiro.


Raul Faustino

Andando com a moto emprestada de Murilo Frasnelli, Raul Faustino dominou a categoria Nacional Livre. As primeiras posições desta bateria foram definidas logo no começo da prova. No segundo lugar, Rafael Travessa abriu uma vantagem segura em relação ao terceiro colocado Luiz Missassi. Na quarta colocação Renato Travessa não foi incomodado por Alex Silva, quinto colocado.


Luciano Panhozzi

Luciano Panhozzi começou a bateria da MX4 assumindo a ponta. Porém, teve muito trabalho no final da prova com a pressão de Gustavo Strini. As investidas não deram resultados, já que Panhozzi teve paciência e habilidade para se manter na frente. Mauricio "Pé de Pano" Travessa ficou em terceiro lugar com certa folga em relação ao quarto colocado Aristeu "Chaveirinho" Gonçalves. Fábio Carmelo completou o pódio.


Rodrigo Guerreiro

Os pilotos de Botucatu (SP) dominaram o pódio da categoria MX3. A disputa mais acirrada do dia, entre Rodrigo Guerreiro e Rodrigo Guedes, valeu a liderança da prova. No começo da bateria Guedes tomou a dianteira e Guerreiro, após ultrapassar Bruno "Rato", assumiu o segundo posto e logo começou a pressionar o líder. Ao redor da metade da prova Gerreiro conseguiu assumir o primeiro lugar, mas as emoções voltaram nas voltas finais com a grande investida de Guedes tentando reassumir a ponta. Guedinho tentou de todos os jeitos, mas a tarde era de Rodrigo Guerreiro que fechou bem a porta e conquistou a vitória. Bruno "Rato" ficou com o terceiro lugar e Fabrício Schincariol, voltando de lesão, com o quarto, deixando Luciano Panhozzi em quinto.


Vinícius Martins

A categoria Júnior abriu a competição. Mesmo com todo o esforço de Murilo Frasnelli, Vinícius Martins conseguiu dominar a bateria e venceu de ponta a ponta. Os dois andaram em um ritmo forte que deixou os concorrentes longe e resultou em uma volta no terceiro colocado Welson Carlos. Daniel Arantes e Enzo Lopes, piloto homônimo do atleta destaque do cenário nacional na MX2, completaram o pódio.


Beatriz Faustino e banda

E, após as disputas, o rock'n'roll rolou com Beatriz Faustino e banda. Segundo os promotores, o local deverá receber outras provas no ano que vem e a expectativa é que o CT Ouro Fino fique como referência para os praticantes do motocross na região.


Resultados

Pos Júnior
1 126 Vinicius de Souza Martins
2 222 Murilo Frasnelli
3 15 Welson Carlos
4 25 Daniel Arantes
5 13 Enzo Lopes
Pos Nacional 230cc
1 303 Gabriel Montagner
2 222 Murilo Frasnelli
3 911 Maicon Piovezana
4 71 Iago Carraro
5 55 Paulo McLaren
Pos Nacional Livre
1 222 Raul Faustino
2 1 Rafael Travessa
3 14 Luiz Octavio Missassi
4 3 Renato Travessa
5 308 Alex SIlva
Pos Intermediária
1 1 Bruno Missiato
2 46 Luiz Guilherme Porto
3 9 Caio Guerra
4 126 Vinicius de Souza Martins
Pos MX3
1 33 Rodrigo Guerreiro
2 152 Rodrigo Guedes
3 52 Bruno Cesar "Rato"
4 300 Fabricio Schincariol
5 251 Luciano Panhozzi
Pos MX Gold
1 303 Gabriel Montagner
2 152 Rodrigo Guedes
3 10 Raul Faustino
4 33 Rodrigo Guerreiro
5 1 Bruno Missiato
Pos MX2
1 303 Gabriel Montagner
2 1 Bruno Missiato
3 46 Luiz Guilherme Porto
4 911 Maicon Piovezana
Pos MX4
1 251 Luciano Panhozzi
2 25 Gustavo Strini
3 3 Mauricio Augusto Travessa
4 234 Aristeu Gonçalves
5 11 Fabio Carmelo

A organização do 1º MX do CT Ouro Fino ficou a cargo da Boy Promoção e Eventos e contou com apoio de: Moto Power Racing, Javel Mecânica, Di Muzio & Cia, MX Point, The Best Imagem Comunicação Visual, Mimos Débora, NR Vidros, Tex Line Tecidos e Sintéticos, Leoni Seguros, Silk's embalagens, DD Gás, Somar Motocross Racing, Fivelmax Inovação e Estilo, Espetinho do Breck, MRP Racing, Taiko Honda Motos, JM Palmilhas e Dublagens, Auto Posto Piotto, RTE Rodonaves transportes, Sorvete Sorvetão, Kyelce Giro, Gescar Gesso, RM Masson Supermercado Central, Jaú Guindastes, Zardo Componentes, Somar, Donez Restaurante, First Preparações, Auto Freio Jau, Killing, Cevieira Transportes, Supermercado 14, Ortolani & Vilanova componentes, AP Injetados, Tradição Lanches, Zanel, TN Terranova agropecuária, Bebidas Jaú e Kizarina Calçados.







Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet