fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Regional

Copa Backfish MX Park - 2ª etapa - São Paulo - SP
Publicado em: 26/06/2016

Ariel Silva fatura principais baterias na segunda rodada da competição
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Ronaldo Sampaio


Largada da categoria MX4

No dia 19, a segunda etapa da Copa Backfish MX Park de Motocross, disputada em um domingo de céu aberto e temperaturas amenas, reuniu dezenas de pilotos amadores na capital paulista. Algumas ausências sentidas na abertura do campeonato, como os pilotos Rogério Louro e Ariel Silva, desta vez marcaram presença. Por outro lado, Deninho Alves, vencedor das principais categorias na primeira etapa da competição, nesta prova enfrentou problemas e desfalcou a principal corrida do evento. De qualquer forma, mais uma vez os gates lotados se traduziram em belas disputas nas onze baterias realizadas.

Veja mais fotos na galeria de imagens da prova


Ariel Silva

Na MX1 Ariel largou na ponta enquanto seu maior rival, Deninho, que vinha logo atrás perdeu várias posições depois de uma queda. Ariel manteve um ritmo constante enquanto Deninho lutava em uma prova irregular, com erros e mais uma queda, a duas voltas do final, quando ele novamente atacava o líder da prova. A segunda posição foi definida na disputa entre Diego Jimenes, que manteve a vice-liderança grande parte da bateria, e Bruno Batista, que largou mal e fez uma prova de recuperação, superando o adversário na parte final da corrida. Joãozinho Batista e Matheus Araujo completaram os cinco primeiros colocados.


Leonardo Alves

Na Super Final, reunião dos melhores pilotos do dia em todas as categorias, a ausência de Deninho em função da última queda na MX1, foi compensada pela presença de seu irmão mais novo, Leonardo Alves, que não decepcionou. Ariel como de costume largou bem e assumiu a liderança, Léo largou um pouco mais atrás, mas rapidamente assumiu a segunda posição, passando a perseguir o líder de longe, e diminuindo a distância a cada volta, encostando nos momentos finais, mas sem chances de ultrapassagem. Diego Jimenes superou alguns adversários, entre eles o rival da prova anterior Bruno Batista, conquistando mais uma terceira posição. Joãozinho Batista foi o quinto colocado.


Gabriel Reis

A MX2 foi uma bateria movimentada, com disputas em todos os setores durante toda a prova. Steffano Mello largou bem e liderou as primeiras voltas, até Gabriel Reis assumir a liderança, passando a abrir vantagem volta a volta com uma pilotagem segura e sem erros. Com isso Gabriel recebeu a bandeirada com mais de dez segundos de vantagem sobre o segundo colocado, Leonardo Alves, que apesar de alguns erros durante a bateria compensou na velocidade, garantindo um bom resultado. Hermano Maninho foi o terceiro colocado, à frente de Jean Marino e o dono do holeshot Steffano Mello.


Rogério Louro

Na prova da MX3 Rogério Louro, que andava um tanto sumido das provas, voltou mostrando preparo e assumiu a liderança no início da bateria. Ariel Silva, segundo colocado, demorou algumas voltas até encontrar um caminho para a superar o concorrente antes da metade da bateria. Mas, no finalzinho, depois de um erro, Ariel acabou devolvendo o posto e Louro comemorou a vitória. Diego Jimenes manteve a terceira posição a prova toda, recebendo a bandeirada à frente de Fábio Aleixo e Eduardo Balan.


Dener Alves

Renato Andrade dominou a maior parte da MX4. Na largada e nas primeiras voltas ele teve que defender a posição contra os ataques de Eduardo Balan, mas aos poucos conseguiu abrir alguma vantagem, enquanto o rival sofria com as investidas de Dener Alves, que conseguiu superá-lo antes da metade da prova. Dener começou a avançar sobre o líder e a poucas voltas da bandeirada assumiu a ponta em definitivo. Renato manteve a segunda posição, Fábio Aleixo foi o terceiro depois de amargar uma péssima largada, enquanto Balan foi o quarto e Alex Sander o quinto colocado.


Valmir Polaco

Robson Dias, o Xim, Jonathan Alves e Valmir Polaco movimentaram a prova da categoria Nacional. Os três largaram juntos e formaram o pelotão da ponta, com Xim assumindo a liderança, seguido de Jonathan e Polaco, que estudou a linha dos adversários nas primeiras voltas para atacar e assumir a liderança em uma única volta. Aos poucos Polaco consolidou a primeira posição, recebendo a bandeirada com boa vantagem. Xim, que também pilota uma máquina preparada na oficina do vencedor, foi o segundo colocado. João Moraes superou Jonathan no final da prova, garantindo a terceira colocação e Alexandre Borracha completou os cinco primeiros colocados.


Edson Almeida

Edson Almeida liderou de ponta a ponta para vencer a MX5, mas a disputa logo atrás foi animada. Luiz Moura manteve o segundo lugar por mais de metade da bateria, até José Augusto Castro superá-lo definitivamente. O anfitrião, e grande responsável pelo evento, Edson Jácome garantiu a quarta colocação e Celso Paulo foi o quinto colocado.


Berico Colla

Na Intermediária Ouro, Berico Colla venceu a bateria depois de superar Luciano Mineiro na segunda metade da bateria. Victor Moares foi o terceiro, Matheus Araujo o quarto e Thiago Nunes foi o quinto colocado.


Felipe Santiago

A vitória da Intermediária Prata foi decidida na disputa entre Enéas Lima, Igor Alves e Renato Zanfiron. Enéas assumiu a ponta quando o gate baixou, voltas depois Igor passou ao comando interinamente, devolvendo a liderança para Eneas já na segunda metade da prova. Igor deixou a disputa pela ponta e perdeu várias posições, ainda assim nada estava definido. Renato superou Enéas a duas voltas do final da prova e levou a vitória. Atrás chegaram Vitor Moraes, Rafael Mello e Francisco Silva completando os cinco primeiros.


David Lima

Mais duas baterias animaram a tarde de competição. Felipe Santiago venceu a MX Park Ouro, Fabiano Giordani foi o segundo, Leonardo Barbosa o terceiro, Alexandre Borracha o quarto e Willians Oliveira o quinto colocado. Na MX Park Prata o vencedor foi David Lima, com Guilherme Tai, Bruno Mendonça, Vanderlei Filho e Jorge Santos completando o pódio.


Terceira etapa está prevista para os dias 30 e 31 de julho

A Copa Backfish MX Park de Motocross tem patrocínio de Backfish, e o apoio de 2DI Publicidade, Turismo Visual, New Implantes, Village e MX Family. A próxima etapa está programada para os dias 30 e 31 de julho.

Veja mais fotos na galeria de imagens da prova

Resultados

MX5

1º - 67 Edson Almeida
2º - 747 José Augusto
3º - 15 Luiz Moura
4º - 993 Edson Jácome
5º - 998 Celso Paulo
6º - 42 Valter Lopez
7º - 108 Manoel Lisboa
8º - 41 Venderley Real
9º - 118 Manoel Honorato
10º -  7 Mauro Varella

MX3
1º -  120 Rogerio Louro
2º -  151 Ariel Silva
3º -  12 Diego Jimenes
4º -  51 Fábio Aleixo
5º -  60 Eduardo Ballan
6º -  4 João Batista
7º -  744 Herminio Maninho
8º -  220 Júlio Preto
9º -  57 Florindo Neto
10º - 35 Alex Sander

MX Park Prata
1º -  612 David Lima
2º -  222 Guilherme Tai
3º -  96 Bruno Mendonça
4º -  740 Vanderlei Filho
5º -  77 Jorge Santos
6º -  100 Lucas Real
7º -  3 David Tadeu
8º -  1 Ícaro Real
9º -  4 Wagner Lizzi
10º - 98 Jhon Quispe

MX4
1º -  91 Dener Alves
2º -  6 Renato Andrade
3º -  51 Fábio Aleixo
4º -  60 Eduardo Ballan
5º -  35 Alex Sander
6º -  28 Herbert Tresoldi
7º -  220 Júlio Preto
8º -  747 Herminio Maninho
9º -  1 Valimir Polaco
10º - 777 Luciano Mineiro

Intermediária Prata
1º -  2 Renato Zanfiron
2º -  64 Eneas Lima
3º -  25 Vitor Moraes
4º -  612 Rafael Tenorio
5º -  741 Francisco Silva
6º -  800 Henry Horita
7º -  144 Edson Soares
8º -  73 Fabiano Giordani
9º -  28 Orlando Ferreira
10º - 95 Felipe Santiago

MX1
1º -  151  Ariel Silva
2º -  55  Bruno Batista
3º -  12  Diego Jimenes
4º -  4  João Batista
5º -  245  Matheus Araujo
6º -  14 Thiago Nunes
7º -  188 Denner Alves(Denninho)
8º -  116 Gulherme Preto

MX2
1º -  900 Gabriel Reis
2º -  118 Leornado Alves
3º -  747 Herminio Maninho
4º -  311 Jean Marino
5º -  12 Stefano Mello
6º -  992 Higor Nogueirão
7º -  97 Patick Leite
8º -  14 Thiago Nunes
9º -  28 Herbert Tresoldi
10º - 800 Jairo Nunes

MX Nacional
1º -  1 Valmir Polaco
2º -  800 Robson Dais Xim
3º -  7 João Moraes
4º -  404 Jonathan Alves
5º -  56 Alexandre Borracha
6º -  41 Vanderlei Real
7º -  740 Vanderlei Filho
8º -  1 Ícaro Real
9º -  4 Wagner Lizzi
10º - 100 Lucas Real

Intermediária Ouro
1º -  63 Berico Colla
2º -  777 Luciano Mineiro
3º -  25 Vitor Moraes
4º -  245 Mateus Araujo
5º -  14 Thiago Nunes
6º -  54 Neemias Tavares
7º -  78 Felipe Rojo
8º -  949 Fabrício Koga
9º -  97 Leonardo Santos
10º - 612 Rafael Tenorio

MX Park Ouro
1º -  95 Felipe Santiago
2º -  73 Fabiano Giordani
3º -  97 Leonardo Barbosa
4º -  56 Alexandre Borracha
5º -  82 Willians Oliveria Kabelo
6º -  740 Vanderlei Filho
7º -  46  Bruno Paulino
8º -  612 David Lima
9º -  111 Robson Hussein
10º - 2 Alessandro Khaled

Super Final
1º -  151 Ariel Silva
2º -  118 Leonardo Alves
3º -  12 Diego Jimenes
4º -  55 Bruno Batista
5º -  4 João Batista
6º -  91 Dener Alves
7º -  747 Herminio Maninho 
8º -  5 Renato Otero








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet