X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2019 Turquia - Afyon - 17ª etapa
Publicado em: 13/09/2019

Após quase um ano, Jeffrey Herlings volta ao topo do pódio na classe MXGP
RedaçãoMotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Pascal Haudquert / ShotbyBavo / Youthstream

Jorge Prado tem mais um GP perfeito na MX2; Roan van den Moosdijk estreia com pódio


Largada MXGP

O Mundial de Motocross passou pela Turquia, para a realização da 17ª e penúltima etapa da temporada 2019. Com os títulos definidos nas classes principais e uma viagem terrestre relativamente longa para a fronteira oriental da Europa, deixou muitas das equipes menores em casa, já pensando na organização para o ano que vem.

Mesmo sem a disputa pelos títulos e com presença limitada no gate, as corridas foram interessantes e com muita gente querendo mostrar serviço. Antes de falar sobre as provas em Afyon, vale uma observação sobre o ano na classe principal. Duas coisas chamaram a atenção: a primeira foi o grande número de pilotos de molho em algum momento na temporada. Não preciso repetir que todo mundo já sabe que é um esporte de risco e as lesões fazem parte, mas novamente a utilização de motocicletas 450 volta a ser questionada.


 

Outra coisa a notar foi a renovação de talentos na classe. A "geração Cairoli", que disputou com o italiano a maioria de seus títulos passa a perder espaço para uma nova geração. Pilotos como Clement Desalle, Gautier Paulin, Jeremy van Horebeek (não vou nem falar de Kevin Strijbos ;-)) dividiram o protagonismo com nomes como Jeremy Seewer, Arnaud Tonus, Pauls Jonass, Ivo Monticelli e o próprio Tim Gajser, que apesar dos dois títulos com a 450 tem ainda apenas 22 anos.

Corridas na Turquia

Após quase um ano Jeffrey Herlings voltou a vencer uma etapa do Mundial de Motocross. O campeão de 2018 ficou fora da primeira metade da temporada por uma lesão no pé sofrida antes do início do campeonato. Fez a primeira aparição apenas na Rússia (8ª etapa) e na etapa seguinte e, Kegums, Letônia, já tinha praticamente a sua velocidade plena. Porém uma queda no warm-up, com o consecutivo atropelamento por Arminas Jasikonis, o deixou com uma pequena fratura no tornozelo. Herlings ainda venceu a bateria, mas no intervalo para segunda percebeu que alguma coisa não estava bem e teve que ficar mais seis GPs em casa.


Jeffrey Herlings

Herlings voltou na suécia, etapa passada, veloz, mas notoriamente sem ritmo de corrida. O fôlego não durava mais que 20 minutos na tocada dos ponteiros. Duas semanas depois sua forma já estava bem melhore foi capaz de vencer as duas baterias na Turquia. A segunda de maneira emocionante com uma ultrapassagem sobre o conterrâneo Glenn Coldenhoff na última volta.

“Vencendo de novo! Desde 2010 eu ganho pelo menos um GP todo ano e agora são dez temporadas para a KTM e 85 vitórias juntos! Foi uma temporada acidentada este ano, mas quero agradecer a toda a equipe da Red Bull KTM e a todos os meus patrocinadores. Foi uma montanha-russa com muitas baixas, mas pelo menos estamos tentando terminar o ano com uma nota alta. Eu queria vencer aqui com um 1-1 e encontrei o lugar perfeito para passar Glenn e fazer acontecer. Nosso objetivo é estar no pódio novamente na última rodada.”


Glenn Coldenhoff

A fase final da temporada de Glenn Coldenhoff tem sido fantástica. São oito baterias chegando entre os três primeiros (3 vitórias) e quatro pódios em GPs consecutivos. Pouca gente se lembra do acidente seríssimo que Coldenhoff sofreu na pré-temporada, com fraturas em algumas vértebras. Seu início de campeonato foi em câmera lenta, mas Coldenhoff pontuou em todas as baterias e se colocarmos seus pontos por etapa num gráfico veremos um traço linear ascendente. Começou chegando entre os 20 primeiros, 15, 10 e agora entre os três!

Coldenhoff perdeu a vaga na equipe de fábrica da KTM, mas continua com vínculos fortíssimos com a marca que garantiu sua presença em uma equipe satélite e deve repetir o mesmo no ano que vem. Por certo ângulo a mudança foi boa para Glenn, que passou tanto pelas tendas da equipe De Carli , na Itália, como de Dirk Gruebel, na Holanda, mas sempre esteve à sombra dos primeiros pilotos, tanto Cairoli como Herlings. Deixou de ser príncipe em uma grande reino para se tornar rei num menor. Com 100% do foco de sua equipe Standing Construct acredito que pode surpreender muita gente ano que vem, mesmo sem um equipamento 100% de fábrica.


Tim Gajser

Parece que os ares turcos não fizeram muito bem a Tim Gajser, que teve uma "recaída" após vários GPs sob controle. O campeão comprou terreno em todas as corridas da etapa, tanto na classificatória no sábado, como nas duas baterias no domingo. E você sabe, as quedas de Tim Gajser são no estilo Tim Gajser, sempre espetaculares. Do sábado para domingo recebeu doses extras de massagens para se sentir em forma no domingo. Apesar das quedas ainda foi quarto geral no GP, mais que razoável para quem está com o título no bolso.


Pauls Jonass

Pauls Jonass brilhou em várias corridas ao longo da temporada, mas a regularidade ainda é um problema para o letão campeão da MX2 em 2017. Chegou quatro vezes em segundo lugar, mas ficou fora dos dez primeiros em dez oportunidades e abandonou outras duas ocasiões. Parece estar mais centrado nesta reta final e na Turquia conquistou o segundo pódio consecutivo.


Jeremy Seewer

Algum drama ainda rola na decisão pelo vice-campeonato. Jeremy Seewer poderia ter fechado a fatura, mas quedas nas baterias impediram que conquistar os necessários 7 pontos a mais do que Gautier Paulin. Ambos marcaram os mesmos 31 pontos na etapa e a decisão fica para China, como todos os prognósticos apontando para o suíço. Somente uma catástrofe será capaz de reverter os 43 pontos.

Problemas no Warm Up


Tommy Searle

E a Kawasaki ficou sem moto oficial nas corridas MXGP em Afyon. Depois de perder Julien Lieber e Clement Desalle ao longo da temporada, a fábrica recrutou Tommy Searle da BOS GP para as etapas finais. Porém o britânico sofreu uma queda no warm-up e ficou sem condições de competir. Que eu me lembre é o terceiro piloto de fábrica no ano que fica fora de ação por acidentes no warm-up, supostamente apenas uma treino de aquecimento, sem nenhum resultado prático em termos de pontuação ou escolha do gate. Além de Herlings em Kegums, Ben Watson (Yamaha MX2) também se machucou no warm-up há alguns GPs. Nesta sexta-feira a Kawasaki comunicou que Searle não corre na China, assim o time oficial na classe MXGP está fora da final.

MX2 - Super Prado continua seu domínio, van de Moosdjik é um piloto para ficar de olho


Jorge Prado

Jorge Prado vai se despedindo da categoria MX2 com estatísticas de fazer inveja até para um tal de Jeffrey Herlings. Em três temporadas completas o jovem piloto encerra sua fase na categoria com dois título mundiais e nada menos que 30 GPs vencidos, por enquanto. Herlings conquistou seu primeiro título no terceiro ano completo, sem dominar da mesma maneira que o espanhol.

Será interessante observar sua transição para a 450, mas acredito que não demorará muito para brigar por vitórias na nova categoria. Após a final na China no próximo domingo, já passa a dedicar-se completamente à nova máquina, que estreia no Motocross das Nações, em outubro.


Jago Geerts

O belga Jago Geerts foi o segundo geral na etapa e abriu três importantes pontinho em relação a Tom Vialle na disputa pelo terceiro lugar. O segundo posto já está garantido para o dinamarquês Thomas Kjer Olsen, que sofreu uma intoxicação alimentar e ficou de fora das corridas principais.


Roan van den Moosdijk

O destaque da etapa, porém, foi o novato Roan van den Moosdijk, terceiro colocado geral em sua estreia no campeonato. Piloto campeão do Europeu EMX250 2019, começou o Mundial com o pé direito e mostrando muito potencial, principalmente numa pista complicada como a da Turquia, que derrubou muita gente com suas valetas duras, profundas e irregulares. O holandês tem contrato com a FH Racing Kawasaki para o ano que vem.


Gustavo Pessoa

O GP da Turquia não foi dos mais animadores para o Gustavo Pessoa, que ficou fora da zona de pontuação na primeira bateria e abandonou a segunda após uma queda que danificou sua moto. O futuro do brasileiro no campeonato ainda é incerto e, provavelmente dependerá do patrocínio brasileiro - a ASW Racing é um dos patrocinadores da equipe - para permanecer na Bike It Dixon Racing Team. A equipe ainda não anunciou seus pilotos para a próxima temporada, mas já deixaram vazar que um será australiano. Provavelmente o norte-americano Daria Sanayei não continua.

Coutney Duncan campeã feminina


Courtney Duncan

Na categoria feminina a equipe de Steve Dixon teve sorte diferente. A neo zelandesa Courtney Duncan, depois de passar batendo na trave em várias oportunidades, garantiu o título na primeira bateria turca. Das dez baterias disputadas pelas meninas, Duncan venceu nada menos que nove e fechou a temporada com 36 pontos de vantagem sobre a holandesa Nancy van de Ven.

Vídeos





Resultados

P Nr MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 25 25 50
2 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 20 22 42
3 41 Jonass, Pauls LAT HUS 22 16 38
4 243 Gajser, Tim SLO HON 15 20 35
5 128 Monticelli, Ivo ITA KTM 13 18 31
6 21 Paulin, Gautier FRA YAM 16 15 31
7 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 18 13 31
8 89 Van Horebeek, Jeremy BEL HON 12 14 26
9 22 Strijbos, Kevin BEL YAM 10 12 22
10 911 Tixier, Jordi FRA KTM 9 11 20
11 27 Jasikonis, Arminas LTU HUS 11 8 19
12 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 14 5 19
13 189 Bogers, Brian NED HON 8 10 18
14 77 Lupino, Alessandro ITA KAW 6 9 15
15 127 Rodriguez, Anthony VEN YAM 7 7 14
16 24 Simpson, Shaun GBR KTM 5 6 11
17 7 Leok, Tanel EST HUS 3 3 6
18 152 Petrov, Petar BUL KTM 4 2 6
19 34 De Waal, Micha-Boy NED YAM 0 4 4
20 83 Renkens, Nathan BEL KTM 2 1 3
21 555 Guryev, Artem RUS HUS 1 0 1

P Nr MX2 Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 61 Prado, Jorge ESP KTM 25 25 50
2 193 Geerts, Jago BEL YAM 22 16 38
3 39 Van De Moosdijk, Roan NED KAW 16 20 36
4 959 Renaux, Maxime FRA YAM 18 18 36
5 28 Vialle, Tom FRA KTM 13 22 35
6 10 Vlaanderen, Calvin NED HON 20 15 35
7 811 Sterry, Adam GBR KAW 14 14 28
8 303 Forato, Alberto ITA HUS 12 13 25
9 172 Boisrame, Mathys FRA HON 15 10 25
10 121 Guadagnini, Mattia ITA HUS 10 11 21
11 43 Evans, Mitchell AUS HON 7 12 19
12 102 Sikyna, Richard SVK KTM 11 8 19
13 66 Larranaga Olano, Iker ESP KTM 9 5 14
14 101 Pichon, Zachary FRA HON 3 9 12
15 57 Sanayei, Darian USA KAW 4 7 11
16 161 Östlund, Alvin SWE HUS 5 6 11
17 225 Strubhart Moreau, Brian FRA KAW 6 3 9
18 35 Harrison, Mitchell USA KAW 8 0 8
19 253 Pancar, Jan SLO YAM 1 4 5
20 313 Polak, Petr CZE KTM 0 2 2
21 240 Horgmo, Kevin NOR KTM 2 0 2
22 410 Dankers, Raivo NED YAM 0 1 1
23 332 Conijn, Marcel NED KAW 0 0 0
24 56 Pessoa, Gustavo BRA KAW 0 0 0
25 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 0 0 0
26 32 Van doninck, Brent BEL HON 0 0 0
27 58 Cetin, Mustafa TUR YAM 0 0 0
28 112 Senkalayci, Emircan TUR KTM 0 0 0

Classificação Geral
P Nr MXGP Nat. Bike Total
os Nr Rider Nat. Bike Total
1 243 Gajser, Tim SLO HON 744
2 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 542
3 21 Paulin, G. FRA YAM 499
4 259 Coldenhoff, G. NED KTM 488
5 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 462
6 41 Jonass, Pauls LAT HUS 428
7 27 Jasikonis, A. LTU HUS 416
8 89 Van Horebeek, J. BEL HON 403
9 461 Febvre, Romain FRA YAM 384
10 222 Cairoli, A. ITA KTM 358
11 99 Anstie, Max GBR KTM 256
12 128 Monticelli, I. ITA KTM 243
13 25 Desalle, C. BEL KAW 208
14 189 Bogers, Brian NED HON 208
15 33 Lieber, Julien BEL KAW 184
16 7 Leok, Tanel EST HUS 181
17 24 Simpson, Shaun GBR KTM 175
18 100 Searle, Tommy GBR KAW 163
19 911 Tixier, Jordi FRA KTM 161
20 77 Lupino, A. ITA KAW 156
21 22 Strijbos, K. BEL YAM 135
22 84 Herlings, J. NED KTM 125
23 18 Brylyakov, V. RUS YAM 83
24 6 Paturel, B. FRA KAW 65
25 297 Gole, Anton SWE YAM 44
26 152 Petrov, Petar BUL KTM 40
27 34 De Waal, M. NED YAM 39
28 336 Stewart, L. AUS KTM 29
29 621 Lusbo, Andero EST HUS 29
30 127 Rodriguez, A. VEN YAM 28
31 321 Bernardini, S. ITA YAM 25
32 226 Koch, Tom GER KTM 24
33 227 Coles, Adam AUS HUS 22
34 151 Kullas, Harri EST HON 19
35 212 Dewulf, J. BEL KTM 18
36 17 Butron, Jose ESP KTM 16
37 13 Guillod, V. SUI HON 14
38 251 Darias Vapanen, B. ESP KTM 13
39 94 Van der Mierden, S. NED YAM 13
40 131 van Nobelen, J. NED HUS 13
41 162 Farhan Hendra, F. INA HUS 10
42 110 Lazaroni, Aldi INA HUS 10
43 626 Milesevic, J. AUS KTM 9
44 111 Ferris, Dean AUS YAM 6
45 760 Rauchenecker, P. AUT KTM 6
46 107 van Berkel, L. NED HUS 6
47 37 Krestinov, G. EST KAW 3
48 179 Poli, Joaquin ARG HON 3
49 83 Renkens, N. BEL KTM 3
50 555 Guryev, Artem RUS HUS 1
51 244 Nakpane, M. TOG HUS 1
52 171 Luzzardi, J. ARG KTM 1
53 62 Gercar, Klemen SLO HUS 1
54 220 Salazar, Jetro PER HON 1
P Nr MX2 Nat. Bike Total
Pos Nr Rider Nat. Bike Total
1 61 Prado, Jorge ESP KTM 787
2 19 Olsen, T. DEN HUS 592
3 193 Geerts, Jago BEL YAM 505
4 28 Vialle, Tom FRA KTM 495
5 29 Jacobi, Henry GER KAW 442
6 811 Sterry, Adam GBR KAW 384
7 959 Renaux, Maxime FRA YAM 376
8 10 Vlaanderen, C. NED HON 359
9 172 Boisrame, M. FRA HON 303
10 919 Watson, Ben GBR YAM 282
11 43 Evans, M. AUS HON 271
12 14 Beaton, Jed AUS HUS 250
13 98 Vaessen, Bas NED KTM 219
14 66 Larranaga Olano, I. ESP KTM 194
15 747 Cervellin, M. ITA YAM 179
16 32 Van doninck, B. BEL HON 172
17 161 Östlund, Alvin SWE HUS 171
18 35 Harrison, M. USA KAW 168
19 46 Pootjes, Davy NED HUS 157
20 57 Sanayei, D. USA KAW 140
21 53 Walsh, Dylan NZL HUS 137
22 102 Sikyna, R. SVK KTM 130
23 225 Strubhart Moreau, B. FRA KAW 112
24 44 Lesiardo, M. ITA KTM 91
25 101 Pichon, Z. FRA HON 90
26 39 Van De Moosdijk, R. NED KAW 59
27 303 Forato, A. ITA HUS 48
28 253 Pancar, Jan SLO YAM 47
29 711 Hofer, Rene AUT KTM 42
30 426 Mewse, Conrad GBR KTM 40
31 766 Sandner, M. AUT KTM 31
32 56 Pessoa, G. BRA KAW 24
33 105 Genot, Cyril BEL HUS 23
34 240 Horgmo, Kevin NOR KTM 23
35 121 Guadagnini, M. ITA HUS 21
36 211 Lapucci, N. ITA KTM 19
37 325 Alfarizi, D. INA HON 19
38 931 Zanotti, A. SMR KTM 15
39 104 Sydow, Jeremy GER HUS 14
40 75 Roosiorg, H. EST KTM 14
41 313 Polak, Petr CZE KTM 12
42 11 Haarup, Mikkel DEN HUS 10
43 206 Ismayana, D. INA KAW 8
44 80 Adamo, Andrea ITA YAM 7
45 275 Furbetta, J. ITA HUS 6
46 200 Zonta, Filippo ITA HON 5
47 142 Haavisto, Jere FIN YAM 4
48 783 Toriani, Enzo FRA HUS 4
49 332 Conijn, Marcel NED KAW 2
50 410 Dankers, Raivo NED YAM 1
51 199 Griekspoor, L. NED KTM 1
52 141 Brown, A. GBR KTM 1
53 484 Carpenter, J. GBR HUS 1
54 485 Savaste, Kim FIN KTM 1







Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet