X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2018 República Checa - Loket - 14ª etapa
Publicado em: 28/07/2018

Jeffrey Herlings vence mais uma e recupera vantagem. Jorge Prado vira o jogo na MX2
Redação Motox.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Bavo Swijgers / Pascal Haudiquert / J. P. Acevedo


Largada MXGP

Após a rodada dupla na Indonésia e um fim de semana de descanso, o Mundial de Motocross 2018 retomou as atividades no circuito de Loket, na República Checa. O circuito construído entre colinas é dos mais interessantes da temporada já que aproveita bem a topografia, entretanto a primeira curva em 180º é sempre um fator complicador nas largadas.

Durante a semana antes do GP, Antonio Cairoli descobriu que as dores em seu polegar eram causadas por duas pequenas fraturas. Não havia muito a fazer, a não ser suportar o incômodo e continuar em busca do 10º título. Entretanto, em entrevista após a etapa, o italiano pareceu conformado com o vice-campeonato neste ano. Basicamente disse que espera se preparar melhor para 2019 e buscar a diferença em relação a Jeffrey Herlings.


Jeffrey Herlings, 11 vitórias em 14 GPs

Corridas

Choveu um pouquinho durante o domingo, mas a água não prejudicou muito a pista. Na verdade até que foi boa para as corridas, já que não houve poeira e as melhores voltas das corridas principais foram bastante próximas dos tempos das classificatórias de sábado. Quer dizer, a pista pouco degradou.


Antonio Cairoli

Na classe MXGP as disputas pelas vitórias nas baterias não foram das mais animadas. Ambas as baterias seguram roteiros quase idênticos. Holeshot de Cairoli e Herlings lhe tomando a ponta antes de completar a primeira volta. Daí até a bandeirada o líder do campeonato abriu cerca de 30 segundos. Tim Gajser foi o terceiro colocado nas duas, também do início ao fim.

Ainda bem que o público encontrou distração dali para trás, com disputas bastante intensas. Na primeira bateria Clement Desalle ficou com a quarta posição seguido de Jeremy Van Horebeek, Gautier Paulin, Romain Febvre e Alessandro Lupino repetindo seu melhor resultado: a oitava posição que conseguiu nas duas baterias de Semarang.


Tim Gajser com sua torcida ao fundo

Na segunda bateria Desalle e Lupino largaram bem novamente, mas se chocaram e ficou difícil para ambos repetirem os resultados. "Eu tentei passar Lupino e caímos juntos na primeira volta", comentou o belga. "Aconteceu numa curva que ninguém usava a linha interna, então tentei a ultrapassagem ali, mas Lupino teve a mesma ideia. Voltei em nono e consegui duas ultrapassagens, o que é bem difícil nesta pista."  

Do quarto ao oitavo a ordem foi a seguinte: Febvre, Horebeek, Paulin e Desalle e Jeremy Seewer.


Clement Desalle

Jeffrey Herlings acumula vitórias em 11 GPs dos 14 disputados, lembrando que ele faltou em uma etapa quando fraturou a clavícula. A vantagem em relação a Cairoli voltou a 30 pontos, margem superior ao 25 possíveis em uma bateria. A próxima etapa será na areia fofa, um de seus pontos fortes: "Estou muito contente com essa vitória e agora vamos para Lommel. Darei o meu melhor pela vitória na Bélgica. O objetivo é um pódio, mas é na areia e é perto da minha casa, então definitivamente vou lutar para conseguir o máximo lá."


Romain Febvre

Antonio Cairoli: "Hoje choveu e não consegui encontrar um bom ritmo; a pista encheu de trilhos e eu tive muita dor no polegar, especialmente na segunda bateria. Depois dos primeiros quinze minutos eu mal conseguia andar. Fiquei um bom tempo próximo ao Jeffrey, mas quando ele baixou os tempos não consegui segui-lo. Espero que agora tenhamos mais tempo para recuperar e poder lutar pela vitória em Lommel.”


Jeremy van Horebeek

Tim Gajser marcou o segundo pódio consecutivo: "Minha pilotagem foi boa, embora meus braços tenham travado ao final das duas corridas. Acho que é algo que devemos trabalhar. Também gostaria de agradecer meu time e todos os fãs que me apoiaram aqui (seu fã clube na Slovenia fez uma caravana e compareceu em peso). O próximo é um dos GPs mais difíceis da temporada; é no verão e na areia pesada, então planejo treinar ao máximo na areia nos próximos dias."

Notas

Faltando seis etapas o campeonato entra oficialmente em seu terço final e gostaria de fazer uma observação sobre Gautier Paulin. O francês tinha tudo para estar na briga pelo terceiro lugar. Técnica e velocidade não lhe faltam, mas seu desempenho está mais irregular que de costume. Não cheguei a fazer um levantamento exato, mas ele caiu quase que em todos os GPs recentes. Em Loket teve a chance de fazer dois quarto lugares, mas os erros lhe custaram posições e pontos importantes. Ocupa a sétima posição na tabela a 60 pontos de Clement Desalle, o terceiro colocado.


Gautier Paulin

TM ausente - A equipe de fábrica da italiana TM Racing não apareceu na República Checa. Max Nagl, seu piloto na MXGP sofreu uma fratura no dedo anelar durante treinos para uma corrida na Alemanha. Na MX2 a equipe rescindiu o contrato com o italiano Samuelle Bernardini. A razão seriam os resultados bem abaixo do esperado por ambos. Bernardini nem chegou a ir para a Indonésia, onde em 2017 conseguiu seu melhor resultado da carreira: segundo na etapa com vitória em uma das baterias.


Pódio MXGP

MX2 - Jorge Prado é o novo líder da categoria


Largada MX2 com o brasileiro Gustavo Pessoa (891)

Na classe MX2 verificamos uma marcante virada na temporada. O atual campeão Pauls Jonass começou o campeonato vencendo tudo - seis baterias seguidas -  enquanto o espanhol Jorge Prado sofreu com quedas e erros na abertura na argentina. A diferença de pontos entre os dois chegou a 45 pontos. Agora na fase média da temporada o espanhol foi aos poucos virando o jogo, com resultados consistentes a frente do rival.


Jorge Prado lidera a categoria

Voltaram da Ásia empatados em pontos e na República Checa Prado fez o que precisava para liderar a pontuação pela primeira vez na carreira. Durante as 14 etapas disputadas Prado venceu nove baterias contra 12 de Jonass, mas desde a quarta etapa pra cá tem sido mais consistente. No levantamento geral Prado completou as baterias apenas quatro vezes fora dos três primeiros, uma consistência marcante para um piloto de apenas 17 anos. Do lado de Jonass foram nada menos que 10 vezes!


Calvin Vlaanderen em mais um pódio

Em Loket as corridas das quarto de litro foram bem mais animadas que da categoria principal. Na primeira bateria a disputa pela vitória foi marcante entre Calovin Vlaanderen, Thomas Covington e Prado. Chegaram nesta ordem, com o sul-africano afirmando que tornou-se um regular candidato à vitórias. Jonass ficou com a quarta posição após uma largada mediana. Em quinto chegou Hunter Lawrence, de volta ao campeonato após perder o tour asiático.


Thomas Covington volta aos Estados Unidos ao fim da temporada

Na segunda bateria Prado assumiu a ponta no início e trabalhou para suportar a pressão de Covington até a bandeirada. Vlaanderen foi o terceiro novamente, enquanto a quarta posição ficou com Thomas Kjer Olsen. Jonass chegou a alcançar a terceira posição, mas perdeu duas delas nas seis voltas finais da bateria.


Pauls Jonass ficou fora do pódio nesta etapa

Com a vitória no GP e a posse do number plate vermelho Prado comentou:  "Fui capaz de lutar por cada ponto e sei que preciso continuar fazendo o que estou fazendo e manter o foco. Estou feliz em voltar para a Bélgica agora e treinar em preparação para o Lommel; uma pista realmente difícil, onde ganhei no ano passado. É importante andar relaxado na areia e não forçar muito.”

A estreia de Gustavo Pessoa


Gustavo Pessoa

Os resultados não refletem a tocada do brasileiro Gustavo Pessoa em sua primeira prova pela Bike It Dixon Kawasaki. Cada vez que entrou na pista ele baixou a diferença para o mais rápido. Na primeira bateria andou a corrida toda entre 17º e 16º, com tempos a menos de 3 segundos dos mais rápidos. Na última volta, quando ocupava a 16º posição, caiu e completou apenas em 25º. Na segunda bateria acertou uma moto caída logo no início e abandonou a corrida.

Do release da própria Kawasaki: "Gustavo Pessoa, vinte anos, de São Paulo, mostrou-se muito promissor ao fazer sua estréia nos GPs pela Bike It DRT Kawasaki. O jovem brasileiro chegou entre os quinze mais rápidos durante os treinos e sua velocidade o levou ao décimo sexto lugar até cair na última volta da primeira corrida, mostrando seu espírito competitivo. Ele foi eliminado no início da segunda corrida, mas sua determinação foi evidente para todos e ele claramente tem um futuro brilhante."


Gustavo Pessoa

Lembrando que Gustavo enfrentou o circuito - um velho conhecido da maioria dos pilotos - pela primeira vez e teve seu primeiro contato com a nova moto apenas a duas semanas da etapa. A próxima etapa na areia fofa será um desafio maior para o brasileiro (em razão da pouca intimidade com o terreno), mas Gustavo está numa ótima equipe e certamente receberá orientação e treinos corretos para a batalha na Bélgica.


Gustavo Pessoa

Vídeos







Resultados

P Nr MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 25 25 50
2 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 22 22 44
3 243 Gajser, Tim SLO HON 20 20 40
4 461 Febvre, Romain FRA YAM 14 18 32
5 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 16 16 32
6 25 Desalle, Clement BEL KAW 18 14 32
7 21 Paulin, Gautier FRA HUS 15 15 30
8 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 11 13 24
9 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 12 12 24
10 99 Anstie, Max GBR HUS 9 10 19
11 77 Lupino, Alessandro ITA KAW 13 6 19
12 92 Guillod, Valentin SUI KTM 10 8 18
13 24 Simpson, Shaun GBR YAM 8 7 15
14 22 Strijbos, Kevin BEL KTM 2 11 13
15 7 Leok, Tanel EST HUS 7 4 11
16 777 Bobryshev, Evgeny RUS SUZ 0 9 9
17 128 Monticelli, Ivo ITA YAM 1 5 6
18 17 Butron, Jose ESP KTM 3 3 6
19 100 Searle, Tommy GBR KAW 6 0 6
20 42 Waters, Todd AUS HON 5 0 5
21 911 Tixier, Jordi FRA KTM 4 0 4
22 33 Lieber, Julien BEL KAW 0 2 2
23 55 Irwin, Graeme GBR KTM 0 1 1

P Nr MX2 Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 61 Prado, Jorge ESP KTM 20 25 45
2 10 Vlaanderen, Calvin NED HON 25 20 45
3 64 Covington, Thomas USA HUS 22 22 44
4 1 Jonass, Pauls LAT KTM 18 16 34
5 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 14 18 32
6 96 Lawrence, Hunter AUS HON 16 15 31
7 29 Jacobi, Henry GER HUS 13 13 26
8 747 Cervellin, Michele ITA YAM 10 14 24
9 193 Geerts, Jago BEL YAM 12 12 24
10 959 Renaux, Maxime FRA YAM 11 11 22
11 102 Sikyna, Richard SVK KTM 7 10 17
12 811 Sterry, Adam GBR KAW 9 6 15
13 919 Watson, Ben GBR YAM 15 0 15
14 172 Van doninck, Brent BEL HUS 5 9 14
15 109 Edelbacher, Roland AUT KTM 6 8 14
16 34 De Waal, Micha-Boy NED HON 4 5 9
17 98 Vaessen, Bas NED HON 8 0 8
18 95 Furlotti, Simone ITA YAM 0 7 7
19 101 Pichon, Zachary FRA KTM 3 3 6
20 226 Koch, Tom GER KTM 0 4 4
21 377 Krc, Martin CZE KTM 1 2 3
22 26 Bertuzzi, Nicola ITA KTM 2 0 2
23 297 Gole, Anton SWE YAM 0 1 1

Classificação Geral
P Nr MXGP Nat. Bike Total
1 84 Herlings, J. NED KTM 633
2 222 Cairoli, A. ITA KTM 603
3 25 Desalle, C. BEL KAW 479
4 243 Gajser, Tim SLO HON 450
5 461 Febvre, Romain FRA YAM 432
6 21 Paulin, G. FRA HUS 419
7 259 Coldenhoff, G. NED KTM 353
8 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 319
9 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 312
10 99 Anstie, Max GBR HUS 231
11 12 Nagl, M. GER TM 227
12 777 Bobryshev, E. RUS SUZ 226
13 77 Lupino, A. ITA KAW 214
14 33 Lieber, Julien BEL KAW 189
15 22 Strijbos, K. BEL KTM 165
16 24 Simpson, Shaun GBR YAM 126
17 100 Searle, Tommy GBR KAW 118
18 27 Jasikonis, A. LTU HON 111
19 141 Desprey, M. FRA KAW 89
20 92 Guillod, V. SUI KTM 86
21 7 Leok, Tanel EST HUS 76
22 17 Butron, Jose ESP KTM 70
23 128 Monticelli, I. ITA YAM 41
24 6 Paturel, B. FRA KTM 40
25 152 Petrov, Petar BUL HON 36
26 42 Waters, Todd AUS HON 33
27 55 Irwin, Graeme GBR KTM 28
28 151 Kullas, Harri EST HUS 15
29 336 Stewart, L. AUS HUS 13
30 920 Valentin, A. ESP HUS 8
31 288 Lazaroni, Aldi INA HUS 6
32 705 Kusparwanto, R. INA HUS 6
33 9 de Dycker, Ken BEL KTM 5
34 28 Salazar, Jetro PER HON 5
35 411 Kahro, Erki EST KTM 5
36 911 Tixier, Jordi FRA KTM 4
37 20 Bengtsson, F. SWE YAM 3
38 85 Ekerold, S. GER KTM 3
39 220 Aranda, G. FRA KAW 3
40 701 Sondakh, Andre INA KTM 3
41 210 Alberto, Paulo POR YAM 2
42 94 Van der Mierden, S. NED YAM 1
P Nr MX2 Nat. Bike Total
1 61 Prado, Jorge ESP KTM 595
2 1 Jonass, Pauls LAT KTM 584
3 19 Olsen, T. DEN HUS 454
4 919 Watson, Ben GBR YAM 427
5 10 Vlaanderen, C. NED HON 414
6 64 Covington, T. USA HUS 375
7 193 Geerts, Jago BEL YAM 310
8 747 Cervellin, M. ITA YAM 279
9 29 Jacobi, Henry GER HUS 249
10 46 Pootjes, Davy NED KTM 218
11 14 Beaton, Jed AUS KAW 216
12 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 185
13 96 Lawrence, H. AUS HON 179
14 426 Mewse, Conrad GBR KTM 172
15 811 Sterry, Adam GBR KAW 164
16 172 Van doninck, B. BEL HUS 130
17 18 Brylyakov, V. RUS YAM 127
18 321 Bernardini, S. ITA TM 119
19 127 Rodriguez, A. VEN YAM 103
20 98 Vaessen, Bas NED HON 101
21 95 Furlotti, S. ITA YAM 94
22 118 Rubini, S. FRA KTM 83
23 70 Fernandez, R. ESP KAW 77
24 57 Sanayei, D. USA KAW 68
25 161 Östlund, Alvin SWE YAM 40
26 56 Weltin, M. USA HON 36
27 959 Renaux, Maxime FRA YAM 34
28 34 De Waal, M. NED HON 32
29 325 Delvintor Alfarizi, M. INA HUS 28
30 206 Ismayana, D. INA HUS 24
31 101 Pichon, Z. FRA KTM 23
32 102 Sikyna, R. SVK KTM 22
33 338 Herbreteau, D. FRA KTM 22
34 44 Lesiardo, M. ITA KTM 21
35 75 Roosiorg, H. EST KTM 20
36 204 Maksum, Hilman INA HUS 20
37 872 Boisrame, M. FRA HON 19
38 226 Koch, Tom GER KTM 16
39 114 Roberts, Jy AUS HUS 15
40 109 Edelbacher, R. AUT KTM 14
41 326 Gilbert, Josh GBR HON 11
42 199 Zaragoza, J. ESP YAM 8
43 281 Pattipi, Y. INA HUS 8
44 53 Walsh, Dylan NZL HUS 6
45 26 Bertuzzi, N. ITA KTM 6
46 297 Gole, Anton SWE YAM 5
47 783 Toriani, Enzo FRA HUS 3
48 945 Bourdon, A. FRA HUS 3
49 377 Krc, Martin CZE KTM 3
50 931 Zanotti, A. SMR HUS 2
51 129 Agard-Michelsen, S. NOR YAM 1
52 43 Bres, Natanael FRA KTM 1
53 267 Bersanelli, E. ITA YAM 1








Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet