X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

Motocross das Nações: Romain Febvre fora e seu substituto não é Marvin Musquin
Publicado em: 21/09/2018

Situação da seleção francesa é digna de tabloide de fofocas
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: J. P. Acevedo / Divulgação

O clima não está bom entre os integrantes da seleção francesa para o Motocross das Nações. A praticamente duas semanas do evento, a situação do time vencedor das últimas quatro edições do evento não é das mais animadoras
 

Time da França comemora a conquista do Motocross das Nações 2017

Romain Febvre está fora do restante da temporada. Hoje a Yamaha tornou oficial sua desistência em correr a final do Mundial em Ímola, na Itália, e também o Motocross das Nações dias 6 e 7 de outubro em RedBud, nos Estados Unidos. A decisão ocorre em razão dos efeitos colaterais da queda sofrida na Turquia, que resultaram numa forte concussão e também numa costela quebrada.

Musquin recusa o convite

O substituto natural seria Marvin Musquin - na verdade Musquin deveria estar na seleção original - mas o atual vice-campeão do AMA Motocross 450 não gostou nada de ser preterido no anúncio inicial do time. Além disso já estaria em "modo férias", com os treinos interrompidos desde o fim do campeonato norte-americano e mais focado em se preparar para o Monster Energy Cup, uma semana após o Nações. Segundo informações da Federação Francesa, Musquin recusou o convite tardio.

A recusa de Musquin praticamente inviabiliza uma quinta conquista consecutiva dos franceses. Segundo artigos publicados na mídia especializada internacional, Gautier Paulin não estaria disposto a correr com outro substituto a não ser Musquin. Tanto Paulin como Dylan Ferrandis tentaram, sem sucesso,  persuadir o piloto da KTM a rever sua posição.A situação chegou ao ponto do presidente da Federação Jacques Bolle ameaçar cancelar a viagem da seleção aos Estados Unidos.

Jordi Tixier é o novo piloto


Jordi Tixier

Em sua página no Facebook a Federação Francesa confirmou que Jordi Tixier ocupará a vaga de Febvre. Embora Tixier seja um piloto de reconhecida velocidade e com um título mundial na MX2 (2014), sua carreira na classe principal foi marcada por ficar mais tempo de molho, do que competindo.

Este ano Tixier participou apenas de duas etapas do Mundial de Motocross antes de cancelar seu contrato com a equipe particular BOS GP.

Na semana passada ele correu uma etapa do ADAC na Alemanha com uma moto própria e deve correr novamente no próximo domingo com a ajuda da Sarholz KTM.

Mais politicagem e intrigas

Os franceses são conhecidos por comandarem a federação e a seleção do Nações com mãos de ferro, sem muita abertura para opiniões contrárias. Um episódio que ocorreu logo após o primeiro anúncio do time expõe bem como as coisas funcionam por lá.

O ex-piloto David Vuillemin foi impedido de participar da comitiva em RedBud após expor sua opinião pessoal de que Musquin deveria ser o primeiro piloto escolhido para o time. Vullemin é "coach" de Dylan Ferrandis, o piloto da equipe na classe MX2, e o acompanhou durante todo o ano nas provas do AMA.

Seleção Francesa Motocross das Nações 2018
1. Gautier Paulin, Husqvarna
2. Jordi Tixier, KTM?
3. Dylan Ferrandis, Yamaha

.



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet