X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

A movimentação nas equipes 250 no AMA Supercross para a temporada 2020
Publicado em: 04/10/2019

A dança das cadeiras na classe 250 dos Estados Unidos
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Divulgação Equipes

Com as principais posições nas equipes de fábrica na classe 450 já tomadas, as atenções neste início de outubro se voltam para a movimentação de pilotos entre as equipes do AMA Supercross e Motocross na classe 250. Vamos conferir as principais mudanças.

Star Racing Yamaha com Shane Mcelrath


Shane Mcelrath

Talvez o principal anúncio tenha sido a transferência de Shane Mcelrath para a Yamaha após sete anos com a Troy Lee Designs KTM. Mcelrath passa a ocupar a vaga de Mitchell Oldenburg, que ainda não tem esquema para os EUA em 2020 e passa as próximas semanas disputando o Australiano de Supercross.

Com Mcelrath ao lado de Dylan Ferrandis, a equipe vai para 2020 com dois vencedores de etapas no AMA Motocross 2018. Colt Nicholls completa o time.


Monster Pro Circuit Kawasaki contrata Jordon Smith e Cameron McAdoo


Cameron McAdoo e Jordon Smith

Com o campeão do Motocross 2018 Adam Cianciarulo avançando para a classe 450 e a saída do veterano equatoriano Martin Dávalos, o time recruta dois novos pilotos que alinham ao lado de Austin Forkner e Garrett Marchbanks.

O primeiro é Jordon Smith, também dissidente da Troy Lee Desings KTM, equipe que representou por três anos. 2019 não foi dos melhores anos para Smith, uma lesão no pulso prejudicou suas chances tanto no Supercross, como no Motocross.

O outro novo integrante do time de Mitch Payton é Cameron McAdoo. Foi piloto oficial da Geico Honda por dois anos e nesta temporada retornou como substituto de Chase Sexton, que se machucou na pré-temporada e foi transferido para a costa Leste. Ao final do Supercross McAdoo ficou sem moto para o Motocross, mas foi chamado após três etapas para ocupar o espaço de Jordon Smith na TLD KTM.

RJ Hampshire na Husqvarna


RJ Hampshire

O piloto encerra uma longa ligação com a Geico Honda com quem um de seus principais resultados foi a vitória, em 2017, na etapa norte-americana do Mundial de Motocross, disputada no WW Ranch, na Flórida.

Segundo o próprio, aceitou uma redução no salário com a mudança para a Rockstar Racing Husqvarna, mas com a estrutura de treinos da Baker's Factory na Flórida, pretende reverter a baixa no orçamento com os bonus por resultados.


Brandon Hartranft na Troy Lee Designs KTM


Brandon Hartranft

Hartranft competiu pela Cycle Trader Rock River Yamaha nas duas últimas temporadas. Em 2019 foi sexto na costa Leste do Supercross e 12º no Nacional de Motocross.

Sua estreia com o novo time acontece já neste sábado, no Red Bull Straight Rhythm.








© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet