fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

> Competição > Motocross Internacional

Hawkstone Park International MX - Inglaterra
Publicado em: 12/02/2016

Jeffrey Herlings domina prova do Be Wiser Hawkstone Park International MX
Redação MotoX.com.br: Lucídio Arruda - Fotos: Ray Archer / Divulgação


Largada da Superfinal - Os pilotos da MX2 pularam mais rápido do gate

Além das corridas da segunda etapa do Internacional da Itália, mais eventos importantes importantes na pré-temporada do Mundial de Motocross aconteceram no fim de semana passado. Um deles foi o Hawkstone Park International MX, realizado no tradicional circuito britânico.


Jeffrey Herlings


Max Anstie (99), Jeffrey Herlings (84) e Ben Watson (919)
A pista arenosa "regada" pelo clima úmido foi o palco perfeito para o holandês Jeffrey Herlings mostrar que vem para a temporada 2016 em plena forma. O piloto da KTM dominou não apenas as duas baterias da MX2, mas também a Superfinal onde derrotou nomes fortes da MXGP como Shaun Simpson, Kevin Strijbos e Clement Desalle.

Na MX2 Herlings venceu com tranquilidade a primeira bateria com quase 27 segundos de vantagem sobre Davy Pootjes em 11 voltas. Na segunda prova Herlings conseguiu vantagem similar sobre o Max Anstie, que correu em casa pela primeira vez com sua Husqvarna oficial. Na classe vale notar também o bom desempenho do britânico Bem Watson, quarto colocado geral que chegou a marcar tempos similares aos de Herlings na primeira bateria. O francês Benuit Paturel - outro piloto para ficarmos de olho esse ano - foi quarto colocado na primeira bateria antes de abandonar na segunda.


Shaun Simpson


Kevin Strijbos
Na MX1 Clement Desalle deixou Brad Anderson e Shaun Simpsom para trás na primeira corrida. Na segunda, Simpson, piloto da casa, trocou de resultados com o belga, o que lhe valeu a vitória geral na classe pelo desempate. O segundo colocado na bateria foi Ben Townley, que chegou a questionar a razão de ter deixado a ensolarada Nova Zelândia para voltar a amassar barro no inverno europeu. Seu ponto alto na corrida foi a ultrapassagem sobre Desalle na última volta. O piloto que estreou pela equipe Suzuki foi sexto na primeira corrida e subiu ao pódio geral com a terceira posição.

A Superfinal viu a liderança de Max Anstie por mais da metade da prova. O britânico teve problemas com o botão de partida de sua moto que ficou travado sob o manicoto de freio após um choque. Anstie caiu logo em seguida e não conseguiu religar sua moto. Herlings ficou com a liderança e comandou a corrida até a bandeirada com sete segundos sobre Simpson e 10 sobre o belga Kevin Strijbos. Desalle, na quarta posição, já ficou mais de 50 segundos atrás.


Ben Townley

As estrelas do Mundial de Motocross se dividem novamente neste final se semana entre a terceira etapa do Internacional da Itália, em Ottobiano, e o Motocross Internacional de Valence, na França. O Mundial de Motocross 2016 começa no dia 27 de fevereiro no Catar.


Podio MX2

Vídeos







Resultados

P. # Superfinal V Tempo diff M.V. M.V Velocidade
1 84 Jeffrey Herlings 12 30:14.605   02:21.670 1 47.011 km/h
2 24 Shaun Simpson 12 30:22.009 07.404 02:23.101 6 46.541 km/h
3 22 Kevin Strijbos 12 30:25.156 10.551 02:22.395 6 46.771 km/h
4 25 Clement Desalle 12 31:08.374 53.769 02:23.399 5 46.444 km/h
5 919 Bem Watson 12 31:30.507 01:15.902 02:25.698 1 45.711 km/h
6 98 Bas Vaessen 12 31:49.547 01:34.942 02:28.894 9 44.73 km/h
7 6 Benoit Paturel 12 32:10.440 01:55.835 02:28.970 1 44.707 km/h
8 91 Jeremy Seewer 12 32:15.820 02:01.215 02:30.348 4 44.297 km/h
9 811 Adam Sterry 12 32:18.779 02:04.174 02:28.810 1 44.755 km/h
10 14 Marc De-Reuver 12 32:28.249 02:13.644 02:30.089 4 44.374 km/h
11 134 Liam Knight 11 30:32.793 1 lap 02:34.315 4 43.158 km/h
12 78 Roy Van-Heugten 11 30:44.382 1 lap 02:34.957 4 42.98 km/h
13 704 Ashley Wilde 11 30:51.026 1 lap 02:32.412 4 43.697 km/h
14 426 Conrad Mewse 11 30:51.899 1 lap 02:32.574 2 43.651 km/h
15 162 Stuart Edmonds 11 31:27.804 1 lap 02:33.281 3 43.45 km/h
16 95 Dan Thornhill 11 31:28.789 1 lap 02:33.312 2 43.441 km/h
17 48 Reece Desoer 11 31:32.293 1 lap 02:40.287 6 41.55 km/h
18 5 Kevin Wouts 11 31:34.895 1 lap 02:23.250 2 46.492 km/h
19 173 Luke Norris 11 32:06.297 1 lap 02:39.222 2 41.828 km/h
20 616 Donny Van-Wessel 11 32:23.711 1 lap 02:43.756 2 40.67 km/h

P. # MX1 Soma das Baterias Pts r1 r2
1 24 Shaun Simpson 35 15 20
2 25 Clement Desalle 35 20 15
3 8 Ben Townley 27 10 17
4 60 Brad Anderson 26 17 9
5 22 Kevin Strijbos 24 11 13
6 5 Kevin Wouts 24 13 11
7 14 Marc De-Reuver 19 9 10
8 303 Jake Millward 14 8 6
9 704 Ashley Wilde 10 2 8
10 211 James Hutchinson 10 3 7
11 551 Rick Folkers 9 4 5
12 162 Stuart Edmonds 9 6 3
13 2 Jeffrey Dewulf 7 7 0
14 95 Dan Thornhill 6 5 1
15 100 Tommy Searle 4 0 4
16 177 Sunny Thompson 3 1 2


Davy Pootjes

P # MX2 Soma das Baterias Pts r1 r2
1 84 Jeffrey Herlings 40 20 20
2 46 Davy Pootjes 30 17 13
3 99 Max Anstie 28 11 17
4 919 Ben Watson 26 15 11
5 91 Jeremy Seewer 24 9 15
6 811 Adam Sterry 19 10 9
7 98 Bas Vaessen 15 5 10
8 134 Liam Knight 15 8 7
9 6 Benoit Paturel 13 13 0
10 78 Roy Van-Heugten 12 6 6
11 64 Thomas Covington 11 3 8
12 53 Micha Boy-De-Waal 8 4 4
13 426 Conrad Mewse 7 7 0
14 173 Luke Norris 5 0 5
15 48 Reece Desoer 3 0 3
16 199 Lars Griekspoor 3 1 2
17 723 Ashley Smith 2 2 0
18 616 Donny Van-Wessel 1 0 1














Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet