X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

MXGP: BOS GP muda de marca e contrata Tommy Searle para 2019
Publicado em: 20/08/2018

Russo Evgeny Bobryshev continua na equipe, que passa a utilizar motocicletas Kawasaki
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: TooFast Media / Pascal Haudiquert

O time estreante BOS GP, único a competir com duas marcas (Suzuki e KTM) mudará seu status na próxima temporada. A esquadra francesa passa a utilizar motos Kawasaki a partir da temporada 2019. Mas não foi só isso que mudou na equipe.


Evgeny Bobryshev

Parte das operações do time passam a ser comandadas por Jean-Jacques Luisetti, ex-proprietário da antiga equipe CLS Kawasaki que comandou o esforço oficial da marca japonesa na classe MX2 até 2017. Após um ano afastado do campeonato, ele volta ao paddock com a equipe francesa.

A família de Luisetti administra a maior concessionária Kawasaki da Europa e sua ligação com a marca foi fundamental no novo rumo da BOS GP. Luisetti e Tommy Searle também não são estranhos. Ambos já trabalharam juntos anteriormente.


Tommy Searle

"Quando entrei na estrutura tinha dois objetivos: trabalhar com pessoas que aprecio e poder lutar entre os cinco primeiros. Com isso em mente, liguei imediatamente para Tommy Searle e você não pode imaginar como estou feliz por me unir novamente a este carismático piloto britânico", comentou Luisetti.

Olivier Bossard, proprietário da equipe: "Me questionei centenas de milhares de vezes como melhorar a equipe, como obter mais sucesso e, às vezes, se tudo valeu a pena. Mas posso lhe dizer uma coisa: tive muita sorte com a oportunidade de trabalhar ao lado de Evgeny Bobryshev. Humanamente e esportivamente, ele sustentou a equipe com seu caráter positivo e a disposição de nunca desistir. Pessoalmente ele nunca esteve fora dos planos para 2019, e estou feliz que agora seja oficial."

A contratação de Tommy Searle, que deixa a Bike It Dixon Kawasaki, é também uma boa notícia para nós brasileiros, já que corrobora com a expectativa do time de Steve Dixon voltar a se dedicar integralmente à classe MX2 com dois pilotos. O norte-americano Darian Sanayei já renovou contrato para 2019 e fica aberta a possibilidade para o brasileiro Gustavo Pessoa ocupar a outra vaga. Gustavo tem um acordo para correr até o final do campeonato e marcou seus primeiros pontos em sua segunda participação na temporada.


Jean-Jacques Luisetti






Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet