X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > AMA Motocross

2020 Thunder Valley - CO - 8ª etapa
Publicado em: 04/10/2020
Clique e saiba mais

Zach Osborne e Dylan Ferrandis se aproximam dos títulos
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Align Media / Simon Cudby


Largada 450

O circuito de Thunder Valley recebeu a penúltima etapa da encurtada temporada afetada pela pandemia. Com apenas nove etapas em vez das usuais 12, o campeonato 2020 premia a consistência, sem deixar, é claro, a velocidade de lado. Com menos etapas, qualquer resultado ruim fica muito mais difícil recuperar, e assim chegamos à final com dois candidatos em condições reais de alcançar o título.

Zach Osborne saiu de Thunder Valley com 24 pontos de vantagem sobre Adam Cianciarulo. O que significa que pode garantir o título já na primeira bateria na final caso marque dois pontos a mais que o rival da Kawasaki. Marvin Musquin e Eli Tomac ainda têm chances matemáticas, mas precisariam, praticamente, os dois ponteiros fora das corridas.

Vamos à algumas observações sobre a penúltima etapa em Thunder Valley:


Eli Tomac

Eli Tomac mostrou em Thunder Valley, principalmente na segunda bateria, aquele Eli Tomac nos dias em que acorda animado. Velocidade pura e quase invencível. Após o primeiro e tão desejado título no Supercross 450, todos esperavam um Tomac dominante no "outdoor". Mas não foi o que vimos. As duas primeiras etapas na lama e muitas canaletas não combinaram muito com seu estilo, e que pacificamente aceitou resultados intermediários em rodadas seguintes. Nada daquele espírito "carmichaeliano" de vencer ou morrer tentando.

Correndo em seu estado natal, Tomac retornou ao topo do pódio: "Finalmente fiz uma corrida em que me senti eu mesmo. Na primeira bateria fiquei longe dos líderes no começo, mas na segunda larguei mais próximo da ponta. Tive um problema na embreagem, mas se consertou sozinho. Nós realmente precisávamos disso. É bom ter um dia como este e voltar ao topo.”


Adam Cianciarulo

Já, ninguém pode acusar Cianciarulo de fazer corpo mole. O segundo piloto da Kawasaki, que neste campeonato assumiu a disputa pelo briga do título, andou boa parte do tempo beirando o limite. Mesmo na primeira bateria, que liderou de ponta a ponta até com certa tranquilidade, passou por alguns pequenos sustos. Lembremos que algumas quedas em etapas passadas prejudicaram muito o campeonato de Cianciarulo, que poderia estar agora numa situação mais equilibrada em relação a Osborne.

A segunda bateria foi um retrato perfeito da tocada no fio da navalha de Cianciarulo. Quando pressionado por Osborne, errou feio em um salto, cedendo a segunda posição. Logo depois veio muito quente para tentar recupera-la e por pouco não acertou em cheio o adversário. Acabou saindo da pista e perdendo contato com Osborne. Ao fim do dia CIanciarulo ganhou 5 pontos sobre Osborne, mas foi pouco para mudar o cenário geral.

"Estou frustrado por não ter conseguido dominar hoje. Na Bateria 1 lideramos do início ao fim com uma boa pressão por trás. Na segunda chegamos à frente na primeira volta, mas cometi alguns pequenos erros que acabaram por se somar e me custar duas posições. Tento me lembrar que esta é apenas minha temporada de estreia (na 450), mas também sei que tenho  é preciso para vencer se conseguir limpar alguns desses pequenos erros ao longo da corrida."
 

Zach Osborne

Para Osborne a etapa também não foi nada fácil. Chocou-se na primeira bateria com outro piloto e correu com dores no tornozelo. Normalmente os concorrentes ao título tentam de toda forma esconder suas fraquezas dos adversários, mas Osborne desafivelou a bota imediatamente após a bandeirada em ambas as baterias, deixando claro que algo não estava bem.

Após um apenas razoável quinto lugar na primeira, Osborne partiu na segunda corrida disposto a mostrar força na reta final do campeonato. Não conseguiu segurar nem acompanhar Tomac, mas pressionou e se aproveitou dos erros de Cianciarulo.

"Na segunda curva, meu pé foi atingido e conforme a corrida seguia menos eu podia senti-lo”, explicou o líder do campeonato. “Recebi uma massagem antes da segunda bateria e a adrenalina me carregou. Tive uma dormência no meio da corrida, mas consegui terminar forte e conseguir um bom resultado. Definitivamente não estava na minha zona de conforto hoje, então corri um pouco pelos pontos. Estamos ansiosos para a próxima semana.”


Chase Sexton

O segundo lugar na primeira bateria foi o melhor resultado de Chase Sexton até o momento na categoria principal.


Justin Barcia

Justin Barcia foi quinto na primeira bateria, mas caiu e abandonou a segunda.


Max Anstie

Max Anstie trouxe sua velocidade, mas também a costumeira inconsistência de resultados da Europa. Mescla corridas muito boas com outras onde erros no início o obrigam a provas de recuperação. É a melhor Suzuki na classificação geral e está decidido a permanecer nos EUA em 2021.

250 - Dylan Ferrandis e Jeremy Martin na briga


Largada 250

Na classe 250 apenas Dylan Ferrandis e Jeremy Martin têm chances reais e matemáticas de alcançar o título. O terceiro colocado Shane McElrath já está a nada menos que 98 pontos do líder, mostrando que a turma mais jovem (em sua maioria) tem maior variação dos resultados ao longo da temporada.


Justin Cooper

Uma coisa que também ficou clara e até já deixou de ser questionada é a superioridade dos motores da equipe Star Racing Yamaha. Invariavelmente uma delas faz o holeshot, mas em Thunder Valley a equipe fez 1-2-3 na primeira bateria - enquanto a Geico Honda dez 4-5-6-7.

Após assumir a ponta ao redor dos 10 minutos de bateria, Ferrandis distanciou-se na liderança garantindo uma vitória tranquila, enquanto Justin Cooper atacava McElrath até conseguir o segundo posto. Jeremy Martin chegou na quarta posição.

Dylan Ferrandis

Na segunda bateria Ferrandis caiu quando se atrapalhou com a disputa entre Brandon Hartranft e Hunter Lawrence, ainda no início. Ficou fora dos dez primeiros, mas conseguiu ainda uma terceira posição, que lhe garantiu uma condição razoavelmente favorável para a final.

Na frente Justin Cooper liderou toda a bateria, apesar de pressionado por Jeremy Martin, principalmente na metade da prova, quando a diferença entre os dois caiu para menos de um segundo. Ao final Cooper comemorou não só a vitória na bateria, mas sua primeira vitória geral na temporada.


Jeremy Martin



Pódio 450 com Adam Cianciarulo, Eli Tomac e Zach Osborne



Pódio 250 com Dylan Ferrandis, Justin Cooper e Jeremy Martin

Vídeos





Resultados

P # 450 Moto B1 B2 Pts
1 1 Eli Tomac KAW KX450 3 1 45
2 9 Adam Cianciarulo KAW KX450 1 3 45
3 16 Zachary Osborne HQV FC450 RE 4 2 40
4 23 Chase Sexton HON CRF450R WE 2 5 38
5 62 Christian Craig HON CRF450R 7 4 32
6 25 Marvin Musquin KTM 450 SX-F FE 6 8 28
7 103 Max Anstie SUZ RMZ 450 9 6 27
8 50 Benny Bloss HQV FC450 14 7 21
9 19 Justin Bogle KTM 450 SX-F FE 12 9 21
10 78 Jake Masterpool HQV FC450 13 10 19
11 31 Fredrik Noren SUZ RMZ 450 11 13 18
12 51 Justin Barcia YAM YZ 450F 5 37 16
13 4 Blake Baggett KTM 450 SX-F FE 8  - 13
14 43 John Short HON CRF450R 17 12 13
15 349 Grant Harlan HON CRF450R WE 20 11 11
16 258 Justin Rodbell KAW KX 450F 16 15 11
17 42 Ben LaMay KTM 450 SX-F 15 16 11
18 20 Broc Tickle YAM YZ 450F 10 39 11
19 79 Isaac Teasdale SUZ RMZ 450 18 14 10
20 34 Tyler Bowers KAW KX 450F 19 18 5
21 309 Jeremy Smith KAW KX450 21 17 4
22 141 Richard Taylor YAM YZ 450F 23 19 2
23 647 Matthew Hubert KAW KX450 28 20 1

P # 250 Moto B1 B2 Pts
1 32 Justin Cooper YAM YZ 250F 2 1 47
2 14 Dylan Ferrandis YAM YZ 250F 1 3 45
3 6 Jeremy Martin HON CRF250R 4 2 40
4 12 Shane McElrath YAM YZ 250F 3 5 36
5 35 Hunter Lawrence HON CRF250R 5 4 34
6 83 Jett Lawrence HON CRF250R 6 6 30
7 84 Jo Shimoda HON CRF250R 7 8 27
8 74 Mitchell Harrison KAW KX 250 8 9 25
9 134 Jarrett Frye YAM YZ 250F 9 10 23
10 220 Carson Mumford HON CRF250R 13 11 18
11 26 Alex Martin SUZ RMZ 250 12 12 18
12 374 Dilan Schwartz SUZ RMZ 250 10 15 17
13 488 Nathanael Thrasher YAM YZ 250F 11 16 15
14 30 Brandon Hartranft KTM 250 SX-F FE 22 7 14
15 60 Mitchell Falk YAM YZ 250F 14 14 14
16 355 Joseph Crown YAM YZ 250F 40 13 8
17 380 Preston Kilroy SUZ RMZ 250 15 19 8
18 387 Joshua Varize KTM 250 SX-F 19 18 5
19 67 Jerry Robin HQV FC250 16 37 5
20 667 Jesse Flock HQV FC250 21 17 4
21 227 Derek Kelley HQV FC250 18 20 4
22 68 Nick Gaines YAM YZ 250F 17 40 4
23 726 Gared Steinke KAW KX 250 23 21 0
24 57 Derek Drake KTM 250 SX-F FE 20   1

Classificação Geral
P # 450 Total
1 16 Zachary Osborne 325
2 9 Adam Cianciarulo 301
3 25 Marvin Musquin 283
4 1 Eli Tomac 278
5 23 Chase Sexton 245
6 51 Justin Barcia 234
7 4 Blake Baggett 232
8 62 Christian Craig 195
9 103 Max Anstie 166
10 17 Joseph Savatgy 147
11 20 Broc Tickle 145
12 31 Fredrik Noren 125
13 15 Dean Wilson 97
14 19 Justin Bogle 93
15 78 Jake Masterpool 82
16 258 Justin Rodbell 69
17 50 Benny Bloss 68
18 48 Henry Miller 59
19 21 Jason Anderson 58
20 43 John Short 34
21 42 Ben LaMay 32
22 75 Coty Schock 31
23 2 Cooper Webb 29
24 349 Grant Harlan 29
25 79 Isaac Teasdale 29
26 34 Tyler Bowers 28
27 309 Jeremy Smith 22
28 700 Justin Hoeft 17
29 11 Kyle Chisholm 15
30 443 Luke Renzland 11
31 647 Matthew Hubert 11
32 154 Chase Felong 8
33 61 Alex Ray 7
34 711 Tristan Lane 5
35 577 Felix Lopez 5
36 72 Robbie Wageman 4
37 841 Jeffrey Walker 4
38 503 McClellan Hile 3
39 281 Cory Carsten 3
40 412 Jared Lesher 3
41 794 Bryce Backaus 2
42 141 Richard Taylor 2
P # 250 Total
1 14 Dylan Ferrandis 352
2 6 Jeremy Martin 334
3 12 Shane McElrath 254
4 32 Justin Cooper 251
5 26 Alex Martin 242
6 83 Jett Lawrence 230
7 24 RJ Hampshire 217
8 29 Cameron Mcadoo 165
9 74 Mitchell Harrison 163
10 30 Brandon Hartranft 148
11 84 Jo Shimoda 141
12 220 Carson Mumford 134
13 35 Hunter Lawrence 122
14 57 Derek Drake 107
15 239 Mason Gonzales 75
16 117 Stilez Robertson 70
17 68 Nick Gaines 62
18 134 Jarrett Frye 55
19 41 Ty Masterpool 54
20 163 Pierce Brown 36
21 373 Hardy Munoz 33
22 67 Jerry Robin 33
23 355 Joseph Crown 32
24 157 Darian Sanayei 24
25 374 Dilan Schwartz 22
26 352 Jalek Swoll 19
27 227 Derek Kelley 19
28 194 Lance Kobusch 18
29 488 Nathanael Thrasher 15
30 251 Ezra Hastings 14
31 60 Mitchell Falk 14
32 387 Joshua Varize 12
33 667 Jesse Flock 12
34 726 Gared Steinke 11
35 130 Austin Root 9
36 380 Preston Kilroy 8
37 77 Kevin Moranz 7
38 874 Zack Williams 6
39 39 Jordan Bailey 6
40 162 Maxwell Sanford 4
41 221 Mathias Jorgensen 4
42 981 Curren Thurman 2









© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet