X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

Oficial: GasGas com Glenn Coldenhoff, Taddy Blazusiak e Laia Sanz em 2020
Publicado em: 13/11/2019

Marca apresenta seus pilotos no Mundial de Motocross, Rally Dakar e World Enduro Super Series
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Divulgação / Ray Archer / Future7Media


Laia Sanz

Os primeiros efeitos práticos da transação onde a KTM assumiu o controle acionário da espanhola GasGas começam a surgir. A marca terá fortes representantes no Rally Dakar, Mundial de Motocross e no Hard Enduro.

As informações vazaram numa entrevista do gerente de produtos Joachim Sauer, publicada no YouTube na segunda-feira e agora oficializadas com o comunicado da fábrica. Neste primeiro momento as motos utilizadas devem ter a já conhecida mecânica KTM, repaginadas com visual GasGas. As primeiras motocicletas nascidas a partir da fusão devem ser oferecidas ao público em meados de 2020, já como modelos 2021.

MXGP

A Standing Construct GasGas Factory Racing será a primeira equipe GasGas na história do Mundial de Motocross. O time começa muito bem representado pelo holandês Glenn Coldenhoff, 3º colocado no Mundial de Motocross e vencedor do Motocross das Nações 2019. O italiano Ivo Monticelli, 11º colocado em 2019, completa a equipe que se dedicará exclusivamente à classe principal MXGP.


Glenn Coldenhoff, vencedor individual na classe Open no Motocross das Nações em 2018 e 2019.

Glenn Coldenhoff: “Meu chefe de equipe me ligou e contou sobre a oportunidade de andar com GasGas e imediatamente fiquei muito honrado. Obter o status de uma equipe de fábrica é uma recompensa por todo nosso trabalho duro e profissionalismo. É realmente um grande passo para a equipe; ter uma fábrica pro trásde você com todo o apoio e recursos. Estou realmente ansioso para continuar trabalhando com esse grande grupo de pessoas da Standing Construct e estou super honrado e motivado para representar esta nova marca na classe MXGP.”
 
Tim Mathys, Diretor da Equipe GasGas Factory Racing: “Este é um novo passo importante na história do Standing Construct. 2019 foi o melhor ano para nós: vimos as melhores performances de carreira de Glenn e Ivo e nossa equipe conseguiu dar exatamente o que eles precisavam para obter os resultados. Estamos cheios de confiança e com experiência extra para poder começar este novo capítulo com o GasGas. É uma honra ser a primeira equipe do MXGP a levar esse famoso distintivo e começar uma nova era. Quero agradecer à gerência de corrida GasGas da Pierer Mobility AG pelo apoio. Mudaremos de cor, mas não a ambição de continuar na frente do MXGP.”

Rally

Laia Sanz, campeã mundial de Trial Feminino e e agora há quase dez anos como recordista de Enduro e Rally (vencedora da categoria feminina e finalista feminina mais bem classificada no Dakar Rally com um 9º lugar geral em 2015) liderará o esforço revitalizado do GasGas no Rally. A atleta que em breve completa 34 anos desembarcará no Oriente Médio dentro de algumas semanas para a disputa do 42º Rally Dakar, que larga dia 5 de janeiro.


Laia Sanz

Laia Sanz: “Quando o anúncio foi feito sobre o futuro da GasGas, as coisas aconteceram muito rapido e, portanto, tivemos o desafio de nos preparar num prazo recorde para o Dakar 2020. Estamos animados; a moto está ótima e estamos em plena preparação para a corrida em janeiro. A outra coisa interessante com a GasGas são as oportunidades que ele pode me proporcionar no futuro - A marca é conhecida pelas motos de Trial e isso me aproxima também das minhas raízes. A página vira para a marca a partir de agora, e meu objetivo é fazer o melhor trabalho possível, trazendo minha paixão e experiência para a empresa à medida que iniciamos uma nova jornada juntos.”

Enduro

Taddy Blazusiak, de 36 anos, é um dos principais ícones da modalidade, com múltiplos títulos mundiais no SuperEnduro. O polonês vai liderar a marca no WESS 2020 - World Enduro Super Series.


Taddy Blazusiak

Taddy Blazusiak: "Estou muito feliz por fazer parte desta nova aventura. Eu estive na KTM desde sempre e eles são bem conhecidos por seu trabalho e competitividade. Portanto, essa é uma nova rota para mim e é um privilégio ser o primeiro piloto da nova era GasGas. Mal posso esperar para começar a trabalhar e competir com a nova equipe da fábrica de GasGas.”

Robert Jonas, vice-presidente de motorsports offroad: “GasGas é outra história fascinante para o nosso departamento de competições. É uma marca forte e muito reconhecível, por isso é empolgante ver como podemos inseri-la em novas séries de corridas. Quando decidimos colocar a GasGas  no MXGP pela primeira vez, não havia uma escolha melhor do que o Standing Construct. Tim e sua equipe trazem paixão e conhecimento para seus trabalhos, e isso é muito fácil de perceber, especialmente em 2019. Laia tem um pouco de história com o GasGas no Rally e foi a escolha natural para impulsionar o nome de volta à frente no Dakar. Ela será uma embaixadora ideal dentro e fora da moto. É fantástico termos um profissional do perfil e do profissionalismo de Taddy quando se trata dos primeiros passos do programa de Enduro. No geral, eu diria que nos esforçamos bastante para uma afirmação competitiva para a GasGas e a próxima fase de sua participação no mundo das corridas; no futuro, estamos totalmente focados em acompanhar o sucesso em escala global ".


Laia Sanz com a GasGas no Rally Dakar






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet