X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Motocross

2018 Washougal - WA - 9ª etapa
Publicado em: 03/08/2018

De maneiras diferentes Eli Tomac e Aaron Plessinger confirmam favoritismo com campeonato entrando na reta final
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Octopi / Simon Cudby / Rich Sheppard

Após a oitava etapa disputada em Washougal, o Lucas Oil AMA Motocross entra em sua reta final. Restam três etapas, Unadilla, Budds Creek e Ironman.  Na classe 450 Eli Tomac conseguiu em duas etapas se recuperar do desastre em Red Bud e tem 15 pontos sobre Marvin Musquin. Na 250 Aaron Plessinger navega por mares cada vez mais tranquilos apesar da natureza mais caótica da categoria. Em Washougal conseguiu sua primeira "vitória sem vitórias" do ano (explicação mais abaixo) e alinha no final da temporada com confortáveis 59 pontos de vantagem sobre Alex Martin.


Eli Tomac

O circuito de Washougal, um dos mais belos da temporada, não decepcionou nas disputas, com belas provas aproveitando seu traçado estilo "motocrossão" aproveitando as naturais subidas e descidas do percurso. Como novidade houve a inclusão de alguns saltos secos.

450 - Domínio de Tomac

Eli Tomac dominou várias provas durante esta temporada e Washougal foi uma delas. Na primeira bateria largou bem e teve apenas de superar - com algum esforço, é claro - a dupla da Suzuki formada por Justin Hill e Justin Bogle. Na segunda assistimos a uma de suas mais espetaculares performances.


Ken Roczen

Largando fora dos 10 primeiros, conseguiu alcançar a terceira posição na quinta volta, mas sofreu uma pequena queda logo em seguida e precisou repetir a batalha com Justin Barcia para reconquistar a posição. E Barcia, como sabemos, não vende uma posição por pouco.

Musquin, adversário direto na disputa pelo título, também fez de tudo para segurar o rival, mas Tomac atacou como uma metralhadora, curva após curva, até vencer sua defesa. Com Ken Roczen, pela primeira posição, foi a mesma coisa, assumindo a liderança a duas voltas da bandeirada.

"Foi inacreditável. Depois da queda pensei que talvez pudesse chegar em segundo, mas não imaginei que conseguiria a vitória. Foi uma loucura", disse Tomac. "Depois de levantar eu consegui um ritmo muito bom. Encontrei algumas linhas e comecei afluir. A pista permitia ser agressivo, mas você ainda tinha que seguir o melhor traçado, então era importante ter esse equilíbrio."


Marvin Musquin

Ninguém precisava mais de um bom resultado do que Musquin, o francês desabafou após a prova: “Sinceramente, eu esperava um final de semana um pouco melhor. Eu amo Washougal, mas foi definitivamente uma pista difícil e estava quente, então foi difícil para os caras manterem a umidade e a maciez do solo. Minhas largadas foram decentes, não ótimas, e eu consegui me colocar bem em ambas as corridas e lutar pela liderança, mas acabei ficando por pouco nas duas baterias, com a segunda e a terceira posições.” Com oito pódios em nove etapas, Musquin tem feito uma temporada bastante consistente, mas precisará (bem) mais que isso para virar na reta final sem contar com outro desastre de Tomac.


Justin Barcia

Ken Roczen por pouco não conseguiu sua segunda vitória em baterias após o terrível acidente de 2017, mas o piloto da Honda está cada vez melhor. Seu estilo de pilotagem mudou um pouco e a velocidade está quase toda lá. “Estou tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe" [risos Eu não posso reclamar desta temporada. Alcançamos o segundo lugar no pódio pelo terceiro fim de semana consecutivo. Eu acho que é muito bom, então eu tenho que estar feliz com isso. Cheguei perto de vencer mais uma bateria, mas preciso melhorar nos últimos cinco minutos. Esta não é uma das minhas pistas preferidas, então eu meio que esperava ter mais dificuldades, o que me deixa ainda mais feliz com o meu final. ”


Pódio 450 com Marvin Musquin, Eli Tomac e Ken Roczen

Notas


Justin Bogle

Justin Bogle - Depois que retornou ao campeonato Justin Bogle se tornou o Mr. Holeshot, com seis largadas (de oito) em primeiro. Entretanto as boas partidas não se traduzem em bons resultados, o piloto da Suzuki não chegou nenhuma vez entre os dez primeiros. Durante a semana Bogle explicou o que está acontecendo. Após os primeiros 10 minutos de prova seu braço e mão ficam dormentes, dificultando a pilotagem. Ele descobriu que um nervo ficou "travado" em uma das cicatrizes da cirurgia. Bogle vai esperar o fim da temporada para reparar o problema.


Justin Hill

Ainda na equipe Suzuki, Justin Hill passou por apuros na segunda bateria. Após seu melhor resultado com 450 na primeira corrida (4º lugar), ele se perdeu na aterrisagem de um salto e, literalmente, saiu voando da pista. No meio do caminho o piloto simplesmente "abraçou" uma das árvores que margeiam o circuito. Hill não completou a prova, mas teve muita sorte de nada mais grave ter acontecido. Clique aqui para conferir o vídeo.

250 - Aaron Plessinger coloca a mão na taça


Largada 250


Joey Savatgy
O piloto da Yamaha Aaron Plessinger conquistou sua quinta vitória na temporada. As quatro primeiras foram as chamadas vitórias perfeitas, onde o piloto vence as duas baterias, dominando o evento. Em Washougal o caso foi bem diferente e até um pouco raro. Plessinger conquistou a vitória da etapa com menos de 40 pontos, apenas 38, frente os 37 de Shane Mcelrath e Joey Savatgy.

A primeira bateria foi vencida por Joey Savatgy, após uma batalha caseira com seu companheiro de equipe Austin Forkner. Um dos favoritos antes do início do campeonato, Savatgy teve uma temporada muito abaixo da média até agora, mas em Washougal conseguiu mostrar sua velocidade, pelo menos na primeira bateria.

A segunda bateria foi dominada por Shane Mcelrath de ponta a ponta. Plessinger ocupou a segunda posição por bastante tempo, mas foi superado pelo fogo amigo de seu companheiro de equipe Dylan Ferrandis. A inesperada vitória via 4-3 coloca Plessiniger numa posição bastante favorável na corrida pelo título, já que Alex Martin foi apenas o oitavo colocado na etapa via 6-8.


Aaron Plessinger

Plessiinger: "Definitivamente não sabia que tinha vencido. Eu tive sorte do meu lado dessa vez. Shane [McElrath estava andando muito bem. Fiz o holeshot, ele me passou e abriu, foi basicamente isso. Então eu caí, fiquei atrás de Ferrandis e não consegui voltar. Foi o que aconteceu. Esses caras estão andando muito bem que você não pode se dar ao luxo de cometer um erro, mas de alguma forma tudo nos beneficiou hoje."


Shane Mcelrath

Austin Forkner e a maldição da segunda bateria


Austin Forkner


Pela quarta etapa consecutiva Austin Forkner fez uma bateria muito boa e outra desastrosa. Disputou com Savatgy na primeira, liderou várias voltas e chegou em segundo. Na segunda corrida falhou num scrub no mesmo obstáculo e de maneira idêntica à queda que custou uma fratura no fêmur de Trey Canard em 2011.

A roda dianteira tocou virada no topo do salto e a motocicleta simplesmente saiu debaixo do piloto no "ar". Segundo a equipe Pro Circuit Forkner não sofreu maiores lesões após ficar alguns momentos completamente imóvel na pista e deve alinha na próxima etapa em Unadilla.


Enzo Lopes foi 15º colocado geral na etapa


Vídeos













Resultados

P. # 450 Moto Qual Larg1 Larg2 M1 M2 Pts
1 1 Eli Tomac Kaw KX 450F 1 3 9 1 1 50
2 94 Ken Roczen Hon CRF450R 8 6 1 3 2 42
3 25 Marvin Musquin KTM 450 SX-F FE 3 4 5 2 3 42
4 51 Justin Barcia Yam YZ 450F 7 18 8 5 4 34
5 4 Blake Baggett KTM 450 SX-F FE 6 8 4 6 5 31
6 2 Cooper Webb Yam YZ 450F 4 12 24 8 7 27
7 60 Benny Bloss KTM 450 SX-F FE 5 9 13 7 10 25
8 34 Weston Peick Suz RMZ 450 9 7 7 12 6 24
9 39 Kyle Cunningham Suz RMZ 450 12 10 11 11 8 23
10 54 Phillip Nicoletti Hus FC450 11 11 6 9 12 21
11 69 Tyler Bowers Kaw KX 450F 14 20 15 15 9 18
12 46 Justin Hill Suz RMZ 450 2 2 3 4 37 18
13 121 Cody Cooper Hon CRF450R 18 15 12 17 11 14
14 33 Joshua Grant Kaw KX 450F 10 5   10   11
15 75 Noah Mcconahy Yam YZ 450F 21 17 18 16 15 11
16 718 Toshiki Tomita Hon CRF450R 20 19 30 19 13 10
17 57 John Short Yam YZ 450F 25 14 26 14 18 10
18 19 Justin Bogle Suz RMZ 450 13 1 (HS) 2 (HS) 13 34 8
19 73 Brandon Scharer Yam YZ 450F 24 31 20 28 14 7
20 77 Ryan Surratt Hon CRF450R 37 35 10 24 16 5
21 388 Brandan Leith Kaw KX 450F 27 30 28 20 17 5
22 907 Ben Lamay Hon CRF450R 15 21 17 18 38 3
23 910 Carson Brown Hon CRF450R 29 24 19 21 19 2
24 150 Austin Walton Hus FC450 33 27 16 29 20 1

P. # 250 Moto Qual Larg1 Larg2 M1 M2 Pts
1 23 Aaron Plessinger Yam YZ 250F 5 7 2 (HS) 4 3 38
2 28 Shane McElrath KTM 250 SX-F FE 10 11 1 9 1 37
3 17 Joseph Savatgy Kaw KX 250F 2 1 (HS) 24 1 9 37
4 24 Dylan Ferrandis Yam YZ 250F 4 5 3 11 2 32
5 36 RJ Hampshire Hon CRF250R 12 15 6 10 4 29
6 26 Alex Martin KTM 250 SX-F FE 9 13 7 8 6 28
7 62 Justin Cooper Yam YZ 250F 1 10 8 6 8 28
8 45 Jordon Smith KTM 250 SX-F FE 8 3 32 3 13 28
9 40 Chase Sexton Hon CRF250R 7 9 27 5 10 27
10 30 Mitchell Harrison Hus FC250 13 6 5 12 7 23
11 64 Michael Mosiman Hus FC250 6 4 19 7 12 23
12 31 Colt Nichols Yam YZ 250F 11 18 4 15 5 22
13 35 Austin Forkner Kaw KX 250F 3 2 39 2 39 22
14 66 Cameron Mcadoo Hon CRF250R 19 14 9 16 11 15
15 816 Enzo Lopes Suz RMZ 250 15 8 10 14 15 13
16 43 Sean Cantrell KTM 250 SX-F FE 14 23 14 13 17 12
17 133 Jordan Bailey Hus FC250 16 16 17 19 14 9
18 331 Tommy Weeck Hon CRF250R 23 25 16 20 16 6
19 42 Dakota Alix KTM 250 SX-F FE 17 19 25 17 19 6
20 169 Challen Tennant Yam YZ 250F 21 17 12 37 18 3
21 47 James DeCotis Suz RMZ 250 22 12 13 18 21 3
22 63 Hayden Mellross Yam YZ 250F 20 28 20 38 20 1

Classificação Geral
P. # 450 Pts
1 1 Eli Tomac 401
2 25 Marvin Musquin 386
3 94 Ken Roczen 330
4 51 Justin Barcia 330
5 4 Blake Baggett 301
6 34 Weston Peick 247
7 60 Benny Bloss 224
8 54 Phillip Nicoletti 217
9 46 Justin Hill 132
10 39 Kyle Cunningham 130
11 121 Cody Cooper 121
12 2 Cooper Webb 106
13 48 Henry Miller 75
14 73 Brandon Scharer 75
15 21 Jason Anderson 73
16 44 Lorenzo Locurcio 71
17 86 Dylan Merriam 69
18 907 Ben Lamay 65
19 718 Toshiki Tomita 59
20 146 Jake Masterpool 53
21 388 Brandan Leith 48
22 91 Alex Ray 47
23 330 Cade Autenrieth 46
24 11 Kyle Chisholm 39
25 53 Bradley Taft 33
26 19 Justin Bogle 31
27 49 Nick Gaines 27
28 32 Christian Craig 26
29 207 Dare DeMartile 25
30 61 Heath Harrison 22
31 454 Jake Nicholls 20
32 95 Joseph Crown 19
33 69 Tyler Bowers 18
34 376 Chris Canning 16
35 156 Jacob Hayes 14
36 57 John Short 13
37 33 Joshua Grant 11
38 75 Noah Mcconahy 11
39 577 Felix Lopez 7
40 77 Ryan Surratt 5
41 321 Bradley Lionnet 5
42 776 Ryan Dowd 4
43 82 Cody Williams 4
44 191 Derek Anderson 3
45 637 Robert Piazza 3
46 876 Christopher Alldredge 3
47 81 Chase Marquier 3
48 910 Carson Brown 2
49 332 Jeremy Hand 2
50 309 Jeremy Smith 2
51 444 Brock Papi 1
52 150 Austin Walton 1
53 774 Robert Marshall 1
54 181 Dustin Pipes 1
P. # 250 Pts
1 23 Aaron Plessinger 371
2 26 Alex Martin 312
3 62 Justin Cooper 267
4 28 Shane McElrath 251
5 35 Austin Forkner 238
6 36 RJ Hampshire 230
7 45 Jordon Smith 225
8 40 Chase Sexton 222
9 17 Joseph Savatgy 214
10 24 Dylan Ferrandis 204
11 6 Jeremy Martin 176
12 64 Michael Mosiman 160
13 30 Mitchell Harrison 115
14 133 Jordan Bailey 110
15 1 Zachary Osborne 105
16 43 Sean Cantrell 103
17 31 Colt Nichols 102
18 66 Cameron Mcadoo 91
19 182 Garrett Marchbanks 87
20 114 Brandon Hartranft 56
21 816 Enzo Lopes 52
22 42 Dakota Alix 51
23 46 Justin Hill 41
24 169 Challen Tennant 33
25 63 Hayden Mellross 32
26 137 Martin Castelo 23
27 47 James DeCotis 22
28 38 Luke Renzland 14
29 130 Austin Root 14
30 98 Ryan Sipes 13
31 222 Ramyller Alves 12
32 700 James Weeks 9
33 331 Tommy Weeck 6
34 791 Gustavo De Souza 5
35 214 Vann Martin 3
36 346 Kevin Moranz 3
37 77 Ryan Surratt 3
38 910 Carson Brown 2
39 188 Gage Schehr 1





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet