X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Paulista de Motocross

2019 - Jarinu - SP - 1ª etapa
Publicado em: 05/07/2019

Abertura do Campeonato Paulista de Motocross Inaugura o SP Race Park em Jarinu
Redação MotoX.com.br: Texto e Fotos: Lucidio Arruda


Largada MX4 / MX5

Após um intervalo de mais de uma década o Campeonato Paulista de Motocross oficial está de volta. Estão programadas três etapas no mesmo circuito, o SP Race Park em Jarinu. A iniciativa de um investidor promete criar um parque de esportes a motor com diversas pistas a partir de 2020. O local escolhido já respira motociclismo off-road há cerca de 25 anos, até então conhecido como MBox Race Park.

A pista de motocross foi totalmente reformulada e ganhou uma arquibancada natural rodeando 50% do perímetro do circuito. De qualquer ponto o público tem visão de praticamente 100% do traçado. A infraestrutura local também foi aprimorada com uma grande tenda que abrigou a área VIP e outra com praça de alimentação.

Corridas


Humberto Martin


Humberto Machito Martin foi o destaque da categoria principal, liderando do início ao fim. Machito teve a companhia de Roosevelt Assunção, Fred Spagnol e Caio Lopes durante as primeiras voltas, mas aos poucos o grupo foi se dissipando e ao final o venezuelano administrava uma vantagem de cerca de 7 segundos sobre Caio Lopes, segundo colocado. Spagnou, Roosevelt e Jairo Silva completaram o pódio na abertura do campeonato.

MX2 - Emoção do início ao fim


Caio Lopes

A categoria MX2 apresentou a disputa mais ferrenha pela vitória na abertura do campeonato. Caio Lopes fez o holeshot, mas foi surpreendido poucas voltas depois por Spagnol, que chegou a abrir pequena vantagem. Após "respirar" por algumas voltas Caio apertou o ritmo, medida que também foi tomada pelo líder.

O prêmio de R$5000,00 para o primeiro colocado parece que foi o incentivo perfeito para a grande disputa já que ambos exploravam os limites da pista e de suas motocicletas, levantando a torcida do público.


Fred Spagnol

A pressão imposta por Caio fez efeito quando Fred sofreu uma pequena queda em curva. Caio assumiu a liderança, mas não teve sossegou até a bandeirada, já que Fred recuperou o terreno e o obrigou a manter o ritmo inicial até a bandeirada. Final, Caio Lopes, Fred Spagnol, Roosevelt Assunção, João Henrique e Augustinho Algarve.



MX3 - Roosevelt Assunção dominou a categoria


Roosevelt Assunção


O antigo campeão brasileiro de motocross Roosevelt Assunção, após alguns anos de aposentadoria, recolheu as botas do armário e voltou à ativa nesta temporada. A técnica permanece afiada como provou ao incomodar por várias voltas os vencedores nas categorias principais. Já nos veteranos da MX3 Roosevelt não teve adversários e - mesmo se poupando para a disputa da MX1 - abriu quase um minuto de vantagem sobre Marcelo Henrique, o segundo colocado.

Um acidente na terceira volta chegou a interromper a bateria, quando Rodrigo Fantozzi e Marcelo Henrique se chocaram no ar. Rodrigo precisou de atendimento médico e deixou o circuito de ambulância, mas as informações que apuramos é que ele já voltou pra casa, apenas com algumas costelas trincadas.

*Atualizado ás 14:00, a reportagem informou erroneamente que Fantozzi havia se chocado com Orlando Stranieri.


Marcelo Henrique (94) e Hermínio Filho (747)

Após a relargada foi boa a briga pela segunda posição entre Marcelo Henrique e Armínio Filho. Os dois chegaram a trocar de posições algumas vezes e a decisão da disputa foi decidida na volta final quando Armínio foi ao chão. Chamou a atenção também a recuperação de Arthur Tuí Leal que foi trocar o manete de embreagem após a bandeira vermelha e quando voltou à pista o gate já tinha baixado. Iniciando a corrida com mais de meia volta de atraso, recebeu a bandeirada em terceiro lugar. Detalhe, correndo com uma 125 2 tempos.


Arthur Tuí Leal

MX4 / MX5


Fábio Aleixo

Luiz Tassi liderou a primeira parte da bateria que reuniu os superveteranos, incluindo o legendário Roque Colman. O mineiro Tassi, da MX4, passou a receber pressão de Fábio Aleixo, piloto da MX5. Apesar de cada um liderar sua categoria, ambos queriam a vitória de fato, na pista. 


Luiz Tassi e Juraci Petroni

Tassi tentou segurar a ponta, mas o dia era do cinquentão Aleixo, que depois da ultrapassagem administrou até a bandeirada. Tassi ainda teve que se virar para segurar a vitória da MX4 contra os ataques de Juraci Petroni. Marcelo Soneca Bove, que fez o melhor tempo da categoria nos treinos, foi o terceiro colocado após sofrer com uma ´péssima largada. Herbert Tresoldi e Vinicius Pernilongo Razendev completaram o pódio da MX4. Na MX5 Carlos Lazzaro, Hermínio Filho, Pedro Cirino e Edson Almeida receberam os troféus ao lado de Aleixo.

Confira abaixo os demais vencedores deste domingo. A segunda etapa está programada para os dias 7 e 8 de setembro.


Diego Reis - MX1 Intermediária


Paulo Henrique Muniz - MX1 Amador


Eduardo Silveira - MX2 Amador


Patrick Leite - MX2 Amador


Eduardo Petroni - MXJr

* Em breve: Galeria de Imagens do Evento

Vídeos





Resultados

P Nr. Piloto Voltas Dif Tm total Melhor Tm
MX1
1 101 HUMBERTO MARTIN 16 - 22:46.014 1:22.855
2 134 CAIO LOPES 16 +7,434 22:53.448 1:22.813
3 61 FREDERICO MOLINA 16 +50,309 23:36.323 1:23.391
4 100 ROOSEVELTASSUMPCAO 16 +54,424 23:40.438 1:23.882
5 447 JAIRO SILVA 15 1 Volta 23:22.387 1:27.817
6 19 AUGUSTINHOALGARVE 15 +2,496 23:24.883 1:30.494
7 210 JOAO HENRIQUE 15 +3,131 23:25.518 1:28.418
8 90 GABRIEL REIS 15 +8,121 23:30.508 1:28.195
MX2
1 134 CAIO LOPES 17 - 23:31.296 1:21.076
2 61 FREDERICO MOLINA 17 +1,502 23:32.798 1:20.333
3 100 ROOSEVELT ASSUMPCAO 17 +41,622 24:12.918 1:22.677
4 210 JOAO HENRIQUE 16 1 Lap 23:34.388 1:25.097
5 19 AUGUSTINHO ALGARVE 16 +18,735 23:53.123 1:26.812
MX3
1 100 ROOSEVELT ASSUMPCAO 12 - 19:04.736 1:30.498
2 94 MARCELO HENRIQUE 12 +59,687 20:04.423 1:35.855
3 70 ARTHUR MORINI LEAL 12 +1:08.921 20:13.657 1:35.326
4 747 HERMINIO FILHO 12 +1:41.275 20:46.011 1:36.871
5 99 CARLOS LAZZARO 11 1 Lap 19:12.611 1:40.967
6 251 JURACI PETRONI 11 +3,746 19:16.357 1:37.748
7 845 LEANDRO PIRES 10 2 Laps 19:21.119 1:55.122
MX4
1 727 LUIZ TASSI 12 - 19:07.457 1:32.034
2 251 JURACI PETRONI 12 +0,639 19:08.096 1:31.590
3 245 MARCELO BOVE 12 +10,449 19:17.906 1:31.167
4 828 HERBERT TRESOLDI 12 +11,389 19:18.846 1:33.213
5 16 VINICIUS RADENZEV 12 +28,845 19:36.302 1:33.925
6 100 PAULO LAVINIO 12 +36,077 19:43.534 1:32.637
7 987 CRISTIANO BUENO 12 +47,107 19:54.564 1:34.471
8 172 LUCIANO FERREIRA 12 +55,426 20:02.883 1:35.226
9 512 FABIO GUEDES 12 +56,242 20:03.699 1:33.872
10 272 GUSTAVO STRINI 12 +1:23.405 20:30.862 1:37.732
MX5
1 51 FABIO ALEIXO 12 - 18:58.136 1:31.371
2 99 CARLOS LAZZARO 12 +25,455 19:23.591 1:33.002
3 747 HERMINIO FILHO 12 +36,706 19:34.842 1:33.393
4 81 PEDRO CIRINO 11 1 Lap 19:26.378 1:39.856
5 67 EDSON ALMEIDA 11 +1:21.253 20:47.631 1:45.332
6 62 ROQUE COLMAN 10 2 Laps 20:54.155 1:59.031
DNF 65 ANIVALDO DASILVA 5 - 9:33.142 1:39.326
DNF 7 SERGIO MARRETA 3 - 6:08.651 1:51.085
MX1 Amador
1 184 PAULO HENRIQUE MUNIZ 12 - 20:07.207 1:36.663
2 17 CAIO FIGUEIREDO 11 1 Lap 18:48.034 1:38.640
3 845 LEANDRO PIRES 10 2 Laps 18:41.782 1:43.637
4 14 FABIO FARIA 10 +17,192 18:58.974 1:46.254
MX1 Intermediária
1 110 DIEGO REIS 12 - 18:30.184 1:28.597
2 26 ORLANDO STRANIERI 12 +29,244 18:59.428 1:30.349
3 747 VALTER BONIFACIO 12 +34,680 19:04.864 1:28.985
4 987 CRISTIANO BUENO 12 +49,688 19:19.872 1:31.836
5 18 PAULO BITENCOURT 12 +53,425 19:23.609 1:31.929
6 45 VICTOR KLAUS 11 1 Lap 18:44.725 1:36.248
7 81 PEDRO CIRINO 11 +7,184 18:51.909 1:36.992
8 9 LEANDRO MELLO 11 +14,710 18:59.435 1:36.880
9 27 LEANDRO DINIZ 11 +32,935 19:17.660 1:39.917
DNF 956 RODRIGO ROSA 1 - 2:10.800 1:44.796
MX2 Intermediária
1 5 EDUARDO SILVEIRA 12 - 19:05.253 1:31.366
2 51 EDUARDO PETRONI 12 +26,416 19:31.669 1:32.684
3 559 GABRIEL ELIAS 12 +1:30.227 20:35.480 1:31.233
4 311 JEAN KALAF 12 +1:32.844 20:38.097 1:36.993
5 992 HIGOR NOGUEIRA 12 +1:35.038 20:40.291 1:39.043
MX2 Amador
1 745 PATRICK LEITE 12 - 19:36.889 1:34.892
2 549 ANSELMO FALCAO 10 2 Laps 19:39.871 1:47.808
3 12 REGIS TAKESHITA 10 +50,625 20:30.496 1:50.231
MXJr
1 51 EDUARDO PETRONI 12 - 19:10.620 1:30.854
2 14 ARTUR NASCIMENTO 12 +21,527 19:32.147 1:33.677
3 92 TATIANE POLTRONIERI 12 +1:19.558 20:30.178 1:39.167
4 23 NICOLAS APONI 11 1 Lap 20:06.837 1:45.976






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet