X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Internacional

7º Aberto de Motocross Argentina - Cosquin - Córdoba
Publicado em: 18/04
Clique e saiba mais

Sebastián Sanchéz garante título. Jorge Balbi é o terceiro.
Texto: Maurício Arruda - Fotos: Divulgação (Colaboração: Oscar Piva)

Confira abaixo mini-galeria de imagens do evento


Nicolás Roda 2º, Sebastián Sánchez 1º e Jorge Balbi 3º no pódio do Aberto de Motocross da Argentina

O Aberto de Motocross da Argentina teve sua 7ª edição realizada no último final de semana, dias 15 e 16 de abril. O evento reúniu na província de Cosquin (Córdoba) grandes nomes do motocross sulamericano e também pilotos da Europa e Estados Unidos.


O campeão Sebastián Sánchez
A programação teve início na sexta, 14. São realizadas diversas competições no local: Motocross Internacional, Enduro, Quadriciclos, Minicross e Show de Freestyle Motocross acontecem simultaneamente com a supervisão da Confederação Argentina de Motociclismo Esportivo (CAMOD).

O Motocross Internacional é a atração principal e acontece em um circuito natural de 1900 metros. Nas seis edições anteriores foram cinco vitórias de pilotos argentinos e apenas uma de um estrangeiro, justamente em 2005, quando o grande vencedor foi um piloto brasileiro, o paulista Roosevelt Assunção. 

Este ano os representantes brasileiros foram o mineiro Antônio Jorge Balbi, o catarinense João Paulino 'Marronzinho' e o gaúcho Douglas Parise. Recuperando-se de uma lesão Roosevelt Assunção não pode defender o título do torneio. No sábado as baterias classificatórias definiram os quarenta pilotos que participaram das finais no domingo.


Largada: Sanchéz (#114) e Balbi (#965) disputam a primeira curva


O francês Vincent Turpin foi o 6º colocado na 1ª bateria. O circuito argentino era repleto de pedras.
Mas nesta edição infelizmente a sorte não esteve ao lado dos brasileiros. Jorge Balbi venceu sua classificatória no sábado e liderou as duas baterias de domingo, mas em nenhuma delas terminou na primeira posição. A vitória foi do argentino Sebastián Sanchéz, dono do melhor tempo de sábado e atual campeão argentino.

Na primeira bateria Balbi largou na frente e caminhava rumo à vitória, mas acabou tendo problemas: "A corrida estava quase ganha quando um retardatário, a 2 voltas do final, me bateu, caí e terminei em quinto", comentou o brasileiro.

A vitória da bateria acabou nas mãos do campeão argentino seguido por mais três compatriotas: Norberto Debernardi, Nicólas Roda e Demian Villar. João Marronzinho e Douglas Parise não aparecem no resultado divulgado pela organização, que apresenta apenas os 15 primeiros classificados. 


Entre os quadriciclos a vitória foi de Bruno Santamarina 
Na segunda bateria a disputa entre Balbi e Sanchéz foi ainda maior.  O brasileiro voltou a liderar, mas novamente a vitória foi de Sanchéz. "Quando eu já abria uma boa vantagem, errei numa curva, caí e fiquei em segundo. Posso dizer que este fim de semana a sorte não estava do meu lado, mas de qualquer forma foi positivo", disse Balbi que cruzou a linha de chegada pouco mais de 6 segundos atrás do vencedor e ficou com a terceira posição na soma dos resultados. 

Desta vez Marronzinho colheu um melhor resultado conquistando a quarta posição, atrás de Nicólas Roda, resultado que lhe deu a oitava posição na classificação geral. Douglas Parise novamente não teve seu nome divulgado na lista dos melhores classificados, mas não temos a informação se ele chegou a participar da prova. 

Na geral o resultado foi 1º Sanchéz, 2º Roda, 3º Balbi e 4º Villar. Nas demais provas os vencedores foram os seguintes: Abierto B (pilotos não classificados para o evento principal) Nicolás Kuzmanic; 125cc Fernando Calveras; 80cc A Nicolás Leocata; 80cc B José Urcera; Minicross A Fausto Grantón; Minicross B Emanuel Cano.


Balbi foi o melhor brasileiro na prova

Na Master A o vencedor foi Kelly Andris (norte-americano velho conhecido dos brasileiros que competiu por aqui nos anos 80); Master B Gustavo Rivero; e nos quadriciclos Bruno Jorge Santamarina. 

Confira abaixo mini-galeria de imagens do evento

Resultados

   1ª Bateria
Pos. Piloto Moto Volta Tempo Dif/1º
114 Sanchez, Sebastián Hon 450 18 35:20.266
5 Debernardi, Norberto Yam 450 18 35:26.953 6.687
2 Roda, Nicolás Hon 450 18 35:28.734 8.468
52 Villar, Demian Hon 450 18 35:29.500 9.234
965 Balbi, Antonio Hon 450 18 35:36.781 16.515
88 Turpin, Vicente Yam 450 18 35:38.141 17.875
4 Correa, Luis Yam 450 18 36:20.328 01:00.062
20 Kelly, Andris Hon 450 18 36:28.203 01:07.937
9 Calveras, Franco Hon 450 18 36:31.641 01:11.375
10º 3 Fernández, Jeremías Kaw 450 18 36:40.437 01:20.171
11º 90 Israel, Benjamín Hon 450 18 36:40.906 01:20.640
12º 16 Guiral, Marcos Hon 450 18 36:56.922 01:36.656
13º 95 Calveras, Fernando Hon 250F* 18 37:09.297 01:49.031
14º 50 Felipe, José KTM 250f* 18 37:27.047 02:06.781
15º 21 Arco, Darío Yam 450 17 35:23.109 1 Vuelta

   2ª Bateria
Pos. Piloto Moto Volta Tempo Dif/1º
114 Sanchez, Sebastián Hon 450 18 35:45.328
965 Balbi, Antonio Hon 450 18 35:51.750 6.422
2 Roda, Nicolás Hon 450 18 36:16.203 30.875
69 Marronzinho, João Suz 450 18 36:20.453 35.125
52 Villar, Demian Hon 450 18 36:23.219 37.891
5 Debernardi, Norberto Yam 450 18 36:55.672 01:10.344
90 Israel, Benjamín Hon 450 18 37:11.328 01:26.000
4 Correa, Luis Yam 450 18 37:25.938 01:40.610
3 Fernández, Jeremías Kaw 450 18 37:39.047 01:53.719
10º 10 Pérez, Osvaldo Hon 450 17 35:53.375 1 Vuelta
11º 16 Guiral, Marcos Hon 450 17 35:57.594 1 Vuelta
12º 104 Fernández, Joaquín Kaw 250F 17 36:00.110 1 Vuelta
13º 9 Calveras, Franco Hon 450 17 36:06.235 1 Vuelta
14º 94 Acevedo, Sebastián Yam 250F 17 36:10.953 1 Vuelta
15º 95 Calveras, Fernando Hon 250F* 17 36:12.047 1 Vuelta

   Classificação final - Soma das Baterias
Pos. Piloto Moto Pontos
Sebastian Sanchez Hon 40 Pts.
Nicolás Roda Hon 30 Pts.
Antonio Jorge Balbi Hon 28 Pts.
Norberto Debernardi Yam 27 Pts.
Demián Villar Hon 24 Pts.
Luis Correa Yam 17 Pts.
Benjamín Israel Hon 14 Pts.
João Marronzinho Suz 13 Pts.
Jeremías Fernandez Kaw 13 Pts.
10° Franco Calveras Hon 10 Pts.
Imagens Relacionadas:
Jorge Balbi - Brasil
Jorge Balbi - Brasil
Sebástian Sanchéz - Argentina
Nicolás Roda, Sebastián Sanchéz e Jorge Balbi
Demian Villar - Argentina
Nicolás Roda - Argentina





© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet