fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

8ª etapa - Villars sous Ecot - França
Publicado em: 04/06/2015

Uma estrela em ascensão na classe MXGP
Redação MotoX.com.br: Lucídio Arruda - Fotos: Ray Archer / Pascal Hadiquert

Romain Febvre vence, em casa, seu primeiro GP na classe principal


Romain Febvre


Febvre comemora a primeira vitória na MXGP. Cairoli parece desaprovar o troféu...
Antes de setembro do ano passado, o francês Romain Febvre nunca havia vencido uma única bateria no campeonato Mundial. Correndo na classe MX2 pela equipe Husqvarna, alcançou seu primeiro triunfo aqui no Brasil, no GP Estado de Goiás. Em Trindade (GO) ele venceu a primeira bateria e chegou em terceiro na outra, faturando o GP com um pontinho a mais que Dylan Ferrandis.

Estreando em 2015 na classe principal pela Yamaha, Febvre vem surpreendendo com sua velocidade e resultados. Após poucas etapas já lutava em pé de igualdade com os “grandes” da categoria. Sua adaptação não só foi rápida, como mostrou velocidade e capacidade para lutar com Cairoli, Nagl, Desalle e companhia sem se intimidar.

Sua primeira vitória em baterias quase veio na Espanha, onde liderou até deixar sua motocicleta apagar numa curva. Erro que, diga-se, Antonio Cairoli cometeu exatamente da mesma forma algumas voltas depois. Na etapa seguinte, na Inglaterra, Febvre fez uma segunda bateria perfeita e superou Clement Desalle para vencer sua primeira corrida com a 450cc.

A confiança extra veio no momento exato e Febvre chegou em seu GP caseiro embalado. Veio de trás e andou perto de Cairoli na primeira bateria. Até ameaçou um ataque quando a bateria entrava em sua fase final, mas o italiano reagiu e recebeu a bandeirada com quase quatro segundos de vantagem.

Na segunda bateria a batalha de Febvre foi contra o líder da pontuação, Max Nagl. O francês encostou em Nagl ao redor dos 10 minutos de corrida, mas depois de alguma pressão, aliviou para voltar a atacar pouco depois da metade. A estratégia deu certo e, para delírio da torcida, Febvre conquistou a liderança na 13ª volta. Nagl não respondeu ao ataque e tratou de garantir a segunda posição.


Evgeny Bobryshev

Mais notas sobre o GP da França


Cairoli no belo cenário do circuito de Villars sous Ecot


A etapa de Assen, Holanda, será em pista artificial
A pista de Villars sous Ecot não recebia uma etapa do Campeonato Mundial desde 1988. É um circuito muito bonito e que aproveita perfeitamente a topografia da região. O público compareceu em peso, já que têm bons pilotos nas duas categorias do campeonato. A pouca extensão do traçado – voltas de pouco mais de 1m30s – e a dificuldade para ultrapassar foram defeitos apontados pelos pilotos. O terreno tem outro problema também: a quantidade de pedras acima do desejável o que torna seguir uma 450cc de perto quase impossível. Teve piloto que perdeu dentes na classificatória de sábado, e olha foi na classe MX2. Assim foram poucos os corajosos que largaram sem protetores de mãos em seus guidões. Jordi Tixier, piloto da casa e atual campeão da MX2, foi um deles.


Dean Ferris


Mais uma de Cairoli, agora "desviando" das pedras
Há de se notar que esse ano a escolha das pistas está muito melhor que em anos anteriores, apesar das duas etapas de abertura marcarem negativamente o campeonato. Tivemos a surpresa do belíssimo circuito da Patagônia, na Argentina e a escolha de vários circuitos tradicionais do bom e velho motocross. A exceção daqui para a final do campeonato é a escolha do autódromo de Assen no segundo GP holandês, justamente num país com tradição em pistas desafiadoras, vão fazer um traçado artificial sobre o asfalto.

Equilíbrio de forças

Até agora Antonio Cairoli não se destacou em relação aos principais oponentes no campeonato. O italiano vem fazendo seu jogo com consistência, mas parece que esse é o campeonato mais difícil que enfrenta desde que subiu para a antiga MX1, atual MXGP. O GP francês foi uma prova desse equilíbrio. Lá o campeão ganhou a primeira bateria e não conseguiu avançar além do sétimo lugar na segunda. Max Nagl, atual líder da pontuação, fez sexto na primeira corrida e segundo na outra.


Max Nagl saiu da França com 19 pontos sobre Cairoli


Glenn Coldenhoff fez sua melhor corrida na MXGP
Assim como o novato Febvre, existem mais pilotos querendo entrar nas brigas por vitórias ou pódios. O russo Evgeny Bobrishev fez na França suas melhores corridas do ano e conquistou seu primeiro pódio na temporada. O australiano Dean Ferris também foi destaque com dois quartos lugares. O holandês Glen Coldenhoff, outro estreante na 450, também fez sua melhor corrida da temporada na segunda bateria, onde chegou em quinto depois de andar algum tempo em terceiro.

As decepções

A mais marcante decepção da etapa foi a contusão de Clement Desalle que machucou o ombro numa queda no sábado. Ao que parece já é uma lesão antiga que reapareceu com a pancada. O belga ainda varou uma mesa no mesmo dia piorando ainda mais a dor no local.


Clement Desalle é dúvida para as próximas etapas


Gautier Paulin
No domingo ele deu apenas uma volta na primeira bateria e abandonou, apesar de ter largado bem. O time da Suzuki anunciou que ele não precisa de cirurgia “imediata” e vai tentar correr em Maggiora, na Itália. Mas, cá entre nós, se a situação na briga pelo título está complicada para quem está 100%, fica ainda menos favorável para quem corre contundido.

Gautier Paulin era uma das esperanças de vitória do público local. Até mesmo mais do que o novato Romain Febvre. Paulin simplesmente embolsou todo mundo na Holanda com uma vitória dupla irreparável. Fora essa etapa, fez muito menos do que se esperava dele no campeonato. Suas chances de fazer bonito em casa naufragaram na sexta volta da primeira bateria, quando sua Honda se recusou a seguir em frente. Ele ocupava a segunda posição e tinha Cairoli “na mira”. Na segunda bateria o francês bateu Cairoli num confronto direto, mas a disputa valia o sexto lugar, não a vitória.


Três membros do "hospitality center" do Team HRC sofreram intoxicação por monóxido de carbono enquanto dormiam no caminhão da equipe na noite de sexta para sábado. A expectativa da equipe é que todos se recuperem

Sobre a MX2


Largada MX2


Jordi Tixier
Jeffrey Herlings voltou a conquistar uma dupla vitória. De vez em quando aparece um Valentin Guillod ou Tim Gajser para peitar o holandês, mas na França ele voltou a exercer sua superioridade.

Na primeira bateria, Herlings deu mole para a concorrência ao sofrer uma queda na sétima volta, quando liderava. Ele retornou em terceiro ao perder posições para Jordi Tixier e o próprio Guillod, que fez uma largada fora dos 10 primeiros, mas vinha em forte recuperação.

Guillod assumiu a ponta algumas voltas depois e lembrou do GP da Grã-bretanha, quando Herligs lhe atacou no final. O súiço vendeu caro a ultrapassagem, mas desta vez não conseguiu segurar o holandês.

A segunda bateria foi de Herlings de ponta a ponta, com Tim Gajser e Jordi Tixier em seguida. Guillod se enroscou com o belga Damon Graulus na primeira volta e conseguiu apenas a 13ª posição na bateria, interrompendo uma sequência de bons resultados.


Momento da disputa entre Valentin Guillod e Jeffrey Herlings na primeira bateria

O Mundial de Motocross retorna no dia 14 de junho com a nona etapa no tradicionalíssimo circuito de Maggiora, Itália.

Vídeos:






Resultados

Pos Nr MXGP Nat. Fed. Bike Race 1 Race 2 Total
1 461 Febvre, Romain FRA FFM YAM 22 25 47
2 777 Bobryshev, Evgeny RUS FSM HON 20 20 40
3 222 Cairoli, Antonio ITA FMI KTM 25 14 39
4 12 Nagl, Maximilian GER DMSB HUS 15 22 37
5 111 Ferris, Dean AUS MA HUS 18 18 36
6 259 Coldenhoff, Glenn NED KNMV SUZ 12 16 28
7 89 Van Horebeek, Jeremy BEL FMB YAM 16 12 28
8 9 de Dycker, Ken BEL FMB KTM 13 13 26
9 24 Simpson, Shaun GBR ACU KTM 14 10 24
10 47 Waters, Todd AUS MA HUS 9 8 17
11 20 Aranda, Gregory FRA DMSB KAW 11 6 17
12 21 Paulin, Gautier FRA MCM HON 0 15 15
13 23 Charlier, Christophe FRA FFM HON 4 9 13
14 28 Rattray, Tyla RSA MSA KAW 1 11 12
15 183 Frossard, Steven FRA FFM KTM 5 7 12
16 19 Philippaerts, David ITA FMI YAM 10 2 12
17 120 Soubeyras, Cedric FRA FFM YAM 6 5 11
18 800 Alessi, Mike USA AMA SUZ 8 0 8
19 77 Lupino, Alessandro ITA FMI HON 7 0 7
20 400 Yamamoto, Kei JPN MFJ HON 0 4 4
21 212 Dewulf, Jeffrey BEL FMB YAM 0 3 3
22 903 Aubin, Nicolas FRA FFM SUZ 2 1 3
23 871 Izoird, Fabien FRA FFM HON 3 0 3

os Nr MX2 Nat. Fed. Bike Race 1 Race 2 Total
1 84 Herlings, Jeffrey NED KNMV KTM 25 25 50
2 243 Gajser, Tim SLO AMZS HON 18 22 40
3 1 Tixier, Jordi FRA FFM KAW 20 20 40
4 41 Jonass, Pauls LAT LAMSF KTM 14 18 32
5 92 Guillod, Valentin SUI FMS YAM 22 8 30
6 59 Tonkov, Aleksandr RUS MFR HUS 15 14 29
7 152 Petrov, Petar BUL QMMF KAW 16 13 29
8 91 Seewer, Jeremy SUI FMS SUZ 11 15 26
9 99 Anstie, Max GBR ACU KAW 9 16 25
10 18 Brylyakov, Vsevolod RUS MFR HON 10 10 20
11 95 Justs, Roberts LAT LAMSF KTM 12 6 18
12 101 Zaragoza, Jorge ESP RFME HON 6 11 17
13 33 Lieber, Julien BEL FMB YAM 13 4 17
14 6 Paturel, Benoit FRA FFM YAM 1 12 13
15 128 Monticelli, Ivo ITA FMI KTM 3 7 10
16 766 Rauchenecker, Pascal AUT OeAMTC KTM 0 9 9
17 51 Getteman, Jens BEL FMB HON 7 2 9
18 7 Graulus, Damon BEL FMB YAM 8 0 8
19 141 Desprey, Maxime FRA FFM KAW 4 3 7
20 919 Watson, Ben GBR ACU KTM 0 5 5
21 811 Sterry, Adam GBR ACU KTM 5 0 5
22 922 Fors, Kevin BEL FMB YAM 2 0 2
23 556 Mallet, Simon FRA FFM HON 0 1 1

Pos Nr MXGP Nat. Bike Total
1 12 Nagl, M. GER HUS 332
2 222 Cairoli, A. ITA KTM 313
3 25 Desalle, C. BEL SUZ 291
4 461 Febvre, Romain FRA YAM 282
5 21 Paulin, G. FRA HON 252
6 777 Bobryshev, E. RUS HON 247
7 24 Simpson, Shaun GBR KTM 169
8 47 Waters, Todd AUS HUS 138
9 259 Coldenhoff, G. NED SUZ 134
10 9 de Dycker, Ken BEL KTM 133
11 28 Rattray, Tyla RSA KAW 130
12 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 126
13 2 Villopoto, R. USA KAW 124
14 19 Philippaerts, D. ITA YAM 103
15 111 Ferris, Dean AUS HUS 101
16 183 Frossard, S. FRA KTM 80
17 22 Strijbos, K. BEL SUZ 78
18 39 Guarneri, D. ITA TM 70
19 17 Butron, Jose ESP KTM 66
20 23 Charlier, C. FRA HON 56
21 77 Lupino, A. ITA HON 51
22 100 Searle, Tommy GBR KTM 49
23 121 Boog, Xavier FRA KAW 40
24 999 Goncalves, Rui POR HUS 33
25 11 Bengtsson, F. SWE HON 27
26 20 Aranda, G. FRA KAW 22
27 120 Soubeyras, C. FRA YAM 15
28 800 Alessi, Mike USA SUZ 12
29 991 Watson, Nathan GBR HUS 12
30 400 Yamamoto, Kei JPN HON 11
31 40 Leok, Tanel EST KAW 9
32 177 Coates, Paul GBR YAM 7
33 149 Ullrich, D. GER SUZ 5
34 212 Dewulf, J. BEL YAM 3
35 871 Izoird, Fabien FRA HON 3
36 600 Ivanovs, Davis LAT KAW 3
37 903 Aubin, Nicolas FRA SUZ 3
38 156 Heidecke, A. GER KTM 2
39 123 Hoshino, Y. JPN KTM 2
40 55 Irwin, Graeme GBR SUZ 2
Pos Nr MX2 Nat. Bike Total
1 84 Herlings, J. NED KTM 358
2 92 Guillod, V. SUI YAM 246
3 41 Jonass, Pauls LAT KTM 245
4 1 Tixier, Jordi FRA KAW 229
5 59 Tonkov, A. RUS HUS 218
6 243 Gajser, Tim SLO HON 209
7 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 208
8 4 Ferrandis, D. FRA KAW 205
9 33 Lieber, Julien BEL YAM 184
10 99 Anstie, Max GBR KAW 183
11 152 Petrov, Petar BUL KAW 152
12 64 Covington, T. USA KAW 141
13 6 Paturel, B. FRA YAM 123
14 189 Bogers, Brian NED KTM 109
15 95 Justs, Roberts LAT KTM 97
16 18 Brylyakov, V. RUS HON 97
17 51 Getteman, Jens BEL HON 87
18 128 Monticelli, I. ITA KTM 81
19 172 Van doninck, B. BEL YAM 72
20 119 Pocock, Mel GBR KAW 36
21 919 Watson, Ben GBR KTM 33
22 274 Lundgren, A. SWE HUS 26
23 101 Zaragoza, J. ESP HON 25
24 811 Sterry, Adam GBR KTM 25
25 29 Jacobi, Henry GER KTM 24
26 300 Golovkin, V. RUS KTM 17
27 151 Kullas, Harri FIN SUZ 15
28 922 Fors, Kevin BEL YAM 13
29 7 Graulus, Damon BEL YAM 10
30 155 Otsuka, Gota JPN HON 10
31 766 Rauchenecker, P. AUT KTM 9
32 555 Guryev, Artem RUS KTM 7
33 141 Desprey, M. FRA KAW 7
34 338 Herbreteau, D. FRA KAW 6
35 97 Ivanov, M. BUL HUS 6
36 93 Featherstone, G. GBR HON 5
37 132 Kutsar, Karel EST KTM 5
38 71 Valente, C. SUI KTM 5
39 211 Jaulin, S. FRA HON 3
40 556 Mallet, Simon FRA HON 2
41 140 Booker, Jordan GBR KTM 1
42 171 Penjan, T. THA HON 1
43 117 Luzzardi, J. ARG HON 1


Para conferir a classificação individual das baterias clique aqui.






Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet