X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Internacional

Hawkstone International Motocross - Reino Unido
Publicado em: 10/02/2015
Clique e saiba mais

Kevin Strijbos domina três principais baterias realizadas no Hawkstone Park
Redação MotoX.com.br - Fotos: Ray Archer e Divulgação

Clement Desalle e Jordi Tixier, atual campeão mundial MX2, foram outros destaques do evento


Largada da categoria MX1

Este foi mais um fim de semana agitado na pré-temporada internacional. Desta vez, alguns dos maiores pilotos da atualidade estiveram no Hawkstone International Motocross, no Reino Unido, para colocar em prática todo o treinamento realizado até aqui, enquanto o Mundial de Motocross não começa. O principal destaque do evento foi Kevin Strijbos, que faturou as duas corridas principais da MX1 e a Super Final, prova que reuniu pilotos com motos de 450 e 250cc.


Kevin Strijbos foi o grande vencedor da MX1 e da Super Final

O domingo começou com neblina durante os treinos, algo típico na região, mas pouco a pouco o clima foi melhorando e dando espaço ao sol. Bem perto do vencedor, Clement Desalle se garantiu na segunda colocação, completando a dobradinha da Rockstar Energy Suzuki.

Strijbos se sentiu recompensado pelo bom início de temporada. "Eu fui para a corrida sem esperar muito, já que eu tinha ficado um pouco doente na última semana e não andei muito na areia depois que voltei dos treinamentos nos Estados Unidos. Foi um pouco difícil no início das corridas, mas eu consegui acelerar mais forte e tudo acabou bem. Espero ter um bom começo de temporada e estou ansioso para as próximas corridas", disse o vencedor.


Clement Desalle valorizou as vitórias do companheiro de equipe

Clement Desalle também aprovou seu desempenho em um dos primeiros testes do ano. "Foi um bom dia. Com um pouco de frio pela manhã, mas bom na parte da tarde. Eu não sou um grande fã de começar na pista em Hawkstone, mas ainda assim fico feliz por ter conseguido três segundos lugares. Strijbos foi bastante forte na areia aqui. A prova foi boa e não houve falhas, por isso, foi uma boa corrida de treinamento."

Estreando pela equipe Kawasaki Monster, Jordi Tixier, atual campeão mundial MX2, também teve um excelente desempenho e, além de ficar na frente nas duas baterias da categoria, também subiu ao terceiro lugar do pódio na Super Final, fazendo frente às 450cc. Ele dominou a primeira parte da corrida, mas acabou perdendo espaço para a dupla da Suzuki e acabou em terceiro.


Largada da categoria MX2

"Foi um bom fim de semana, e a pista estava em condições muito boas, mesmo com um breve intervalo entre as corridas. Comecei duas vezes na segunda posição, e na primeira bateria da MX2 demorei algumas voltas para encontrar um bom ritmo e tomar a liderança. A segunda corrida foi melhor e eu passei (Aleksandr) Tonkov durante a volta de abertura. Na Super Final, os pilotos MX2 começaram primeiro, então eu fui o primeiro líder da corrida. Em seguida, os pilotos da MX1 se juntaram a nós, tivemos uma boa batalha com Clement (Desalle) e Kevin (Strijbos), e nos alternamos na frente várias vezes. Finalmente Strijbos ganhou, mas eu fiquei feliz com a terceira posição. Foi a minha primeira corrida com a Kawasaki e eu estou realmente feliz com a moto. Vamos ter mais duas outras corridas, Valence e depois Mantova para nos prepararmos para o primeiro GP, mas eu já estou muito confiante", declarou.


Jordi Tixier, atual campeão mundial MX2, estreou na Kawasaki vencendo


Aleksandr Tonkov terminou as duas baterias da MX2 em segundo

Vídeos





Resultados

Pos Superfinal Vol Tempo Dif M vol Na vol Vel med
1 22 Kevin Strijbos 13 31:51.312   02:17.439 3 44.005 km/h
2 25 Clement Desalle 13 31:53.300 01.988 02:17.415 2 44.013 km/h
3 1 Jordi Tixier 13 31:57.785 06.473 02:18.691 3 43.608 km/h
4 59 Aleksandr Tonkov 13 31:58.907 07.595 02:18.365 3 43.71 km/h
5 259 Glenn Coldenhoff 13 32:16.908 25.596 02:18.668 3 43.615 km/h
6 24 Shaun Simpson 13 32:19.463 28.151 02:18.852 3 43.557 km/h
7 919 Ben Watson 13 32:52.371 01:01.059 02:20.371 1 43.086 km/h
8 152 Petar Petrov 13 33:14.236 01:22.924 02:19.955 3 43.214 km/h
9 685 Steven Lenoir 13 33:29.874 01:38.562 02:22.669 1 42.392 km/h
10 40 Tanel Leok 13 33:44.697 01:53.385 02:21.621 2 42.706 km/h
11 50 Martin Barr 13 33:49.797 01:58.485 02:23.954 2 42.013 km/h
12 125 Jamie Law 13 34:02.234 02:10.922 02:25.800 6 41.481 km/h
13 60 Brad Anderson 13 34:07.366 02:16.054 02:26.390 3 41.314 km/h
14 13 Mike Gijbertsen 13 34:22.858 02:31.546 02:25.416 3 41.591 km/h
15 272 Neville Bradshaw 13 34:37.421 02:46.109 02:27.324 4 41.052 km/h
16 111 Dean Ferris 12 32:05.210 1 lap 02:20.426 1 43.069 km/h
17 9 Arminas Jasikonis 12 32:12.302 1 lap 02:27.553 2 40.989 km/h
18 134 Liam Knight 12 32:13.558 1 lap 02:30.173 7 40.274 km/h
19 14 Rob Davidson 12 32:13.914 1 lap 02:27.423 6 41.025 km/h
20 303 Jake Milward 12 32:29.789 1 lap 02:30.008 7 40.318 km/h
Pos MX1 Soma das Baterias Pts Bat1 Bat2
1 22 Kevin Strijbos 50 25 25
2 25 Clement Desalle 44 22 22
3 259 Glenn Coldenhoff 38 18 20
4 24 Shaun Simpson 38 20 18
5 111 Dean Ferris 31 15 16
6 704 Ashley Wilde 29 14 15
7 40 Tanel Leok 28 16 12
8 50 Martin Barr 23 10 13
9 9 Arminas Jasikonis 22 8 14
10 125 Jamie Law 22 11 11
11 13 Mike Gijbertsen 22 12 10
12 10 Mike Vanderstraeten 18 9 9
13 180 Josh Spinks 13 5 8
14 151 Harry Kullas 13 6 7
15 60 Brad Anderson 13 13 0
Pos MX2 Soma das Baterias Pts Bat1 Bat2
1 1 Jordi Tixier 50 25 25
2 59 Aleksandr Tonkov 44 22 22
3 919 Ben Watson 40 20 20
4 685 Steven Lenoir 34 18 16
5 152 Petar Petrov 29 11 18
6 272 Neville Bradshaw 29 14 15
7 134 Liam Knight 29 15 14
8 14 Rob Davidson 26 13 13
9 303 Jake Milward 22 12 10
10 743 Jarno Derks 21 10 11
11 64 Thomas Covington 16 16 0
12 173 Luke Norris 12 0 12
13 723 Ashley Smith 12 3 9
14 278 Thomas Vermijl 12 4 8
15 326 Josh Gilbert 10 9 1






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet