X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Mundial de Motocross

2020 Letônia - Kegums - 3ª etapa - MXGP da Letônia
Publicado em: 16/08/2020
Clique e saiba mais

Mundial de Motocross retornou na Letônia, com a histórica vitória de Glenn Coldenhoff com a GasGas
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Juan Pablo Acevedo / Bavo Swijgers

O ano de 2020 tem sido um grande desafio para todas as modalidades esportivas profissionais. Vários eventos grandiosos e tradicionais, como as Olimpíadas, foram simplesmente cancelados enquanto as competições motorizadas buscaram alternativas para completar a temporada, com ajustes radicais em seus calendários e localidades. Após cinco meses paralisado, o Mundial de Motocross entra em ritmo expresso para completar o maior número de etapas possível na temporada.


Largada MXGP

O tradicional circuito de Kegums, na Letônia, foi escolhido como ponto de partida para o recomeço, com três etapas em oito dias. Pilotos e equipes retomaram a ação seguindo o novo protocolo padrão e público limitado a 3 mil pessoas, sem direito a circulação pelos boxes. Obviamente a limitação apaga um pouco o brilho do espetáculo, mas ainda assim é uma grande vantagem em relação a diversos outros esportes que retomaram as atividades sem público nenhum.

Além das restrições sanitárias, a organização alterou a programação das etapas para concentrar tudo num dia só, com treinos livres, treinos classificatórios e as duas baterias valendo pontos. A tradicional corrida classificatória de sábado foi eliminada. As mudanças foram bem recebidas por equipes e pilotos já que o tempo de recuperação entre etapas ficou bem restrito. Parte do calendário reformado prevê nada menos que nove etapas em 45 dias! Algo nunca imaginado na história do campeonato.

Equilíbrio e marco histórico para a GasGas


Pódio MXGP com Tim Gajser, Glenn Coldenhoff e Romain Febvre. Jeffrey Herlings mantém a liderança no campeonato.

Os puristas podem dizer que as motocicletas não tem um parafuso legitimamente GasGas, mas qual seria a probabilidade da marca chegar ao topo de um campeonato tão disputado como o Mundial de Motocross com as próprias pernas? A KTM, como bem sabemos - e a recente vitória de Brad Binder na MotoGP é prova disso - não entra num jogo para perder. A rede de distribuição mundial será ampliada e as competições serão o principal canal de marketing da marca. Inclusive a GasGas aproveitou o período de pausa para desenhar os plásticos próprios da marca, que devem equipar os modelos que em breve serão disponibilizados ao público.

E Glenn Coldenhoff foi o responsável por colocar a GasGas no topo do pódio pela primeira vez na história do campeonato. Foram duas belas batalhas contra Tim Gajser. Na primeira bateria, Coldenhoff ultrapassou o piloto da Honda e tentou apertar o ritmo para abrir alguma distância. Acabou errando e saindo da pista, entregando a ponta ao rival.

Na segunda bateria a disputa se repetiu, mas o holandês foi capaz de sustentar a liderança por mais tempo e então o erro definidor do GP foi de Gajser, que perdeu completamente o controle na difícil seção de "ondas" de Kegums.


MXGP da Letônia - Circuito de Kegums

Destaques na etapa para Jeremy Seewer, que mostrou-se muito rápido na segunda bateria e chegou a ameaçar Coldenhoff no final; Romain Fevbre, que após se acidentar no começo do ano, apresentou excelente recuperação colocando a Kawasaki no pódio.

Já para a KTM, que alinha na MXGP exclusivamente com campeões mundiais, a relargada do campeonato não foi das melhores. Jeffrey Herlings teve duas provas difíceis se recuperando de más largadas. Apesar disso ainda salvou dois quarto lugares para ser quarto geral e manter a liderança na pontuação. Jorge Prado, piloto que se machucou duas vezes no início do ano e, de certa maneira, teve a temporada salva pela pandemia, não conseguiu pilotar no ritmo dos ponteiros e fez 8-7 para sétimo no geral.

Para Antonio Cairoli a etapa foi desastrosa. Uma má largada na primeira bateria o limitou ao 7º lugar na bandeirada. A segunda foi ainda mais difícil com uma queda na largada, onde demorou para retornar e completou apenas em 17º.

Confira abaixo o que disseram os pilotos neste reinício de campeonato.

Glenn Coldenhoff (GASGAS)


Glenn Coldenhoff


“O que dizer? Foi um ótimo dia! Depois das classificatórias, ajustamos a minha suspensão e valeu a pena. Larguei em segundo na primeira corrida, quase fiz o holeshot e na terceira volta assumi a ponta. Depois de algumas voltas, tinha uma raiz bem na linha que eu estava, acertei a raiz e saí da pista. Consegui voltar rápido para a prova, mas tarde demais para recuperar. Terminei em segundo. Na bateria seguinte, outra largada boa e com holeshot! Foi uma prova difícil, especialmente no final, mas estou feliz de ter vencido, especialmente porque é apenas o terceiro GP com a GASGAS. Eu realmente gostei do formato de prova em um dia apenas”.


Tim Gajser (Honda)

Tim Gajser

“Eu fiz largadas consistentes em ambas as baterias, com holeshot na primeira e logo atrás do Coldenhoff na segunda. Então estou feliz com o resultado. Minha classificatória também foi boa, com direito à primeira escolha do gate. E foi bom ver que fomos capazes de nos adaptar rápido ao novo formato. Infelizmente, depois da vitória na primeira bateria, eu tive uma queda nas ondulações na segunda, enquanto tentava alterar meu traçado para brigar pela liderança. Fiz o meu melhor para voltar rápido, mas caí para quinto.

Óbvio que eu gostaria de ter feito a ultrapassagem, mas não deu certo e em vez disso precisei me contentar com o segundo na overall. A diferença do campeonato cai para quatro pontos, então estou feliz com isso e animado para as próximas etapas”.


Romain Febvre (Kawasaki)


Romain Febvre

“É meu primeiro GP com a Kawasaki e já estamos no pódio. Eu quero mais! Estou muito feliz, não só por mim, pela equipe também. Foi um caminho longo depois da minha lesão logo antes do início da temporada em fevereiro, foi decepcionante. Faz quase um ano desde o meu último GP, enquanto isso todos os outros continuaram treinando e competindo, então estou feliz com esse resultado. Fizemos muitas mudanças durante o inverno – moto nova e equipe nova – mas me sinto bem com ambas. Mostrei que tenho velocidade nas classificatórias, agora preciso ser consistente. Minha primeira largada foi muito boa, estava em segundo, mas na segunda curva encostei no Seewer e perdi algumas posições. Encontrei um ritmo bom para ficar em terceiro. Na segunda largada, Jasikonis acertou o gate e o Herlings cortou minha frente, mas eu estava por dentro da curva, então tive um começo razoável. Fui mais rápido que os líderes perto do final, mas eles estavam fortes e fiquei satisfeito com o terceiro posto. Ainda não voltei ao topo, mas logo estarei lá!”.

Jeffrey Herlings (KTM)


Jeffrey Herlings

“Hoje poderia ter sido melhor. Foram algumas largadas ruins e na primeira bateria estava muito devagar no início. Vim da última para a quarta posição, mas desperdicei muita energia nisso. Definitivamente, não estou satisfeito, mas retornamos agora e já sei o que fazer para a próxima etapa ser melhor”.


Jeremy Seewer (Yamaha)


Jeremy Seewer

“Precisamos levar em conta que temos três GPs em uma semana, então é muito importante se manter inteiro. Qualquer queda pode te deixar dolorido e alguns dias depois pior ainda. Na primeira corrida, comecei calmo, recuei um pouco, ainda estava em modo de segurança depois de tanto tempo sem correr. Não queria cometer o erro de ir fundo cedo demais e consegui pegar o ritmo conforme a prova evoluía. Terminei em quinto. Na segunda bateria, senti que conhecia melhor a pista e precisava acelerar para vencer. Quase alcancei o Coldenhoff na última volta, mas não deu e perdi o pódio”.

Clemente Desalle (Kawasaki)


Clement Desalle

“Com certeza, meu final de semana foi decepcionante. Na primeira bateria, relei no Tonus e não achei um bom ritmo na pista. Minha segunda largada foi melhor, os dez primeiros minutos foram OK, mas não consegui manter a pegada”.

Tony Cairoli (KTM)


Antonio Cairoli e Jorge Prado

“Hoje foi bem difícil. Recomeçar depois de cinco meses com certeza seria complicado, não sabíamos qual seria o ritmo da prova, mas eu sabia que tinha treinado bem e poderia ter bons resultados. O único problema foram as minhas largadas e é uma característica dessa pista, não tem muitos pontos de ultrapassagem e fica difícil alcançar o pelotão. Na primeira bateria, fiquei feliz com o sétimo lugar. Na segunda, pensei em largar pela vitória, para falar a verdade, mas tive problemas de novo na primeira curva e fui atropelado por outro piloto. Torci meu joelho de novo. Este não é o resultado que queríamos, mas vi que muitas pessoas tiveram problemas nessa prova. Não entraremos em pânico, porém queremos nos sair bem melhor.”

MX2 - Tom Vialle conquista vitória importante para o campeonato


Largada MX2

Entre as motos 250cc, a única certeza é que teremos um novo campeão mundial este ano. Outra coisa que está ficando clara é que a KTM tem uma visão cirúrgica na escolha dos pilotos: o francês Tom Vialle mostrou que está melhor preparado este ano e pronto para brigar pelo título. Também pode-se notar que o belga Jago Geerts será seu principal adversário este ano. Ambos mostraram em Kegums velocidade meio degrau acima dos demais, porém Geerts complicou sua própria vida com duas quedas na primeira bateria. Assim Vialle conquistou a vitória com certa tranquilidade, enquanto atrás a disputa foi interessante entre um batalhão de jovens e talentosos pilotos. Destaque para Roan van de Moosdjik e Ruben Fernandez.

Na segunda bateria, tivemos uma batalha épica entre Vialle e Geerts. Geerts tomou a ponta do francês que a recuperou a duas voltas da bandeirada, mas na última volta Geerts voltou a atacar e aproveitou-se do fato de Vialle estar usando as suas últimas reservas de energia. Entretanto seu resultado ruim na primeira bateria, permitiu que Vialle abrisse 22 pontos no campeonato.

Tom Vialle (KTM)


Tom Vialle

“Foi um bom final de semana e estou muito feliz. Tinha muita água na pista de manhã, mas me senti confortável na moto na hora das corridas e fiz boas largadas. O Jago (Geerts) caiu na primeira bateria e fiquei tranquilo na liderança. Tivemos uma boa briga na segunda bateria e trocamos de posições na última volta. Foi uma disputa interessante e fiquei feliz de ultrapassá-lo no final, pois já estava cansado. No fim, cometi um erro e ele me alcançou. Foi por pouco! Mas estou feliz pela vitória no GP”.

Roan van de Moosdijk (Kawasaki)


Roan van de Moosdijk

“Tive duas boas largadas, mantive a calma e a consistência. Fiz uma corrida de cada vez. A pista ficou muito difícil depois das provas do Europeu e com esse período de seca, ficou com linhas e solavancos muito marcados. Mas encontramos boas soluções na suspensão e eu sabia que os outros pilotos com certeza cometeriam erros. Segundo lugar é o melhor resultado de GP da minha carreira e gostaria de dedicar esse sucesso ao meu avô que infelizmente faleceu na semana passada.”

Mathys Boisrame (Kawasaki)


Mathys Boisrame

“É ótimo ter um dia bom aqui! Estava feliz com a pole position na classificatória, mas a primeira corrida não foi fácil, já que estraguei meu freio diante na largada quando encostei em outro piloto, correr aqui sem freio não é fácil, mas mantive a calma, sem erros, fiquei feliz com a quarta posição e sabia que podia ir melhor na segunda bateria. Me senti melhor na segunda corrida, estava com tempos bons, estava perto do pelotão, logo atrás de Vialle e Geerts, mas o objetivo era chegar no pódio”.

Rene Hofer (KTM)


Rene Hofer

“A primeira bateria foi maravilhosa. Alcancei o quarto lugar rapidamente e fiquei dentro do top 5. Ainda tinha energia, mas cometi alguns erros e fiquei sem tempo para atacar o Boisrame. Na segunda bateria, estava na briga com outro piloto e alguém bateu em mim, destruindo minha roda dianteira e não consegui continuar. Estou um pouco dolorido agora, mas devo estar melhor na quarta-feira”.

Jed Beaton (Husqvarna)


Jed Beaton

“As classificatórias foram boas e estou feliz com minha velocidade. Tive uma boa largada na primeira prova, mas peguei uma raiz na entrada de uma curva e caí. Então fui para último e tentei alcançar o pelotão, quando estava em 18º alguém me tirou da pista. Então, todo o trabalho foi por água a baixo e tive que recomeçar. Gastei muita energia durante toda a prova. Na segunda bateria, não tive a melhor das largadas e fiquei em oitavo, então puxei e alcancei o sexto posto”.

Thomas Kjer Olsen (Husqvarna)


Thomas Kjer Olsen

“É ótimo estar de volta, mesmo eu não sabendo se poderia correr. Na última quarta, sofri uma grande queda, fraturei minha omoplata, meu pescoço e ombro estão muito doloridos. A classificatória foi uma luta hoje, mas alinhei para a primeira prova só para ver o que poderia fazer. Tive uma boa largada e adrenalina tomou conta. Fiquei em sexto durante muito tempo, mas no final estava com muitas dores e a pista tinha muitos solavancos. Tive uma corrida melhor na segunda bateria. Não foi uma ótima largada, mas consegui avançar e terminei em novo. Ou seja, pontuei ao menos”.

Ben Watson (Yamaha)


Ben Watson

“Sinceramente, é muito bom estar aqui de novo. Fazem meses desde a última vez! Voltar a competir é ótimo e espero que dê para continuar. Foi um dia estranho, agora ao final já completamos toda a etapa e anteriormente teria sido só a classificatória até agora. As largadas me decepcionaram, mas fiquei feliz com meu desempenho”.

Jago Geerts (Yamaha)


Jago Geerts

“Foi um dia difícil. Tive um treino bom, mas na primeira prova cai forte duas vezes e terminei em 16º apenas, então não foi nada bom. Na segunda bateria, larguei bem em terceiro e fiz meu caminho até a ponta. Então essa foi uma prova boa e espero fazer mais provas assim”.

Vídeos







Resultados

P. # MXGP Bateria 1 País M V Diff Gap M.V. na V Speed
1 243 Gajser, Tim SLO Hon 17 34:47.632 0:00.000 1:57.900 1 54.3
2 259 Coldenhoff,Glenn NED GASGAS 17 0:01.912 0:01.912 1:57.880 2 54.3
3 3 Febvre, Romain FRA Kaw 17 0:04.757 0:02.845 1:58.085 2 54.2
4 84 Herlings,Jeffrey NED KTM 17 0:05.903 0:01.146 1:59.381 14 53.6
5 91 Seewer, Jeremy SUI Yam 17 0:07.037 0:01.134 1:59.248 11 53.7
6 27 Jasikonis,Arminas LTU Hus 17 0:11.673 0:04.636 1:58.796 3 53.9
7 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 17 0:22.461 0:10.788 1:59.648 4 53.5
8 61 Prado, Jorge ESP KTM 17 0:24.847 0:02.386 1:58.964 2 53.8
9 21 Paulin, Gautier FRA Yam 17 0:41.423 0:16.576 2:00.312 7 53.2
10 89 Van Horebeek,Jeremy BEL Hon 17 0:47.902 0:06.479 2:00.043 6 53.3
11 10 Vlaanderen,Calvin NED Yam 17 0:52.494 0:04.592 1:59.836 6 53.4
12 25 Desalle, Clement BEL Kaw 17 0:58.720 0:06.226 1:59.512 1 53.6
13 747 Cervellin,Michele ITA Yam 17 1:07.383 0:08.663 2:01.223 4 52.8
14 6 Paturel, Benoit FRA Hon 17 1:10.535 0:03.152 2:01.586 5 52.7
15 911 Tixier, Jordi FRA KTM 17 1:16.468 0:05.933 2:01.644 13 52.6
16 4 Tonus, Arnaud SUI Yam 17 1:21.575 0:05.107 1:59.098 2 53.8
17 152 Petrov, Petar BUL KTM 17 1:22.919 0:01.344 2:03.078 4 52
18 189 Bogers, Brian NED KTM 17 1:34.077 0:11.158 2:01.562 3 52.7
19 43 Evans, Mitchell AUS Hon 17 1:36.078 0:02.001 2:02.399 3 52.3
20 116 Sabulis, Karlis LAT KTM 17 1:39.725 0:03.647 2:03.183 6 52
21 77 Lupino,Alessandro ITA Yam 17 1:48.934 0:09.209 2:03.392 3 51.9
22 7 Leok, Tanel EST Hus 17 2:17.738 0:28.804 2:04.540 6 51.4
23 391 Karro, Matiss LAT Hus 16 1 lap 1 lap 2:05.108 4 51.2
24 29 Jacobi, Henry GER Yam 16 1 lap 0:03.250 2:03.044 3 52
25 211 Lapucci,Nicholas ITA KTM 16 1 lap 0:05.996 2:04.615 1 51.4
26 811 Sterry, Adam GBR KTM 16 1 lap 0:04.986 2:02.951 3 52.1
27 777 Bobryshev,Evgeny RUS Hus 16 1 lap 0:16.711 2:04.547 1 51.4
28 64 Covington,Thomas USA Yam 16 1 lap 0:01.831 2:05.993 3 50.8
29 226 Koch, Tom GER KTM 16 1 lap 0:02.010 2:06.781 3 50.5
30 555 Guryev, Artem RUS Hon 16 1 lap 0:02.547 2:06.301 5 50.7
31 92 Guillod,Valentin SUI Hon 16 1 lap 1:10.665 2:05.297 6 51.1
32 128 Monticelli, Ivo ITA GASGAS 11 6 laps 5 laps 2:00.626 4 53.1
33 321 Bernardini,Samuele ITA Yam 8 9 laps 3 laps 2:05.454 4 51
34 24 Simpson, Shaun GBR KTM 6 11 laps 2 laps 2:02.415 2 52.3
35 297 Gole, Anton SWE Hon 5 12 laps 1 lap 2:03.324 1 51.9

P. # MXGP Bateria 2 País M V Diff Gap M.V. na V Speed
1 259 Coldenhoff,Glenn NED GASGAS 17 34:42.555 0:00.000 1:58.565 3 54
2 91 Seewer, Jeremy SUI Yam 17 0:01.225 0:01.225 1:59.191 3 53.7
3 3 Febvre, Romain FRA Kaw 17 0:18.203 0:16.978 1:59.399 10 53.6
4 84 Herlings,Jeffrey NED KTM 17 0:21.007 0:02.804 1:58.590 4 54
5 243 Gajser, Tim SLO Hon 17 0:23.205 0:02.198 1:59.240 1 53.7
6 27 Jasikonis,Arminas LTU Hus 17 0:24.274 0:01.069 1:59.345 3 53.6
7 61 Prado, Jorge ESP KTM 17 1:03.287 0:39.013 1:58.912 4 53.8
8 6 Paturel, Benoit FRA Hon 17 1:07.883 0:04.596 2:01.680 6 52.6
9 911 Tixier, Jordi FRA KTM 17 1:15.846 0:07.963 2:02.376 5 52.3
10 25 Desalle, Clement BEL Kaw 17 1:18.969 0:03.123 1:59.725 4 53.5
11 21 Paulin, Gautier FRA Yam 17 1:19.826 0:00.857 2:01.648 2 52.6
12 10 Vlaanderen,Calvin NED Yam 17 1:27.419 0:07.593 2:02.668 6 52.2
13 189 Bogers, Brian NED KTM 17 1:31.309 0:03.890 2:01.262 1 52.8
14 747 Cervellin,Michele ITA Yam 17 1:32.793 0:01.484 2:02.386 2 52.3
15 77 Lupino,Alessandro ITA Yam 17 1:33.114 0:00.321 2:03.680 2 51.8
16 29 Jacobi, Henry GER Yam 17 1:34.909 0:01.795 2:02.669 4 52.2
17 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 17 1:34.987 0:00.078 2:02.528 16 52.2
18 43 Evans, Mitchell AUS Hon 17 1:51.409 0:16.422 2:02.788 5 52.1
19 116 Sabulis, Karlis LAT KTM 17 1:52.721 0:01.312 2:03.829 6 51.7
20 7 Leok, Tanel EST Hus 17 1:54.137 0:01.416 2:04.518 15 51.4
21 777 Bobryshev,Evgeny RUS Hus 16 1 lap 1 lap 2:02.913 6 52.1
22 391 Karro, Matiss LAT Hus 16 1 lap 0:16.474 2:03.966 3 51.6
23 811 Sterry, Adam GBR KTM 16 1 lap 0:07.997 2:05.121 4 51.2
24 211 Lapucci,Nicholas ITA KTM 16 1 lap 0:03.432 2:06.866 9 50.5
25 4 Tonus, Arnaud SUI Yam 16 1 lap 0:17.129 2:03.441 3 51.9
26 226 Koch, Tom GER KTM 16 1 lap 0:01.933 2:07.270 4 50.3
27 92 Guillod,Valentin SUI Hon 16 1 lap 0:06.380 2:05.405 3 51
28 321 Bernardini,Samuele ITA Yam 16 1 lap 0:03.389 2:06.988 2 50.4
29 64 Covington,Thomas USA Yam 16 1 lap 0:14.924 2:05.935 2 50.8
30 555 Guryev, Artem RUS Hon 16 1 lap 0:05.600 2:08.171 4 49.9
31 297 Gole, Anton SWE Hon 14 3 laps 2 laps 2:06.568 2 50.6
32 89 Van Horebeek,Jeremy BEL Hon 10 7 laps 4 laps 2:00.101 2 53.3
33 152 Petrov, Petar BUL KTM 10 7 laps 0:18.555 2:03.345 4 51.9
34 24 Simpson, Shaun GBR KTM 0 17 laps 10 laps 0:00.000   0
35 128 Monticelli, Ivo ITA GASGAS -1 18 laps 1 lap 0:00.000   0


P. # MX2 Bateria 1 País M V Diff Gap M.V. na V Speed
1 28 Vialle, Tom FRA KTM 17 35:20.720 0:00.000 2:00.138 6 53.3
2 39 Van DeMoosdijk, Roan NED Kaw 17 0:06.879 0:06.879 2:00.886 3 53
3 70 Fernandez, Ruben ESP Yam 17 0:13.493 0:06.614 2:00.457 2 53.1
4 172 Boisrame, Mathys FRA Kaw 17 0:19.006 0:05.513 2:01.478 2 52.7
5 711 Hofer, Rene AUT KTM 17 0:21.761 0:02.755 2:01.577 7 52.7
6 919 Watson, Ben GBR Yam 17 0:24.001 0:02.240 2:01.584 14 52.7
7 959 Renaux, Maxime FRA Yam 17 0:37.867 0:13.866 2:02.400 3 52.3
8 161 Östlund, Alvin SWE Hon 17 0:38.066 0:00.199 2:02.272 9 52.4
9 11 Haarup, Mikkel DEN Kaw 17 0:39.837 0:01.771 2:03.106 6 52
10 303 Forato, Alberto ITA Hus 17 0:44.055 0:04.218 2:02.591 9 52.2
11 19 Olsen, ThomasKjer DEN Hus 17 0:50.947 0:06.892 2:02.178 4 52.4
12 105 Genot, Cyril BEL Yam 17 0:52.149 0:01.202 2:03.948 6 51.6
13 98 Vaessen, Bas NED KTM 17 0:56.426 0:04.277 2:03.082 6 52
14 199 Crawford, Nathan AUS Hon 17 0:56.960 0:00.534 2:02.505 15 52.3
15 14 Beaton, Jed AUS Hus 17 0:56.968 0:00.008 2:03.186 3 52
16 193 Geerts, Jago BEL Yam 17 1:15.706 0:18.738 2:00.875 1 53
17 118 Rubini, Stephen FRA Hon 17 1:33.927 0:18.221 2:03.687 5 51.8
18 75 Roosiorg, Hardi EST KTM 17 1:39.942 0:06.015 2:05.048 10 51.2
19 102 Sikyna, Richard SVK KTM 17 1:41.411 0:01.469 2:05.265 5 51.1
20 326 Gilbert, Josh GBR Hus 17 1:42.908 0:01.497 2:05.151 2 51.2
21 47 Malkiewicz,Bailey AUS Hon 17 1:51.015 0:08.107 2:04.615 5 51.4
22 44 Lesiardo, Morgan ITA KTM 17 1:54.910 0:03.895 2:06.623 6 50.6
23 224 Teresak, Jakub CZE KTM 17 1:58.385 0:03.475 2:07.139 8 50.4
24 253 Pancar, Jan SLO KTM 17 1:59.007 0:00.622 2:06.706 13 50.5
25 783 Toriani, Enzo FRA Hus 17 2:20.565 0:21.558 2:07.126 8 50.4
26 443 Vesterinen,Matias FIN KTM 16 1 lap 1 lap 2:05.698 8 50.9
27 313 Polak, Petr CZE Yam 16 1 lap 0:01.174 2:05.977 6 50.8
28 426 Mewse, Conrad GBR KTM 10 7 laps 6 laps 2:04.200 4 51.5
29 516 Laengenfelder,Simon GER GASGAS 8 9 laps 2 laps 2:03.667 6 51.8
30 275 Furbetta, Joakin ITA KTM 8 9 laps 0:27.850 2:08.758 2 49.7
31 83 Renkens, Nathan BEL KTM 7 10 laps 1 lap 2:05.697 2 50.9
32 142 Haavisto, Jere FIN Yam 5 12 laps 2 laps 2:08.433 4 49.8
33 258 Nermann,Johannes EST Hus 3 14 laps 2 laps 2:06.441 3 50.6
34 115 Dickinson,Ashton GBR KTM 0 17 laps 3 laps 0:00.000   0
35 240 Horgmo, Kevin NOR KTM -1 18 laps 1 lap 0:00.000   0

P. # MX2 Bateria 2 País M Time V Diff Gap M.V. na V Speed
1 193 Geerts, Jago BEL Yam 35:16.839 17 35:16.839 0:00.000 2:00.058 3 53.3
2 28 Vialle, Tom FRA KTM 35:21.109 17 0:04.270 0:04.270 1:59.705 2 53.5
3 172 Boisrame, Mathys FRA Kaw 35:24.376 17 0:07.537 0:03.267 2:00.211 2 53.3
4 39 Van DeMoosdijk, Roan NED Kaw 35:27.342 17 0:10.503 0:02.966 2:00.911 5 52.9
5 919 Watson, Ben GBR Yam 35:29.629 17 0:12.790 0:02.287 2:00.317 3 53.2
6 14 Beaton, Jed AUS Hus 35:50.334 17 0:33.495 0:20.705 2:02.254 2 52.4
7 70 Fernandez, Ruben ESP Yam 35:54.520 17 0:37.681 0:04.186 1:59.673 5 53.5
8 199 Crawford, Nathan AUS Hon 36:01.746 17 0:44.907 0:07.226 2:02.547 4 52.2
9 19 Olsen, ThomasKjer DEN Hus 36:06.186 17 0:49.347 0:04.440 2:02.450 2 52.3
10 959 Renaux, Maxime FRA Yam 36:11.846 17 0:55.007 0:05.660 2:02.417 1 52.3
11 303 Forato, Alberto ITA Hus 36:19.609 17 1:02.770 0:07.763 2:03.463 5 51.9
12 98 Vaessen, Bas NED KTM 36:26.972 17 1:10.133 0:07.363 2:03.610 6 51.8
13 161 Östlund, Alvin SWE Hon 36:29.418 17 1:12.579 0:02.446 2:03.896 4 51.7
14 105 Genot, Cyril BEL Yam 36:31.884 17 1:15.045 0:02.466 2:03.784 5 51.7
15 102 Sikyna, Richard SVK KTM 37:00.812 17 1:43.973 0:28.928 2:04.607 6 51.4
16 118 Rubini, Stephen FRA Hon 37:07.056 17 1:50.217 0:06.244 2:03.510 5 51.8
17 313 Polak, Petr CZE Yam 37:10.612 17 1:53.773 0:03.556 2:06.512 5 50.6
18 326 Gilbert, Josh GBR Hus 37:18.366 17 2:01.527 0:07.754 2:06.507 8 50.6
19 75 Roosiorg, Hardi EST KTM 37:29.692 17 2:12.853 0:11.326 2:06.423 11 50.6
20 253 Pancar, Jan SLO KTM 35:32.773 16 1 lap 1 lap 2:07.957 5 50
21 516 Laengenfelder,Simon GER GASGAS 35:40.241 16 1 lap 0:07.468 2:02.414 3 52.3
22 115 Dickinson,Ashton GBR KTM 35:43.679 16 1 lap 0:03.438 2:06.610 3 50.6
23 224 Teresak, Jakub CZE KTM 35:45.083 16 1 lap 0:01.404 2:08.212 7 49.9
24 443 Vesterinen,Matias FIN KTM 35:45.448 16 1 lap 0:00.365 2:06.481 7 50.6
25 11 Haarup, Mikkel DEN Kaw 36:05.690 16 1 lap 0:20.242 2:02.493 3 52.3
26 47 Malkiewicz,Bailey AUS Hon 37:22.342 16 1 lap 1:16.652 2:06.385 2 50.7
27 44 Lesiardo, Morgan ITA KTM 29:31.436 13 4 laps 3 laps 2:07.095 3 50.4
28 275 Furbetta, Joakin ITA KTM 20:26.782 9 8 laps 4 laps 2:06.802 3 50.5
29 142 Haavisto, Jere FIN Yam 15:47.109 7 10 laps 2 laps 2:04.875 2 51.3
30 258 Nermann,Johannes EST Hus 15:52.359 7 10 laps 0:05.250 2:07.297 3 50.3
31 426 Mewse, Conrad GBR KTM 8:17.145 3 14 laps 4 laps 2:08.431 3 49.8
32 783 Toriani, Enzo FRA Hus 5:12.188 2 15 laps 1 lap 2:07.985 2 50
33 83 Renkens, Nathan BEL KTM 0:53.008 0 17 laps 2 laps 0:00.000   0
34 711 Hofer, Rene AUT KTM 1:18.520 0 17 laps 0:25.512 0:00.000   0

Classificação da Etapa

P # MXGP País Moto Race1 Race2 Pts
1 259 Coldenhoff,Glenn NED GAS 22 25 47
2 243 Gajser,Tim SLO HON 25 16 41
3 3 Febvre,Romain FRA KAW 20 20 40
4 91 Seewer,Jeremy SUI YAM 16 22 38
5 84 Herlings,Jeffrey NED KTM 18 18 36
6 27 Jasikonis,Arminas LTU HUS 15 15 30
7 61 Prado,Jorge ESP KTM 13 14 27
8 21 Paulin,Gautier FRA YAM 12 10 22
9 6 Paturel,Benoit FRA HON 7 13 20
10 25 Desalle,Clement BEL KAW 9 11 20
11 10 Vlaanderen,Calvin NED YAM 10 9 19
12 911 Tixier,Jordi FRA KTM 6 12 18
13 222 Cairoli,Antonio ITA KTM 14 4 18
14 747 Cervellin,Michele ITA YAM 8 7 15
15 189 Bogers,Brian NED KTM 3 8 11
16 89 VanHorebeek, Jeremy BEL HON 11 0 11
17 77 Lupino,Alessandro ITA YAM 0 6 6
18 29 Jacobi,Henry GER YAM 0 5 5
19 43 Evans,Mitchell AUS HON 2 3 5
20 4 Tonus,Arnaud SUI YAM 5 0 5
21 152 Petrov,Petar BUL KTM 4 0 4
22 116 Sabulis,Karlis LAT KTM 1 2 3
23 7 Leok,Tanel EST HUS 0 1 1

P # MX2 País Moto Race1 Race2 Pts
1 28 Vialle,Tom FRA KTM 25 22 47
2 39 VanDe Moosdijk, Roan NED KAW 22 18 40
3 172 Boisrame,Mathys FRA KAW 18 20 38
4 70 Fernandez,Ruben ESP YAM 20 14 34
5 919 Watson,Ben GBR YAM 15 16 31
6 193 Geerts,Jago BEL YAM 5 25 30
7 959 Renaux,Maxime FRA YAM 14 11 25
8 19 Olsen,Thomas Kjer DEN HUS 10 12 22
9 14 Beaton,Jed AUS HUS 6 15 21
10 303 Forato,Alberto ITA HUS 11 10 21
11 161 Östlund,Alvin SWE HON 13 8 21
12 199 Crawford,Nathan AUS HON 7 13 20
13 98 Vaessen,Bas NED KTM 8 9 17
14 105 Genot,Cyril BEL YAM 9 7 16
15 711 Hofer,Rene AUT KTM 16 0 16
16 11 Haarup,Mikkel DEN KAW 12 0 12
17 118 Rubini,Stephen FRA HON 4 5 9
18 102 Sikyna,Richard SVK KTM 2 6 8
19 75 Roosiorg,Hardi EST KTM 3 2 5
20 313 Polak,Petr CZE YAM 0 4 4
21 326 Gilbert,Josh GBR HUS 1 3 4
22 253 Pancar,Jan SLO KTM 0 1 1

Classificação Geral

MXGP
1. Jeffrey Herlings, 130
2. Tim Gajser, 126
3. Glenn Coldenhoff, 103
4. Antonio Cairoli, 86
5. Arminas Jasikonis,  83
6. Jeremy Seewer, 80
7. Gautier Paulin, 80
8. Clement Desalle, 80
9. Jorge Prado, 74
10. Jeremy van Horebeek, 50 

MX2
1. Tom Vialle, 134
2. Jago Geerts, 112
3. Jed Beaton, 95
4. Maxime Renaux, 86
5. Ben Watson, 79
6. Thomas Kjer Olsen, 73
7. Roan van de Moosdjik, 71
8. Mathys Boisrame, 70
9. Rene Rofer, 69
10. Mikkel Haarup, 64 






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet