X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Motocross

1ª etapa - Hangtown - CA
Publicado em: 22/05/2007

Carmichael e Towley  vencem abertura do campeonato. Balbi é 13º.
Texto: Lucídio Arruda - fotos: www.supercross.com


O verão norte-americano chegou e esquentou a abertura da temporada de motocross. O "aposentado" Ricky Carmichael surpreendeu o favorito James Stewart e faturou a categoria principal. Na Lites os pilotos da Kawasaki Ryan Villopoto e Ben Townley trocaram vitórias com o neozelandês ganhando na geral pelo critéirio de desempate.


Quem disse que aposentado não acelera? Ricky Carmichael venceu mais uma!
O Brasil também marcou presença em Hangtown com a 13ª colocação geral de Antônio Jorge Balbi depois de uma excelente segunda bateria onde quase chegou nos "top 10". Sua irmã Mariana também conquistou um bom resultado subindo com a 5ª posição na segunda etapa do WMA, o campeonato feminino.

A temporada 2007 do AMA Motocross trouxe novidades no formato de classificação eliminando as baterias classificatórias e adotando as tomadas de tempo no sábado para definição do gate de largada e dos 40 classificados em cada categoria.

E foi na tomada de tempos da Lites que aconteceu um fato inusitado, mas cada vez mais comum nos "States", que gerou multa para dois dos favoritos da Lites. Jason Lawrence e Ryan Villopoto se estranharam na pista durante algumas voltas. Vale comentar que os dois pilotos já carregam uma rixa da temporada de Supercross.

Com o treino encerrado os dois param lado a lado e começam a discutir. Villopoto simplesmente aplicou um "golpe ninja" acertando a roda dianteira de sua KXF na cabeça (felizmente protegida pelo capacete) de Lawrence e o que se seguiu foi um round de boxe com pitadas de karatê e jiu-jitsu. 

A direção da AMA decidiu desclassificar Lawrence e lhe aplicar uma multa de U$7500,00. Para Villopoto a penalidade foi de apenas U$2500,00. Após um pedido de desculpas público a desclassificação de Lawrence foi revertida e o piloto pôde largar no domingo com a 40ª escolha do gate.

Corridas


Tim Ferry
O traçado de Hangtown é considerado por muitos como o mais difícil da temporada. Para ajudar o terreno é recheado por pedras, nada mais animador para perseguir uma 450...

Na primeira largada James Stewart saiu na frente, mas Carmichael que cruzou a primeira curva em terceiro poucos metros adiante conseguiu a liderança. Carmichael ao longo da bateria abriu uma pequena vantagem de cerca de três segundos para Stewart. Ambos se distanciaram dos demais deixando o público de cabelo em pé com a incrível demonstração de velocidade.

O ponto decisivo da prova ocorreu por volta da metade da bateria quando Carmichael sofreu uma pequena queda numa curva travada. O piloto da Suzuki levantou rapidamente, mas Stewart
encostou definitivamente e algumas voltas depois o ultrapassou pela vitória. Carmichael cruzou dois segundos atrás do piloto da Kawasaki. Na terceira posição chegou Tim Ferry, mais de um minuto e dez segundos atrás.

Balbi chegou na 17ª posição. Disse que demorou para encontrar seu ritmo e só se acertou na pista na fase final da prova.

Nota: David Vuillemin parou no pit para trocar de óculos e perdeu várias posições para retornar à prova. Uma pedrada detonou a lente de tal forma que inpediu o francês de continuar com o mesmo óculos.


James Stewart
Motocross 2ª bateria

Na segunda largada foi o piloto da Honda David Millsaps que assumiu a liderança que durou cerca de uma volta. Ao final da segunda volta Carmichael e Stewart já demonstravam uma reedição da batalha vivida na primeira prova.

Mas desta vez o piloto da Suzuki parecia estar melhor preparado. Stewart sofreu uma queda ainda no início e depois, quando tentava recuperar terreno, sofreu outra queda em valetas numa reta danificando o manete de freio dianteiro.

Com Stewart na quarta posição Carmichael teve apenas que administrar a vantagem para vencer com onze segundos de vantagem para Millsaps. Tim Ferry foi novamente o terceiro colocado.

O brasileiro Antônio Jorge Balbi andou com mais confiança na segunda bateria conquistando um honroso 11º lugar. Na frente dele apenas pilotos de fábrica ou equipes semi-oficiais. O mineiro deixou para trás nomes como Jeff Alessi, Ryan Clark e Nick Wey (Em breve você confere mais detalhes de sua participação na sua coluna aqui no MotoX).


Ben Townley
No campeonato Carmichael lidera com quatro pontos de vantagem sobre Stewart. Porém como o piloto da Suzuki não competirá em todas as provas as chances de Stewart faturar mais um título são de 99,9%, segundo diria o matemático Oswald de Souza. 

Para quem notou a ausência de Chad Reed: o autraliano está desfrutando de seu novo contrato "Supercross only" e aproveita as férias para disputar algumas etapas do campeonato em sua terra natal. Reed deve participar apenas da etapa de Budds Creek para se preparar para o Motocross das Nações que acontece na mesma pista.

Lites - Briga boa a vista

Se o campeonato na categoria principal não deixa muitas esperanças ou especulações a respeito do título (a não ser que Carmichael mude de idéia) na Lites as coisas estão bem interessantes.

E a primeira bateria foi prova disso com quatro pilotos duelando pela liderança por boa parte da corrida. Josh Grant, Ryan Villopoto, Ben Townley e Ryan Dungey promoveram um espetáculo interessantíssimo durante boa parte das quinze voltas.

Villopoto chegou a assumir a liderança na quarta volta, mas sofreu uma queda e retornou na quarta posição. A disputa foi intensa até que depois de dois terços da corrida a dupla da Kawasaki começa a se distanciar dos outros dois.


Ryan Villopoto
Villopoto cruzou a bandeirada com Townley em seu encalço enquanto Dunguey venceu a batlalha pelo terceiro lugar com Grant. Em quinto lugar chegou Jason Lawrence que escolheu o útimo gate e completou a primeira volta na 13ª posição.

A segunda corrida contou uma história diferente. Townley largou na frente e não olhou para trás até o final. Villopoto começou em terceiro e logo estava próximo a seu companheiro de equipe, mas sofreu uma queda.

"Voltei numa posição que consegui ver Townley, mas a cada volta ele foi ganhando espaço. Tentei fazer algo a respeito, mas acho que ele acertou a pista melhor que eu." - disse Villopoto após a chegada.

Ben Townley: "Mudamos alguns acertos na suspensão e desta vez peguei a pista livre e pude imprimir meu próprio ritmo."

Ryan Dungey foi o terceiro novamente e Brett Metcalfe o quarto. Jason Lawrence foi novamente o quinto colocado largando do 40º gate.

A dupla da Kawasaki começa a temporada empatada na liderança deste que promete ser o ano das verdinhas nos Estados Unidos.


Steve Lamson em estilo retrô
Steve Lamson de volta!

Um dos fatos pitorescos desta etapa foi o retorno de Steve Lamson, campeão americano na 125cc em 95 e 96, que teve uma participação especial e exclusiva na abertura da temporada.

E ele trouxe o belo som das 2 tempos de volta. A equipe Factory Connection preparou especialmente uma Honda CR125 para o evento com os gráficos de 96.

O próprio Steve Lamson usou as roupas FOX da temporada do título! Com uma falta de potência visível em relação aos outros competidores Lamson ficou fora dos trinta primeiros nas duas baterias, o que não tirou o sorriso do rosto do veterano, que curtiu muito competir novamente no AMA.


WMA - Patterson permanece invicta

Entre as mulheres Jessica Patterson manteve a invencibilidade ao vencer as duas baterias da segunda etapa do campeonato feminino.

Patterson venceu a primeira bateria disputada sábado de manhã com a pista ainda virgem a frente de  Alisa Nix e Sarah Whitmore.

A segunda bateria aconteceu depois dos treinos do AMA o que deixou as condições do terreno bem difíceis para as garotas.

Quem chegou atrás de Patterson desta vez foi Tarah Gieger. Nix foi terceira  o que lhe valeu a segunda posição geral. Whitmore caiu e não completou a bateria.

Depois de chegar em 7º na primeira bateria Mariana Balbi conquistou a 5ª posição na segunda prova o que lhe valeu o quinto lugar tanto na segunda etapa como na classificação geral do campeonato.

O WMA prossegue em Junho na pista de Budds Creek. O AMA Motocross tem sua segunda etapa em Mt. Morris no High Point Raceway Park, próximo domingo.

Resultados

Pos. Pts. Moto 1 Moto 2 No. Motocross Bike
1 47 22 (2) 25 (1) 4 R. Carmichael Suz RM-Z450
2 43 25 (1) 18 (4) 7 J. Stewart Kaw KX450F
3 40 20 (3) 20 (3) 15 T. Ferry Kaw KX450F
4 38 16 (5) 22 (2) 118 D. Millsaps Hon CRF450R
5 31 15 (6) 16 (5) 8 G. Langston Yam YZ450F
6 30 18 (4) 12 (9) 14 K. Windham Hon CRF450R
7 28 13 (8) 15 (6) 29 A. Short Hon CRF450R
8 27 14 (7) 13 (8) 800 M. Alessi KTM 450SX
9 23 12 (9) 11 (10) 26 M. Byrne Suz RM-Z450
10 20 6 (15) 14 (7) 12 D. Vuillemin Hon CRF450R
11 20 11 (10) 9 (12) 801 J. Alessi KTM 450SX
12 18 10 (11) 8 (13) 32 R. Clark Hon CRF450R
13 14 4 (17) 10 (11) 965 A. Balbi Hon CRF450R
14 14 7 (14) 7 (14) 23 K. Lewis Hon CRF450R
15 9 9 (12) () 982 A. Narita Yam YZ450F
16 8 3 (18) 5 (16) 31 J. Thomas Hon CRF450R
17 8 8 (13) 0 (25) 90 C. Siebler Kaw KX450F
18 7 1 (20) 6 (15) 273 G. Gracyk Hon CRF450
19 5 2 (19) 3 (18) 81 A. Chatfield Hon CRF450R
20 5 5 (16) 0 (35) 74 K. Partridge Hon CRF450R
21 4 0 (39) 4 (17) 27 N. Wey Hon CRF450R
22 2 0 (36) 2 (19) 66 S. Skinner Hon CRF450R
23 1 0 (28) 1 (20) 77 D. Dehaan Hon CRF450R
Pos. Pts. Moto 1 Moto 2 No. Lites Bike
1 47 22 (2) 25 (1) 101 B. Townley Kaw KX250F
2 47 25 (1) 22 (2) 1 R. Villopoto Kaw KX250F
3 40 20 (3) 20 (3) 62 R. Dungey Suz RM-Z250
4 33 18 (4) 15 (6) 24 J. Grant Hon CRF250R
5 32 14 (7) 18 (4) 123 B. Metcalfe Kaw KX250F
6 32 16 (5) 16 (5) 338 J. Lawrence Yam YZ250F
7 28 15 (6) 13 (8) 52 T. Hahn Hon CRF250R
8 27 13 (8) 14 (7) 75 B. Tickle Yam YZ250F
9 20 9 (12) 11 (10) 577 M. Davalos KTM 250SXF
10 18 6 (15) 12 (9) 73 J. Weimer Hon CRF250R
11 17 8 (13) 9 (12) 609 M. Boni Kaw KX250F
12 12 12 (9) 0 (31) 33 M. Goerke Yam YZ250F
13 11 11 (10) 0 (33) 58 J. Hill Yam YZ250F
14 10 0 (34) 10 (11) 344 D. Klatt Yam YZ250F
15 10 5 (16) 5 (16) 141 S. Boniface Kaw KX250F
16 10 10 (11) 0 (28) 108 J. Rodrigues KTM 250SXF
17 8 0 (37) 8 (13) 630 M. Lemoine Yam YZ250F
18 7 0 (24) 7 (14) 622 K. Cunningham Yam YZ250F
19 7 7 (14) 0 (24) 48 K. Chisholm Kaw KX250F
20 6 0 (40) 6 (15) 56 D. Sani Yam YZ250F
21 4 0 (38) 4 (17) 30 A. Mcfarlane Suz RM-Z250
22 4 4 (17) 0 (32) 50 B. Laninovich Hon CRF250R
23 3 0 (25) 3 (18) 168 Z. Osborne KTM 250SXF
24 3 3 (18) 0 (38) 702 J. Albertson Suz RM-Z250
25 2 0 (22) 2 (19) 472 T. Sherman KTM 250SXF
26 2 2 (19) 0 (23) 121 B. Jesseman Yam YZ250F
27 1 0 (31) 1 (20) 532 R. Renner Hon CRF250R
28 1 1 (20) 0 (39) 47 K. Smith Suz RM-Z250

Resultados WMA

Pos Moto Nome Bat1 Bat2
1 1 HON Jessica Patterson 1 1
2 2 YAM Alisa Nix 2 3
3 68 YAM Tarah Gieger 6 2
4 33 KAW Elizabeth Bash 4 4
5 5 HON Mariana Balbi 7 5
6 105 KAW Tania Satchwell 5 7
7 334 YAM Tatum Sik 9 6
8 322 SUZ Leah Cantrell 10 10
9 75 HON Vanessa Florentino 13 8
10 12 HON Ashley Boham 11 11
Classificação Geral
1 1 Jessica R. Patterson 100
2 68 Tarah Gieger 81
3 2 Alisa M. Nix 78
4 33 Elizabeth Bash 66
5 5 Mariana Balbi 57
6 4 Sarah Whitmore 56
7 105 Tania Satchwell 53
8 322 Leah E. Cantrell 52
9 334 Tatum Sik 49
10 98 Katie Mcguire 45






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet