X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Internacional

Starcross Mantova 2008 - Itália
Publicado em: 14/02/2008
Clique e saiba mais

Philippaerts estréia com vitória na Yamaha
Texto: Lucídio Arruda - Fotos: Divulgação / E. Tempestini


Jossh Coppins em batalha com Steve Ramon

O Starcross de Mantova mais uma vez abriu a temporada internacional do motocross na Europa. Normalmente o evento é o primeiro encontro do ano entre os principais candidatos ao título mundial.


Philippaerts venceu em sua estréia na Yamaha Rinaldi
Na edição 2008 a vitória ficou com um piloto italiano. David Philippaerts mostrou-se completamente adaptado à sua nova Yamaha e levou as honras de vencer o primeiro desafio do ano.

A vitória foi de Philippaerts, mas o espanhol Jonathan Barragan deixou boas impressões. Na verdade ótimas impressões. O piloto da KTM venceu as duas baterias que completou, na outra abandonou com problemas mecânicos. Muitos dos espectadores da competição já o classificam entre os principais favoritos do Mundial 2008.

A pista de Mantova tem características peculiares. Seu terreno é arenoso e escuro e muitos dos trechos da pista estão bem próximos do Supercross com grandes saltos e costelões.

Uma das tradições do evento é a disputa homem a homem que acontece pela manhã. Os melhores pilotos disputam eliminatórias de uma volta. Quem ganha segue para a próxima fase. O vencedor desta disputa foi o estoniano Tanel Leok que venceu Josh Coppins na final.

A principal ausência da competição foi do atual campeão mundial Antônio Cairoli que esteve presente como espectador. O italiano promete abrir sua temporada em Montevarchi dentro de algumas semanas.

Sem a presença de Cairoli o melhor piloto da MX2 - que em Mantova corre junto com a MX1 - foi o inglês Tommy Searle, a revelação do Mundial 2007 da categoria. O piloto muda-se em 2009 para os Estados Unidos e quer de qualquer forma deixar sua marca na Europa nesta temporada. Para isso nada melhor que o título mundial. Searle provou que está preparado para disputa que começa na Holanda em dois meses. 


Jonathan Barragan



O português Rui Gonçalves foi 3º na MX2
David Philippaerts:
" Foi um bom começo de ano e estou muito feliz pela equipe. A moto esteve muito bem hoje. Ela é muito rápida... talvez muito rápida para mim até agora. Na primeira bateria tive um pequeno problema com o freio e tive de dar uma rápida parada, mas ao final encontrei um bom traçado. Na segunda bateria estava determinado a vencer e passei muitos pilotos na primeira volta. Ao final estava tranquilo. Na terceira bateria Barragan estava muito rápido, mas por ter abandonado a segunda bateria ele estava mais descansado que o resto de nós. Ainda temos algum tempo até o primeiro GP e tenho certeza de estar na direção certa. Estou fortalecendo o físico e a moto melhora a cada semana. Estou especialmente satisfeito com minhas largadas de hoje."

Jonathan Barragan: "Foram dois dias bons para mim, mas ainda estamos a dois meses do início da campeonato e ainda não estou em meu ápice. Estive treinando nos Estados Unidos e ainda não tive muito contato com a nova moto, mas estou muito feliz com a nova equipe. Ter a KTM por trás ajuda muito. Espero que todos os GPs sejam como esta prova!"

Barragan retornou essa semana para Madrid. O piloto participará de duas estapas do Espanhol de Motocross antes de mudar-se para Bélgica onde treinará na areia durante 25 dias antes da abertura do mundial. 


Tommy Searle é um dos favoritos no Mundial 2008

Josh Coppins: "Estou feliz de ter acabado. Não gosto desta pista, caí no sábado e machuquei o ombro. Foi um final de semana difícil. Cheguei à final no homem a homem, mas o Leok me passou no triplo. Na primeira bateria caí na volta inicial e fui muito bem ao chegar em sétimo me recuperando de 15º ou 20º. Na segunda bateria fui bem, passei (Sebastien) Pourcel pela terceira posição, mas depois me enrolei com um retardatário e fiquei para trás. Na terceira diminuí o ritmo por causa do ombro. No final foram muitos erros e sofrer duas quedas não foi nada bom. Entretanto estamos no pódio o que no final das contas é bom. Andei na nova moto pela primeira vez esta semana e estou satisfeito com o que temos até agora."


Tanel Leok
Tanel Leok:
"No homem a homem de manhã não me arrisquei muito, não fui até o limite, mas afinal vencí o que é ótimo. Sempre é bom vencer, mas esse tipo de corrida é especial. Ela me ajudou a aquecer para a primeira bateria só que estava sem sorte e caí. Caí de novo na segunda bateria e consegui chegar em 7º. O melhor resultado foi na terceira prova. Larguei em quarto e cheguei a ficar em segundo. Não estava perdendo terreno, mas o Sol estava muito baixo o que deixou alguns saltos muito assustadores. No sábado caí por causa do Sol então tomei cuidado para não cometer nenhuma besteira."

Tommy Searle elogiou sua nova moto: "Fiquei feliz em vencer aquí. Minha velocidade está boa e gostei do novo quadro da moto. Esta é uma prova muito importante para mim, mas sei que todos vão melhorar até o início dos GPs. 

O atual campeão mundial da MX1 Steve Ramon não teve muita sorte na Itália e finalizou apenas na sexta posição geral. Competindo este ano pela Kawasaki, Kevin Strijbos - que finalizou muito forte a temporada 2007 - competiu com dores no ombro e foi 8º colocado.

Searle volta para casa na Inglaterra onde treinará cinco dias por semana até a abertura do mundial nos dias 5 e 6 de Abril em Valkenswaard.

Resultados


O time da Yamaha começou na frente em 2008
Bateria 1

1. Jonathan Barragan
2. David Philippaerts
3. Max Nagl
4. Marc de Reuver
5. Tyla Rattray
6. Steve Ramon
7. Josh Coppins
8. Seb Pourcel
9. Kevin Strijbos
10. Bas Verhoeven

Bateria 2
1. David Philippaerts
2. Marc De Reuver
3. Seb Pourcel
4. Josh Coppins
5. Steve Ramon
6. Kevin Strijbos
7. Max Nagl
8. Tanel Leok
9. Tommy Searle
10. Manuel Priem

Bateria 3
1. Jonathan Barragan
2. Tanel Leok
3. David Philippaerts
4. Josh Coppins
5. Tommy Searle
6. Manuel Priem
7. Kevin Strijbos
8. Steve Ramon
9. Max Nagl
10. Rui Goncalves

Geral MX1:
1. David Philippaerts
2. Josh Coppins
3. Jonathan Barragan
4. Marc De Reuver
5. Max Nagle
6. Steve Ramon
7. Tanel Leok
8. Kevin Strijbos
9. Sebastien Pourcel
10 Clement DeSalle

Geral MX2:
1. Tommy Searle
2. Gautier Paulin
3. Rui Goncavles
4. Shaun Simpson
5. Tyla Rattray
6. Martin Barr
7. Anthony Boissiere
8. Jeremy Tarroux
9. Manuel Monni
10. Pascal Leuret     






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet