fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de Enduro - 9ª e 10ª etapas - Enkoping - Suécia
Publicado em: 22/06/2016

Steve Holcombe vence dois dias do EnduroGP da Suécia
Redação MotoX.com.br – Fotos: Future7Media


Steve Holcombe

Com provas e chuvas pesadas, a cidade de Enkoping, Suécia, foi mais um grande teste para os pilotos do Mundial de Enduro 2016. Por conta do tempo ruim dos dias anteriores, no sábado e no domingo, dias 18 e 19, os competidores enfrentaram cerca de sete horas em um percurso exigente e escorregadio. Para completar, as etapas (nona e décima da temporada que tem mais três GPs programados) marcaram o início da reta final do campeonato. Assim, daqui pra frente, cada ponto conquistado ou perdido pode ser decisivo.


Eero Remes

A chave para Steve Holcombe faturar a EnduroGP no sábado foi se diferenciar nos erros mínimos: enquanto muitos se atrapalharam nos trechos técnicos dentro da floresta, o britânico foi preciso e conquistou uma confortável diferença de tempo sobre Matt Phillips, segundo colocado, e Eero Remes, terceiro.

“Foi um dia difícil, mas não cai e acho que foi o essencial para a vitória. Sabia que o Enduro Teste seria onde ganharíamos ou perderíamos a prova, então me esforcei ao máximo ali e o resto deu certo. As condições não foram das melhores, mas me diverti”, declarou Holcombe. Com a vitória geral, o piloto da Beta levou também o topo do pódio da E3. A disputa mais acirrada da classe foi entre Antoine Basset e Johnny Aubert, que completaram o dia com uma diferença inferior a três segundos. Com o resultado Basset ainda fechou o dia com o quinto lugar na EnduroGP.


Matt Phillips


Taylor Robert
Depois de um dia recheado de altos e baixos, Matt Phillips pode respirar aliviado na chegada. Não só ficou com a segunda posição geral, como venceu a E2. “Foi um dia daqueles. Cai no primeiro Enduro Teste e perdi 20 segundos mais ou menos, tentei recuperar no segundo Enduro Teste e errei de novo, aí perdi o manete do freio. No segundo Extreme Teste, perdi a pedaleira. Então, depois de tudo isso, sair com a vitória da E2 é maravilhoso”, comentou o piloto da Sherco.

Assim como na E3, a disputa pelos demais lugares do pódio foi acirrada também. Apesar de ser ultrapassado por Loic Larrieu no último trecho cronometrado, o Motocross Teste, Taylor Robert ainda conseguiu segurar a vice-liderança e ficar com a segunda posição com uma diferente de 3,5 segundos.

Na E1, Eero Remes segue dominando a categoria com tranquilidade. Mesmo com duas quedas, o finlandês conseguiu administrar o tempo para terminar à frente de Nathan Watson.

“Tudo correu bem, tirando o segundo Enduro Teste. Cai e entortei minha moto inteira, mas me mantive à frente de Watson para ficar com a vitória”, comentou o finlandês. Danny McCanney foi o terceiro colocado, seguido do colega de equipe Pascal Rauchenecker.


Jane Daniels

E parece que na Feminina, Jane Daniels é a nova dona da categoria. A piloto da Husqvarna conquistou a terceira vitória consecutiva, seguida de Maria Franke e Laia Sanz, respectivamente.


Johnny Aubert

No domingo, Holcombe arrematou o final de semana perfeito: venceu novamente a EnduroGP. Mas desta vez a vitória não foi confortável, Matt Phillips não deu chance para o piloto da Beta respirar durante o trajeto. No final, a diferença entre os dois foi de apenas três segundos. Johnny Aubert também despontou e completou em terceiro.

“O solo estava mais seco, mas o traçado estava tão difícil quanto ontem... muitas raízes e pedras. Estava tudo correndo bem até o último Enduro Teste. Tentei puxar demais e paguei por isso. Cai uma vez, então levantei, e já cai de novo. Então foram dois tombos em só um trecho cronometrado. Mas tudo se decidiu no Motocross Teste. Fiz em tempo suficiente para ficar com a vitória e ganhar pontos importantes para o campeonato”, explicou Holcombe.


Antoine Basset


Jonathan Barragan
Com o ótimo desempenho, claro, Holcombe também venceu novamente a E3, desta vez com Aubert na segunda posição a apenas quatro segundos do líder. Manuel Monni completou o pódio. Antoine Basset e Jonathan Barragan foram quarto e quinto colocados, respectivamente.

Na E2, Matt Phillips conquistou a sétima vitória da temporada. Taylor Robert, da KTM, fez o segundo tempo à frente de Cristobal Guerrero, da Yamaha – melhor resultado do ano para o piloto. Uma queda no Cross Teste empurrou Mathias Bellino para a quarta posição. “Hoje foi um dia longo e cansativo. Mas também foi um dos dias mais legais para correr... disputar com Steve (Holcombe) a geral, com apenas alguns segundos entre nós, foi demais. Ele venceu pela EnduroGP, mas foi um resultado importante para a E2”, comentou Phillips.


Nathan Watson

A surpresa do dia ficou por conta do saldo da E1. Nathan Watson quebrou a invencibilidade de Eero Remes. “Foi um dia de trabalho duro. Apesar de um tombo grande na seção de toras durante o Enduro Teste, estou satisfeito de conquistar minha primeira vitória na categoria. Com certeza, fez o final de semana valer a pena”, comentou o piloto da KTM. Remes encerrou com a segunda posição com dois minutos de vantagem sobre Pascal Rauchenecker. Danny McCanney segurou a terceira posição durante boa parte do dia, mas uma pedra acertou a coroa traseira da moto e impediu o piloto de completar a prova.


Laia Sanz

Na Feminina, Laia Sanz conquistou sua primeira vitória da temporada com a confortável vantagem de 30 segundos sobre Maria Franke. Jane Daniels foi a terceira. “Tanto na Finlândia, quanto na Suécia, foram etapas difíceis para mim, pois estava sem treinar. Então foi difícil encontrar meu ritmo no enduro de novo. Errei várias vezes e não me sentia confortável de jeito nenhum. Mas esse segundo dia foi melhor. Consegui controlar a corrida do jeito que eu queria. Não foi um dia perfeito, mas foi bom”, avaliou a espanhola, um dos destaques da mais recente edição do Rally Dakar.

A próxima parada será na casa de Laia Sanz. A cidade espanhola de Gordexola recebe o Mundial de Enduro nos dias 2 e 3 de julho.

Vídeos







Resultados

Sábado
 
EnduroGP

1. Steve Holcombe (Beta) 1:11:12.12;
2. Matthew Phillips (Sherco) 1:12:12.98;
3. Eero Remes (TM) 1:12:19.11;
4. Nathan Watson (KTM) 1:12:34.08;
5. Antoine Basset (KTM) 1:12:44.99
 
Enduro 1
1. Eero Remes (TM) 1:12:19.11;
2. Nathan Watson (KTM) 1:12:34.08;
3. Daniel McCanney (Husqvarna) 1:15:04.67;
4. Pascal Rauchenecker (Husqvarna) 1:15:50.20;
5. Gianluca Martini (Kawasaki) 1:16:16.08
 
Enduro 2
1. Matthew Phillips (Sherco) 1:12:12.98;
2. Taylor Robert (KTM) 1:13:06.89;
3. Loic Larrieu (Yamaha) 1:13:10.47;
4. Mathias Bellino (Husqvarna) 1:13:42.53;
5. Cristobal Guerrero (Yamaha) 1:14:02.87
 
Enduro 3
1. Steve Holcombe (Beta)    
2. Antoine Basset (KTM)   
3. Johnny Aubert (Beta)   
4. Romain Dumonter (Yamaha)
5. Jonathan Barragan (Beta)

Domingo
 
EnduroGP

1. Steve Holcombe (Beta) 1:04:28.02;
2. Matthew Phillips (Sherco) 1:04:31.11;
3. Johnny Aubert (Beta) 1:04:32.59;
4. Nathan Watson (KTM) 1:04:54.35;
5. Eero Remes (TM) 1:05:10.97
 
Enduro 1
1. Nathan Watson (KTM) 1:04:54.35;
2. Eero Remes (TM) 1:05:10.97;
3. Pascal Rauchenecker (Husqvarna) 1:07:01.22;
4. Ivan Cervantes (KTM) 1:07:02.15;
5. Mikael Persson (Yamaha) 1:08:00.47
 
Enduro 2
1. Matthew Phillips (Sherco) 1:04:31.11;
2. Taylor Robert (KTM) 1:05:40.35;
3. Cristobal Guerrero (Yamaha) 1:05:43.58;
4. Mathias Bellino (Husqvarna) 1:05:48.31
 
Enduro 3
1. Steve Holcombe (Beta)    
2. Johnny Aubert (Beta)   
3. Manuel Monni (TM)    
4. Antoine Basset (KTM)    
5. Jonathan Barragan (Beta)

Campeonato

EnduroGP

1. Matthew Phillips (Sherco) 159pts;
2. Eero Remes (TM) 151pts;
3. Steve Holcombe (Beta) 138pts;
4. Nathan Watson (KTM) 114pts;
5. Mathias Bellino (Husqvarna) 105pts
 
Enduro 1
1. Eero Remes (TM) 197pts;
2. Nathan Watson (KTM) 167pts;
3. Daniel McCanney (Husqvarna) 111pts;
4. Ivan Cervantes (KTM) 103pts;
5. Gianluca Martini (Kawasaki) 97pts;
 
Enduro 2
1. Matthew Phillips (Sherco) 189pts;
2. Taylor Robert (KTM) 146pts;
3. Mathias Bellino (Husqvarna) 144pts
4. Loic Larrieu (Yamaha) 137pts;
5. Alex Salvini (Beta) 120pts
 
Enduro 3
1. Steve Holcombe (Beta) 138pts;
2. Johnny Aubert (Beta) 131pts;
3. Antoine Basset (KTM) 124pts;
4. Manuel Monni (TM) 105pts;
5. Jaume Betriu Armengol (KTM) 92pts








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet