fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

16ª etapa - Assen - Holanda
Publicado em: 03/09/2015

Romain Febvre comemora o título em seu primeiro ano na MXGP
Redação MotoX.com.br - Lucídio Arruda - Fotos: Ray Archer / J. P. Acevedo / Pascal Haudiquert


Romain Febvre


Yamaha comemora o título mundial
Não foi Villopoto, nem Desalle, nem Nagl, nem Paulin. Quem surge como campeão e interrompe o reinado de Antonio Cairoli é o novato Romain Febvre. O francês que conquistou apenas uma vitória na MX2 – aqui em Trindade no GP Estado de Goiás – e subiu de categoria por força do regulamento que restringe a idade em 23 anos, surpreendeu o mundo do cross com uma temporada de estreia fantástica na classe principal do campeonato.

Foi, sem dúvida, uma temporada marcada por lesões e períodos de ausência de boa parte dos favoritos, mas não nos deixemos enganar: Febvre já estava batendo guidão com essa gente toda desde o início do ano. Na segunda etapa na Tailândia, por exemplo, fez terceiro lugar na primeira bateria. Chegou na frente pela primeira vez em Matterlley Basin, Inglaterra, e daí para frente venceu baterias em todos os GPs seguintes, exceto em Lommel, Bélgica.


Yamaha retoma o título que havia conquistado pela última vez em 2009 com Cairoli

Para mim ficou clara a capacidade e determinação de Febvre em vencer o campeonato após aquela assustadora queda em Maggiora, no GP da Itália. Poucos completariam a prova com a motocicleta naquelas condições, mas Febvre foi além e recuperou posições para chegar em sexto. Como diria o grande filósofo Ricky Carmichael: “São nos piores dias em que se ganha um campeonato”.

Assen


Shaun Simpson venceu o GP da Holanda e...


...comemorou primeiro com o chefão da KTM Claudio de Carli, de quem receberá ajuda maior em 2016
O templo da motovelocidade trabalhou 24 horas durante quatro dias para transformar a curva da chegada e parte da reta principal num circuito de motocross. O traçado com tempo de volta pouco maior que um minuto e meio e completamente plano foi provavelmente o mais sem graça de todo o ano – talvez a pista do Catar também faça justiça ao prêmio. Mas Assen foi abençoada com a areia estilo praiana da região que, em conjunto com o excesso de baterias preliminares do Europeu, deixou tudo mais interessante.

Não se pode negar também que o evento foi sucesso de público com mais de 37 mil pessoas durante o final de semana apesar do local estar acostumado a receber mais de 100 mil espectadores durante as provas da MotoGP.

Corridas


Glenn Coldenhoff

Areia fininha e desafiadora tem seus especialistas e o britânico Shaun Simpson é um deles. O piloto privado, que ganhou toda a atenção da equipe oficial da KTM - diga-se de passagem, com os três pilotos oficiais de molho -, não se deixou abalar com uma pequena queda na primeira volta da primeira bateria.

O erro o colocou fora dos dez primeiros, mas Simpson enxergava caminhos na areia que os adversários não viam. Na oitava volta tomou a liderança de Gautier Paulin durante a negociação com retardatários. O francês cairia algum tempo depois, mas sem perder a segunda posição.


Gautier Paulin

O russo Evgeny Bobryshev foi o terceiro colocado. Romain Febvre não fez uma boa largada e durante a recuperação ficou preso atrás do holandês Glenn Coldenhoff. Acertadamente tratou de evitar riscos e completou a bateria na quinta posição. Perdeu oito pontos em relação a Paulin, não recuperar essa diferença na segunda bateria poderia adiar a decisão do título.

Segunda bateria


Evgeny Bobryshev

O espanhol José Butron pulou na frente seguido de Bobryshev e Febvre. O russo tomou a ponta na segunda volta seguido pelo francês. Quem não começou bem a bateria foi Paulin que completou a primeira volta apenas em nono.

Na segunda posição Febvre cozinhou Bobryshev até o russo perder suas forças e começar a errar. Foi na metade da bateria que Bobryshev começou a perder terreno para completar na quinta posição.


Max Nagl

Com pista livre Febvre assegurou a vitória, mas nos momentos finais sua preocupação era outra: a posição de Paulin. O jovem campeão confessou que começou a procurar a Honda de número 21 pela pista nas voltas finais. A explosão de alegria de Febvre no box da Yamaha só aconteceu após o terceiro colocado cruzar a bandeirada. Neste momento, o título era seu.

Com o apoio da torcida Coldenhoff conquistou uma excelente segunda colocação que o colocou no pódio da etapa. Simpson, talvez com as energias minadas pelo esforço na primeira bateria, poupou o ritmo para assegurar a terceira posição e vencer o GP na geral.


Pódio MXGP

MX2


Largada MX2

A trupe da MX2 chegou na Holanda com o jovem Pauls Jonass liderando e seguido de perto por Tim Gajser. Dois pilotos de origem no Leste Europeu. O britânico Max Anstie vinha em terceiro com algumas dezenas de pontos a recuperar.

Embora mais pilotos estivessem matematicamente na briga, na prática a atenção estava voltada para esses três. Em Assen, Anstie tinha o terreno de areia a seu favor, tipo de piso onde se destaca.

Mas apesar de ter vencido três GPs na temporada, Anstie também tem o costume de fazer uma bateria boa e outra nem tanto. Ou ruim mesmo, para falar a verdade. Em Assen, escolheu a primeira para jogar fora suas chances de vitória. Deu uma "villopotada" na seção de ondas entortando o para-lama traseiro e perdendo muito tempo para retornar.


Tim Gajser é o novo líder do campeonato

Tim Gajser, que não largou muito bem, recuperou-se para alcançar Pauls Jonass na fase final da bateria. Determinado e mais entrosado com a areia tomou a liderança a cinco voltas do fim. Os belgas Julien Lieber e Brent van Doninck foram terceiro e quarto, respectivamente.

Na segunda bateria, o desastre bateu à porta de Pauls Jonass. O piloto da Letônia caiu na primeira curva e, pior, teve o manicoto de freio arrancado do guidão. Precisou parar nos boxes para remover junto com a pinça todo o sistema que ficou pendurado e retornou à corrida junto dos líderes, mas uma volta atrás.

Na areia pesada pouco se usa o freio dianteiro e Jonass provou isso ao virar mais rápido que os líderes em várias voltas.


Pauls Jonass removendo o sistema de freio dianteiro na segunda bateria

Na frente, Max Anstie ultrapassou Davy Pootjes na quinta volta para assumir a liderança e não olhar mais para trás. Gajser, que não fez boa largada, tocou sua Honda Gariboldi com consistência para chegar na segunda posição, vencer o GP e assumir a liderança do campeonato. Jeremy Seewer foi o terceiro colocado e van Doninck repetiu a quarta posição para conquistar seu primeiro pódio no mundial. Jonass ultrapassou todo mundo menos Anstie, mas descontada a volta finalizou na 13ª posição.


Brent van Doninck conquistou seu primeiro pódio no mundial de motocross

Faltando as etapas do México e EUA, a situação no campeonato é a seguinte: Gajser tem 13 pontos sobre Jonass. Anstie ficou a 44 pontos do líder e passa a depender cada vez mais de abandonos dos adversários para chegar ao título. O suíço Valentin Guillod foi apenas 14º na etapa e agora a 72 pontos do líder, com 100 pontos ainda em jogo, em termos reais está fora da corrida.

Vídeos








Resultados

P. Nr MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 24 Simpson, Shaun GBR KTM 25 20 45
2 461 Febvre, Romain FRA YAM 16 25 41
3 259 Coldenhoff, Glenn NED SUZ 18 22 40
4 21 Paulin, Gautier FRA HON 22 18 40
5 777 Bobryshev, Evgeny RUS HON 20 16 36
6 12 Nagl, Maximilian GER HUS 15 15 30
7 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 14 14 28
8 47 Waters, Todd AUS HUS 12 12 24
9 111 Ferris, Dean AUS HUS 13 10 23
10 17 Butron, Jose ESP KTM 7 13 20
11 991 Watson, Nathan GBR HUS 9 9 18
12 212 Dewulf, Jeffrey BEL YAM 6 11 17
13 39 Guarneri, Davide ITA TM 8 6 14
14 11 Bengtsson, Filip SWE HON 10 4 14
15 156 Heidecke, Angus GER KTM 5 8 13
16 28 Rattray, Tyla RSA KAW 11 0 11
17 926 Delince, Jeremy BEL HON 4 5 9
18 185 Wouts, Kevin BEL KTM 0 7 7
19 999 Goncalves, Rui POR HUS 3 3 6
20 167 Edmonds, Stuart IRL HON 0 2 2
21 13 Gijsbertsen, Mike NED KAW 1 1 2
22 349 Larsen, Nikolaj DEN HUS 2 0 2

P. Nr MX2 Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 243 Gajser, Tim SLO HON 25 22 47
2 99 Anstie, Max GBR KAW 12 25 37
3 172 Van doninck, Brent BEL YAM 18 18 36
4 33 Lieber, Julien BEL YAM 20 15 35
5 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 11 20 31
6 41 Jonass, Pauls LAT KTM 22 8 30
7 151 Kullas, Harri FIN HUS 16 13 29
8 6 Paturel, Benoit FRA YAM 14 14 28
9 64 Covington, Thomas USA KAW 15 10 25
10 189 Bogers, Brian NED KTM 10 12 22
11 919 Watson, Ben GBR KTM 7 11 18
12 152 Petrov, Petar BUL KAW 0 16 16
13 29 Jacobi, Henry GER KTM 9 6 15
14 92 Guillod, Valentin SUI YAM 6 7 13
15 85 Pootjes, Davy NED KTM 13 0 13
16 132 Kutsar, Karel EST KTM 5 5 10
17 128 Monticelli, Ivo ITA KTM 8 2 10
18 321 Bernardini, Samuele ITA TM 0 9 9
19 274 Lundgren, Anton SWE HUS 4 4 8
20 53 De Waal, Micha-Boy NED KAW 0 3 3
21 831 Wysocki, Tomasz POL KTM 3 0 3
22 300 Golovkin, Viacheslav RUS KTM 2 0 2
23 140 Booker, Jordan GBR KTM 0 1 1
24 122 Lapucci, Nicholas ITA HON 1 0 1


P Nr MXGP Nat. Bike Total
1 461 Febvre, Romain FRA YAM 638
2 21 Paulin, G. FRA HON 536
3 777 Bobryshev, E. RUS HON 499
4 24 Simpson, Shaun GBR KTM 437
5 222 Cairoli, A. ITA KTM 416
6 12 Nagl, M. GER HUS 414
7 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 394
8 259 Coldenhoff, G. NED SUZ 361
9 25 Desalle, C. BEL SUZ 331
10 47 Waters, Todd AUS HUS 324
11 22 Strijbos, K. BEL SUZ 287
12 111 Ferris, Dean AUS HUS 258
13 28 Rattray, Tyla RSA KAW 238
14 17 Butron, Jose ESP KTM 192
15 19 Philippaerts, D. ITA YAM 185
16 23 Charlier, C. FRA HON 183
17 9 de Dycker, Ken BEL KTM 155
18 183 Frossard, S. FRA KAW 128
19 39 Guarneri, D. ITA TM 126
20 2 Villopoto, R. USA KAW 124
21 11 Bengtsson, F. SWE HON 107
22 77 Lupino, A. ITA HON 97
23 991 Watson, Nathan GBR HUS 95
24 100 Searle, Tommy GBR KTM 74
25 156 Heidecke, A. GER KTM 59
26 121 Boog, Xavier FRA KAW 40
27 999 Goncalves, Rui POR HUS 39
28 20 Aranda, G. FRA KAW 32
29 400 Yamamoto, Kei JPN HON 26
30 337 Krestinov, G. EST HON 23
31 149 Ullrich, D. GER SUZ 23
32 62 Gercar, Klemen SLO HUS 23
33 212 Dewulf, J. BEL YAM 21
34 221 Ratsep, Priit EST HON 16
35 40 Leok, Tanel EST KAW 15
36 120 Soubeyras, C. FRA YAM 15
37 289 Irt, Matevz SLO YAM 13
38 800 Alessi, Mike USA SUZ 12
39 909 Neurauter, L. AUT KTM 12
40 173 Bertuzzo, P. ITA YAM 12
41 903 Aubin, Nicolas FRA SUZ 11
42 45 Nicholls, Jake GBR KTM 11
43 926 Delince, J. BEL HON 11
44 600 Ivanovs, Davis LAT KAW 11
45 8 Vanderstraeten, M. BEL YAM 9
46 185 Wouts, Kevin BEL KTM 7
47 177 Coates, Paul GBR YAM 7
48 147 Jönsson, J. SWE HUS 4
49 742 Nazarov, Maxim RUS KTM 4
50 871 Izoird, Fabien FRA HON 3
51 349 Larsen, N. DEN HUS 2
52 123 Hoshino, Y. JPN KTM 2
53 167 Edmonds, S. IRL HON 2
54 952 Macler, L. FRA SUZ 2
55 55 Irwin, Graeme GBR SUZ 2
56 13 Gijsbertsen, M. NED KAW 2
57 474 Boulard, Bryan BEL HON 1
58 174 Smith, Alfie GBR YAM 1
P Nr MX2 Nat. Bike Total
1 243 Gajser, Tim SLO HON 518
2 41 Jonass, Pauls LAT KTM 505
3 99 Anstie, Max GBR KAW 474
4 92 Guillod, V. SUI YAM 446
5 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 440
6 84 Herlings, J. NED KTM 423
7 1 Tixier, Jordi FRA KAW 393
8 33 Lieber, Julien BEL YAM 391
9 6 Paturel, B. FRA YAM 320
10 152 Petrov, Petar BUL KAW 301
11 189 Bogers, Brian NED KTM 279
12 59 Tonkov, A. RUS HUS 256
13 172 Van doninck, B. BEL YAM 248
14 64 Covington, T. USA KAW 229
15 4 Ferrandis, D. FRA KAW 205
16 95 Justs, Roberts LAT KTM 181
17 18 Brylyakov, V. RUS HON 170
18 128 Monticelli, I. ITA KTM 164
19 51 Getteman, Jens BEL HON 129
20 919 Watson, Ben GBR KTM 127
21 151 Kullas, Harri FIN HUS 125
22 29 Jacobi, Henry GER KTM 104
23 85 Pootjes, Davy NED KTM 97
24 321 Bernardini, S. ITA TM 85
25 101 Zaragoza, J. ESP HON 68
26 811 Sterry, Adam GBR KTM 51
27 274 Lundgren, A. SWE HUS 50
28 119 Pocock, Mel GBR KAW 36
29 7 Graulus, Damon BEL YAM 33
30 766 Rauchenecker, P. AUT KTM 29
31 922 Fors, Kevin BEL YAM 28
32 132 Kutsar, Karel EST KTM 25
33 300 Golovkin, V. RUS KTM 22
34 81 Hsu, Brian GER SUZ 13
35 97 Ivanov, M. BUL HUS 13
36 338 Herbreteau, D. FRA KAW 11
37 53 De Waal, M. NED KAW 11
38 5 Recchia, N. ITA YAM 10
39 155 Otsuka, Gota JPN HON 10
40 15 Bonini, Davide ITA HUS 7
41 555 Guryev, Artem RUS KTM 7
42 141 Desprey, M. FRA KAW 7
43 93 Featherstone, G. GBR HON 5
44 71 Valente, C. SUI KTM 5
45 831 Wysocki, T. POL KTM 3
46 377 Lacan, Jordan FRA HON 3
47 211 Jaulin, S. FRA HON 3
48 223 Tropepe, G. ITA HON 2
49 122 Lapucci, N. ITA HON 2
50 140 Booker, Jordan GBR KTM 2
51 556 Mallet, Simon FRA HON 2
52 171 Penjan, T. THA HON 1
53 195 Furlotti, S. ITA KTM 1
54 117 Luzzardi, J. ARG HON 1
55 30 Hjortmarker, E. SWE KTM 1








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet