fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

Motocross das Nações - Maggiora - Itália
Publicado em: 26/09/2016

França conquista Nações pela terceira vez consecutiva em prova histórica
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / J. P. Acevedo / Pascal Haudiquert / Bavo 


Largada da Corrida 1

O evento do motociclismo esportivo que mais desperta paixões mundo afora teve mais uma edição épica neste fim de semana na Itália. Tudo foi decidido nos momentos finais. Na última bateria, depois que a placa de duas voltas subiu, a vitória passou pelas mãos de três equipes. Com uma heroica ultrapassagem na última volta, Romain Febvre colocou a França novamente no topo do pódio.

Trinta anos depois de sediar o evento pela primeira vez, Maggiora viu França, Holanda e EUA subirem ao pódio dentro de um intervalo de apenas quatro pontos. Vamos conferir quais foram os destaques da 70ª edição do Motocross das Nações.


Romain Febvre liderou a equipe francesa

Resumo das corridas

Corrida 1 - MXGP + MX2


Antonio Cairoli foi o melhor da classe MXGP

Glenn Coldenhoff liderou as primeiras voltas da primeira corrida até ser ultrapassado por Antonio Cairoli que logo depois perdeu a liderança para Romain Febvre. O francês conquistou a vitória com uma corrida irrepreensível, mas foi o time da Bélgica que saiu na frente na tabela. Com Kevin Strijbos vindo de fora dos dez primeiros para a terceira posição e Jeremy van Horebeek em quinto como o melhor piloto de 250, a seleção chefiada por Joel Smets largou na frente com apenas 8 pontos. Os EUA saíram em segundo com Cooper Webb (4º) e Alex Martin (9º) enquanto a França ficou em terceiro com a 14ª posição de Benoit Paturel. Lembrem, na competição o pior resultado é descartado ao final do dia.

Corrida 2 - Open + MX2


Largada da Corrida 2


Benoit Paturel
Com apenas a 15ª escolha do gate, o time norte-americano resolveu trocar a ordem de entrada na última hora. Jason Anderson (Open) entrou na frente, assim Alex Martin, com a 250, escolheria apenas o 30º gate. A decisão se mostrou acertada para a equipe, já que Anderson fez o holeshot e Martin até que não saiu tão mal, completando a primeira volta em 12º e a corrida numa boa nona posição, atrás apenas de Horebeek e Jeremy Seewer entre os pilotos MX2.

Jeffrey Herlings veio de trás e chegou a encostar em Anderson, mas sofreu uma queda e o norte-americano ficou com o caminho livre até a bandeirada. Ruim foi a decisão de Anderson rolar lentamente a mesa de chegada. Enquanto comemorava a vitória na bateria ele foi atropelado por um retardatário e caiu apagado ao lado da pista. O impressionante acidente não quebrou nenhum osso do piloto, mas tiraria da bateria decisiva um membro chave da equipe dos EUA.


Mesmo com um osso do pé quebrado Jason Anderson fez uma prova incrível com a vitória na corrida 2

Pela França Gautier Paulin fez uma boa corrida com a terceira posição atrás de Herlings. Paturel largou fora dos 20 primeiros, mas fez boa recuperação e - o que seria fundamental mais tarde - ultrapassou o sueco Fredrik Noren na última volta pela 10ª posição.

Na tabela os Estados Unidos lideravam com 23 pontos sobre 28 da França. Porém, considerando os descartes, ambos os times estavam empatados com 14 pontos. Suíça e Holanda também estavam na briga, desde que com bons resultados de seus dois pilotos na final.


Gautier Paulin fez um terceiro lugar importantíssimo para a equipe Francesa

Corrida 3 - MXGP + Open


Largada da Corrida 3

Com todo o peso da equipe sobre seus ombros, Cooper Webb conseguiu uma boa largada para logo alcançar a quinta posição, enquanto os franceses Febvre e Paulin cruzaram a linha do holeshot, respectivamente em 13º e 16º. Com Herlings em primeiro e Coldenhoff em quarto, a Holanda poderia protagonizar uma bela virada na classificação e conquistar sua primeira vitória no evento.

Herlings e Cairoli faziam uma briga particular na frente, enquanto as atenções se voltavam às disputas intermediárias que definiriam a vitória geral.

Nesse momento temos que destacar alguns pontos:


Jeffrey Herlings

- Kevin Strijbos fez uma corrida impressionante. Foi decidido, avançando da sétima para a terceira posição ultrapassando pilotos como Jose Butron, Webb, Coldenhoff e Tommy Searle.

- Webb ficou preso atrás de Coldenhoff e, após a sétima volta, passou a ser pressionado por Febvre. O norte-americano chegou a ultrapassar o holandês, que respondeu e recuperou a quinta posição. As duas voltas adicionais procurando uma brecha para refazer a ultrapassagem sob pressão francesa, serviram para por a prova todos os nervos de Webb.


Glenn Coldenhoff

- Depois de se livrarem de Coldenhoff, Webb e Febvre continuaram o duelo enquanto Paulin ficou estacionado no 11º lugar praticamente desde o início. Faltando apenas uma volta e meia para o fim, A roda traseira da Yamaha de Webb não encaixou numa canaleta e o piloto rolou, sem a moto, ladeira abaixo. Num ponto difícil para remontar, Webb voltou em nono, mas ainda perdeu a posição para Butron na última volta.

Neste ponto a Holanda ainda teria a vitória, mas dois lances definiram a virada: Evgeny Bobryshev ultrapassou Coldenhoff pelo sexto lugar e, na última curva, Febvre superou Tommy Searle pela quarta posição. A França manteve a posse do Chamberlain Trophy por mais um ano por apenas um ponto de diferença!


Pódio com times da Holanda, França e EUA

Destaques Individuais


Coldenhoff e Herlings comemoram a volta da Holanda ao pódio depois de mais de uma década

Jeffrey Herlings - 1º Open - Ninguém pode duvidar, Herlings sobe para a 450 em plenas condições de disputar o título. Marcou as voltas mais rápidas nas baterias que correu. Na corrida dois chegou em Anderson e uma boa batalha foi adiada quando o holandês escorregou e caiu. Na corrida três liderou praticamente do início ao fim. Cairoli o perseguiu durante toda a bateria. Quando o italiano apertou o ritmo para tentar o bote, Herlings respondeu à altura.


Antonio Cairoli

Antonio Cairoli - 1º MXGP - O italiano, sem chances de vencer por equipes, disse que procurou motivação no evento pelo título individual. Não foi o melhor entre as 450, mas o foi entre os inscritos na MXGP, apesar de alguns incômodos causados pela queda de sábado. O veterano mostrou que tem velocidade para enfrentar a turma da nova geração, mas a cada ano que passa reconquistar a coroa fica mais difícil.


Jeremy van Horebeek

Jeremy van Horebeek - 1º MX2 - O belga parece mais à vontade com a 250 do que com a 450. Foi vice-campeão mundial tanto na MX2 como na MXGP, mas a regra dos 23 anos o impede de competir na categoria menor. Horebeek usou a 250 no campeonato belga há duas semanas e fez bonito contra as MX1. No Nações repetiu a performance mostrando mais agressividade do que normalmente demonstra com a 450.


Kevin Strijbos

Kevin Strijbos - 3º MXGP - O veterano impressionou pela rapidez e velocidade nas ultrapassagens para chegar em terceiro nas duas baterias que correu. A ausência de Clement Desalle e sua substituição por Brent van Doninck dificultou as coisas para a Bélgica, que ficou fora do pódio por três pontos. Se contássemos os resultados apenas dos dois melhores pilotos, Holanda e Bélgica empatariam com 18 pontos.


Jason Anderson

Jason Anderson - Foi uma das escolhas mais criticadas entre os fãs norte-americanos, principalmente por ficar metade da temporada de Motocross sem competir e voltar justamente numa prova tão importante. Mas mesmo sob pressão e com uma pequena fratura no pé resultante da queda na largada de sábado, Anderson deu todo o seu sangue na competição. O bizarro e infeliz acidente na chegada impediu que pudesse ter um fim de semana de consagração.


Romain Febvre

Romain Febvre - 2º MXGP - Não há dúvidas que Febvre levou o time francês nas costas. Claro que o terceiro lugar de Paulin foi fundamental e os resultados de Paturel, quarto na MX2, também. Porém sem a velocidade e determinação de Febvre essa conquista seria impossível. O francês mostrou a velocidade que o levou ao título em 2015, mas ainda lhe faltou um pouco de malícia nas ultrapassagens. É preciso observar também que qualquer erro bobo pode afundar a equipe. Webb e Anderson sabem muito bem disso. Febvre evitou os erros e conseguiu, na última curva, a ultrapassagem que deu o título à França.


Arnaud Tonus

Arnaud Tonus - 2º  Open - Sem equipe para permanecer nos Estados Unidos, onde competiu pela Kawasaki Pro Circuit na 250, o suíço fez boas corridas com a 450 de olho numa vaga entre as equipes do Mundial para 2016. Talvez seja um pouco tarde para conseguir uma equipe de fábrica, mas os times satélite devem estar de olho no piloto.

Alex Martin - 2º MX2 - Estreando na equipe norte-americana, mas não no Nações - correu por Porto Rico em 2014 - Martin vive um pouco sob a sombra do irmão nos Estados Unidos. Fez dois nonos lugares nas corridas, um desempenho adequado entre os pilotos 250 para ajudar o time no título.


 

Maggiora fechou a temporada do Motocross Mundial com um evento digno da 70ª edição do Nações. Interessante notar que, apesar de expandir o campeonato para localidades como autódromos e afins, a Youthstream ainda prefere manter o Nações em circuitos apropriados e favoráveis às tradições do esporte. Uma única exceção foi em 2008, em Donington Park, Inglaterra, com a pista construída dentro do autódromo. Ainda assim conseguindo reunir boas características de pistas mais tradicionais.


 

Ano que vem a festa será em Glen Helen, nos Estados Unidos. Em casa os norte-americanos terão a chance de retomar a coroa, conquistada pela última vez em Saint Jean d'Angely, França, em 2011.

*atualização 27/09 - Nações 2017 em Glen Helen foi cancelado.

Vídeo Melhores Momentos



Resultado Geral

P. Country Points Race Nr Piloto Fed. Class
1 France 29    
  1   Race 1 1 FEBVRE, Romain FFM Yamaha
  3   Race 2 3 PAULIN, Gautier MCM Honda
  4   Race 3 1 FEBVRE, Romain FFM Yamaha
  10   Race 2 2 PATUREL, Benoit FFM Yamaha
  11   Race 3 3 PAULIN, Gautier MCM Honda
  14   Race 1 2 PATUREL, Benoit FFM Yamaha
2 The Netherlands 30    
  1   Race 3 18 HERLINGS, Jeffrey KNMV KTM
  2   Race 2 18 HERLINGS, Jeffrey KNMV KTM
  6   Race 1 16 COLDENHOFF, Glenn KNMV KTM
  7   Race 3 16 COLDENHOFF, Glenn KNMV KTM
  14   Race 2 17 BOGERS, Brian KNMV KTM
  20   Race 1 17 BOGERS, Brian KNMV KTM
3 USA 33    
  1   Race 2 6 ANDERSON, Jason AMA Husqvarna
  4   Race 1 4 WEBB, Cooper AMA Yamaha
  9   Race 2 5 MARTIN, Alex AMA Yamaha
  9   Race 1 5 MARTIN, Alex AMA Yamaha
  10   Race 3 4 WEBB, Cooper AMA Yamaha
4 Belgium 36    
  3   Race 3 7 STRIJBOS, Kevin FMB Suzuki
  3   Race 1 7 STRIJBOS, Kevin FMB Suzuki
  5   Race 1 8 VAN HOREBEEK, Jeremy FMB Yamaha
  7   Race 2 8 VAN HOREBEEK, Jeremy FMB Yamaha
  18   Race 3 9 VAN DONINCK, Brent FMB Yamaha
  39   Race 2 9 VAN DONINCK, Brent FMB Yamaha
5 Italy 44    
  2   Race 3 40 CAIROLI, Antonio FMI KTM
  2   Race 1 40 CAIROLI, Antonio FMI KTM
  12   Race 2 42 CERVELLIN, Michele FMI Honda
  13   Race 3 42 CERVELLIN, Michele FMI Honda
  15   Race 2 41 BERNARDINI, Samuele FMI TM
  16   Race 1 41 BERNARDINI, Samuele FMI TM
6 Switzerland 44    
  4   Race 2 15 TONUS, Arnaud FMS Kawasaki
  8   Race 3 15 TONUS, Arnaud FMS Kawasaki
  8   Race 2 14 SEEWER, Jeremy FMS Suzuki
  11   Race 1 14 SEEWER, Jeremy FMS Suzuki
  13   Race 1 13 GUILLOD, Valentin FMS Yamaha
  16   Race 3 13 GUILLOD, Valentin FMS Yamaha
7 Great Britain 73    
  5   Race 3 52 SEARLE, Tommy ACU Kawasaki
  6   Race 2 54 SIMPSON, Shaun ACU KTM
  18   Race 1 53 ANSTIE, Max ACU Husqvarna
  22   Race 2 53 ANSTIE, Max ACU Husqvarna
  22   Race 1 52 SEARLE, Tommy ACU Kawasaki
  38   Race 3 54 SIMPSON, Shaun ACU KTM
8 Australia 76    
  5   Race 2 21 FERRIS, Dean MA Yamaha
  7   Race 1 19 WATERS, Todd MA Suzuki
  14   Race 3 19 WATERS, Todd MA Suzuki
  15   Race 3 21 FERRIS, Dean MA Yamaha
  35   Race 1 20 EVANS, Mitchell MA Yamaha
  37   Race 2 20 EVANS, Mitchell MA Yamaha
9 Estonia 93    
  13   Race 2 11 LEOK, Tanel EMF KTM
  16   Race 2 12 KULLAS, Harri EMF KTM
  19   Race 1 11 LEOK, Tanel EMF KTM
  22   Race 3 10 RATSEP, Priit EMF Honda
  23   Race 3 12 KULLAS, Harri EMF KTM
  25   Race 1 10 RATSEP, Priit EMF Honda
10 Canada 95    
  8   Race 1 112 BENOIT, Kaven CMA KTM
  12   Race 3 112 BENOIT, Kaven CMA KTM
  18   Race 2 114 MEDAGLIA, Tyler CMA Husqvarna
  25   Race 2 113 MAFFENBEIRER, Shawn CMA KTM
  32   Race 1 113 MAFFENBEIRER, Shawn CMA KTM
  35   Race 3 114 MEDAGLIA, Tyler CMA Husqvarna
11 Russia 96    
  6   Race 3 36 BOBRYSHEV, Evgeny MUL Honda
  17   Race 2 36 BOBRYSHEV, Evgeny MUL Honda
  19   Race 2 35 BRYLYAKOV, Vsevolod MFR Kawasaki
  21   Race 1 35 BRYLYAKOV, Vsevolod MFR Kawasaki
  33   Race 3 34 ROGOZIN, Semen MFR Husqvarna
  39   Race 1 34 ROGOZIN, Semen MFR Husqvarna
12 Spain 96    
  9   Race 3 31 BUTRON, Jose RFME KTM
  12   Race 1 31 BUTRON, Jose RFME KTM
  20   Race 2 33 ZARAGOZA, Jorge RFME Honda
  24   Race 3 33 ZARAGOZA, Jorge RFME Honda
  31   Race 2 32 PRADO GARCIA, Jorge RFME KTM
  31   Race 1 32 PRADO GARCIA, Jorge RFME KTM
13 Sweden 102    
  11   Race 2 39 NOREN, Fredrik AMA Honda
  20   Race 3 39 NOREN, Fredrik AMA Honda
  21   Race 3 37 GOLE, Anton SVEMO Husqvarna
  24   Race 1 37 GOLE, Anton SVEMO Husqvarna
  26   Race 1 38 ÖSTLUND, Alvin SVEMO Yamaha
  33   Race 2 38 ÖSTLUND, Alvin SVEMO Yamaha
14 Denmark 102    
  15   Race 1 44 KJER OLSEN, Thomas DMU Husqvarna
  17   Race 3 43 LARSEN, Nikolaj DMU KTM
  17   Race 1 43 LARSEN, Nikolaj DMU KTM
  21   Race 2 44 KJER OLSEN, Thomas DMU Husqvarna
  32   Race 3 45 MEIER, Glen DMU KTM
  35   Race 2 45 MEIER, Glen DMU KTM
15 Austria 137    
  19   Race 3 30 RAUCHENECKER, Pascal OeAMTC Husqvarna
  23   Race 2 30 RAUCHENECKER, Pascal OeAMTC Husqvarna
  23   Race 1 28 NEURAUTER, Lukas OeAMTC KTM
  36   Race 2 29 SANDNER, Michael OeAMTC KTM
  36   Race 1 29 SANDNER, Michael OeAMTC KTM
  36   Race 3 28 NEURAUTER, Lukas OeAMTC KTM
16 Czech Republic 139    
  26   Race 3 64 ROMANCIK, Jaromir ACCR Suzuki
  27   Race 3 66 SMITKA, Petr ACCR KTM
  28   Race 2 65 NEUGEBAUER, Filip DMSB Kawasaki
  28   Race 1 65 NEUGEBAUER, Filip DMSB Kawasaki
  30   Race 2 66 SMITKA, Petr ACCR KTM
  33   Race 1 64 ROMANCIK, Jaromir ACCR Suzuki
17 New Zealand 140    
  10   Race 1 22 COOPER, Cody MNZ Honda
  28   Race 3 22 COOPER, Cody MNZ Honda
  31   Race 3 24 HARWOOD, Hamish MNZ KTM
  34   Race 2 23 NATZKE, Josiah FMB KTM
  37   Race 1 23 NATZKE, Josiah FMB KTM
  38   Race 2 24 HARWOOD, Hamish MNZ KTM
18 Japan 145    
  25   Race 3 60 YAMAMOTO, Kei MFJ Honda
  29   Race 2 60 YAMAMOTO, Kei MFJ Honda
  29   Race 1 58 NARITA, Akira MFJ Honda
  30   Race 3 58 NARITA, Akira MFJ Honda
  32   Race 2 59 NOTSUKA, Chihiro MFJ Honda
  34   Race 1 59 NOTSUKA, Chihiro MFJ Honda
19 Lithuania 158    
  24   Race 2 75 JASIKONIS, Arminas DMSB Suzuki
  29   Race 3 73 BUCAS, Vytautas LMSF Yamaha
  30   Race 1 73 BUCAS, Vytautas LMSF Yamaha
  37   Race 3 75 JASIKONIS, Arminas DMSB Suzuki
  38   Race 1 74 KARKA, Dovydas LMSF KTM
  40   Race 2 74 KARKA, Dovydas LMSF KTM
20 Ireland 114    
  26   Race 2 50 BARR, Martin MCUI Honda
  27   Race 2 51 EDMONDS, Stuart MCUI TM
  27   Race 1 50 BARR, Martin MCUI Honda
  34   Race 3 51 EDMONDS, Stuart MCUI TM

Para os resultados completos das baterias clique aqui.







Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet