X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Internacional

Hawkstone Park International Motocross - Inglaterra
Publicado em: 08/03/2010
Clique e saiba mais

Suzuki domina última das principais provas da pré temporada europeia, enquanto Kawasaki é destaque na abertura do Campeonato Francês de Motocross
Redação MotoX.com.br - Texto: Renato Fernandes - Fotos: Ray Archer e Divulgação


Steve Ramon


Max Nagl
Neste último fim de semana, 6 e 7 de março, aconteceu mais uma importante prova da pré temporada europeia, o Hawkstone Park International Motocross, na Inglaterra. Ao contrário das provas anteriores, como Mantova e Valence, dominadas por Cairoli e a KTM, desta vez foi a Suzuki quem colocou seus pilotos no lugar mais alto do pódio, tanto na MX1 quanto na MX2.

Considerada a última entre as principais provas que antecedem a abertura do mundial, o terreno formado por uma areia pesada e escura de Hawkstone, mostrou ser uma dura prova final para a preparação da temporada 2010. Seu traçado longo aproveita muito bem os acidentes naturais do terreno, o que a faz esta pista muito técnica, figurar entre as preferidas dos pilotos europeus.

Na MX1, mesmo tendo dificuldades com a pista e o cansaço na primeira bateria, Steve Ramon mudou a configuração de sua moto entre as baterias, conseguindo melhorar em muito sua performance, vencendo a segunda prova e garantindo a primeira colocação na somatória geral. Seu companheiro de equipe, Clement Desalle ficou com a quarta colocação geral, atrás de Max Nagl, segundo colocado e Tanel Leok, vencedor da primeira bateria. 


Ken Roczen


Clement Desalle
Contando com uma boa performance e o azar de seu principal adversário no dia, Ken Roczen deu à Suzuki sua segunda vitória geral na prova. Logo após a prova de Valence, duas semanas atrás, o alemão de apenas 15 anos de idade, cumpriu uma extensa rotina de treinos entre França e Bélgica, com um excelente resultado na prova inglesa. Mesmo perdendo a pole para o piloto KTM, Shaun Simpson, durante os treinos cronometrados, Roczen esteve imbatível durante as duas baterias, vencendo ambas.

Simpson não teve a mesma sorte. Na tentativa de acompanhar o forte ritmo do alemão durante a primeira bateria, sofreu uma forte queda e teve um corte abaixo do olho, além de um outro, bastante profundo no dedo. Levado ao hospital local, felizmente nada mais grave foi constatado, mas o piloto ficou ainda internado sob observação médica. Em segundo e terceiro, com atuações consistentes, ficaram Dennis Verbruggen e Jake Nicholls, respectivamente. 


Greg Aranda


Steven Frossard
Enquanto na Inglaterra o domínio foi da Suzuki, na abertura do Campeonato Francês de Motocross, a Kawasaki foi quem dominou. Na classe MX1, com Greg Aranda da Kawasaki Bud Racing vencendo as três baterias da prova. Steven Frossard, piloto do time CLS Kawasaki, levou a melhor na MX2, ficando com a vitória geral da categoria.

A menos de um mês da abertura do mundial, dia 4 de abril com o GP da Bulgária, Howkstone praticamente marca o fim das provas de pré temporada, resta agora às equipes e pilotos mais algumas semanas de treinos e ajustes nas preparações das motocicletas, enquanto que à nós, resta apenas aguardar o início da temporada 2010, que promete ser muito disputada tanto na MX1, como na MX2. Lembrando que o GP Brasil este ano será em Campo Grande (MS), dia 22 de agosto.

Resultados Hawkstone Park

MX1
1. Steve Ramon, 35 pontos
2. Max Nagl, 30 pontos
3. Tanel Leok, 30 pontos
4. Clement Desalle, 25 pontos
5. Gareth Swanepoel, 23 pontos

MX2
1. Ken Roczen, 40 pontos
2. Dennis Verbruggen, 32 pontos
3. Jake Nicholls, 26 pontos
4. Ceriel Klein Kromhof, 19 pontos
5. Nick Triest, Honda, 17 pontos






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet