fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

3ª etapa - Valkenswaard - Holanda
Publicado em: 29/03/2016

Romain Febvre vence com ultrapassagem na última volta. Herlings alcança vitória número 50 na MX2
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Pascal Haudiquert / J. P. Acevedo


Largada MXGP

Com sua tradicional prova na segunda-feira de feriado a Holanda sediou o MXGP da Europa no temido circuito de Valkenswaard. A areia já foi domínio quase que exclusivo dos locais holandeses e belgas, mas a coisa mudou de uma década para cá e a maioria dos pilotos do campeonato passa um bom tempo testando e treinando na região da fronteira. Aliás, muitas das equipes oficiais têm sua base nesse pedaço da Europa onde não faltam boas pistas.


Jeffrey Herlings

Como a areia é uma disciplina obrigatória para os aspirantes ao sucesso no campeonato, hoje temos pilotos de várias nacionalidades dominando o terreno. A vitória pode cair com um italiano, francês, alemão, inglês ou esloveno e isso não surpreende mais ninguém. Exceto na classe MX2, onde ainda temos o fenomenal Jeffrey Herlings cujo o habitat natural são os circuitos arenosos. O cara se sente em casa e quanto mais fofo melhor.


Pauls Jonass

Herlings alcançou a notória marca de 50 vitórias em GPs ao dominar absoluto as duas baterias em Valkenswaard. Na primeira, sob chuva, foi cauteloso e chegou "apenas" 50 segundos a frente de seu companheiro de equipe Pauls Jonass. Na segunda corrida botou em prática toda a sua arte abrindo nada menos que 1min20seg do mesmo Jonass. Isso porque passeou na última volta cumprimentando os fãs.

"Foi um final de semana excelente. Fomos rápidos em todos os treinos e fiz três boas largadas. Isso é importante nessa pista, especialmente com a chuva pesada que caiu na primeira bateria. Na segunda bateria fiz o holeshot e fui embora. Estou muito satisfeito com minha tocada e grato por vencer. Já estou de olho no próximo GP", disse Herlings.


Jeremy Sewer


Pódio MX2
Além da 50ª vitória Herlings também comemora a invencibilidade no campeonato já que venceu as seis baterias disputadas marcando todos os possíveis 150 pontos. Volto a repetir, seu maior e único adversário este ano é ele mesmo. Fazendo apenas o arroz com feijão não tem como perder esse título. Se por um lado permanecer na MX2 foi bom na questão de marcas e recordes pessoais - o rapaz tem apenas 21 anos e não é segredo para ninguém que bater as marcas de Stefan Everts estão em seus objetivos - algo me diz que ele perde tempo correndo de 250cc. Os resultados de Romain Febvre e Tim Gajser mostram que Herlings já poderia estar se dando bem na MXGP, principalmente com a opção da KTM350 que exigiria pouquíssimo tempo de adaptação. Por outro lado tenho certeza que muito piloto de 450 está feliz pelo holandês permanecer na classe de baixo.

MXGP - Prova disputadíssima marca a segunda vitória de Febvre na temporada


Romain Febvre


Tim Gajser
Se na MX2 temos um favorito absoluto, na MXGP todas as possibilidades estão abertas. O equilíbrio por enquanto prevalece e nem mesmo ser o mais rápido e vencer com boa vantagem numa bateria garante vida tranquila na corrida seguinte. Foi assim com o esloveno Tim Gajser que assumiu a liderança na primeira bateria e administrou a corrida. Chegou a sofrer pressão do alemão Max Nagl nas últimas voltas quando a chuva apertou, mas respondeu com uma boa arrancada e conseguiu abrir novamente na volta final com uma margem de cinco segundos. Interessante notar que esta é a primeira temporada realmente profissional de Gajser. O piloto de apenas 19 concluiu os estudos no ano passado e finalmente pode se dedicar integralmente ao motocross.

Nagl fez uma boa corrida e depois de metade da corrida na terceira posição atacou e ultrapassou Romain Febvre pela segunda posição antes de partir para cima do líder. O francês, na tentativa de contra-atacar, sofreu uma queda e perdeu contato, ficando a mais de 30 segundos do líder, mas ainda assim com o terceiro lugar.


Max Nagl

O russo Evgeny Bobryshev foi o quarto e Antonio Cairoli chegou a ocupar o quinto posto na maior parte da bateria, mas não aparentava rodar muito à vontade na pista e perdeu posições para os belgas Jeremy van Horebeek e Kevin Strijbos, este na última volta.

Segunda bateria


Antonio Cairoli


Kevin Strijbos
Cairoli sabe que precisa "acordar" no campeonato para reconquistar a coroa na briga contra os mais jovens e também com a "velha guarda". O italiano fez o holeshot na segunda bateria e mostrou que está recuperando a forma após as lesões do início do ano. Liderou, liderou, liderou, mas não conseguiu segurar Romain Febvre que lhe tomou a ponta a meia volta da bandeirada.

Febvre partiu para cima de Cairoli no início da corrida, mas sofreu uma pequena queda na terceira volta e teve muito trabalho para passar seu companheiro na equipe Yamaha Jeremy van Horebeek. O belga não aliviou para o francês que só conseguiu a ultrapassagem quando a placa de duas voltas já estava sendo erguida. Febvre foi perfeito no final e Cairoli não teve gas para se defender.


Jeremy van Horebeek

Cairoli: "Claro que estou desapontado pois liderei todas as voltas e fui ultrapassado na parte final da última volta. Não é a melhor maneira de completar uma corrida, mas a duas ou três voltas eu já estava cansado e sabia que minha condição não era tão boa naquele momento."
 
Febvre: "Sofri uma pequena queda e perdi algum tempo, mais tarde encontrei o ritmo perdido e tentei alcançar a liderança. Na última volta encontrei Cairoli na minha frente fiz todo o possível para passá-lo e conquistar a vitória".


Evgeny Bobryshev

Horebeek diminuiu o ritmo após perder a segunda posição, mas não chegou a ser ameaçado por Nagl, que chegou em quarto. Strijbos, Bobryshev e Glenn Coldenhof completaram os sete primeiros. Gajser teve uma bateria marcada por quedas e erros, inclusive deixando a moto apagar, para chegar apenas em oitavo, mas ainda salvou a terceira posição no pódio no combinado do dia.


 

Clement Desalle vai aos poucos recuperando a habitual velocidade. Foi décimo na primeira bateria e andou em 11º na segunda até a corrente de transmissão escapar após o choque com uma pedra na última volta.

No campeonato Febvre permanece líder com 13 pontos sobre Tim Gajser. Bobryshev é o terceiro seguido de Horebeek e Cairoli. O circo do Motocross agora apronta as malas e caixas para a viagem à América do Sul. O GP da Patagônia acontece no dia 9 de abril na Argentina.


Pódio MXGP

Vídeos





Resultados

P. Nr MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 461 Febvre, Romain FRA YAM 20 25 45
2 12 Nagl, Maximilian GER HUS 22 18 40
3 243 Gajser, Tim SLO HON 25 13 38
4 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 14 22 36
5 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 16 20 36
6 777 Bobryshev, Evgeny RUS HON 18 15 33
7 22 Strijbos, Kevin BEL SUZ 15 16 31
8 24 Simpson, Shaun GBR KTM 11 12 23
9 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 8 14 22
10 7 Leok, Tanel EST KTM 10 9 19
11 100 Searle, Tommy GBR KAW 13 3 16
12 151 Kullas, Harri EST KTM 4 10 14
13 92 Guillod, Valentin SUI YAM 9 5 14
14 25 Desalle, Clement BEL KAW 12 2 14
15 23 Charlier, Christophe FRA HUS 0 11 11
16 37 Krestinov, Gert EST HON 0 8 8
17 19 Philippaerts, David ITA YAM 0 7 7
18 8 Townley, Ben NZL SUZ 7 0 7
19 685 Lenoir, Steven FRA HON 0 6 6
20 212 Dewulf, Jeffrey BEL KTM 6 0 6
21 77 Lupino, Alessandro ITA HON 5 0 5
22 17 Butron, Jose ESP KTM 0 4 4
23 45 Nicholls, Jake GBR HUS 3 0 3
24 177 Jasikonis, Arminas LTU KAW 2 0 2
25 32 Potisek, Milko FRA YAM 0 1 1
26 156 Heidecke, Angus GER KTM 1 0 1

P. Nr MX2 Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 25 25 50
2 41 Jonass, Pauls LAT KTM 22 22 44
3 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 18 20 38
4 172 Van doninck, Brent BEL YAM 16 18 34
5 6 Paturel, Benoit FRA YAM 14 15 29
6 161 Östlund, Alvin SWE YAM 12 11 23
7 747 Cervellin, Michele ITA HON 7 14 21
8 18 Brylyakov, Vsevolod RUS KAW 9 12 21
9 59 Tonkov, Aleksandr RUS YAM 11 10 21
10 46 Pootjes, Davy NED KTM 15 6 21
11 152 Petrov, Petar BUL KAW 20 0 20
12 919 Watson, Ben GBR HUS 13 5 18
13 10 Vlaanderen, Calvin NED KTM 0 16 16
14 95 Justs, Roberts LAT KTM 6 9 15
15 338 Herbreteau, David FRA HON 8 7 15
16 321 Bernardini, Samuele ITA TM 0 13 13
17 88 van der Vlist, Freek NED KAW 10 3 13
18 251 Getteman, Jens BEL KTM 0 8 8
19 101 Zaragoza, Jorge ESP HON 5 0 5
20 71 Graulus, Damon BEL HON 0 4 4
21 66 Larranaga Olano, Iker ESP KTM 4 0 4
22 107 van Berkel, Lars NED HUS 1 2 3
23 40 Zecchina, Simone ITA YAM 3 0 3
24 99 Anstie, Max GBR HUS 2 0 2
25 75 Roosiorg, Hardi EST KTM 0 1 1

Classificação Geral
P. Nr MXGP Nat. Bike Pts
1 461 Febvre, Romain FRA YAM 137
2 243 Gajser, Tim SLO HON 124
3 777 Bobryshev, E. RUS HON 107
4 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 104
5 222 Cairoli, A. ITA KTM 100
6 12 Nagl, M. GER HUS 84
7 24 Simpson, Shaun GBR KTM 80
8 22 Strijbos, K. BEL SUZ 79
9 100 Searle, Tommy GBR KAW 63
10 259 Coldenhoff, G. NED KTM 55
11 92 Guillod, V. SUI YAM 51
12 8 Townley, Ben NZL SUZ 49
13 7 Leok, Tanel EST KTM 40
14 17 Butron, Jose ESP KTM 39
15 21 Paulin, G. FRA HON 37
16 23 Charlier, C. FRA HUS 35
17 32 Potisek, Milko FRA YAM 29
18 77 Lupino, A. ITA HON 28
19 25 Desalle, C. BEL KAW 23
20 151 Kullas, Harri EST KTM 14
21 400 Yamamoto, Kei JPN HON 11
22 37 Krestinov, G. EST HON 8
23 19 Philippaerts, D. ITA YAM 7
24 685 Lenoir, Steven FRA HON 6
25 212 Dewulf, J. BEL KTM 6
26 45 Nicholls, Jake GBR HUS 3
27 31 Snow, Alex GBR YAM 3
28 177 Jasikonis, A. LTU KAW 2
29 156 Heidecke, A. GER KTM 1
30 171 Penjan, T. THA HON 1
P. Nr MX2 Nat. Bike Pts
1 84 Herlings, J. NED KTM 150
2 41 Jonass, Pauls LAT KTM 112
3 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 112
4 59 Tonkov, A. RUS YAM 91
5 172 Van doninck, B. BEL YAM 78
6 152 Petrov, Petar BUL KAW 76
7 6 Paturel, B. FRA YAM 75
8 321 Bernardini, S. ITA TM 60
9 161 Östlund, Alvin SWE YAM 60
10 18 Brylyakov, V. RUS KAW 59
11 4 Ferrandis, D. FRA KAW 44
12 919 Watson, Ben GBR HUS 39
13 99 Anstie, Max GBR HUS 35
14 101 Zaragoza, J. ESP HON 35
15 95 Justs, Roberts LAT KTM 34
16 64 Covington, T. USA HUS 32
17 251 Getteman, Jens BEL KTM 32
18 189 Bogers, Brian NED KTM 25
19 71 Graulus, Damon BEL HON 24
20 88 van der Vlist, F. NED KAW 23
21 46 Pootjes, Davy NED KTM 21
22 747 Cervellin, M. ITA HON 21
23 132 Kutsar, Karel EST KTM 19
24 10 Vlaanderen, C. NED KTM 16
25 338 Herbreteau, D. FRA HON 15
26 97 Ivanov, M. BUL KTM 11
27 29 Jacobi, Henry GER HON 9
28 500 Yasuhara, N. JPN YAM 5
29 66 Larranaga Olano, I. ESP KTM 4
30 40 Zecchina, S. ITA YAM 3
31 107 van Berkel, L. NED HUS 3
32 52 Ueda, Shota JPN KAW 1
33 28 Hallgren, Ben THA YAM 1
34 75 Roosiorg, H. EST KTM 1











Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet